Stoa :: Rafael Prince :: Fórum

Autor Turcomenos do Iraque (ou "Como os curdos não são bonzinhos")
Rafael Prince
Rafael Prince

Jan 23, 08

Embora sejam a terceira maior etnia do país (após árabes e curdos), com cerca de 3 milhões de pessoas, os turcomenos do Iraque são uma minoria perseguida por outro minoria (os curdos). Foram marginalizados no processo constituinte iraquiano, e o texto constitucional menciona que "a população do país é constituída de árabes e curdos".

Vivendo no norte do Iraque, no território do atual Curdistão Iraquiano, sofrem cotidianamente o assédio das milícias curdas (pashmargas), que os expulsam de suas terras, promovendo a "curdificação" de locais historicamente habitados pelos turcomenos, como a importante cidade de Kirkuk, pólo petrolífero. Além disso, sabotam sua imprensa, a infra-estrutura de suas cidades.

O Ocidente fecha os olhos aos dramas das minorias étnicas do Iraque (como turcomenos e assírios) que sofrem com a violência curda em seu projeto política de controle territorial.

 

Fonte e mais informações: Unrepresented Peoples and Nations Organization (UNPO), http://www.unpo.org

e the Iraqi Turkmen Human Rights Foundation http://www.turkmen.nl/

Palavras-chave: Direitos Humanos, pensamentos, política, Turcomenos do Iraque

Não sabia dessa situação. Valeu por informar!
Isso veio do seu discurso de abertura (aquele que todo mundo tinha que aplaudir) na nossa simulação da UNPO em 2006? :p

<< Voltar aos tópicos Responder