Stoa :: USP Notícias :: Blog :: Histórico

Julho 2009

Julho 01, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16937-exposicoes-sobr

IEB
Exposições sobre Graciliano Ramos e Pierre Monbeig são prorrogadas até o fim do mês
As exposições do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, O círculo e as linhas tortas: Vidas Secas de Graciliano Ramos e Centenário de nascimento do geógrafo Pierre Monbeig: 1908 - 1987 foram prorrogadas até o dia 31.

Em O círculo e as linhas tortas, a obra Vidas Secas é mostrada em seus diferentes estágios de produção, por meio da exposição de fotos, documentos, manuscritos e diferentes edições do livro que completou sete décadas no ano passado.

Já a segunda exposição homenageia Pierre Monbeig, que se destacou na estruturação do curso de Geografia da USP. Assim como Lévi-Strauss e Roger Bastide, é considerado um dos nomes essenciais para a constituição da área de Ciências Humanas da Universidade.

O IEB também oferece oficina de férias para crianças de 6 a 10 anos, com atividade educativa baseada na leitura de textos de Graciliano Ramos. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas pelo telefone (11) 3091-3247.

As exposições são gratuitas e ficam abertas à visitação de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas, no IEB (Av. Prof. Mello Moraes, travessa 8, 140, Cidade Universitária, São Paulo).

Mais informações: (11) 3091-2399 (às segundas-feiras), email educaieb@usp.br, site www.ieb.usp.br


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/16938-livro-editado

fau
Livro editado por professor da USP estuda moradias populares
Recém-lançada pelo Programa de Tecnologia de Habitação (Habitare), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a nona edição da Coletânea Habitare trabalha com a Política Nacional de Habitação, trazendo novas abordagens sobre a temática da moradia popular. A edição é dos arquitetos Adauto Cardoso, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e Nabil Bonduki, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP.

Na introdução, os editores reforçam os grandes esforços que ainda devem ser feitos para cumprir o principal objetivo da nova Política Nacional de Habitação: "garantir uma moradia digna para cada cidadão brasileiro em cidades socialmente justas e equilibradas".

O livro reúne oito artigos de grupos de pesquisa que receberam apoio para desenvolvimento de processos e produtos destinados à recuperação sustentável de assentamentos precários e melhoria da moradia de interesse social. Alguns dos temas tratados na publicação são: “Integração e requalificação”, “Mercado de solo urbano”, “Urbanização de Assentamentos Precários” e “Segurança contra incêndios”.

Em breve, a publicação poderá ser baixada no site do Habitare.

Mais informações: emails adauto.lucio@terra.com.br e nabil.bonduki@uol.com.br

 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/16939-novo-livro-d

agronomia
Novo livro de professores da Esalq aborda aspectos da rotação de culturas
Rotação de Culturas: princípios, fundamentos e perspectiva, novo volume da série Produtor Rural, trata dos princípios da rotação de cultura, melhores e piores opções para rotação, manejo dos restos ou resíduos de cultura e adoção da rotação de culturas pelos produtores.

Editado pela Divisão de Biblioteca e Documentação (DIBD), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP em Piracicaba, o livro é de autoria dos professores da Esalq, Ana Clarissa Negrini e Keigo Minami, e da engenheira agrônoma formada pela USP, Silvia Munhoz Torquetto.

O objetivo da publicação é ampliar a discussão em torno da rotação de cultura e suas limitações, de forma a orientar produtores, técnicos e estudantes de agronomia e avaliar benefícios e prejuízos atrelados a esta prática de agricultura.

O livro pode ser adquirido por R$ 5, diretamente na biblioteca da Esalq ou por envio postal. Para a segunda opção, o interessado deve fazer um depósito bancário em nome de Universidade de São Paulo – Esalq, no Banco do Brasil, agência 0056-6, conta corrente 306.344-5. O comprovante e endereço de destino da encomenda deve ser enviado via fax, no número (19) 3429-4371, email ou correspondência (Av. Pádua Dias, 11, Piracicaba - Caixa Postal 913.418-900).

Outros títulos já publicados podem ser obtidos pelo telefone (19) 3429-4140, pelo email bibpubl@esalq.usp,br ou pelo site da biblioteca.

Mais informações: (19) 3429-4311

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/16939-novo-livr

agronomia
Livro de professores da Esalq aborda rotação de culturas
Rotação de Culturas: princípios, fundamentos e perspectiva, novo volume da série Produtor Rural, trata dos princípios da rotação de cultura, melhores e piores opções para rotação, manejo dos restos ou resíduos de cultura e adoção da rotação de culturas pelos produtores.

Editado pela Divisão de Biblioteca e Documentação (DIBD), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP em Piracicaba, o livro é de autoria dos professores da Esalq, Ana Clarissa Negrini e Keigo Minami, e da engenheira agrônoma formada pela USP, Silvia Munhoz Torquetto.

O objetivo da publicação é ampliar a discussão em torno da rotação de cultura e suas limitações, de forma a orientar produtores, técnicos e estudantes de agronomia e avaliar benefícios e prejuízos atrelados a esta prática de agricultura.

O livro pode ser adquirido por R$ 5, diretamente na biblioteca da Esalq ou por envio postal. Para a segunda opção, o interessado deve fazer um depósito bancário em nome de Universidade de São Paulo – Esalq, no Banco do Brasil, agência 0056-6, conta corrente 306.344-5. O comprovante e endereço de destino da encomenda deve ser enviado via fax, no número (19) 3429-4371, email ou correspondência (Av. Pádua Dias, 11, Piracicaba - Caixa Postal 913.418-900).

Outros títulos já publicados podem ser obtidos pelo telefone (19) 3429-4140, pelo email bibpubl@esalq.usp,br ou pelo site da biblioteca.

Mais informações: (19) 3429-4311

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/16940-revisado-

amazônia
Franceses chegam para seminário internacional e viagem com alunos e professores da EACH
 
Um grupo de vinte alunos e professores franceses que participarão da Missão Interuniversitária Franco-Brasileira visitou nessa quarta-feira (1º) a Cidade Universitária. Eles conheceram o Instituto Butantan e outras instalações do campus. À tarde, fizeram um tour por São Paulo, visitando parte do Centro Histórico e da região das avenidas Paulista e Luís Carlos Berrini.

Os franceses vêm do Laboratório Costel e do Departamento de Geografia da Universidade de Rennes 2. Eles vão se juntar ao grupo do curso de Gestão Ambiental da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP para um roteiro que inclui trabalhos de campo e seminários em diversas regiões de Mato Grosso. A viagem de estudos, que reunirá cerca de 40 pessoas, servirá para conhecer in loco as dinâmicas agrícolas e as questões envolvendo conservação ambiental e biodiversidade no estado.

De acordo com os organizadores do projeto, o Mato Grosso foi escolhido porque é o estado brasileiro em que vêm ocorrendo as maiores transformações nos modos de ocupação e utilização do solo, associadas a mudanças demográficas que acompanham o avanço da frente pioneira.

Na quinta-feira (dia 2), os alunos e professores dos dois países conhecerão o Instituto Nacional de Pesquisas Aeroespaciais (INPE), em São José dos Campos. Na sexta (dia 3), ocorre um Seminário Internacional na EACH, no campus da USP Leste (mais detalhes abaixo).

A viagem entre São Paulo e Rondonópolis, início do roteiro pelo Mato Grosso, começa no sábado (dia 4). Os trabalhos de campo no estado, que vão passar por cidades como Sinop, Sorriso e Alta Floresta, seguem até o dia 25. O grupo retorna a São Paulo para um seminário de encerramento nos dias 26 e 27. Todos os deslocamentos serão feitos de ônibus.

A Missão Interuniversitária Franco-Brasileira integra a programação oficial do Ano da França no Brasil. O projeto conta com uma página na internet para divulgação de informações.

Preservação e desenvolvimento
Os estudantes e pesquisadores brasileiros e franceses participam na sexta-feira do Seminário Internacional Conhecendo a Amazônia e as Dinâmicas Territoriais no Mato Grosso. O seminário, que integra a programação da viagem de estudos, vai debater resultados parciais de trabalhos realizados por pesquisadores franceses e brasileiros sobre biodiversidade, políticas públicas de preservação ambiental e de desenvolvimento sustentável, dinâmicas territoriais, desmatamento e diversidade do uso do solo naquele estado.

A abertura, às 8h30min, terá a presença da reitora da USP, Suely Vilela, e de autoridades diplomáticas da França, como o cônsul geral do país em São Paulo, Jean-Marc Gravier.


Na primeira palestra, o geógrafo Eduardo Paulon Girardi vai falar sobre a questão agrária na Amazônia. Girardi é professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e autor do “Atlas da questão agrária brasileira”, disponível na internet.

Pela manhã haverá duas mesas-redondas e, à tarde, debates e apresentação de pesquisas em grupos temáticos. Entre os palestrantes estão os professores Vincent Dubreuil e Vincent Nédélec, organizadores do projeto pela universidade francesa. Pela EACH, a coordenação está a cargo da professora Neli Aparecida de Mello, que fez mestrado e doutorado na França e já lecionou como professora visitante em Rennes 2.

O seminário é aberto a todos os interessados e ocorre no Auditório Azul da EACH (Av. Arlindo Bettio, 1000, Ermelino Matarazzo, São Paulo. Para informações sobre como chegar: www.each.usp.br/como-chegar.php). Inscrições e informações pelo e-mail: amazonia-each@usp.br.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16941-morre-jos

falecimento
Morre José Aristodemo Pinotti, professor aposentado da FMUSP
José Aristodemo Pinotti, professor aposentado da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e que atualmente ocupava o cargo de Secretário Especial da Mulher da prefeitura municipal de São Paulo, morreu na madrugada dessa quarta-feira (1º), vítima de câncer de pulmão.

Pinotti graduou-se em medicina na USP em 1958 e ocupou cargos de destaque na administração pública, como o de Secretário de Estado da Saúde, reitor da Unicamp, deputado federal e outros.

O velório acontece até às 17 horas na FMUSP. O sepultamento será realizado logo em seguida, no Cemitério da Consolação, também na capital.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/esporte-e-lazer/16942-cepeusp

atividade física
Cepeusp abre inscrições para cursos no segundo semestre

O Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp) está com inscrições abertas para os cursos do segundo semestre, destinados às comunidades USP e externa.

As inscrições para os Programas de Atividades Físicas e Esportivas, exclusivo para comunidade USP, devem ser feitas pelo site do Cepeusp, de 13 a 24 de julho. O resultado do sorteio de vagas será divulgado no dia 30.

Para as atividades físicas destinadas a adultos e infanto-juvenis, as inscrições devem ser feitas  nos dias 10 e 11(comunidade USP) e 12 e 13 de agosto (externa), na sala 9 do Velódromo, das 8h30 às 16h30.

Os cursos para a terceira idade estarão com inscrições abertas de 27 a 30 de julho, sendo cada dia uma modalidade diferente. O interessado deve se informar pelo telefone 3091-3361 ou pelo site mencionado. Para os Programas de Atividades Físicas Diferenciadas (adaptadas) os interessados devem se informar com o respectivo professor, no local.
 
As taxas para os cursos e os documentos para inscrição variam de acordo com o público.

Mais informações: (11) 3091-3361, site www.cepeusp.br


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16943-abertas-inscri

extensão
Abertas inscrições para o programa Eu na USP Jr
A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP abre as inscrições para o processo seletivo da primeira fase do programa Eu na USP Jr. O objetivo é dar oportunidade aos alunos do ensino fundamental de vivenciar a atmosfera científica e cultural da USP, por meio de um programa que lhes permita conhecer as atividades e instalações da USP, auxiliando-os a construir seus projetos de vida.

Os interessados devem se inscrever até domingo (5) no site do programa. Essa primeira etapa é voltada para alunos de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental. O resultado da selação será divulgado via email no dia 10.

O Eu na USP Jr será composto por módulos e projetos. Os módulos são dedicados exclusivamente ao ensino fundamental, e objetivam introduzir o educando no universo de até cinco áreas do conhecimento. Cada área preparará atividades que cobrirão o período de um dia, nos horários das 8 às 17 horas. Em sua fase inicial, o programa contará apenas com os módulos, compostos por atividades desenvolvidas por unidades ou órgãos convidados. Cada atividade do módulo será coordenada por dois especialistas, sendo um coordenador, docente, e um vice-coordenador, docente ou funcionário de nível superior da USP, e apoiada por três monitores. Os alunos serão distribuídos em turmas, contendo cada uma quinze alunos e supervisionadas por três monitores alunos da USP. Os projetos, dedicados ao ensino médio, oferecidos apenas na próxima versão do programa, além de seguirem a mesma sistemática de apresentação e seleção, organizam-se em uma temática específica, estruturada e condizente com o grau de conhecimento do educando, devendo concluir-se no período máximo de duas semanas.

Com informações da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão

Mais informações: www.usp.br/prc/eunauspjr/index.php

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16944-eesc-abre

emprego
EESC abre vaga para técnico de laboratório
A Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP recebe inscrições, até o dia 17, para o concurso público que objetiva a contratação de um Técnico de Laboratório (grupo Técnico I A) para o Departamento de Hidráulica e Saneamento.

O salário inicial é de R$ 1.678,75 e os interessados devem ter, entre as exigências da função, ensino médio completo ou curso técnico profissionalizante completo em nível de ensino médio nas áreas de Hidrologia, Saneamento, Mecânica ou Mecatrônica; conhecimentos básicos de inglês e informática. Veja aqui o edital.

Com informações Assessoria de Comunicação do campus da USP em São Carlos

Mais informações: (16) 3373-9211, site http://www.saocarlos.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16946-cinusp-e-palco-

festival
Cinusp é palco de mostra latinoamericana
O Cinema da USP Paulo Emílio (Cinusp) é uma das sedes do Festival de Cinema Latinoamericano de São Paulo. Em sua quarta edição, a mostra reúne títulos produzidos por diversos países. O objetivo, nesse ano, é apresentar a produção recente do continente e recuperar marcos da sua história. O evento acontece entre terça (7) e sexta-feira (10), durante o período da tarde, com entrada gratuita.

Entre as atrações estão o brasileiro "Memórias do Cárcere", de Nelson Pereira dos Santos, na quarta-feira (8). De 1984, o filme se baseia no livro homônimo de Graciliano Ramos, que foi servidor público em 1936 e, depois, preso por suas convicções políticas. Também serão exibidos o argetino "Invitación para cenar con el camarada Stalin", de Ricardo Alves Jr, o cubano "La Chirola", de Diego Mondaca, entre outros. A programação completa está disponível no site da mostra.

Mais informações: 3091-3540 / 3152, email cinusp@edu.usp.br, site www.usp.br/cinusp

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16947-centrinho-reune-e

convênios
Centrinho reune entidades sociais para discutir captação de recursos
O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP será sede da nona edição do Encontro Nacional de Associações de Pais e Pessoas com Lesões Labiopalatinas e/ou Deficiências Auditivas e do Encontro da Rede Profis. Nele se reunirão 38 associações de pais, com a presença do senador Flávo José Arns (PT/PR). Os eventos acontecem quinta (2) e sexta-feira (3), no próprio Centrinho (Rua Silvio Marchione, 3-20, Vila Universitária, Bauru). A participação é gratuita e aberta.

Os encontros têm por objetivo fortalecer e defender os interesses institucionais das associações de pais que integram a chamada Rede Profis - uma rede solidária que congrega 38 associações de pais de pessoas com fissuras de lábio e palato e com perdas auditivas de todo o Brasil. Na prática, essas entidades facilitam o acesso dos pacientes ao tratamento, oferecem suporte social, assessoram os pacientes na busca de seus direitos e disseminam informações sobre políticas públicas destinadas às pessoas com deficiência.

Com informações do SerCom Centrinho e Funcraf

Mais informações: (14) 3223-2100 / 3235-8437

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 02, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16948-centrinho-abre-pr

Bauru
Centrinho abre processo seletivo para cursos de extensão e pós-graduação

A partir de segunda-feira (6), o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, em Bauru, abre processo seletivo para cursos de aperfeiçoamento e de especialização, com início em agosto e setembro, respectivamente.

O curso de aperfeiçoamento profissional oferece quatro vagas na área de Cirurgia Oral para candidatos graduados em Odontologia.

Para o curso de pós-graduação Lato Sensu (Especialização) são oferecidas até 15 vagas na área de Psicologia Clínica e Hospitalar e mais 15 para Serviço Social na Área da Saúde e Reabilitação, com duração de setembro de 2009 a fevereiro de 2011, abrangendo atividades práticas e teóricas. Os candidatos devem ser graduados em Psicologia e Serviço Social, respectivamente. O número exato de vagas está atrelado ao número de candidatos inscritos.

As fichas de inscrições para todos os cursos estão disponíveis no site do Centrinho. As inscrições serão recebidas a partir de segunda-feira, das 9 às 12 horas  e das 14 às 17 horas, na Seção de Apoio Acadêmico (Rua Sílvio Marchione, 3-20, Vila Universitária, Bauru). A taxa de inscrição para qualquer um dos editais de seleção é de R$ 80,00, mas os cursos são gratuitos.

Detalhes do processo seletivo, bibliografia exigida, prazos e documentos exigidos no ato da inscrição estão nos editais completos, divulgados também no site.

Mais informações: (14) 3235-8420 (em horário comercial), site www.centrinho.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16950-osusp-se-aprese

música
Osusp se apresenta na Sala São Paulo em homenagem ao ano da França no Brasil Em homenagem ao ano da França no Brasil, a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) fará uma apresentação no dia 2 de agosto às 17 horas na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, s/n, Luz, São Paulo). Com regência de Roberto Tibiriçá, os solistas Fábio Caramuru e Marcelo Bratke apresentarão Suíte Dolly op. 56, de Gabriel Fauré, Concerto para Dois Pianos, de Francis Poulenc e Sinfonia Italiana op. 90, de Felix Mendelssohn.

Os ingressos variam entre R$ 10,00 e R$ 50,00 (estudantes, aposentados, professores e funcionários USP têm 50% de desconto) e podem ser adquiridos na sede da Osusp (Rua do Anfiteatro, 109, Cidade Universitária, São Paulo), na bilheteria da Sala São Paulo ou no site Ingresso Rápido.

Mais informações: (11) 3091-3000, email sinfonica@usp.br, site www.sinfonica.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/16951-ffclrp-abre-in

extensão
FFCLRP abre inscrições para o Circo da Física
Estão abertas as inscrições para as escolas públicas e privadas participarem da próxima edição do Circo da Física. As apresentações serão de 5 e 9 de outubro no Espaço Cultural do Campus da USP em Ribeirão Preto (CCRP), na Av. Bandeirantes, 3900, Ribeirão Preto. Elas acontecem em dois horários por dia, às 9h45 e às 13h45. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas pelo site do projeto ou pelo email milenacristti@hotmail.com.

O Circo da Física nasceu em 2002 no Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCLRP) da USP. Tem como objetivo apresentar  experimentos de física, muitas vezes citados em sala de aulas e raramente visualizados, além de despertar a curiosidade, o senso crítico dos alunos e promover maior interação com o universo acadêmico. São apresentações de cerca de 50 minutos, com palhaços e outros personagens que brincam em alguns mundos imaginários da física interagindo com o público.

Com informações do Serviço de Comunicação Social da CCRP

Mais informações: site www.neuroimago.usp.br/circo, email milenacristti@hotmail.com

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 03, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16955-professora-da-e

livro
Professora da ECA é coautora de lançamento sobre Relações Públicas
A professora Maria Aparecida Ferrari, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, é coautora de Relações Públicas: Teorias, Contexto e Relacionamentos (Editora Difusão), novo livro de James E. Grunig. Fábio França, professor da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) também colabora na obra.

O livro reúne teorias, práticas e experiências, dividido em três partes, respectivamente desenvolvidas por cada um dos autores. A professora Maria Aparecida é responsável pela segunda parte, em que discorre sobre a profissão de Relações Públicas e suas práticas no contexto latino-americano. James Grunig abre o livro com um quadro teórico para o exercício da profissão. Fábio França encerra com uma abordagem da gestão de relacionamentos corporativos.

O lançamento acontece no dia 6 de agosto e contará com palestra de Gruing, Como sobreviver em contextos vulneráveis – as Relações Públicas como estratégia de relacionamentos, às 19 horas, no auditório da Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Fapcom), à Rua Major Maragliano, 191, Vila Mariana, São Paulo.

Interessados devem se inscrever gratuitamente pelo email da Editora Difusão, enviando nome completo e telefone, ou pelo telefone (11) 4227-9400. As vagas são limitadas.

Mais informações: (11) 4227-9400

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16956-hc-promove-campan

inovação
HC promove campanha em comemoração a novo instrumento de checagem
Na segunda-feira (6), o Instituto Central do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) inicia a implementação do Time Out, instrumento de checagem que objetiva aumentar a segurança do paciente no momento da cirurgia.

A adoção da ferramenta permitirá que o hospital verifique em média 20 itens do processo cirúrgico (equipamentos, materiais, medicamentos, documentos, exames, entre outros) – o dobro do número atual. A checagem acontece antes da indução da anestesia, antes da incisão na pele e antes da saída do paciente da sala cirúrgica. O procedimento reduz 50% das mortes em mesa de cirurgia e 63% das complicações cirúrgicas. Para implementação do modelo, equipes serão  treinadas e capacitadas pelo hospital.

Para marcar a inovação, o Instituto Central do HC promoverá, também na segunda-feiras, a campanha de senbilização Cirurgia Segura Salva Vidas, das 7 horas às 15h30, envolvendo palestras, relatos de experiências, dramatização e distribuição de material educativo aos profissionais.

Mais informações: (11) 3069-3000

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/16957--vale-do-rio

engenharia
Vale do Rio Doce apresenta curso de especialização na Poli
Na quarta-feira (8), às 10 horas, representantes da Companhia Vale do Rio Doce estarão no Anfiteatro do Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica (Poli) da USP para apresentar o Curso de Especialização em Engenharia Ferroviária. A participação no curso abre a possibilidade de contratação pela Vale. A companhia informa que os participantes que não forem admitidos farão parte do banco de talentos e poderão ser aproveitados futuramente pela empresa.
 
No total, o curso oferece 60 vagas para graduados nas unidades da empresa em São Luis (MA) e Belo Horizonte (MG). Com duração de três meses, a especialização desenvolverá mão-de-obra especializada com enfoque nas áreas de operação, manutenção e gestão de ferrovias.
 
Entre os objetivos do curso de especialização estão a aquisição de conhecimentos técnicos e desenvolvimento de uma visão integrada das atividades da operação ferroviária, além da compreensão de temas ligados ao meio ambiente, segurança, produtividade, custos e gestão profissional.
 
Os pré-requisitos para inscrição são graduação nos últimos três anos nos cursos de Engenharias Civil, de Produção, Elétrica, Eletrotécnica, Eletrônica, Eletroeletrônica, Mecânica, Mecatrônica, Meio Ambiente, Segurança e Telecomunicações. É necessário nível intermediário de inglês e dedicação exclusiva para participar das aulas e estudos durante três meses.

A apresentação é gratuita, sem necessidade de inscrição. Os procedimentos para inscrição no curso ainda serão divulgados no site da Vale do Rio Doce.

A Poli fica Av. Prof. Luciano Gualberto, travessa 3, 380, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: site www.vale.com/vale/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=700&infoid=3216

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16958-fearp-debate-o

Ribeirão Preto
FEARP debate os desafios do ensino de administração de organizações
A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP) da USP promove um debate sobre os desafios do processo ensino-aprendizagem de gestores de organizações. O evento acontece segunda-feira (6), a partir das 14h15. Nele será feita uma reflexão sobre a administração de organizações e as formas alternativas de ensinar aos gestores e alunos de administração conceitos, ferramentas e habilidades compatíveis com a complexidade do mundo dos negócios.

As inscrições, gratuitas, podem ser feitas através do site www.fundace.org.br. O evento acontece no Anfiteatro da FEARP (Av. Bandeirantes, 3900, Ribeirão Preto).

Mais informações: (16) 3601-2700, site www.fundace.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16959-ismail-xa

maturidade acadêmica
Ismail Xavier, professor da ECA, recebe prêmio de comunicação
Ismail Norberto Xavier, professor do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP, é o vencedor do Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação, na categoria "Maturidade Acadêmica", em reconhecimento ao trabalho realizado pelo docente no engrandecimento dos estudos comunicacionais, com destaque para as pesquisas nas áreas de cinema brasileiro e da critica/estética cinematográfica.

A entrega dos diplomas aos vencedores do Prêmio - outorgado anualmente pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) - ocorrerá em cerimônia a ser realizada em 6 de setembro, na Universidade Positivo, em Curitiba (Paraná), durante a realização do 32º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação.

Mais informações: email ecanoticias@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16949-peca-no-tusp-mi

teatro
Tusp apresenta monólogo que discute a fluidez da vida, mesclando o urbano e o rural
   

Sem alegria nem cuidado, nosso pai encalcou o chapéu e decidiu um adeus para a gente. Nem falou outras palavras, não pegou matula e trouxa, não fez a alguma recomendação. (...) Nosso pai entrou na canoa e desamarrou, pelo remar. E a canoa saiu se indo — a sombra dela por igual, feito um jacaré, comprida longa.


Nosso pai não voltou. Ele não tinha ido a nenhuma parte. Só executava a invenção de se permanecer naqueles espaços do rio, de meio a meio, sempre dentro da canoa, para dela não saltar, nunca mais.
Guimarães Rosa, A Terceira Margem do Rio
 

A poética única de Guimarães Rosa faz remontar a linguagem e a vida dos sertanejos do interior do Brasil. E é com essa linguagem, imagética, que "Em Alguma Margem, no rio", do Coletivo Bruto da Cooperativa Paulista de Teatro (CPT), pretende mostrar a existência atropelada de um jagunço que se perde no não-pensar de suas ações. O monólogo, que estréia sábado (4) no Teatro da USP (Tusp), faz um misto que se baseia inicialmente no conto A Terceira Margem do Rio, de Guimarães Rosa. Mas, de acordo com o produtor e ator, Paulo Barcellos, também se inspira em Édipo Rei, de Sófocles, em obras de Mircea Eliade, além de outras referências.

O texto vê a soma de outros como complementos - em alguns momentos parafraseados, que vão levando a trama para caminhos diferentes da obra original. Por isso, Barcellos não a considera uma leitura de A Terceira Margem do Rio. Mas o monólogo utiliza, assim como tantos textos do autor mineiro, a natureza como metáfora da vida.

A história se passa dentro de uma canoa. Um jagunço, após certa idade, percebe que cometeu diversos erros devido ao seu jeito "atropelado" de agir. Assim, abandona família, emprego e casa, compra uma canoa e vai rio abaixo. Num determinado momento, delirante devido ao sol, ele bate em um tronco de árvore e é para ela que ele confessa seus erros, relembra seu passado e revive suas histórias. Barcellos conta que a maior dificuldade da peça é trabalhar com um espaço reduzido. "A peça se passa toda dentro de uma canoa estilizada de dois metros por trinta centímetros", explica ele.

Para interpretar o papel, o ator conta que teve que entender mais a fundo o sertanejo de quem Guimarães Rosa tanto fala. A tarefa foi facilitada pelo fato de Barcellos ser, já há algum tempo, um grande admirador das obras do autor - assim como a roteirista da peça, Viviane Dias.


Assim, dentro de uma canoa, o personagem conta como surgiu a sua insatisfação por uma vida baseada apenas em pequenos dramas pessoais, e no individualismo proveniente desse processo. O que fazer quando a vida chega nesse ponto? Há como voltar? Senão, o que seria um "recomeço"? Amor, ódio, morte, procura de entendimento, medo, alegria, transformação, passagem do tempo. Tudo se mistura em meio a um delírio de um dia quente na margem de um rio.

A peça foi encenada pela primeira vez em 2002, no Teatro Ágoras CBT. "Ela ficou dois meses em cartaz, mas com público reduzido, uma coisa bem caseira mesmo", diz. A ideia da peça foi dele, que convidou Viviane Dias, atriz, dramaturga e jornalista, para fazer o roteiro. Ela aceitou na hora. Assim, eles trabalharam no projeto juntos, e depois convidaram Jairo Mattos para participar da direção. Hoje, são cinco profissionais que trabalham diretamente com a peça.

"Em Alguma Margem, no rio" faz parte da temporada de Guerra Total ou A Perder de Vista, do Coletivo Bruto.

Serviço
A peça "Em Alguma Margem, no rio" será encenada entre 4 e 12 de julho, aos sábados, às 21 horas, e aos domingos, às 20 horas, no Tusp (Rua Maria Antonia, 294, Consolação, São Paulo). Ela não é recomendada a menores de 16 anos. Os ingressos custam R$ 20,00, e podem ser adquiridos no próprio teatro. Mais informações: (11) 3255-7182/3259-8342, site www.usp.br/tusp.
Fotos: Pedro Palhares

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/16960-professora-de

comunicação
Professora de Relações Públicas na ECA lança três livros
A professora Margarida M. Krohling Kunsch, do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP) da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP, é a organizadora das recém-lançadas obras Relações Públicas: história, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas (Editora Saraiva, 510 pp, R$ 75,00), Comunicação organizacional – Vol. 1: Histórico, fundamentos e processos (Editora Saraiva, 388 pp, R$ 71,00), Comunicação organizacional – Vol. 2: Linguagem, gestão e perspectivas (Editora Saraiva,360pp,R$65). As obras são destinadas a pesquisadores, professores, profissionais e estudantes de comunicação, e tiveram apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Os livros contêm textos que visam expressar o pensamento brasileiro da produção científica em comunicação organizacional e em relações públicas. Ao todo, são 55 autores envolvidos no projeto.

As obras podem ser adquiridas no site da Livraria Saraiva ou em livrarias.

Mais informações: www.livrariasaraiva.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16961-ead-apresenta-a

teatro
EAD apresenta a comédia No papel da vítima
Estreia na quarta-feira (8) a comédia No papel da vítima, dos Irmãos Presnyakov, na Escola de Arte Dramática (EAD) da USP (Av. Prof. Luciano Gualberto, travessa J, 215). O espetáculo trata das inusitadas experiências de Valya, um rapaz que ganha a vida fazendo o papel da vítima em reconstituições de crimes e que, enquanto se faz de morto no trabalho e “se faz de morto” na casa de seus pais (para evitar tarefas que não quer fazer), assiste a uma sociedade a sua volta onde as barbaridades, de tão comuns, se tornaram normais, os valores são confusos, a corrupção está em toda parte e o simulacro dos acontecimentos é mais importante que os próprios acontecimentos.

O elenco é formado pelos alunos da turma 58, e a direção é de Ariela Goldmann. A peça, que fica em cartaz até o dia 2 de agosto, tem duas horas de duração e é recomendada para maiores de 14 anos. As apresentações acontecem de quarta-feira a sábado, às 21 horas, e aos domingos, às 20 horas.

A entrada é franca, sendo necessário chegar com uma hora de antecedência.

Mais informações: (11) 3091-4376

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16962-sao-carlo

vagas
Em São Carlos, IQSC e IFSC abrem concurso para técnicos
O Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP receberá inscrições, de segunda-feira (6) ao dia 23, para o concurso público que objetiva a contratação de dois Técnicos de Laboratório. Uma das vagas é para atuar junto ao Departamento de Química e Física Molecular e outra junto ao Departamento de Físico-Química.

O salário inicial é de R$ 1.678,75 e os interessados devem ter curso técnico profissionalizante completo em nível de ensino médio em Química; cédula de Identidade profissional de registro junto ao Conselho Regional de Química (CRQ), conhecimento de língua estrangeira no nível de interesse da área de atuação, e conhecimentos de informática.

Além disso, o Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP receberá inscrições para uma vaga de Técnico em Mecânica, de 29 de julho a 7 de agosto. O salário inicial é de R$ 1.678,75 e os interessados devem ter, entre as exigências da função, ensino médio completo e curso profissionalizante em usinagem mecânica ou curso técnico em mecânica (nível de ensino médio).

Estão disponíveis na internet os editais completos.

Mais informações: (16) 3373-9910 / 9787

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16963-banco-de-dados-va

medicina
Banco de dados da FMUSP sobre surdez é pioneiro no Brasil
No Brasil, os programas de saúde direcionados à audição humana são baseados em dados de outros países, como os Estados Unidos, mas nem sempre condizem com a realidade brasileira. Uma pesquisa em andamento na Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) busca exatamente mudar este quadro. Pesquisadores estão realizando o levantamento das condições auditivas de mil moradores da cidade mineira de Juiz de Fora, iniciativa que levará à formação de um banco de dados brasileiro sobre surdez.

A pesquisa está sendo conduzida pela médica otorrinolaringologista Letícia Raquel Baraky, em sua tese de doutorado. O objetivo do trabalho é determinar a prevalência da surdez incapacitante no Brasil, visando subsidiar a elaboração de estratégias para resolução dos problemas apontados. O estudo foi o ganhador, na categoria Projetos, do 1º Prêmio Inovação Medical Services – Novos Caminhos em Saúde Pública, lançado pela Sanofi-Aventis do Brasil. Mais de 140 trabalhos participaram do concurso, nas áreas de gestão, prevenção de saúde e formação profissional. Os ganhadores foram anunciados no último dia 9 de junho.

A pesquisa tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a orientação é do professor Ricardo F. Bento, da FMUSP. A co-orientação é da professora Nádia Raposo, do Departamento de Farmácia e Bioquímica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

De acordo com Letícia, o estudo traz contribuições importantes na área da saúde auditiva, pois o Brasil carece de pesquisas em epidemiologia. “Programas de saúde auditiva são realizados com base em material da Organização Mundial de Saúde (OMS) porque ainda não existem dados nacionais sobre o assunto”, comenta a pesquisadora, que também é professora da UFJF. Para ela, “é necessário que outros trabalhos semelhantes sejam feitos visando entender de forma realista as condições de saúde da população e, assim, promover a alocação adequada de recursos, bem como a implantação de projetos que estejam em acordo com esta realidade.”

O estudo epidemiológico abrange moradores de 308 residências de Juiz de Fora, no interior de Minas. O trabalho de campo já foi encerrado e está na fase de análise estatística. Foram entrevistados desde bebês com 12 dias de idade até idosos de 95 anos. Os participantes responderam a questionários sobre o histórico de saúde e passaram por exames audiométricos. Letícia explica que a cidade de Juiz de Fora servirá de modelo para que o estudo seja aplicado em outros municípios.

Tratamento precoce
O projeto tem como meta, ainda, avaliar a situação brasileira em relação aos transtornos auditivos, de maneira quantitativa e possibilitando o planejamento eficaz para a sua redução e o tratamento precoce. O estudo trará dados úteis à população de Juiz de Fora e se integrará aos estudos nacionais. Segundo o professor Ricardo F. Bento, os dados epidemiológicos coletados nesse levantamento serão de extrema importância para municiar as autoridades de saúde no direcionamento das ações de saúde pública, uma vez que até agora as estratégias eram baseadas em trabalhos internacionais, que não se ajustam à nossa realidade.

De acordo com Letícia, outros objetivos específicos da pesquisa são realizar levantamento socioeconômico a fim de se estabelecer possíveis correlações da surdez e fatores sócio-econômicos-culturais encontrados em diferentes faixas etárias; identificar as causas de perda auditiva incapacitante e comparar os resultados, dentro das faixas etárias estudadas, com dados mundiais de referência; criar um banco de dados regional para avaliar mudanças e eficácias das intervenções realizadas; e identificar possíveis variantes ambientais relacionadas à surdez incapacitante, relacionando-as a fatores de risco e proteção.

Fonte: Assessoria de Imprensa da FMUSP

Mais informações: email lebaraky@hotmail.com, com a médica Letícia Baraky

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16964-pro-reito

graduação
Pró-Reitoria de Graduação divulga calendário de reposições
A Pró-Reitoria de Graduação da USP, em resolução, estipulou os critérios de reposição de aulas na graduação em virtude das paralisações ocorridas nos meses de maio e junho.

A resolução como o calendário está disponível em documento na internet.

Mais informações: www.usp.br/prg

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 1 usuário votou. 1 voto | 0 comentário

Julho 06, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16966-cursinho-da-fe

pré-vestibular
Cursinho da FEA abre inscrições para processo seletivo
Estão abertas até 8 de agosto as inscrições para o ciclo básico do Cursinho da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.

Os candidatos devem cursar a partir do segundo ano do ensino médio. As entrevistas de seleção socioeconômica acontecerão nos dias 1°, 8 ou 15 de agosto. As provas acontecem no dia 15 e os resultados saem a partir do dia 19. As aulas têm início no dia 22, das 7h30 às 18 horas.

As inscrições devem ser feitas presencialmente. As instruções encontram-se no site do cursinho. A taxa é de R$ 15,00, podendo ser paga pessoalmente, por boleto ou cartão.

O cursinho da FEA fica na Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, prédio FEA 1, sala 11, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-5896, site www.cursinhofeausp.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16967-fea-recebe-ins

empreendedorismo
FEA recebe inscrições e trabalhos para Seminários em Administração
Estão abertas até 14 de agosto as inscrições para a 12ª edição dos Seminários em Administração (Semead). Já a submissão de trabalhos pode ser feita até o dia 10 de julho. O tema é "Empreendedorismo e Inovação". Trata-se de uma oportunidade para que estudantes, pesquisadores e profissionais de administração de empresas possam trocar experiências acerca de pesquisas científicas e relatos de casos.

O evento acontece nos dias 27 e 28 de agosto, na FEA. Os sete melhores trabalhos serão publicados em edição especial da Revista de Gestão (REGE) da USP. 

As inscrições custam R$ 50,00 para alunos e professores da USP, e R$ 200 para demais interessados. Inscrições e submissão de trabalhos podem ser feitas pelo site do evento. A escolha dos trabalhos para apresentação será divulgada até 7 de agosto.

A FEA fica na Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-5805, site www.ead.fea.usp.br/semead, email semead@edu.usp.br.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/16969-fea-tera-conf

pensa conference
FEA terá conferência internacional sobre crise econômica
Vai até 10 de agosto o prazo para submissão de trabalhos para apresentação na sétima edição da Internacional Pensa Conference, com o tema "Economic Crisis: Reorganizing Food, Fiber and Bioenergy Chains". O evento acontece entre os dias 26 e 28 de novembro, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP (Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária, São Paulo).

O interessado pode enviar seu trabalho pelo site do evento, que disponibiliza também instruções e padrões para o procedimento. A escolha dos trabalhos selecionados será divulgada no dia 1º de outubro.

As inscrições para o evento serão abertas no dia 5 de outubro, pelo mesmo site. As taxas serão de R$ 150,00 (estudantes) a R$ 450,00 (professores e empresários) até 30 de outubro. Depois dessa data, os valores passam a R$ 200,00 e R$ 500,00, respectivamente. No dia da conferência, os preços sobem em R$ 50,00. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito ou boleto bancário.

Mais informações: site www.pensaconference.org/vii_pensa_conference/index.htm

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/16970-fipecafi-rea

fea
Fipecafi realiza palestra sobre software em gestão de rentabilidade
No dia 15, das 9h30 às 12 horas, acontece a palestra Sistema Integrado de Gestão de Rentabilidade, na sede da Fipecafi, entidade ligada à Faculdade de Economia Administração e Contabilidade (FEA) da USP. O endereço é Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

O palestrante é Carlos Roberto Kassai, diretor da Kassai Consultores. O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site do evento

Mais informações: (11) 4255-2988, email espacocliente@kassai.com.br, site www.kassai.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16971-fea-sedia-conf

economia
FEA sedia conferência internacional de input-output
Entre os dias 13 e 17, a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP sedia a 17ª edição da International Input-Output Conference. O objetivo é desenvolver conhecimentos na área de análise de input-output.

Os interessados devem se inscrever pelo site do evento e pagar a taxa de inscrição por boleto bancário ou cartão de crédito. Os valores vão de US$ 160,00 (para estudantes) a US$ 470,00 (para não associados do IIOA).

A realização é da International Input-Output Association (IIOA). A FEA fica na Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3571-3363 com Karine, site aplicativos.fipe.org.br/io/htm/event/event.asp

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16945-ee-abre-inscricoe

Enfermagem
EE abre inscrições para Curso de Especialização em Radiologia
Entre os dias 13 e 17, a Escola de Enfermagem (EE) da USP abre inscrições para o processo seletivo da primeira edição do Curso de Especialização em Enfermagem em Radiologia Diagnóstica e Terapêutica. Serão 21 selecionados.

O curso acontecerá de 3 agosto de 2009 a 8 de julho de 2010, com aulas às segundas e às quartas-feiras, das 15 às 22 horas. Os temas serão: "Administração e organização dos serviços de saúde", "Ambiente e tecnologia em radiologia", "Assitência de enfermagem em radiologia", "Controle e prevenção de infecção em serviço de radiologia" e "Metodologia de Pesquisa", seguidos de trabalho de conclusão de curso.

Para se inscrever, o interessado deve comparecer ao Serviço de Cultura e Extensão Universitária da EE (Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419, térreo, Cerqueira César, São Paulo). Deverá preencher ficha no local, pagar taxa de R$ 50,00 e entregar currículo atualizado com documentos comprobatórios e cópia de registro profissional do Conselho Regional de Enfermagem (Coren), cédula de identidade, CPF e diploma de graduação.

Para interessados de fora do município de São Paulo, deverão ser postados até o dia 15 de julho: duas vias preenchidas da ficha de inscrição disponibilizada no site da EE, currículo atualizado com documentos comprobatórios, cópia de registro profissional do Coren, RG, CPF e diploma de graduação. Deverá ser encaminhado um cheque nominal à Escola de Enfermagem da USP no valor de R$ 50,00. O endereço para correspondência é Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419, térreo, CEP 05403-000, Cerqueira César, São Paulo, SP.

Mais informações: (11) 3061-7531, site www.ee.usp.br/culturaeextensao/cursos.htm

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16952--simposio-em-ribe

saúde pública
FORP faz simpósio para fomentar debate sobre contaminação por chumbo
  A Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP recebe, nos dias 30 e 31, a primeira edição do Simpósio sobre o chumbo e a saúde humana. As inscrições, gratuitas, já estão abertas e podem ser feitas até o dia 17; interessados em apresentar trabalhos no formato de painéis devem submeter seus projetos até o dia 15. A professora Raquel Fernanda Gerlach, que organiza o evento, afirma que o simpósio vem para ajudar a fomentar o debate sobre a relevância de se monitorar a presença do chumbo no organismo humano.

A contaminação por chumbo pode causar uma série de malefícios ao ser humano – um dos mais conhecidos é a perda de inteligência, manifesta em questões como dificuldade de atenção e concentração. Há inclusive estudos nos EUA que relacionam altos índices de chumbo à criminalidade.

Raquel Gerlach enfatiza que o problema, no Brasil, não chega a ser dos mais alarmantes. Mas está presente. E é “totalmente evitável”. Por isso, na sua avaliação, é preciso que esteja na agenda dos promotores de saúde, e também na de todos os que convivem com crianças.

Um dos métodos mais eficazes para a disseminação do chumbo, cita a docente, é a falta de higienização de pessoas que têm contato com o metal e depois retornam às suas casas. “O pai mexe com o chumbo em seu trabalho, e depois não se limpa corretamente antes de brincar com os filhos. Ou de maneira mais ‘invisível’ – a poeira da sua roupa contém o chumbo, e se espalha por toda a casa”, conta.

Para a professora, a legislação brasileira sobre o tema é satisfatória, com a proibição do chumbo em materiais como tintas e gasolina. Mas falta, segundo a docente, um maior controle dos níveis da presença do chumbo no organismo dos brasileiros, em especial das crianças. Raquel cita estudo recentemente realizado por ela e outros pesquisadores em Ribeirão Preto que detectou índices elevados (maiores do que 10 microgramas por decilitro de sangue) em 10% de um total de 444 crianças de 6 a 8 anos.

A docente lembra que em países como o EUA são feitos, regularmente, exames de sangue nas crianças para aferição da quantidade de chumbo no organismo. No Brasil, tal procedimento não ocorre – o que, em alguns casos, acaba por ser base para que apareçam diagnósticos imprecisos. “A criança pode ter um problema causado pelo excesso de chumbo, mas, por não haver o hábito de se pensar nessa possibilidade, não se mede a presença do chumbo e não se descobre a chave da questão”, conta.


O simpósio
Como o objetivo principal do simpósio é colaborar para que a questão do chumbo esteja presente nos debates sobre a saúde, a professora Raquel Gerlach explica que houve a preocupação de se montar uma programação multidisciplinar para o evento.

Os debates terão médicos, dentistas e também psicólogos e psiquiatras, que abordarão as consequências da alta concentração do chumbo para o aprendizado e formação do intelecto.

A programação terá um caráter científico, mas Raquel espera que o evento seja procurado não somente por freqüentadores do ambiente acadêmico, mas também por aqueles que, de maneira geral, preocupam-se com temas relacionados à saúde infantil. “É claro que existem problemas mais sérios para as crianças, como falta de casa, de comida. Mas é que o problema do chumbo é evitável. É possível acabar com ele. Por isso temos que fazer com que o debate esteja presente”, conclui.

Serviço
O Simpósio sobre o chumbo e a saúde humana acontece nos dias 30 e 31; no primeiro dia, das 14 às 18 horas, e no segundo das 8h30 às 18 horas. O local do evento é a FORP, localizada na Avenida do Café, s/nº, Ribeirão Preto. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas no site do simpósio. Mais informações pelo email raquelgerlach@gmail.com.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16952--simposio-em-ribe

saúde pública
FORP faz simpósio para fomentar debate sobre contaminação por chumbo
  A Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP recebe, nos dias 30 e 31, a primeira edição do Simpósio sobre o chumbo e a saúde humana. As inscrições, gratuitas, já estão abertas e podem ser feitas até o dia 17; interessados em apresentar trabalhos no formato de painéis devem submeter seus projetos até o dia 15. A professora Raquel Fernanda Gerlach, que organiza o evento, afirma que o simpósio vem para ajudar a fomentar o debate sobre a relevância de se monitorar a presença do chumbo no organismo humano.

A contaminação por chumbo pode causar uma série de malefícios ao ser humano – um dos mais conhecidos é a perda de inteligência, manifesta em questões como dificuldade de atenção e concentração. Há inclusive estudos nos EUA que relacionam altos índices de chumbo à criminalidade.

Raquel Gerlach enfatiza que o problema, no Brasil, não chega a ser dos mais alarmantes. Mas está presente. E é “totalmente evitável”. Por isso, na sua avaliação, é preciso que esteja na agenda dos promotores de saúde, e também na de todos os que convivem com crianças.

Um dos métodos mais eficazes para a disseminação do chumbo, cita a docente, é a falta de higienização de pessoas que têm contato com o metal e depois retornam às suas casas. “O pai mexe com o chumbo em seu trabalho, e depois não se limpa corretamente antes de brincar com os filhos. Ou de maneira mais ‘invisível’ – a poeira da sua roupa contém o chumbo, e se espalha por toda a casa”, conta.

Para a professora, a legislação brasileira sobre o tema é satisfatória, com a proibição do chumbo em materiais como tintas e gasolina. Mas falta, segundo a docente, um maior controle dos níveis da presença do chumbo no organismo dos brasileiros, em especial das crianças. Raquel cita estudo recentemente realizado por ela e outros pesquisadores em Ribeirão Preto que detectou índices elevados (maiores do que 10 microgramas por decilitro de sangue) em 10% de um total de 444 crianças de 6 a 8 anos.

A docente lembra que em países como o EUA são feitos, regularmente, exames de sangue nas crianças para aferição da quantidade de chumbo no organismo. No Brasil, tal procedimento não ocorre – o que, em alguns casos, acaba por ser base para que apareçam diagnósticos imprecisos. “A criança pode ter um problema causado pelo excesso de chumbo, mas, por não haver o hábito de se pensar nessa possibilidade, não se mede a presença do chumbo e não se descobre a chave da questão”, conta.


O simpósio
Como o objetivo principal do simpósio é colaborar para que a questão do chumbo esteja presente nos debates sobre a saúde, a professora Raquel Gerlach explica que houve a preocupação de se montar uma programação multidisciplinar para o evento.

Os debates terão médicos, dentistas e também psicólogos e psiquiatras, que abordarão as consequências da alta concentração do chumbo para o aprendizado e formação do intelecto.

A programação terá um caráter científico, mas Raquel espera que o evento seja procurado não somente por freqüentadores do ambiente acadêmico, mas também por aqueles que, de maneira geral, preocupam-se com temas relacionados à saúde infantil. “É claro que existem problemas mais sérios para as crianças, como falta de casa, de comida. Mas é que o problema do chumbo é evitável. É possível acabar com ele. Por isso temos que fazer com que o debate esteja presente”, conclui.

Serviço
O Simpósio sobre o chumbo e a saúde humana acontece nos dias 30 e 31; no primeiro dia, das 14 às 18 horas, e no segundo das 8h30 às 18 horas. O local do evento é a FORP, localizada na Avenida do Café, s/nº, Ribeirão Preto. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas no site do simpósio. Mais informações pelo email raquelgerlach@gmail.com.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16973-museu-paulista-

ipiranga
Museu anuncia programação especial para as férias
O Serviço de Atividades Educativas do Museu Paulista da USP, conhecido como Museu do Ipiranga, oferece uma programação especial de férias no mês de julho.

Para o público infantil (entre 5 e 12 anos), acontece no dia 21, das 10 às 11h30, a apresentação Em busca do patrimônio, que promove um primeiro contato com o Museu Paulista de forma lúdica e interativa, estimulando a brincadeira e a descoberta na compreensão de dois tipos de patrimônio: o natural e o cultural.

Além disso, as crianças podem aproveitar no dia 29, das 15 às 16h30, O jogo da encomenda, que busca estimular a descoberta das telas expostas no Museu entendendo como e por que elas foram produzidas, instigando o olhar critico dos participantes na observação das telas, e mesmo na criação de outras telas.

Para a Terceira Idade, Um olhar sobre a pintura histórica, que pretende buscar uma melhor compreensão sobre a função da imagem na história, estimulando um olhar crítico quanto ao acervo do Museu Paulista, aguçando a atenção dos mesmos para esse gênero de pintura. Acontece no dia 23, das 15 às 16h30.

O público jovem e adulto, a partir dos 13 anos, tem sua vez no dia 31, das 10 às 11h30. A apresentação é A Independência do Brasil na tela de Pedro Américo, que vai levar seus participantes a pensar sobre o tema da independência pela lente de diversos escritores e motivá-los a expor suas opiniões por meio da vivência de exercícios de perspetivas poéticas.

As vagas são limitadas e os eventos gratuitos. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 2065-8053, ou email serveduc@usp.br.

Mais informações: (11) 2065-8053, email serveduc@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16974-paulistanos-conso

nutrição
Paulistanos consomem mais açúcar que o ideal, diz pesquisa
Cerca de 40% da população do município de São Paulo consome açúcares de adição (aqueles adicionados artificialmente nos alimentos) acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A constatação foi feita numa tese de doutorado da nutricionista Milena Baptista Bueno, defendida em março deste ano na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Segundo a pesquisadora, “esse tipo de açúcar não traz nenhum tipo de benefício nutricional à pessoa, é apenas energia”. O estudo revelou também um alto consumo de refrigerantes, que é a maior fonte de açúcares de adição para os paulistanos.

A coleta de dados abrangeu cerca de 3 mil pessoas, entre adolescentes, adultos e idosos. “Fizemos visitas domiciliares, em casas sorteadas por todos os bairros de São Paulo. As pessoas respondiam um questionário grande, no qual a dieta era um de seus pontos” conta a pesquisadora.

O trabalho de Milena tratou especificamente da análise da dieta da população com o consumo de açúcar. “A ideia era verificar a quantidade de açúcar ingerido e tentar avaliar até que ponto ele poderia ser consumido sem prejudicar a absorção de outros nutrientes”, explica.

A OMS recomenda que o consumo seja menor que 10%. A pesquisa mostrou que a média de consumo de açúcares é em torno de 10% do consumo de energia. Apesar de a média de consumo estar próxima do recomendado, o ideal seria que ela fosse menor que os 10%. “Sendo parecida com a recomendação, não é tão bom como pode aparentar”, alerta a nutricionista. E foi o que mostrou os resultados da pesquisa: 40% estão acima da média de consumo.

Não se considera nesse percentual os açúcares naturais dos alimentos, como frutose das frutas, a lactose do leite e outros. “Só consideramos os açúcares adicionados artificialmente nos alimentos” explica Milena.

Muito refrigerante
Milena surpreendeu-se com o alto consumo de refrigerantes. “Percebemos que a maior parte do açúcar consumido não vem daquele que colocamos em sucos e bolos, por exemplo, mas sim do refrigerante”, destaca. Cerca de 35% do açúcar de adição consumido vem destas bebidas.

A nutricionista ressalta que o açúcar de adição aumenta as calorias da dieta, mas não a quantidade de nutrientes. “Foi confirmado que à medida que aumenta o consumo de açúcares de adição há uma diminuição da média de consumo de minerais e vitaminas, já que os alimentos ricos em açúcar geralmente não possuem estes micronutrientes. Ou seja, há um aumento do consumo de energia sem incremento da qualidade da dieta. Esta é a grande problemática atual de uma alimentação saudável: dieta suficiente ou excessiva na quantidade de energia, porém deficiente em micronutrientes. A consequência é o aumento de pessoas com obesidade e deficiências nutricionais”, explica.

Para Milena, os resultados da pesquisa servem como um instrumento para auxiliar as políticas públicas de saúde em relação à alimentação. “A proposta foi mostrar a situação da dieta da população para auxiliar o poder público a trabalhar melhor a questão do consumo de açúcar.” avalia.

Mais informações: mibueno@usp.br, com a nutricionista Milena Baptista Bueno

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 07, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10738/especiais/vaga-lumes-sina

EspeciaisEstudo do Biota-FAPESP mapeia biodiversidade de vaga-lumes na Mata Atlântica e abre caminhos para preservar espécies e seus ambientes naturais. Inseto pode ser usado como bioindicador ambiental

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10739/divulgacao-cientifica/hid

Divulgação CientíficaCientistas italianos usam lasers para obter hidrogênio a partir de água sob alta pressão, em método que pode ajudar na produção de combustível limpo

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10740/noticias/o-empirista-e-a-

NotíciasEm Hume e a Epistemologia, que acaba de ser lançado, João Paulo Monteiro, da USP, trata dos principais desafios interpretativos da obra do filósofo escocês

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10741/noticias/oportunidade-de-

NotíciasVaga está vinculada ao Projeto Temático “Sistemas Poliméricos Nanoestruturados: Processamento e Propriedades”, conduzido na UFSCar

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10742/noticias/menos-sedentario

Notícias Pesquisa realizada com 8 mil pessoas entre 14 e 88 anos, em 25 municípios paulistas, aponta que número de sedentários caiu 72% nos últimos seis anos

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10743/agenda/curso-transferenci

AgendaEvento em Campinas (SP) abordará temas relacionados à transferência de tecnologias por meio de fundamentos e práticas da Universidade da Geórgia

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10744/agenda/6-seminario-intern

AgendaEvento ocorrerá junto ao 10º Congresso e Feira Internacional de Geoinformação, em São Paulo

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/16975-laboratorio-de

clima
Laboratório do IAG divulga boletim de previsão do tempo
O Laboratório de Hidrometeorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP divulgou nessa segunda-feira (2) seu boletim semanal com a previsão do tempo para a região metropolitana de São Paulo. Confira:

Semana
O ar seco que vem do interior do continente deixa a semana ensolarada em toda a Região Metropolitana de São Paulo. Os dias devem ser de manhãs frias e nevoeiros isolados, e tardes com sensação de calor e tempo aberto. A partir de sexta-feira áreas de instabilidades associadas a uma frente fria provocam pancadas de chuva no período da tarde. 

Fim de semana
A atuação de uma frente fria deixa o tempo instável em toda a Região Metropolitana de São Paulo. O sábado amanhece com sol entre nuvens. No decorrer do período as nuvens aumentam e provocam pancadas de chuva. O domingo amanhece chuvoso com melhora ao longo do período. As temperaturas diminuem.

Previsão por períodos

Terça
(7)
Quarta
(8)
Quinta
(9)
Sexta
(10)
Sábado
(11)
Domingo
(12)
Mínima 14º
Mínima 14º
Mínima 15º
Mínima 16º
Mínima 16º
Mínima 13º C
Máxima 25º
Máxima 25º
Máxima 26º
Máxima 23º
Máxima 23º
Máxima 16º C

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16972-filosofia-cinem

julho
Encontros de Férias mesclam vertentes da arte no Maria Antonia
  Filosofia, cinema, literatura e design. Esses são os ingredientes que, bem selecionados e devidamente preparados, vão dar o tom deste mês no Centro Universitário Maria Antonia da USP. Destinado principalmente a pessoas que estarão em São Paulo nessa época do ano, os Encontros de Férias são uma opção para aqueles que querem se atualizar em questões mais teóricas que os alimentem para enfrentar o trabalho cotidiano e rotineiro. Assim define Tânia Rivitti, coordenadora de cursos e eventos do Maria Antonia.

Ao contrário do formato tradicional dos cursos oferecidos pelo centro, que costumam se estender ao longo do mês, os Encontros de Férias se concentram em dias subsequentes, dando oportunidade de participação ao interessado que, por alguma razão, não possa ficar na cidade por muito tempo.

Sobre a escolha dos temas, Tânia explica que “seguimos a mesma distribuição temática de nossos cursos regulares, mas sugerimos enfoques específicos”. Assim, o curso "Ver para ler", do professor José Bento Ferreira, abre o evento, entre os dias 20 e 23; a partir do dia 21 até 23, Pedro Luiz Pereira de Souza ministra "Racionalidade no design: Bauhaus, Ulm e a atualidade"; e Franklin Leopoldo e Silva encerra com "Realidade e verdade: transformações da imagem na filosofia", entre dos dia 27 e 30.

Para Tânia, a importância dessas temáticas, bem como a criação de um novo formato para os cursos do Maria Antônia, é desdobramento das funções básicas do centro. “Procuramos aprofundar o vínculo com a comunidade apresentando atividades educativas e culturais que favoreçam o conhecimento, a reflexão e a crítica a partir da rica produção que a própria USP engendra”, afirma.


Das páginas para as telas, com um toque de originalidade
"Ver para ler" traz no nome um trocadilho chamativo que resume bem a proposta do curso de José Bento Ferreira, formado em filosofia pela USP e professor de filosofia, sociologia e história da arte em uma escola paulistana de ensino médio. “Assistir aos filmes e falar sobre os livros é antes de tudo uma proposta prazerosa”, resume o professor.

A partir de uma reflexão sobre conceitos de teoria da arte, Ferreira traçará, em quatro aulas, paralelos entre o cinema e a literatura. Para ilustrar, recorrerá a três obras literárias que deram origem a filmes, que o professor considera bastante heterogêneos: de As aventuras de Barry Lyndon, de William Makepeace Thackeray, nasceu o filme Barry Lyndon, de Stanley Kubrik, (Reino Unido. 1975. 184 min.); de Crime e castigo, de Dostoiévski, Woody Allen fez Crimes e Pecados (EUA. 1989. 104 min.), e inspirado em conto de Edgar Allan Poe, Roger Corman deu vida a O Corvo (EUA. 1963. 86 min.).

A escolha dos textos, segundo Ferreira, partiu da necessidade de fugir do óbvio, dentro de um vasto universo de obras literárias adaptadas para o cinema. Ele ressalta, ainda, a originalidade dos filmes em relação à literatura em que se baseiam. “Há filmes que não estão à altura dos livros, há outros que os superam, e há os que são bons, mas não acrescentem nada”, expõe o professor. “Procuramos evitar todas essas categorias. Escolhemos alguns que têm intenção bem clara de fazer alguma coisa nova”.

Para chegar à análise efetiva das obras, "Ver para ler" passará por grandes nomes da filosofia, como Theodor Adorno e Mark Horkheimer e seu conceito de “indústria cultural”.

Moderna e atual, cem anos depois
O segundo curso dos Encontros de Férias é uma homenagem ao 90° aniversário da tradicional e icônica Bauhaus, escola alemã de arquitetura e design que lançou tendências prestigiadas até hoje.

Ícone de modernidade e de sofisticação, a cadeira
de Wassily, projetada por Marcel Breuer, faz parte
do clássico design de mobiliário da Bauhaus.
Ministrado por Pedro Luiz Pereira de Souza, professor da Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi) da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), o curso "Racionalidade no design: Bauhaus, Ulm e a atualidade" pretende desenvolver uma análise e uma crítica geral da chamada "idéia Bauhaus" e seus desdobramentos, como a Escola de Ulm. “Queremos também abordar aspectos que normalmente não estão considerados numa história oficial, aquela ensinada nas escolas, e que é, de certa forma, responsável pelo estabelecimento da mitologia criada em torno da Bauhaus”, explica o professor.

O conceito de racionalidade, a que o próprio nome do curso nos remete, deverá ser amplamente discutido, de forma a eliminar a ambiguidade que Souza atribui ao termo. Segundo ele, a importância da Bauhaus vem do fato de ser “uma das matrizes da concepção de design moderno”, o que a consagra como uma referência mesmo um século depois. Uma vez que a escola se desenvolveu a partir do conceito hoje desgastado de cultura material, concebido na década de 1920, Souza acredita que “cabe perguntar o que continua relevante de uma ideia clássica como a Bauhaus que, afinal, transcendeu a existência e o trabalho prático da escola, transformando-se até mesmo em mitologia”.

O papel da imagem na filosofia
Em "Realidade e verdade: transformações da imagem na filosofia", o professor Franklin Leopoldo e Silva, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, coloca em discussão o estatuto da imagem e suas diferenças de valorização, desde o racionalismo clássico até a filosofia contemporânea, refletindo sobre sua legitimidade de representação nas obras de Descartes, Kant, Bergson e Baudrillard.

Serviço
Os Encontros de Férias no Centro Universitário Maria Antônia dividem-se em três módulos.

"Ver para ler", com José Bento Ferreira, acontece de 20 a 23 de julho (segunda a quinta-feira), das 16 às 18 horas.

"Racionalidade no design: Bauhaus, Ulm e a atualidade", com Pedro Luiz Pereira de Souza, acontece de 21 a 23 de julho (terça a quinta-feira), 20 horas às 22h30.

"Realidade e verdade: transformações da imagem na filosofia", com Franklin Leopoldo e Silva, acontece de 27 a 30 de julho (segunda a quinta-feira), das 20 às 22 horas.

A taxa de inscrição para cada módulo é de R$ 170,00, com desconto de 20% para estudantes e professores e 40% para maiores de 60 anos.

Os interessados podem se inscrever pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 10 às 18 horas, na sala de cursos do terceiro andar do Centro Universitário Maria Antonia, que fica na Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo. As inscrições vão até o fim das 70 vagas para cada módulo.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3255-7182, ramal 32 e 33, pelo email cursosma@usp.br ou pelo site www.usp.br/mariantonia.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16976-reposicao-nutrici

alimentação
Reposição enteral mostra-se eficaz em pacientes do HCFMRP
A utilização de sondas para reposição nutricional em pacientes internados em hospitais pode ser mais eficaz em relação à administração de suplementos nutricionais via oral. Na enfermaria de Clínica Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP, uma pesquisa avaliou a evolução antropométrica — medidas corporais — de pacientes internos submetidos às duas modalidades de reposição nutricional. A pesquisa Evolução antropométrica e sintomas gastrointestinais em pacientes que receberam suplementos nutricionais ou nutrição enteral teve como objetivo avaliar as medidas de 30 pacientes. Como resultado, verificou-se que a suplementação nutricional foi menos benéfica quando comparada à terapia que oferecia dieta via sonda.

Os pacientes foram divididos em dois grupos, sendo 15 homens e 15 mulheres. Em comum, todos tinham doenças crônicas e precisavam recuperar sua condição nutricional. “Do total, 20 pacientes foram submetidos a reposição nutricional enteral, que é feita por um tubo instalado na narina do paciente até o tubo digestivo, podendo ser posicionada no estômago ou intestino. Outros dez receberam os suplementos por via oral”, conta a nutricionista Juliana Maria Faccioli Sicchieri. Foi dela a idéia de estudar o tema a partir de sua experiência como nutricionista assistente da disciplina de Nutrologia, do Departamento de Clínica Médica da FMRP.

Sob a coordenação da professora Selma Freire de Carvalho da Cunha, docente do curso de nutrição e metabolismo da FMRP, Juliana iniciou suas observações no início de 2007. Em visitas diárias à enfermaria, a equipe aferia semanalmente o peso dos pacientes. “Todos os dias aplicávamos um questionário em que eles respondiam sobre suas condições. Se estavam percebendo melhora com a nutrição enteral ou via oral”, conta Juliana.

Medidas corporais
Com a mesma periodicidade semanal, a equipe aferia as medidas corporais dos pacientes. “Medimos a prega cutânea do tecido adiposo, que permite avaliar o percentual de gordura. Trata-se de uma medida clinicamente confiável”, ressalta a nutricionista, lembrando que a circunferência do braço também era aferida usando uma fita métrica simples.

Ao final da coleta dos dados, já no final daquele mesmo ano, a equipe constatou que os 20 pacientes que foram atendidos pela reposição nutricional enteral recuperaram as medidas de maneira mais eficaz. Em relação à dieta via oral, a equipe detectou alguns fatores que prejudicam a eficácia desta modalidade de reposição nutricional. Entre eles Juliana destaca a temperatura, o sabor e os horários em que a dieta é servida. “Num complexo hospitalar amplo como o HCFMRP, percebemos que há falta de pessoal no setor de Terapia Nutricional, onde é preparada a dieta dos pacientes”, explica a nutricionista. “A dieta pode levar muito tempo para ser servida, o que pode influir na temperatura e nos horários, nem sempre freqüentes”, justifica.

Mesmo tendo constatado maior eficácia da reposição enteral, a nutricionista lembra que os profissionais da área de saúde costumam preferir a suplementação via oral. “Há todo um envolvimento emocional neste caso, visto que trata-se de um método invasivo. Por isso, boa parte dos profissionais preferem evitar sofrimentos aos pacientes, optando pela dieta via oral. Além das condições verificadas no estudo, Juliana acredita que a qualidade das refeições hospitalares, de um modo geral, também precisa ser melhorada, com a inclusão de mais opções alimentares nas refeições.

O estudo idealizado por Juliana e coordenado pela professora Selma contou ainda com a colaboração de Maria do Rosário del Lama de Unamuno, enfermeira da Comissão de Terapia Nutricional do HCFMRP, e Júlio Sérgio Marchini, professor titular da disciplina de nutrologia.

Mais informações: (16) 3602-2559, com Juliana Maria Faccioli Sicchieri, no Departamento de Clínica Médica da FMRP; e-mail jumfs@terra.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16977-hc-testa-aparelho

medicina
HC testa aparelho para diagnóstico rápido do câncer de mama
Um novo aparelho, capaz de diagnosticar células precursoras do câncer de mama, está em teste pelo Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). O equipamento aspira eventuais secreções da mama que, quando presentes, indicam maior possibilidade da mulher vir a ter câncer. Os primeiros resultados dos exames revelam que, das 120 pacientes que passaram pelo procedimento, 40,8% tiveram secreção colhida dos ductos mamários.

O aparelho testado no Hospital leva apenas cinco minutos para aspirar secreções da mama, presentes em menos da metade das mulheres e mais freqüentes na faixa etária dos 35 aos 45 anos. Nos Estados Unidos, o Halo, como é chamado, vem sendo usado há dois anos. Já no HC, os experimentos começaram em outubro de 2008.

O novo aliado na prevenção do câncer é composto de dois cones descartáveis, revestidos de silicone, que coletam o material do ducto mamário. Mulheres que não apresentam secreção têm menor risco de vir a desenvolver câncer de mama. As que têm secreção com células normais correm risco maior; e as que apresentam células atípicas no liquido extraído são sérias candidatas a desenvolver a doença.

Eficiência
“Das 120 pacientes analisadas, 1,25 % apresentaram células atípicas”, informa, José Roberto Filassi, responsável pelo setor de Mastologia do HC, enfatizando a eficácia dos testes preliminares na coleta de células modificadas, que podem vir a se desenvolver em um tumor.

"O objetivo do novo equipamento é poder detectar nas mulheres a predisposição ao câncer de mama, “como o papanicolau”, diz Filassi, referindo-se ao exame preventivo de câncer de colo de útero que detecta lesões e anomalias.

Apontar a possibilidade futura de câncer é apenas uma das finalidades do novo aparelho. De acordo com Filassi, um novo teste será feito para verificar a eficácia do equipamento no diagnóstico de câncer. “Realizaremos a sucção do líquido em mulheres com tumores suspeitos, antes de serem submetidas à biópsia. Então, vamos comparar os resultados das biópsias com a análise do líquido coletado e ver se o aparelho também é capaz de apontar a presença de câncer no organismo”, anuncia.

Com informações da Agência HC de Notícias

Mais informações: (11) 3069-6694 / 3069-7053

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 08, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10745/especiais/efeitos-genetic

EspeciaisRatos privados de sono por 96 horas mostram alterações em 78 genes, segundo estudo realizado por pesquisadores do Instituto do Sono da Unifesp. Trabalho foi publicado na Behaviourial Brain Research

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10746/especiais/amazonia-no-cen

EspeciaisComeça no próximo domingo (12/7), em Manaus, a 61ª edição da Reunião Anual da SBPC, que terá cobertura diária da Agência FAPESP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10747/divulgacao-cientifica/gen

Divulgação CientíficaCientistas europeus identificam 20 genes envolvidos no controle dos níveis de colesterol. Descoberta pode abrir caminho para novas terapias para doenças coronarianas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10748/noticias/oportunidade-de-

NotíciasProjeto Temático “Reconhecimento Estrutural de Padrões”, apoiado pela FAPESP, tem vaga para pós-doutoramento

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10749/agenda/4-simposio-interna

AgendaExpansão da infraestrutura eletrônica para países em desenvolvimento será tema de encontro na Escola Politécnica da USP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10750/agenda/2-psicanalise-em-f

AgendaUFSCar sedia a segunda edição do encontro. Inscrições para apresentação de trabalhos vão até 20 de julho

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16979-em-2009-p

sustentabilidade
Pure auxilia USP a economizar energia e dinheiro
 
  Já há doze anos na Universidade, o Programa Permanente Para o Uso Eficiente de Energia na USP (Pure) desenvolve ações diversas, tanto técnicas quanto educativas, visando promover o consumo sustentável de energia elétrica nos campi. Em 2009, um dos grandes projetos do Pure é o sistema integral de eficiência em iluminação, que terminou de ser implantado no campus de Bauru em junho. O sistema consiste na troca de todas as lâmpadas de ambientes internos do campus por outras mais eficientes.  

Substituíram-se, neste caso, cerca de cinco mil lâmpadas fluorescentes de 40 watts com reatores eletromagnéticos pelas de 32 watts com reatores eletrônicos que, além de apresentarem um consumo bem menor de energia, contêm menor quantidade de metais pesados, sendo ecologicamente corretas. Segundo Leonardo Brian Favato, engenheiro do Pure, a mesma ação também já está sendo implementada na USP em São Carlos, Ribeirão Preto e Piracicaba, e em estudo para os demais campi.

As cifras do projeto ainda não estão fechadas, mas devem girar em torno de R$ 3 milhões de reais. “O valor está sendo financiado pela CPFL Energia, seguindo uma norma da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] que obriga as companhias energéticas a investirem parte de sua receita anual em programas de eficiência energética para grandes clientes, em particular órgãos públicos”, explica Favato.

O retorno do investimento, realizado após um cuidadoso pré-diagnóstico e cálculo de viabilidade, não deve demorar a aparecer, já que somente com esta troca o consumo em iluminação é reduzido em cerca de 30%.

Um projeto nos mesmos moldes já havia sido feito pelo Pure, em 2005, em parceria com a Eletropaulo, e otimizou os sistemas de iluminação da Faculdade de Direito (FD) e do Hospital Universitário (HU), e o sistema de ar condicionado do prédio da Reitoria, todos em São Paulo.

Ainda na capital, atualmente, iniciativa semelhante está em fase de licitação – mas exclusivamente com recursos da USP – para o prédio da Filosofia e Ciências Sociais na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Sociais (FFLCH), para o Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp) e para a Escola de Enfermagem (EE).

Três pilares
Mas o Pure não age somente no plano técnico. “O Pure trabalha com três pilares: as questões tecnológicas, a administrativa, e a comportamental/educacional.” Da segunda vertente é exemplo a atuação do programa na gestão de faturas e de contratos de fornecimento de energia na Universidade. Para se ter uma idéia da importância deste trabalho, somente em maio deste ano foram R$ 36 mil economizados pela USP com a correção de erros em faturas após a auditoria do Pure, que faz uso de um equipamento de monitoramento do consumo, um software para controle e um banco de dados.


No aspecto comportamental e educacional, de acordo com o engenheiro, o programa está prestes a lançar um treinamento para os funcionários da Universidade. Também está sendo desenvolvida uma campanha educativa visando atingir, além dos diversos públicos dos campi, a sociedade como um todo. A ideia é divulgar os conceitos de eficiência de maneira lúdica, fazendo uso, por exemplo, dos personagens de história em quadrinhos criados para o Pure: Nêga Watt e Apagão. “Para diminuição do consumo, não adianta só trocar os equipamentos e obter um ‘uso eficiente’; é preciso treinamento e capacitação das pessoas para um ‘uso racional’ da energia elétrica”, ressalta.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16980-curso-basico-e

surdez
Curso básico e avançado de Libras no Centrinho, em Bauru
Estão abertas as inscrições para os módulos básico e avançado do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho), da USP em Bauru. O curso é oferecido pelo Centrinho e a Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidades Craniofaciais (Funcraf), ligada ao Hospital.

As aulas terão início em 8 de agosto. Há 20 vagas para cada módulo. O curso será oferecido aos sábados, num total de 64 horas de carga horária. O custo é de R$522,00, pagos em até 6 parcelas de R$87,00. Para pagamentos à vista há desconto de 5%.

As fichas de inscrição estão disponíveis para download no site da Funcraf. Após preencher a ficha, os interessados devem enviá-la por email para: marketing@funcraf.org.br . O Centrinho fica na rua Silvio Marchione, 3-20, Vila Universitária, Bauru.

Mais informações: (14) 2106-0911; site www.funcraf.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16981-fmvz-inau

veterinária
FMVZ inaugura equipamento pioneiro de raios-x
A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP inaugurou, na última terça-feira (7), o primeiro aparelho de raios-X computadorizado que será usado na área veterinária no Brasil.

Uma das vantagens do novo aparelho é que ele permite o uso de uma única chapa, que pode ser reutilizada centenas de vezes para outras radiografias. Além disso, as imagens obtidas são integradas a um sistema de computador possibilitando a sua armazenagem e manipulação para evidenciar maiores detalhes.

A qualidade da radiografia também é superior a convencional e as imagens podem ser impressas em papel ou disponibilizadas na internet. Isto evita que ocorra contaminação ambiental provocada pela presença de metais pesados em filmes de Raios-X descartados e nos líquidos de revelação das chapas.

Outra vantagem é a redução em 20% da quantidade de radiação a qual o animal e o seu dono (que segura o animal durante o exame) são expostos.

O aparelho será usado em animais de pequeno porte (cães, gatos, aves) e também em caprinos, ovinos e potros (mas somente em animais jovens).

O aparelho foi adquirido com verbas provenientes de projeto individual de pesquisa e de Reserva Técnica disponibilizada à FMVZ junto à Fapesp e custou R$270.000,00.

Mais informações: email ortolani@usp.br, com o professor Enrico Lippi Ortolani

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16982-fob-reali

extensão
Equipe da FOB parte para expedição em Monte Negro, Rondônia
Entre os dias 10 a 26 será realizada a 19ª expedição do projeto USP em Rondônia, promovido pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP. A expedição partirá na próxima sexta-feira (10), às 13 horas, do campus de Bauru da USP, de ônibus, com destino a Monte Negro (Rondônia). O projeto é um dos finalistas do prêmio Cidadania Sem fronteiras, na categoria saúde, do Instituto da Cidadania Brasil. Os vencedores serão anunciados em agosto.

O USP em Rondônia presta atendimento odontológico e fonoaudiológico à população por intermédio de uma equipe itinerante de estudantes e profissionais.Também realiza ações preventivas. Este ano a expedição levará a Rondônia 39 alunos, professores e funcionários da FOB e da Coordenadoria do Campus de Bauru (CCB) da USP.

A FOB mantém uma clínica de saúde bucal e fonoaudiológica em Monte Negro que desenvolve trabalho com dentistas locais. A cada seis meses uma expedição desenvolve ações de promoção de saúde odontológica e fonoaudiológica, capacitando a população local para que busque qualidade de vida. Também são realizadas atividades preventivas em odontologia, com e fonoaudiologia. Este ano a expedição conta com uma novidade - a doação de 3 mil escovas de dentes pela empresa Bitufo de Jundiaí, São Paulo.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Coordenadoria do Campus de Bauru

Mais informações: (14) 8139-0703, com Ariadnes Nobrega de Oliveira

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16984-ipq-convoca-volun

psiquiatria
IPq convoca voluntários para novo tratamento contra cocaína
O Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) está testando uma nova forma de tratamento para dependentes de cocaína, por meio da técnica de estimulação magnética transcraniana.

Serão aceitos voluntários para o projeto - homens e mulheres de 18 a 35 anos, que não apresentem outras dependências químicas, com exceção de tabaco. As triagens devem ser agendadas pelo telefone (11) 3069-8159.

Mais informações: (11) 3069-7801

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16985-geografia

vestibular
Geografia não será exigida na segunda fase para a FMUSP
A Pró-Reitoria de Graduação da USP comunica que a Faculdade de Medicina (FMUSP) retrocedeu em sua decisão anterior de considerar geografia como uma das disciplinas específicas para seu curso de medicina na terceira prova da segunda fase do Exame Vestibular (Fuvest 2010) e, em seu lugar, passou a considerar a disciplina física.

Em síntese, portanto, as disciplinas obrigatórias para a terceira prova da segunda fase da Fuvest 2010 para a FMUSP serão biologia, química e física.

Por oportuno, a Pró-Reitoria esclarece que a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), deliberou por manter a disciplina geografia como obrigatória para seu curso de Ciências Médicas na terceira prova da segunda fase da Fuvest 2010.

Mais informações: (11) 3091-3220 / 3300, na Assessoria de Imprensa da Reitoria da USP

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/16986-estudo-aborda

políticas públicas
Estudo aborda uso de drogas por moradores de rua em São Paulo
Na cidade de São Paulo há hoje cerca de 12.000 pessoas que vivem nas ruas. Após três anos de estudos com moradores de rua, o psicólogo Walter Varanda obteve subsídios para considerar que as políticas públicas empregadas para abordar esse problema estão equivocadas. “Não é possível resolver o problema retirando os albergues do centro e fechando as bocas de fumo da Cracolândia [zona do centro de São Paulo com alto consumo e venda de crack]. As pessoas que fazem uso de drogas, por exemplo, vão continuar usando, só não vão usar naquele mesmo local, ou seja, estão transferindo a Cracolândia, mudando de endereço”, afirma.

Varanda trabalha há 20 anos com moradores de rua e em 2005 coordenou a área de Proteção Social Especial na Prefeitura. Para a sua pesquisa de doutorado realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, o pesquisador entrevistou moradores de rua e depreendeu algumas situações recorrentes do uso de drogas. Geralmente, as razões para o uso abusivo de drogas e álcool é a mesma que os levou para as ruas. Estão relacionadas às dificuldades de afirmação no mercado de trabalho e experiências desestruturantes, como a violência familiar, trabalho infantil, abandono e prisão. “Existe a interpretação de que essas pessoas foram para as ruas por causa do vício, mas na maioria dos casos ocorre o contrário, a pessoa se tornou um usuário abusivo por estar na rua”.

O psicólogo diz que é importante lembrar que o uso de psicoativos, drogas que causam alteração de consciência, está presente em toda a história.  “Em todas as culturas, há o consumo de psicoativos, principalmente, ligado ao uso ritual e religioso.” Hoje, além desses casos, há o uso cotidiano, o consumo em situações de sociabilização, como festas e eventos empresariais, por exemplo. “Temos que entender de formas diferentes esses usos. Os moradores de rua apresentam um consumo muito mais intenso do que nessas outras situações e por razões diferentes também, mas não podemos abordá-los simplesmente como pessoas que têm uma doença e que precisam de tratamento”, explica o psicólogo.

O problema do uso de drogas e álcool por moradores de rua, de acordo com Varanda, é multifatorial: “Se estas pessoas tivessem trabalho, uma condição mais humana de sobrevivência, não estariam bebendo. Comprovamos isso em várias situações em que não houve nenhuma intervenção diretamente relacionada à saúde, mas houve uma mudança nas suas condições de vida e a pessoa parou de usar”. Ele faz a ressalva de que em alguns casos, o principal problema é a substância psicoativa “mas na maioria deles, não”.

Entre outros fatores relacionados ao uso de drogas, estão o frio, a compensação do estresse da vida de rua e da degradação dessa situação, e mesmo para a sociabilização com outras pessoas na mesma situação por questões de sobrevivência e segurança. Segundo Varanda, “alguém que precisa carregar uma carroça pesada cheia de sucata, que tem de revirar latões de lixo em frente a outras pessoas, competir com carros e motos por espaço e tem essa como a única alternativa de ganho está mais propenso a usar álcool e drogas como forma de suportar e enfrentar tudo isso. Então, precisamos nos confrontar com a situação em que o morador de rua vive e não simplesmente com a doença que consideramos que ele tenha.”

Abordagens do problema
As principais abordagens do problema “população de rua” ainda são consideradas higienizantes e medicalizantes. Entende-se por higienização a retirada e transferência dos moradores de rua de onde vivem, no caso de São Paulo, a tentativa de deslocamento dessa população do centro da cidade. “A população de rua é considerada uma contaminação do espaço público. Vistos desta forma, eles são o resíduo do descarte humano, uma população que é excedente do ponto de vista produtivo. Nesse caso, o foco não é a pessoa, mas o mal estar que ela provoca pela simples presença dela debaixo de uma marquise. Nós abordamos o problema retirando a pessoa do lugar em que ela se encontra, resolvendo o problema estético da cidade.”, opina Varanda.

A medicalização, segundo ele, leva a uma culpabilização do indivíduo pela situação em que ele se encontra, tratando-se a droga e o álcool como substâncias patogênicas e minimizando os fatores sócio-econômicos relacionados à questão. “Se você resolver levar o morador de rua para um Narcóticos Anônimos ou para um Alcoólicos Anônimos, ele até pode parar de beber ou usar drogas temporariamente. Mas vai continuar na rua, sem ter onde morar e como se sustentar. Portanto, essas abordagens estão de antemão fadadas ao fracasso”, afirma.

A melhor abordagem do problema seria, na opinião do pesquisador, uma atuação “intersecretarial”. “O Poder Público pode proporcionar programas de moradia, trabalho, saúde e educação para essa população, dentro de uma política pública séria e abrangente para o enfrentamento do problema”, conclui.

Mais informações: waltervaranda@uol.com.br


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 09, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16983-alunos-da

extensão
Alunos da Esalq atuam no Projeto Rondon, no Rio Grande do Sul
Um grupo de seis estudantes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP chegarão sábado (10) à cidade de Paraíso do Sul (RS). No local, darão apoio técnico à cidade nas áreas de tecnologia e produção, comunicação, meio ambiente e trabalho. Eles participam do Projeto Rondon, que aproxima universitários voluntários, que concluem a graduação este ano, de comunidades carentes. A idéia é que os universitários ajudem no desenvolvimento dos lugares que visitam.

Paraíso do Sul tem 7.500 habitantes e uma economia baseda na agricultura, destacando-se o cultivo de arroz e fumo. O Projeto Rondon existe desde 11 de julho de 1967 e é coordenado pelo Ministério da Defesa, com a colaboração da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação – MEC. Desde sua criação, já realizou várias atividades de cidadania, bem-estar, desenvolvimento local, sustentável e de gestão pública.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Esalq

Mais informações: (19) 3429-4477; email acom@esalq.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 10, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/16920-inscricoe

Biociências
Inscrições abertas para o simpósio Fronteiras das Ciências FisiológicasEstão abertas as inscrições para o quarto simpósio temático Fronteiras das Ciências Fisiológicas, que será realizado pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP nos dias 29 e 30. Estarão presentes pesquisadores de grandes centros de pesquisas dos EUA, Alemanha, Itália, Espanha e de diversas universidades brasileiras.

O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. Inscrições podem ser feitas até o dia 24 no site do Departamento de Fisiologia e Biofísica do ICB, onde também se encontra a programação completa.

O simpósio acontece no Anfiteatro Altino Antunes, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, localizado na à Av Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-7239

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 13, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10751/noticias/r-1-milhao-para-

NotíciasInstituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research receberá propostas de pesquisa em Tecnologia da Informação e Comunicação aplicadas a diversas áreas até 7 de agosto

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10752/noticias/orientacao-para-

NotíciasFAPESP orienta interessados a não deixar para fazer a solicitação nos últimos dias

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10757/especiais/reuniao-da-sbpc

EspeciaisMarco Antonio Raupp, presidente da entidade, diz na abertura do encontro que, com esforço coletivo, o conhecimento científico produzido na Amazônia poderá fazer do Brasil a primeira potência ambiental do planeta

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10753/noticias/ipt-ganha-labora

NotíciasNovas instalações inauguradas em parceria com a Petrobras serão usadas para pesquisas em áreas como revestimentos nanoestruturados e corrosão em biocombustíveis

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10754/noticias/nau-do-seculo-16

NotíciasMergulhadores do Projeto Resgate Barra Sul encontram no litoral de Santa Catarina naufrágio que pode ser o mais antigo já identificado no Brasil

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10755/agenda/6-semana-de-engenh

AgendaEvento promovido pelo Departamento de Engenharia Química da UFSCar discutirá o tema “Alimentos e Bebidas”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10756/agenda/1-simposio-de-aten

AgendaEvento promovido pela Unifesp reunirá, em São Paulo, especialistas em medicina, psicologia, nutrição, pedagogia, odontologia, fonoaudiologia e enfermagem

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/16988-fipecafi-abr

FINANÇAS
Fipecafi abre inscrições para curso de matemática financeira e Excel
O Programa de Educação Executiva da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), entidade ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, está com inscrições abertas para o curso Matemática Financeira com Excel.

As aulas serão ministradas pelo professor Rodrigo Barbone, nos dias 20, 22, 27 e 29, na sede da Fipecafi (Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo), das 19 às 23 horas. Serão abrodados conceitos e ferramentas de matemática financeira com aplicação prática no Excel para tomada de decisões nos negócios.
 
O conteúdo programático abordará os itens: Capitalização Simples (Juros, Montante, Valor Presente); Capitalização Composta (Juros, Montante, Valor Presente); e Análise de Investimentos (Taxa Interna de Retorno, Valor Presente Líquido e Payback).

As inscrições podem ser feitas pelo site da fundação. O preço do curso é de R$ 1040,00.
 
Mais informações: (11) 2184-2045 / 2046, site www.fipecafi.org/educacao-executiva/executiva-matematica-excel.aspx 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16989-fipecafi-ofere

FINANÇAS
Fipecafi oferece curso de contabilidade para não-contadores
O Programa de Educação Executiva da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), entidade ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, está com inscrições abertas para o curso Contabilidade para não contadores.

O objetivo do curso é apresentar aos participantes os principais tópicos de contabilidade introdutória e intermediária, proporcionando assim um melhor entendimento dos aspectos decisórios relativos às demonstrações contábeis. As aulas acontecem nos dias 20, 22, 24, 27, 29 de julho e 3 de agosto, das 19 às 23 horas.
 
O conteúdo será ministrado pelo professor João Domiraci Paccez, que abordará os tópicos: caracterização, objetivo e usuários da contabilidade, limitações da contabilidade, estatística patrimonial, variações do patrimônio líquido, destinação do lucro, demonstração dos fluxos de caixa e do valor adicionado, e análise das alterações introduzidas pela Lei 11.638/2007 e MP 449/2008. As aulas acontecerão na sede da Fipecafi, na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

As inscrições podem ser feitas pelo site da fundação. O preço total do curso é de R$ 1540,00.
 
Mais informaçôes: (11) 2184-2045 / 2046, site www.fipecafi.org/educacao-executiva/executiva-contabilidade-nao-contadores.aspx

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16990-maria-antonia-d

extensão
Maria Antonia divulga programação de cursos em agosto
A partir de agosto, o Centro Universitário Maria Antonia da USP oferece o módulo Balanço da modernidade: de Kant a Benjamin, e os encontros Brecht, Kafka, Schnitzler: a língua das cidades e Jornalismo cultural: dos suplementos aos blogs.
 
Balanço da modernidade
é composto de dois cursos. Nos dias 13 e 20 de agosto, das 20 às 22 horas, José Carlos Bruni, professor de Filosofia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), ministra "Raízes da crítica à modernidade: Kant, Marx, Nietzsche e Weber". Será traçada a trajetória da crítica à modernidade, passando pela razão especulativa, a economia política, a moral, pela Escola de Frankfurt e pelos estudos de Max Weber.

Depois, Gabriel Cohn, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, ministra "Adorno e o lado sombrio da razão moderna", nos dias 27 de agosto e 3 de setembro, das 20 às 22 horas.  O tema será a crítica da razão, a exposição dos limites de sua autorreferência e de sua pretensão de ocupar todos os espaços, conforme exposto por Theodor Adorno.

Encontros

Ministrado pelo ensaísta e tradutor Tercio Redondo, o encontro Brecht, Kafka, Schnitzler: a língua das cidades acontece nos dias 12, 19 e 26 de agosto e 2 de setembro, sempre das 16 às 18 horas. O módulo tratará da literatura de expressão alemã e suas relações com o universo sócio-cultural de cidades como Berlim e Viena, passando por Franz Kafka, Walter Benjamin e Bertolt Brecht.

O segundo encontro é Jornalismo cultural: dos suplementos aos blogs, com o editor do caderno Ilustrada, do jornal Folha de S. Paulo, Marcos Augusto Gonçalves. Nos dias 11, 18 e 25 de agosto, das 20 horas às 22h30, o encontro traçará um panorama do jornalismo cultural no Brasil, desde meados do século XX até a era da internet.

O preço de cada curso do módulo e de cada encontro é de R$ 170,00. As inscrições devem ser feitas no Centro Universitário Maria Antônia (Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque, São Paulo), na sala de cursos do terceiro andar. A programação completa está no site do Maria Antônia.

Mais informações: (11) 3255-7182, ramais 32 e 33, email cursosma@usp.br, site www.usp.br/mariantonia

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/16992-laboratorio-de

clima
Laboratório do IAG divulga boletim de previsão do tempo
O Laboratório de Hidrometeorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP divulgou nessa segunda-feira (13) seu boletim semanal com a previsão do tempo para a região metropolitana de São Paulo. Confira:

Semana
Os ventos que sopram do oceano deixam esse começo de semana com muitas nuvens em toda a Região Metropolitana de São Paulo. A terça-feira deve ser de sol entre nuvens na maior parte do período. A quarta-feira também fica com bastante nebulosidade e pode chuviscar no fim da tarde e começo da noite. A partir de quinta-feira o céu abre e as temperaturas voltam a subir.

Fim de semana
Uma grande massa de ar seco impede a formação de nuvens de chuva em toda a Região Metropolitana de São Paulo. As manhãs ficam frias e com nevoeiros isolados. As tarde ensolaradas e com temperaturas amenas.

Previsão por períodos

Terça
(14)
Quarta
(15)
Quinta
(16)
Sexta
(17)
Sábado
(18)
Domingo
(19)
Mínima 9º
Mínima 12º
Mínima 13º
Mínima 14º
Mínima 14º
Mínima 15º C
Máxima 19º
Máxima 16º
Máxima 23º
Máxima 24º
Máxima 25º
Máxima 14º C

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16991-fmusp-oferece-cur

Pós-graduação
FMUSP oferece curso de Antropologia Médica
O Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) oferece para alunos da pós-graduação, e também para alunos especiais, a partir de 10 de agosto, o curso de Antropologia Médica, que visa a analisar como as culturas dos diversos grupos sociais classificam e conceituam o que é saúde e doença. A carga horária total é de 120 horas e corresponde a oito créditos para alunos da pós.

O curso acontece sempre às segundas e terças-feiras, das 9 às 13 horas, e a avaliação final acontece no dia 1° de setembro.
A ideia é discutir as práticas médicas não somente sob o ponto de vista ocidental, ou seja, da medicina, mas dentro do que Laplantine define como a "Antropologia Médica": uma disciplina que estuda a percepção e resposta de um grupo social à patologia e como ele elabora e analisa modelos etiológicos e terapêuticos.

Entre o corpo docente, estão professores da Itália e Dinamarca, além de representantes da USP e outras universidades do Brasil. 

As inscrições podem ser realizadas até o dia 15, pelo sistema Fenix para os alunos da pós-graduação. Quem deseja frequentar o curso como aluno especial deve entrar em contato com Lia, pelo telefone (11) 3081-7799 ou pelo email lia@lim50.fm.usp.br.

A FMUSP, onde o curso terá lugar, fica na Av. Dr. Arnaldo, 455, Cerqueira César, São Paulo, próximo à estação Clínicas do metrô.

Com informações da Assessoria de Imprensa da FMUSP

Mais informações: (11) 3081-7799, email lia@lim50.fm.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16993-centro-cultural

são carlos
Centro Cultural abre exposições de arte e fotografia
No dia 16, a partir das 18 horas, o Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP em São Carlos abre as exposições de Marcos Roberto Calligaris, Leny Bellintani Calligaris e Mayra Bellintani Calligaris Mazocco, na Sala I.

A partir do mesmo dia, o centro reapresenta, na Sala II, a mostra Fotografias da Natureza, de Haroldo Palo Júnior, parte do acervo do centro. O evento de abertura terá participação do músico André de Souza.

As exposições poderão ser visitadas de 17 de julho a 10 de agosto, das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas, inclusive sábados e domingos. A entrada é franca.

O CDCC fica na Rua 9 de Julho, 1227, São Carlos.

Mais informações: (16) 3373-9772

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16994-alunas-da-esal

Mobilidade internacional
Alunas da Esalq ganham bolsa para estudar em Portugal
A edição de 2009 do Programa de Mobilidade Internacional do Banco Santander, que mantém acordo de cooperação com a USP, contemplou duas graduandas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP. As alunas partem para Portugal em agosto.

Natália Zancan, aluna do terceiro ano de Ciências Econômicas, seguirá para a Universidade do Porto. A estudante, que vem desenvolvendo em sua iniciação científica uma pesquisa sobre biodiesel, se entusiasma com oportunidade da permanência por seis meses na Europa. “Pretendo aperfeiçoar meus conhecimentos, ganhar uma visão diferente do mundo. Acho que pode ser interessante dar sequência aos estudos na área de agroenergia, uma vez que na Europa as pesquisas relacionadas ao tema vêm ganhando espaço”, afirma ela.

Valquíria Prezotto Ximenes, terceiranista do mesmo curso, tem como destino a Universidade de Coimbra. Nas disciplinas a cursar, a estudante aprofundará conhecimentos em economia internacional, marketing e teorias do crescimento. “Eu venho desenvolvendo pesquisas na área de economia internacional, com ênfase em barreiras fitossanitárias e ter contato com esta temática em nível global será uma ótima oportunidade”, explica Valquíria.

Na USP, o Programa de Mobilidade Internacional é coordenado pela Pró-Reitoria de Graduação, com apoio da Comissão de Cooperação Internacional (CCInt) e, na Esalq, pela Comissão de Atividades Internacionais (CAInt) por meio da Seção de Atividades Internacionais (SCAInt), com apoio da Comissão de Graduação.

Mais informações: (19) 3447-613 / 3429-4485, email acom@esalq.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16996-projetos-de-dig

Tecnologia
Bibliotecas digitais democratizam o acesso a obras do acervo da USP
 
Você já imaginou que pelo seu computador é possível ler o texto original de uma obra do século XV, ou a primeira edição de um livro de Machado de Assis, com dedicatória do autor? As bibliotecas digitais da USP, como a Brasiliana Digital, a Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais e a Biblioteca Digital do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), disponibilizam na rede mundial de computadores um acervo de milhares de obras, que em poucos cliques podem ser lidas por qualquer pessoa.

O maior projeto de digitalização de livros da USP é parte do processo de criação da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, que está atualmente em construção e abrigará o acervo que o empresário e bibliófilo José Mindlin doou para a Universidade em 2006. A Brasiliana Digital, que tem como objetivo inicial colocar na internet todos os 17 mil títulos doados por Mindlin, disponibiliza atualmente cerca 3 mil livros em seu site.

Desde o mês passado é possível ler e baixar as primeiras edições dos Sermões do Padre Vieira e de diversas obras de Machado de Assis, por exemplo. Também estão disponíveis a edição original de Duas Viagens ao Brasil, de 1557, clássico em que o aventureiro alemão Hans Staden descreve suas experiências como cativo de uma tribo tupinambá, e o primeiro livro publicado no Brasil, impresso em 1747 por Antonio Isidoro da Fonseca, cuja tipografia foi fechada e confiscada.

Para o professor István Jancsó, coordenador geral do projeto, a disponibilização dos livros da Brasiliana é dever de uma universidade pública, que deve sempre prezar pelo acesso universal e irrestrito a suas obras. “Isso significa fazer com que esse acervo não esteja só à disposição de quem pode chegar na Cidade Universitária, no Butantã. Ele tem que estar à disposição de quem quiser, porque essa é uma universidade pública e esse é o seu papel.”

O professor afirma que a idéia de fazer uma biblioteca digital sempre esteve presente nas conversas que realizou com Mindlin, quando era diretor do IEB, para viabilizar a doação de seu acervo para a USP. “Ele perguntou o que eu estava imaginando e eu usei uma expressão, que foi a seguinte: ‘Doutor José, em cima da sua ideia de parceria, eu estava imaginando criar uma estrutura aonde a soma de um mais um fosse mais do que dois. Porque a sua biblioteca é um tremendo acervo, e o IEB também tem um tremendo acervo, e esse conjunto deveria ser dotado de uma estrutura tecnológica, com um tremendo ganho de escala.”

Para coordenar a implementação da Brasiliana Digital, o Jancsó convidou Pedro Puntoni, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), que assumiu a tarefa. Puntoni, por sua vez, procurou Edson Gomi, do Laboratório de Engenharia de Conhecimento (Knoma) da Escola Politécnica (Poli), para cuidar da parte técnica do projeto.

Gomi afirma que na época o Knoma não possuía experiência com digitalização de livros, então ele e Puntoni visitaram diversas instituições que possuíam iniciativas similares, como a Biblioteca Nacional e a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

Um obstáculo para o projeto era a grande quantidade de livros que deveriam ser digitalizados. “Se fôssemos fazer no processo manual, no scanner de mesa, isso levaria dezenas de anos”, explica Gomi. “Então foi necessário procurarmos alternativas que nos dessem um ganho de escala em termos de velocidade e de digitalização.” A solução foi a compra do scanner robô Kirtas APT BookScan 2400RA. O equipamento, apelidado pela equipe da biblioteca de Maria Bonita, custou 220 mil dólares e consegue digitalizar até 2400 páginas por hora. Obviamente, quando se trabalha com obras de mais de um século de vida, essa velocidade é apenas teórica. “Quando um livro oferece risco, a manipulação é manual. Mas livro normal ele [o robô] faz com uma delicadeza incrível”, afirma Jancsó.

Após a digitalização, os arquivos passam por um software que realiza o reconhecimento ótico de caracteres (OCR, da sigla em inglês), transformando-os em arquivos de texto editáveis, ou seja, em arquivos em que é possível copiar e colar o texto, ou buscar por uma palavra específica. Obviamente, quanto mais antigo é o livro, maior é a possibilidade de erros, já que as tipografias são bem diferentes das atuais. “Existe uma dificuldade natural ao fazer a OCR nos livros que estamos trabalhando. Por serem livros às vezes antigos, com 200, 300, 400 anos de existência, os caracteres não são exatamente os caracteres modernos”, explica Gomi. Ele diz que o aperfeiçoamento da OCR, na qual os pesquisadores do Knoma estão trabalhando, permitirá que no futuro a Brasiliana Digital disponibilize também arquivos em áudio das obras do acervo.

Para Gomi, o maior desafio da biblioteca, no futuro próximo, é aumentar o ritmo de trabalho. “Se nós quisermos, num horizonte de meses, conseguir digitalizar esses 40 mil volumes, nós vamos ter que implantar uma fábrica de digitalização.” Para isso, ele crê ser essencial aumentar a equipe, que hoje é composta por cerca de 30 pessoas. Mais adiante, o professor diz que o intuito dos coordenadores do projeto é que essa infra-estrutura seja compartilhada com outros setores da Universidade. “Nós temos já algumas conversas com outras bibliotecas de unidades da USP que já manifestaram interesse.” Por fim, Gomi faz um convite à comunidade universitária: “Todos os estudantes e pesquisadores que estiverem interessados em trabalhar, que entrem em contato conosco. Tem tanto trabalho que não temos a pretensão de fazer isso sozinhos.”



  
Outros projetos
Além da Brasiliana Digital, a USP possui outras duas bibliotecas digitais que disponibilizam gratuitamente parte de seu acervo: a Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais e a Biblioteca Digital do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB).

A Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais é um projeto mantido pelo Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi) da USP, que tem o objetivo de divulgar e facilitar o acesso ao conteúdo de livros raros ou com características especiais existentes nas diversas bibliotecas da Universidade. A biblioteca foi inaugurada em 2003, com a disponibilização de 38 livros digitalizados por uma empresa particular.

Para dar continuidade ao projeto, que prevê a disponibilização de 1224 títulos, o SIBi inaugurou, em setembro do ano passado, uma oficina de digitalização. Depois disso, em dezembro, foi criada uma comissão para estabelecer diretrizes para esse trabalho. Roberto Barsotti, coordenador da oficina, afirma que assim que a comissão terminar de definir esses parâmetros, o que deve ocorrer nas próximas reuniões, eles iniciarão o trabalho. “Assim que [as diretrizes] forem estabelecidas, o que a gente vai fazer é começar a verificar aquelas obras que precisam ser digitalizadas urgentemente devido ao seu estado físico."

O IEB também possui uma biblioteca digital, que pode ser acessada a partir do site do instituto e compila obras digitalizadas a partir de solicitações de pesquisadores de várias instituições.

Além dessas ações esporádicas, boa parte do acervo disponibilizado foi digitalizado pelo Projeto Brasil Ciência, coordenado por Márcia Moisés Ribeiro, pesquisadora do instituto. “A intenção desse projeto foi fazer um grande banco de dados sobre obras relacionadas à cultura científica, a interesses diversos sobre história da ciência, pegando Brasil e Portugal, no período do final do século XVI ao século XIX”, explica Márcia. O projeto digitalizou cerca de 130 documentos entre 2002 e 2006, quando terminou.

O IEB também possui uma parceria com a Brasiliana Digital para digitalização de dicionários e mapas. O primeiro fruto desse trabalho foi a disponibilização do primeiro dicionário da língua portuguesa, o Vocabulário Portuguez e Latino, escrito no século XVIII por Raphael Bluteau. O documento, que faz parte do acervo do IEB, está disponível nos sites do instituto e da Brasiliana. Segundo Márcia, no final desse mês deve ser disponibilizado o Dicionário da Língua Portugueza, obra escrita em 1789 pelo pernambucano António de Morais Silva.

Há ainda outro projeto que deve aumentar o acervo da Biblioteca Digital do IEB. Márcia está coordenando uma pesquisa iniciada a dois meses que está realizando um levantamento dos livros relacionados à história da África no acervo do instituto. O objetivo é digitalizar e disponibilizar todos esses documentos, o que deve acontecer a partir de janeiro do ano que vem.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/16921-cpc-apresenta-c

Restauração
CPC apresenta curso sobre conservação de pinturas murais
O Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP é o responsável pelo curso Identificação, Conservação e Restauro de Pinturas Murais, ministrado por Regina A. Tirello, especialista do CPC na área. o curso, de 20 horas, é destinadio a restauradores, conservadores, estudantes e profissionais da área de bens culturais arquitetônicos e integrados. Ele acontece nos dias 12 e 19 de setembro e 3, 17, 24 e 31 de outubro, das 9 às 13 horas.

O curso expõe métodos e procedimentos na área da conservação de pinturas murais artística e ornamentais visando atender a demanda de instituições culturais e de restauradores/ conservadores por aprofundamento e aperfeiçoamento profissional. O objetivo é contribuir com a ampliação de conhecimentos sobre teoria da conservação, técnicas tradicionais, sistemas de diagnósticos e métodos analíticos de caracterização aplicáveis a essa categoria de bem cultural, ainda pouco estudada no Brasil. Contará com professores convidados, como Augusto Câmara Neiva, da Escola Politécnica (Poli), Miriam Cruxêm Barros de Oliveira, pesquisadora do Instituto de Pesquisas tecnológicas (IPT) e Ângela Garcia.

Os interessados devem enviar seus currículos para o email cpcpublic@usp.br até 7 de agosto. A seleção será feita por responsáveis pelo curso com base no perfil do público-alvo, e o resultado será publicado na seção "Agenda" do site do CPC, no dia 14 de agosto.

Os selecionados serão contatados por email para a efetivação da inscrição, assim como para o recolhimento da taxa de R$ 130,00 (valor do curso).

Mais informações: (11) 3106-3562, email cpcpublic@usp.br, site www.usp.br/cpc

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16997-museu-paulista

ipiranga
Museu Paulista realiza programa de orientação para professores
Nos dias 12 de agosto, às 9 horas, e 14 de agosto, as 14 horas, o Museu Paulista da USP, mais conhecido como Museu do Ipiranga, promove o Programa de Orientação para Professores. A oficina tem como objetivo a apresentação das exposições do Museu Paulista, os principais temas abordados, aspectos da educação em Museus e os roteiros propostos para o Povo: Programa de Visitas Orientadas do Museu Paulista.

Espera-se estimular o professor / educador para o desenvolvimento de atividades que preparem o aluno para a visita ao Museu e que sejam retomadas posteriormente em sala de aula.

A oficina atende professores da rede pública e privada de ensino, educadores de outras instituições, estudantes universitários, profissionais de museus e de educação em geral. Os encontros são gratuitos com duração de três horas. Aos participantes será oferecido material de apoio e atestado de participação.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo telefone (11) 2065-8053 ou email serveduc@usp.br. O Museu Paulista fica no Parque da Independência, s/n, Ipiranga, São Paulo.

Mais informações: (11) 2065-8053, email serveduc@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16998-eca-abre-inscr

pós-graduação
ECA abre inscrições para especialização em marketing político
Estão abertas até 8 de agosto as inscrições para o curso de especialização Marketing Político e Propaganda Eleitoral, oferecido pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

As aulas são ministradas por professores da escola e convidados e acontecem aos sábados, das 9 às 18 horas, na ECA, a partir de 22 de agosto. O curso é destinado a profissionais das áreas de política, marketing e comunicação.

O curso dura 20 meses e tem mensalidades de R$570,00. Alunos, funcionários e professores da USP podem pleitear vagas. O curso é promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP e os pagamentos são feitos à Associação de Apoio à Arte e Comunicação, ligada à ECA.

Interessados podem se increver para o processo seletivo pelo site do curso. A ECA fica na Av. Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-5019, site www.eca.usp.br/sucesso/sucesso/index.php

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/16999-na-poli-simp

engenharia
Na Poli, simpósio discute infraestrutura na América Latina
Nos dias 16 e 17, das 9 às 18 horas, acontece na Escola Politécnica (Poli) da USP a quarta edição do simpósio Belief - Bringing european e-Infrastructure to Expanding Frontiers. O encontro oferecerá visibilidade mútua para projetos e atividades em regiões específicas, conectando a infraestrutura às comunidades de usuários que se beneficiarão com a adoção dessas tecnologias.

Ao mesmo tempo, a atividade irá facilitar a entrada de usuários latino americanos em uma comunidade virtual de pesquisa global possibilitada pela infraestrutura eletrônica Européia. O evento começará com uma sessão plenária de abertura seguida de três sessões paralelas que terão seus focos em problemas relativos a áreas específicas: Saúde (e-Health), Ciências Sociais e daTerra (e-Science) e Educação (e-Education). Nas sessões finais serão avaliadas questões desustentabilidade do uso da e-infraestrutura entre comunidades de pesquisa da América Latina e Europa.

As inscrições devem ser feitas na hora e local do evento e são abertas a todos os interessados. O simpósio será realizado na Av. Professor Luciano Gualberto, 158, travessa 3, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-5567, site www.beliefproject.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17000-fipecafi-tem-

finanças
Fipecafi tem palestra gratuita sobre gestão em rentabilidade
Na quarta-feira (15), a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, oferece a palestra gratuita Sistemas integrados de gestão em rentabilidade, das 9h30 às 12 h, na sede da Fundação. Durante a palestra, os diretores da empresa Kassai consultores apresentarão um software de gestão de rentabilidade.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 4522-2898, email espacocliente@kassai.com.br ou pelo site da Fipecafi. A Fundação fica na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

Mais informações: (11) 4522-2988; email espacocliente@kassai.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17001-campo-magnetico-a

eletricidade
Campo magnético atinge casa junto à linha de transmissão, diz estudo
Mais de 150 mil moradores da cidade de São Paulo estão expostos a campos magnéticos gerados por linhas de transmissão aérea de energia elétrica em níveis que podem provocar riscos à saúde humana. A estimativa faz parte de uma pesquisa da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) que mapeou as áreas do município mais expostas e as características da população afetada. O estudo aponta que as regiões de maior exposição apresentam baixos níveis de escolaridade e renda entre os moradores.   

O geógrafo Mateus Habermann avaliou a prevalência de exposição aos campos magnéticos na população da cidade de São Paulo. “Foram consideradas áreas expostas aquelas com campo magnético igual ou superior a 0,3 microtesla, nível apontado na literatura científica como de risco estatisticamente significante de leucemia infantil”, aponta. Ao mesmo tempo, o pesquisador verificou as diferenças sócioeconômicas entre as pessoas expostas e não expostas. “O estudo se baseia na idéia de Justiça Ambiental, surgida nos Estados Unidos, onde se constatou que populações marginalizadas eram mais sujeitas a riscos ambientais”.

A análise das informações sobre os 572,1 quilômetros de linhas de transmissão na cidade de São Paulo mostra que as áreas mais expostas aos campos magnéticos formam um corredor ao longo do percurso das linhas, abrangendo uma área de 25 quilômetros quadrados. Conforme as dimensões e características técnicas das linhas de transmissão, esses corredores apresentaram entre 50 e 130 metros de largura.

 “A extensão é maior do que as áreas de servidão, espaços reservados exclusivamente para a passagem das linhas”, ressalta Habermann. A população que vive nos corredores é estimada em 152.176 habitantes (1,4% da população de São Paulo), em 40.677 domicílios (1,3% da cidade), com base nos dados do censo demográfico de 2000.

Renda

A partir das informações sócio-econômicas das áreas expostas, a pesquisa mostra que a prevalência aos campos magnéticos diminui conforme aumenta a idade da população. “Aproximadamente 46,6% das pessoas nesses locais tem menos de 24 anos”, conta o geógrafo. Dentro dos corredores, 48% da população não tem instrução ou menos de cinco anos de estudo. “Um terço dos chefes de domicílio que vivem nas regiões expostas não possuem renda ou ganham menos de dois salários mínimos”.

A mesma metodologia usada no estudo da Capital paulista foi aplicada nos demais municípios da Grande São Paulo, apresentando resultados semelhantes. “Em outra pesquisa da FMUSP, comparou-se a distância da residência de pessoas que faleceram de leucemia, câncer no cérebro e neoplasias do sistema nervoso central em relação às linhas de transmissão”, relata o pesquisador. “os resultados mostraram que o risco de leucemia entre pessoas com mais de 40 anos é maior em áreas situadas a 50 metros das linhas de transmissão”.  

O estudo de Habermann faz parte de um projeto de pesquisa sobre linhas de transmissão de energia, coordenado pela Associação Brasileira de Compatibilidade Eletromagnética (Abricem). Denominada EMF-SP (de Electromagnetic Fields, campos eletromagnéticos, em inglês), a iniciativa reuniu pesquisadores de diversas instituições, como a Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). O trabalho do geógrafo, descrito em sua dissertação de Mestrado, teve a orientação do professor Nelson Gouveia, do Departamento de Medicina Preventiva da FM.

O EMF-SP foi financiado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e as conclusões dos estudos foram encaminhadas para as concessionárias de serviços de eletricidade. “Fica a critério delas fazer as mudanças necessárias para diminuir a intensidade do campo magnético emitido pelas linhas de transmissão aéreas”, aponta Habermann. Sugere-se que os campos magnéticos podem ser mais um fator de risco que a população socioeconomicamente mais vulnerável está exposta, assim como outros problemas urbanos como poluição do ar, inundações, proximidade de aterros sanitários, entre outros.

Mais informações: (11)  8673-6315

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 14, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10758/especiais/indefinicao-pro

EspeciaisPesquisadores do principal experimento sobre fragmentação em florestas tropicais afirmam que crise econômica deteve, por hora, avanço da colonização que ameaçava o projeto. Mas, sem definição política, pressão populacional poderá reacender o problema

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10759/especiais/pre-selecao-nat

EspeciaisRandal Keynes, tataraneto de Charles Darwin, fala na 61ª Reunião Anual da SBPC sobre a importância dos manuscritos produzidos em 1844 pelo naturalista inglês para a criação da Teoria da Evolução, publicada 15 anos depois

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10760/especiais/dogma-da-vacina

EspeciaisPesquisadores desenvolvem vacina para Chagas na tentativa de superar o ceticismo a respeito de tal alternativa para uma das doenças mais negligenciadas do mundo

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10761/divulgacao-cientifica/map

Divulgação CientíficaGrupo internacional monta mapa que identifica regiões genéticas que seriam responsáveis por causar sintomas da síndrome

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10762/noticias/sistema-de-raio-

NotíciasFaculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP inaugura equipamento de radiografia computadorizada que dispensa a utilização de repetidas chapas de filmes

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10763/agenda/glaucoma-na-india-

AgendaSimpósio será realizado na Unifesp, reunindo médicos e pesquisadores dos dois países

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10764/agenda/aspectos-psicologi

AgendaPalestra será no Instituto de Psiquiatria do HC, em São Paulo, das 13h às 15h

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17003-nucleo-jose-re

especialização
Núcleo José Reis abre inscrições para curso sobre divulgação científica
Estão abertas as inscrições para o curso de Especialização em Divulgação Científica, do Núcleo José Reis (NJR), ligado à Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. Destinadas a jornalistas, cientistas, pesquisadores, educadores e comunicadores, as aulas terão início em agosto, com duração de um ano e dois meses. As aulas acontecerão às segundas e terças-feiras, das 19 horas às 22h30, na ECA.

O curso é composto de aulas teóricas (filosofia, história, ética, política, museologia) e práticas (vídeo, fotografia, rádiofusão, história em quadrinhos, redação, internet).

Os interessados devem se inscrever na sede do NJR, à Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, bloco 9, sala 10, Cidade Universitária, São Paulo. São necessários ficha de inscrição preenchida (disponível no site do núcleo), cópia do RG, do CPF, do diploma registrado de graduação em qualquer área (frente e verso), currículo e carta de intenção (cerca de 20 linhas sobre o motivo pelo qual o candidato gostaria de fazer o curso e como este será importante em sua carreira). A taxa de inscrição é de R$ 20,00.

As inscrições podem ser feitas também à distância. O interessado deve mandar os documentos listados acima preferencialmente por correio (Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, bloco 9, sala 10, Cidade Universitária, São Paulo - CEP: 05508-900), por email ou pelo fax (11) 3091-4329 / 4022 (neste caso, identificar o destinatário como Núcleo José Reis). O pagamento da taxa deverá ser feito por depósito ou transferência bancária, em nome da Associação Brasileira de Divulgação Científica (Abradic), no Banco do Brasil, agência 3559-9, conta corrente 17748-2, CNPJ/MF: 00.463.139/0001-7. O comprovante de pagamento deve ser enviado junto com os documentos.

No caso de o número de inscrições excederem o limite de vagas, haverá processo seletivo, por meio de análise de currículo, entrevista e prova ou redação. Os inscritos serão avisados uma semana após o encerramento das inscrições sobre aprovação imediata ou convocação para o processo seletivo.

No ato da matrícula, o interessado deverá efetuar o pagamento da primeira das 14 parcelas mensais de R$ 300,00. O custo total do curso é de R$ 4200,00.

Mais informações: (11) 3091-4021 / 4270 ou 9185-8655, email nucleojosereis@eca.usp.br, site www.eca.usp.br/nucleos/njr/curso

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17004-each-abre-ins

extensão
EACH abre inscrições para atividades destinadas à terceira idade
Entre os dias 20 e 24, das 9 horas às 16h30, a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (Each) estará com inscrições abertas para os cursos do segundo semestre do programa Universidade Aberta à Terceira Idade (UnATI).

Os interessados em participar das atividades oferecidas na EACH precisam ter mais de 60 anos e fazer matrícula pessoalmente na Comissão de Cultura e Extensão Universitária da escola (Rua Arlindo Béttio, 1000, Ermelino Matarazzo, São Paulo). As atividades são totalmente gratuitas e incluem palestras, oficinas e disciplinas de graduação, que serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada, sem necessidade de processo seletivo. Apenas para as disciplinas de graduação é necessário ter ensino médio completo, pois as aulas são realizadas junto com os alunos dos cursos de graduação.
 
Em atuação há 15 anos, a UnATI é um programa ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária. O objetivo é possibilitar ao idoso atualização, aquisição de novos conhecimentos, promover a saúde, o bem-estar psicológico e social, e da cidadania dos seus participantes.

Além da EACH, outras unidades da USP também oferecem atividades gratuitas para a terceira idade neste semestre. As datas, horários e períodos das inscrições das palestras, oficinas e disciplinas de graduação de todas as unidades da USP podem ser vistas na site da UnATI.

Mais informações: (11) 3091-1016, e-mail ccex-each@usp.br, site www.usp.br/prc/3idade/index.php?p=03

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17005-fsp-abre-inscr

pós-graduação
FSP abre inscrições de seleção para mestrado e doutorado
Entre os dias 20 de julho e 14 de agosto, a Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP abre inscrições para o processo seletivo para mestrado e doutorado em saúde pública e nutrição em saúde pública.

As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site da Fuvest, onde constarão, também, as instruções a serem seguidas pelos candidatos. A taxa de inscrição é de R$ 200,00 e o candidato deve ter um endereço de email.
 
A seleção será feita em duas fases: a primeira terá provas de múltipla escolha de português e inglês, e a segunda consistirá em seleção para as áres de concentração do programa de pós-graduação da FSP, com avaliação de histórico escolar, currículo Lattes, carta de intenção, e pré-projeto ou projeto de pesquisa. O resultado sai no dia 4 de dezembro, no site da FSP.

A FSP fica na Av. Dr. Arnaldo, 715, São Paulo.

Mais informações: (011) 3061-7790, site www.fsp.usp.br/posgraduacao
 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17006-eca-abre-inscr

especialização
ECA abre inscrições de seleção para curso sobre gestão da comunicação
Entre os dia 20 a 31, o curso de especialização lato sensu Gestão da Comunicação: Políticas, Educação e Cultura, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, está com inscrições abertas para processo seletivo. Ao todo, o curso tem um ano e meio de atividades, com as aulas às sextas-feiras (das 19 às 23 horas) e aos sábados (das 9 às 18 horas), com início em agosto.

As inscrições devem ser feitas das 14 às 20 horas, no segundo andar (sala 209) do prédio central da ECA, na secretaria do 2ºandar, na sala 209 (Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo). O candidato deve levar fotocópias da carteira de identidade e do CPF, do diploma, registrado, de curso de graduação (verso) e do histórico escolar correspondente ao curso de graduação concluído, duas fotos 3X4; currículo acadêmico documentado (certificados e comprovantes de atividades que tenham contribuído para a formação intelectual do candidato), ficha de inscrição e formulário de plano de estudo preenchidos (ambos disponíveis no site do curso) e parecer favorável do co-orientador (em casos de alunos de outros estados brasileiros ou de outros países).

A taxa de inscrição é de R$ 60,00 e deve ser depositada ou transferida em nome de Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo, no banco Santander/Banespa, agência 0658, conta corrente 13.005416-9. O comprovante de pagamento deve ser apresentado junto com os documentos listados acima.

Ao todo, são 60 vagas. A seleção acontece entre 3 e 7 de agosto, com prova escrita e entrevista. Os resultados saem no dia 10. O primeiro colocado no processo recebe bolsa integral. A primeira semestralidade do curso é de R$ 3500,00, que podem ser pagas em até cinco vezes, de agosto a dezembro. A primeira parcela será recolhida no ato da matrícula, de 11 a 14 de agosto.

Mais informaçôes: (011) 3091-4341, email gestcom@edu.usp.br, site www.eca.usp.br/gestcom
  

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17007-fipecafi-abre

Negócios
Fipecafi abre inscrições para cursos de MBA e de especializaçãoA Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contavbilidade (FEA) da USP, está recebendo inscrições para as turmas de segundo semestre dos cursos de MBA e de especialização oferecidos pela fundação. Os cursos de pós-graduação lato sensu, com início em agosto, abrangem conteúdos de contabilidade, auditoria, controladoria, atuária, mercado financeiro, de crédito e de capitais e finanças e são reconhecidos pelo MEC.

Os cursos possuem duração de 3 semestres e a seleção dos candidatos é feita por análise de currículo e entrevista. O corpo docente é composto em sua maioria por professores doutores da FEA e executivos renomados em suas áreas de atuação. As aulas serão ministradas na nova sede da Fundação, que fica na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no site da Fipecafi, onde também se encontram informações sobre custo e horário de cada curso.

Mais informações: (11) 2184-2020, email coordenadoria.mba@fipecafi.org, site www.fipecafi.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17002-humanitario-e-

zootecnia
Estudos sobre bem-estar animal ganham corpo na USP
 
A somatória de duas motivações aparentemente contraditórias – o pensar no sentimento alheio e o querer ganhar mais dinheiro – tem feito com que um tema passe por ascensão no meio acadêmico brasileiro: o bem-estar animal. Pesquisadores de diferentes vertentes têm se dedicado com mais atenção à questão, o que leva a um significativo acréscimo no saber sobre o assunto, ainda pequeno no Brasil.

Na USP, um dos centros de referência no assunto é o Núcleo de Pesquisa em Ambiência (Nupea), ligado à Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), em Piracicaba. O Nupea produz regularmente estudos sobre a questão – um deles, de autoria da veterinária Natália Risi, conquistou o Prêmio Destaque de Inovação Zootec 2009. Outra pesquisa do núcleo que teve grande repercussão foi “Avaliação da influência do sombreamento artificial no desenvolvimento de novilhas leiteiras em pastagens”, de Maristela Neves da Conceição, que verificou o quanto o oferecimento de sombras nos pastos contribui para uma melhora na qualidade de vida dos animais.

Pensar em como dar mais bem-estar aos animais não chega a ser tarefa das mais hercúleas. Afinal, trata-se de imaginar alternativas para que os bichos tenham condições dignas de vida e que, na hora da morte, passem por um abate rápido e indolor. Aí se incluem medidas aparentemente simples, como dar sombra aos animais que pastam, manter baias que permitam que o animal se movimente (em oposição ao mais comumente registrado, que é a existência de jaulas nas quais é impossível o animal se virar de lado), ter um ambiente em condições adequadas de higiene, e outras.


O professor Iran José de Oliveira Silva, coordenador do Nupea, diz que as discussões sobre o bem-estar animal estão “em alta”, e dá um dos motivos para essa elevação: “a União Europeia e outros países têm implantado legislações que determinam condições de bem-estar animal como obrigatórias para a realização de exportações”. Ou seja: mesmo que o criador de animais não seja dotado de sentimentos humanitários em relação aos bichos, terá que se ajustar a conceitos que vêm ganhando força na lei.

Ainda há uma barreira cultural para que o assunto ganhe mais relevância. “Muita gente pensa que, como o animal ‘vai morrer mesmo’, não precisa ser bem cuidado”, lamenta. Há ainda os proprietários que qualificam as medidas de bem-estar como “frescura”, e os que acreditam que um tratamento melhor encarecerá os custos da produção. “Sempre que conversamos com criadores, a primeira coisa que ouvimos é: ‘quanto isso vai custar? Qual o lucro que terei?’”, diz Iran.

A explicação vem por meio de citações que destacam o quanto a qualidade da carne é prejudicada quando não há um tratamento adequado – há estudos que comprovam que se o abate é feito de forma agressiva, o animal libera substâncias danosas na carne, e esta fica mais enrijecida que o desejado – e também apontando que há perdas na quantia de animais aproveitáveis para a comercialização. O que se dá, por exemplo, quando o transporte de animais é feito de maneira inadequada, vitimando alguns durante as trajetórias entre fazendas e abatedouros.

Sangue frio
“Os alunos sempre me questionavam: se existem maneiras mais saudáveis de se matar bovinos e suínos, então porque não pensar em algo assim para os peixes?”. É assim que Elisabete Viegas, professora de professora de piscicultura e tecnologia do pescado da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, no campus de Pirassununga, apresenta uma das motivações que a levou a se dedicar ao tema.

A ideia conduziu Elisabete à Itália, onde aprendeu por seis meses com pesquisadores locais técnicas que poderiam ser aplicadas aos peixes de água doce. Agora, de volta à FZEA, ela coordena uma equipe que inclui doutorandos, pós-doutorandos e alunos de graduação e que busca identificar o quanto um abate indolor pode influenciar na qualidade do pescado.

O trabalho é feito basicamente em tilápias, um dos peixes de água doce mais criados no Brasil. Segundo a professora, o método de abate mais habitual no país, o choque térmico, é bem insatisfatório. “Nesse método, o animal é colocado em uma mistura de água e gelo até que ele fique insensibilizado. Depois disso, é transportado para ser processado. Mas o que acontece é que ele não chega a morrer. Então é comum que ocorram alguns absurdos, como animais serem filetados ainda vivos”, conta.

As alternativas que Elisabete vêm estudando são os abates por meio de choques elétricos e injeções de gases na água. “São procedimentos rápidos, indolores e que colaboram para que a carne tenha uma melhor qualidade”, conta a docente.

A professora ressalta que, ainda que os peixes sejam animais evolutivamente inferiores aos mamíferos, eles são dotados de senciência – ou seja, têm capacidade de sentir dor e sofrimento. “E o animal que sofre, se debate antes de morrer, tem uma vida de prateleira reduzida”, conclui.

Futuro
Tanto o professor Iran José de Oliveira Silva quanto a professora Elisabete Viegas são consensuais em afirmar que o campo do bem-estar receberá ainda mais atenção nos próximos anos. “O caminho que estamos vivendo, de proporcionar mais qualidade de vida aos animais, é sem volta”, diz Iran. “As exigências que existem e cada vez serão mais fortes fazem com que a especialização nesse sentido seja um bom caminho para os futuros profissionais”, assinala Elisabete.

Curiosamente, Iran acredita que a ampla profissionalização e ampliação da tecnologia para o setor pecuário, ao visualizar como um dos seus objetivos o bem-estar animal, levará a um sistema de trabalho que em partes lembrará o que se fazia em anos distantes. “Talvez nosso referencial seja pensar em criar animais da maneira como faziam os nossos avós, ou com filosofia semelhante: com os animais permanecendo soltos, sendo alimentados de uma forma mais natural. Quem sabe esse não é o caminho?”, conclui o professor, ressaltando que se deve aliar a essa visão a tecnologia disponível hoje para uma produção em alta escala.

Fotos: Marcos Santos

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17008-centrinho

Emprego
Centrinho abre processo seletivo para contratação de técnico de enfermagemEstão abertas as inscrições para o processo seletivo que contratará um técnico de enfermagem para o Departamento Hospitalar do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, em Bauru. O profissional será contratado por tempo determinado, pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em jornada semanal de 36 horas.

É cobrada uma taxa de R$ 20,00 dos candidatos. As inscrições podem ser feitas até o dia 22, das 8 às 17 horas, na sede da  Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidades Craniofaciais (Funcraf), que fica na Rua José Ferreira Marques, 10-54, Vila Universitária, Bauru.

O edital completo do processo seletivo está disponível no site da Funcraf.

Mais informações: (14) 2106-0900, site www.funcraf.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17009-trabalho-de-al

Reconhecimento
Trabalho de doutoranda do Procam ganha o Prêmio Capes de TeseA tese de doutorado de Maria Castellano, aluna do Programa de Pós Graduação em Ciência Ambiental (Procam) da USP, ganhou o Prêmio Capes de Tese 2008 – Área Interdisciplinar. O trabalho, intitulado Relações entre poder público e sociedade na gestão dos recursos hídricos: o caso do Consórcio Intermunicipal das Bacias Hidrográficas dois Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, foi orientado pelo professor Pedro Roberto Jacobi.

O trabalho premiado teve por objetivos analisar os fatores associados à  criação de relações de sinergia entre poder público e sociedade no âmbito do Consórcio Intermunicipal das Bacias Hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, assim como a contribuição desta organização para a gestão dos recursos hídricos na região; e contribuir para as discussões sobre novas formas de institucionalidade na gestão de recursos naturais.

Os resultados mostraram que características relacionadas ao contexto físico e político, às formas das relações e articulações estabelecidas entre os atores, e o estabelecimento de relações interinstitucionais e intersetoriais no contexto de gestão dos recursos hídricos possibilitaram a emergência de sinergia no caso estudado. A experiência do Consórcio PCJ na gestão dos recursos hídricos foi pioneira no estado e mesmo no país, tendo contribuído para avanços significativos não apenas regionalmente, com nos níveis estadual e nacional. Apesar disso, ainda se observam dificuldades na inclusão de maior heterogeneidade no processo de participação na gestão desses recursos.  

O Prêmio Capes de Tese e o Grande Prêmio Capes de Tese foram instituídos no ano de 2005 com o objetivo de outorgar distinção às melhores teses de doutorado defendidas e aprovadas nos cursos reconhecidos pelo MEC, considerando os quesitos originalidade e qualidade.

Com informações do Procam

Mais informações: (11) 3091-3235 site www.capes.gov.br/avaliacao/premios-capes-de-teses

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17010-hcfmrp-tem-cur

comunicação
HCFMRP tem curso de especialização em divulgação científica
O Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP abre inscrições para um curso de extensão em divulgação científica. As reuniões iniciais começam na sexta (17), às 14h30, com palestra sobre ciência e divulgação.

Para dar início as atividades do curso e apresentar a proposta aos interessados, a equipe da Casa da Ciência programou duas palestras para este mês de julho. A primeira acontecerá na sexta (17), no Anfiteatro Vermelho do Hemocentro, a partir das 14h30, com o tema Ciência e Divulgação, com os professores Dimas Tadeu Covas e João Leite, da FMRP.

Para o dia 24, também às 14h30, está prevista uma mesa-redonda com um jornalista da área de ciência e um professor do ensino básico que participa das atividades da Casa da Ciência, com o tema A importância da divulgação científica na construção do processo educacional do país. A entrada para a palestra e a mesa-redonda é gratuita e aberta aos interessados em geral, sem necessidade de inscrição prévia.

O curso, também gratuito, com carga de 360 horas, terá atividades presenciais e à distância. As presenciais serão nos anfiteatros do Hemocentro e com a participação de professores do campus da USP local e pesquisadores do Hemocentro, além de convidados. As atividades à distância serão via internet, por meio do portal de cursos do Centro de Terapia Celular (CTC), com amplo monitoramento das atividades realizadas pelos alunos.

Podem se inscrever professores em exercício, da cidade ou da região, com disponibilidade para realizar atividades em grupos e práticas na sua escola, em especial aqueles que concluíram o curso de especialização “As Células, o Genoma e Você, Professor”, e jornalistas que estejam envolvidos com Divulgação Científica, assim como profissionais das áreas biológicas, em especial os da saúde.

As vagas são limitadas, 30 professores e 10 jornalistas e outros profissionais, e as pré-inscrições podem ser feitas no site do evento.

Com informações do Serviço de Comunicação Social da CCRP

Mais informações: (16) 2101-9308, email imprensa.rp@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17011-tusp-inicia-pro

teatro
Tusp inicia processo para ocupação de seu espaço
O Teatro da USP (Tusp) abre inscrições, até 6 de agosto, para grupos que queiram ocupar seu espaço entre 14 de outubro e 20 de dezembro, de terças a domingos.

O Tusp pode ser usado para atividades que se aproximem do perfil de uma Residência Artística (com ações paralelas como aulas abertas e ciclos de palestras), como optar por um agendamento de temporadas simples, sem desdobramentos.

O critério para a escolha será a relevância da produção artística proposta, em conformidade com o edital do processo, contemplando um ou mais proponentes, companhias de teatro profissional ou coletivos diferentes, ou mesmo um único proponente.

Grupos interessados podem se inscrever na secretaria do Tusp de segunda a sexta-feira, das 10 às 18 horas, ou enviar pelo correio os documentos necessários à inscrição, na Rua Maria Antônia, 294, Vila Buarque, São Paulo, até a data de postagem 6 de agosto. A divulgação do projeto selecionado será feita dia 17 de agosto.

Mais informações: (11) 3255-7182, email tuspmkt@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17012-instituto-do-canc

Oncologia
Instituto do Câncer conclui ativação de sua agência transfusionalO Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (Icesp), ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), finalizou a implantação de sua agência transfusional, setor responsável por garantir disponibilidade e a segurança das transfusões de sangue e de hemocomponetes aos pacientes em tratamento no hospital.

A agência transfusional abastece o Icesp com sangue coletado na Fundação Pró-Sangue por meio de doação espontânea. No instituto, a agência faz a tipagem sanguínea, a análise e o preparo de hemocomponentes para uso em transfusões.

Os serviços da agência transfusional funcionam 24 horas por dia. Desde a ativação total já foram realizadas 453 transfusões. Quando o hospital estiver funcionando em capacidade plena – no segundo semestre de 2010 – a estimativa é de que o Icesp realize entre 2.500 e 2.800 transfusões por mês.

Anemia e sangramentos podem ser manifestações de certos tipos de câncer, e até mesmo na quimioterapia a transfusão é, por vezes, necessária. Ao longo do tratamento, a queda na quantidade de plaquetas é um efeito adverso relativamente comum a vários medicamentos usados no combate à doença.

Com informações da assessoria de comunicação do Icesp

Mais informações: (11) 3893-2000, site www.icesp.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17013-nanotecnologia

química
IQ estuda aplicações práticas da nanotecnologia
No Instituto de Química (IQ) da USP, o pesquisador Sérgio Hiroshi Toma construiu, átomo por átomo, aglomerados de moléculas. Esses aglomerados, que utilizam o metal rutênio, são chamados de clusters e dão origem a materiais que utilizam luz para gerar eletricidade com alta eficiência e podem mudar a cor dos vidros que envolvem.

Hiroshi Toma é pesquisador do Laboratório de Química Supramolecular do IQ. Segundo o professor Henrique Eisi, orientador da pesquisa e coordenador do laboratório, a nanotecnologia molecular constrói, átomo por átomo, materiais que tenham alguma função útil. Um nanômetro é um bilionésimo de metro.

“Para cada aplicação, construímos as moléculas ideais”, explica. “Desenvolvemos uma molécula por vez. Depois, as conectamos e construímos uma ‘máquina molecular’, que desempenha o papel desejado“.

Luz em energia
Em sua pesquisa, Hiroshi Toma desenvolveu uma célula fotoeletroquímica — dispositivo que converte luz em eletricidade — com os clusters de rutênio. O diferencial em relação às outras células é a sua eficiência de 80%: a cada 100 mil fótons (partículas de luz) que incidem sobre a placa, 80 mil elétrons são liberados.

Para construir a célula, o pesquisador forrou placas de vidro condutor de eletricidade com um filme microscópico de Dióxido de Titânio e borrifou nele as moléculas criadas no laboratório. Todas as vezes que a luz bate nas moléculas, elas liberam elétrons. A corrente elétrica formada serve para manter funcionando pequenos aparelhos eletrônicos domésticos.

“Essa tecnologia é cara, mas não precisa de muita luz para gerar eletricidade”, explica o professor. “Por isso acredito que fará sucesso para mover pequenos aparelhos, como calculadoras, dispensando as pilhas”. 

Insulfilme colorido
O pesquisador também desenvolveu na sua tese de doutorado um filme para envolver vidros que pode mudar de cor reversivelmente quando ligado na tomada. Para que o vidro mude de cor, basta submetê-lo a diferentes voltagens. A estrutura projetada no laboratório do IQ mistura cristais de Dióxido de Titânio com moléculas de Rutênio.

Uma das possíveis aplicações dos filmes, chamado eletrocrômicos, é impedir o calor de escapar dos ambientes por irradiação, funcionando como a parede espelhada de uma garrafa térmica. Outras aplicações são em outdoors e painéis de decoração. Os pesquisadores desenvolveram uma “biblioteca de moléculas”, que permite criar vidros que abrangem diversos intervalos de cores.

“Os melhores dispositivos já desenvolvidos são baseados em moléculas orgânicas, que desgastam rápido”, destaca Eisi. “Eles são caros. Assim, há grande interesse comercial na tecnologia que desenvolvemos. Melhorando o sistema será possível fazer uma tela, como as de LCD”. A invenção não foi patenteada pelo grupo de pesquisadores a tempo e é de domínio público.

As invenções do pesquisador renderam-lhe em 2008 o prêmio de melhor tese na área de química, concedido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). A CAPES é um órgão do Ministério da Educação que avalia e incentiva mestrados e doutorados.
 
Mais informações: (11) 3091-3819, email sergioht@iq.usp.br, site http://www.iq.usp.br/wwwdocentes/koiaraki/

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 15, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10765/especiais/abordagens-inte

EspeciaisPara o cientista Glaucius Oliva, indústria só voltará a aumentar o ritmo de descoberta de novos fármacos quando modelos focados no mecanismo de funcionamento das moléculas forem associados a abordagens da biologia de sistemas, com inspiração em produtos naturais

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10766/especiais/bioacustica-flo

EspeciaisDiferentes tipos de cantos são ferramenta importante na identificação de novas aves na Amazônia. Novas estimativas aumentam para mais de 3 mil o número de espécies na região

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10767/especiais/tomate-contra-c

EspeciaisPesquisadores descobrem que parasito isolado do tomate pode oferecer imunidade, pelo menos parcial, contra a infecção pelo causador da doença de Chagas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10768/noticias/bolsa-de-pd-em-e

NotíciasProjeto Temático vinculado ao programa BIOEN-FAPESP tem vaga para pós-doutorando. Interessados devem enviar documentação até 20 de julho

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10769/noticias/alunos-da-unesp-

NotíciasEstudantes de desenho industrial do campus de Bauru ganham competição internacional organizada pela Microsoft. Projeto reúne atividades para ajudar na alfabetização de crianças

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10770/agenda/1-congresso-norte-

AgendaEncontro será realizado em São Luís, com o tema central “Atenção global à pessoa com deficiência intelectual”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10771/agenda/1-workshop-sobre-c

AgendaEvento será realizado no Centro de Convenções da Unicamp, com pesquisadores brasileiros e estrangeiros

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17014-laboratorio-de

estação ciência
Laboratório de Microscopia fica aberto ao público nas férias
Desde o dia 25 de junho, a Estação Ciência (EC) da USP conta com uma nova atração especial: o Laboratório de Microscopia, um espaço de 40 metros quadrados, equipado com microscópios e lupas, além de diversos materiais para estudo da célula.

No laboratório também são desenvolvidas atividades educacionais e lúdicas, facilitadoras do aprendizado do mundo microscópico. Os visitantes recebem jalecos brancos de laboratório, especialmente criados para o ambiente.

O projeto é uma parceria entre a EC e o Centro de Estudos do Genoma Humano da USP. O laboratório é aberto ao público no mesmo esquema das demais exposições: para grupos e escolas, basta fazer o agendamento da visita e incluir o laboratório no roteiro. Já para o público espontâneo, famílias e turistas, haverá sessões em diversos horários nos finais de semana.

Para participar das atividades do laboratório é necessário ter a partir de 11 anos. As sessões têm a duração de uma hora.

A EC fica na Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo.

Mais informaçôes: (11) 3673-7022, site www.eciencia.usp.br/index.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17015-empuxo-atrito-

experimentoteca
Empuxo, atrito e eletromagnetismo são temas do mês na EC
Durante o mês de julho, o tema da Experimentoteca, da Estação Ciência (EC) da USP, é "Empuxo e Atrito e Eletromagnetismo". A equipe da EC realiza, toda semana, demonstrações dos kits disponíveis para empréstimos.

Às terças e quintas-feiras, acontecem as demonstrações de Empuxo e Atrito. Às quartas e sextas-feiras, é a vez de Eletromagnetismo
(que não acontecerá nos dias 15, 17, 22 e 24). O horário é sempre das 14 às 16 horas.

Os empréstimos e apresentações são destinados especialmente a professores que queiram desenvolver atividades relacionadas ao tema em suas salas de aula.

A EC fica na Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo.

Mais informações: (11) 3673-7022, ramal 233, email experimentoteca@eciencia.usp.br
.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17017-orquestra-unive

ribeirão preto
Orquestra Universitária convoca instrumentistas para experiência sinfônica
A Orquestra Universitária da USP em Ribeirão Preto promoverá encontros entre instrumentistas para uma primeira experiência sinfônica. A orquestra pretende juntar os instrumentistas de sopro (flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone e tuba) do campus e da comunidade em geral com os instrumentistas de corda.

Segundo a organização, o objetivo é promover intensa troca de experiências entre os diferentes níveis técnicos, tendo como princípios a solidariedade e a cooperação. Os alunos do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) em Ribeirão Preto participam como monitores e também tocam.

O professor Marcos Câmara de Castro é o responsável pelas aulas, que acontecem a partir de 6 de agosto, às quintas-feiras, das 19 às 21horas na Sala de Concertos da Tulha, que fica no Departamento de Música (Av. do Café, sem número, Ribeirão Preto).

Os interessados deverão enviar um breve texto sobre sua experiência, com o instrumento especificado no corpo da mensagem para mcamara@usp.br. As inscrições serão aceitas durante todo o período letivo e não há teste de seleção.

Mais informações: (16) 3602-3136

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17018-esalq-divulga

agricultura
Esalq divulga relatório sobre mercado cafeeiro em junho
O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, divulga relatório referente a junho sobre os mercados de café arábica e robusta.

Segundo o relatório, baseado em pesquisas da Cepea, no início de junho, o mercado cafeeiro apresentou maior liquidez devido à valorização dos futuros de arábica. Em casos isolados, exportadoras chegaram a negociar em até R$ 280,00 a saca de 60 quilos de café de melhor qualidade.

Já a colheita de café robusta chegou praticamente ao final no Espírito Santo. Em algumas regiões, os trabalhos de campo foram finalizados, ao passo que, em outras, restavam menos de 20% da safra 2009/10 a ser colhida.

O relatório de junho e de meses anteriores podem ser conferidos na íntegra no site do Cepea.

Mais informações: (19) 3429-8836 / 8837, com Margarete Boteon, site www.cepea.esalq.usp.br/cafe

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17019-cursinho-do-cr

pré-vestibular
Cursinho do Crusp recebe inscrições para o segundo semestre
Estão abertas as  inscrições para as turmas do segundo semestre do curso pré-vestibular experimental do Conjunto Residencial da USP (Crusp). Criado pela Associação de Educadres da  USP em 1998, o cursinho oferece formação voltada à cidadania, com conteúdo do currículo do ensino médio e aplicação de simulados para Enem e Fuvest.

São 80 vagas para o período matutino (das 8 horas às 11h20) e 80 para o noturno (das 19h20 às 22h30, de segunda a sexta-feira, e das 8h30 às 11h50, aos sábados). As aulas da turma matutina acontecerão na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), na Rua do Lago, 717, Cidade Universitária, São Paulo. Já as aulas noturnas aconterão na Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima, na Rua Professor Vicente Peixoto, 50, Butantã, São Paulo.

A taxa de inscrição é de R$ 50,00 e o preço total do curso varia de R$340,00 a R$400,00, com material incluso. Os documentos necessários para inscrição são cópias do RG, CPF, comprovante de residência, histórico ou declaração escolar e duas fotos 3x4. Condições de pagamento devem ser verificadas pelo email relacionamento@cursoprevestibulardocrusp.net ou pelo telefone (11) 3091-3189.

As inscrições devem ser feitas no sala 13 do bloco F do Crusp, à Av. Professor Mello de Moraes, 1235, Cidade Universitária, São Paulo, de segunda à sexta-feira das 11 às 19 horas, e aos sábados das 10 às 14 horas.

Mais informações: (11) 3091-3189, email relacionamento@cursoprevestibulardocrusp.net, site www.cursoprevestibulardocrusp.net

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17020-simposio-inter

iniciação científica
Evento que cresce a cada ano, Siicusp 2009 abre inscrições

  Estão abertas até o dia 14 de agosto as inscrições para o 17º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP (Siicusp), que acontece entre 9 e 13 de novembro na cidade universitária e em alguns campi do interior. Anual, o evento é uma oportunidade para que os alunos da graduação, de dentro ou fora da USP, exponham seus projetos, troquem experiências com outros pesquisadores, e tenham uma primeira experiência na importante atividade de divulgar a ciência que produzem.

Organizado desde 1993, o simpósio é divido por áreas (ver tabela), e inclui mesas redondas, apresentações orais e de pôsteres. A comissão organizadora seleciona, ao final, os melhores projetos dentro de cada área para receberem menções honrosas – o número varia de acordo com o número de trabalhos apresentados por área – e treze alunos para uma visita a universidades do exterior, onde apresentarão suas pesquisas.

O número de participantes vem crescendo a cada ano, começando com 393, na primeira edição do Siicusp, e chegando aos 4.576 trabalhos inscritos no ano passado. Para 2009, a organização espera receber até cinco mil inscrições.

A partir do ano 2000, o Programa de Iniciação Científica da USP se internacionalizou, começando um intercâmbio com a Rutgers State University of New Jersey e a Ohio State University, nos Estados Unidos; e com a Universidade do Porto, em Portugal, que também enviam seus alunos para o evento.


Primeiros passos na vida acadêmica
Para a professora Maria Inês Rocha Miritello Santoro, atual coordenadora do programa e presidente da comissão organizadora do simpósio, a iniciação científica é uma modalidade de pesquisa de grande importância por várias razões. Em primeiro lugar, é através dela que os alunos de graduação aprendem a pesquisar e têm a oportunidade de escolher em que área do conhecimento desejam atuar. Também, ao se iniciarem mais cedo na pesquisa, adquirem experiência, e poderão conquistar títulos de mestres e doutores em períodos de tempo mais curtos, completando assim sua formação cada vez mais jovens – o que tem sido comprovado por avaliações realizadas pela Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP).

Além disso, não é incomum que os temas escolhidos para serem desenvolvidos nos projetos de iniciação sejam estendidos e aprofundados, tornando-se as linhas de pesquisa destes profissionais e dando origem a mestrados e doutorados.

Finalmente, de acordo com a professora, o número de doutorados por ano na USP tem aumentado ao longo do tempo. “Este fato não deve, evidentemente, ser atribuído unicamente à iniciação científica. No entanto, o programa foi, com certeza, um dos motivos que contribuiu para tal aumento”, explica.

Segundo Maria Inês, as características ideais do aluno para fazer uma iniciação variam. Porém, o requisito básico é que ele demonstre grande curiosidade sobre a área de pesquisa em que deseja atuar. Ela também ressalta que, antes de o orientador solicitar uma bolsa, “é importante que o aluno passe um tempo conhecendo o laboratório, o professor, os colegas e as técnicas de pesquisa empregadas, para que tenha certeza de que escolheu a melhor alternativa para seu perfil”.


Bolsas
Um estudante que realiza iniciação científica pode fazê-lo sem receber bolsa, mas há três tipos de auxílio que podem ser pleiteados na Universidade: as bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); as institucionais, provenientes da Reitoria; e as oferecidas pelo Grupo Santander.

Para a obtenção das bolsas há um processo de seleção rigoroso, que começa nas comissões de pesquisa das unidades e termina na homologação ou não por parte de uma comissão da PRP, que inclui avaliadores de fora da USP e da unidade do avaliado. Os critérios utilizados são a qualidade do projeto, o currículo do orientador e o histórico escolar do aluno.

O graduando que recebe uma das bolsas ligadas à USP deve, obrigatoriamente, apresentar seu trabalho no Siicusp, sob pena de não receber o certificado ao final da iniciação, e de seu orientador perder preferência em solicitações futuras de bolsas para seus orientandos.

Há também bolsas que podem ser solicitadas diretamente aos órgãos financiadores que as oferecem, sem seleção interna à USP, como é o caso da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Serviço
17º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP

Calendário
Área Data Local
Exatas e Engenharias 09, 10 e 11 de novembro de 2009 São Carlos
Biológicas e Saúde 10 e 11 de novembro de 2009 Ribeirão Preto
Humanas e Humanidades 11, 12 e 13 de novembro de 2009 São Paulo
Agropecuárias 12 e 13 de novembro de 2009 Pirassununga

Mais informações e os procedimentos para as inscrições podem ser encontrados no site www.usp.br/siicusp, ou solicitados pelo email siicusp@usp.br.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17021-estacao-cienci

capacitação
Estação Ciência oferece curso para professores do ensino fundamentalA Estação Ciência da USP está com inscrições abertas para o curso de extensão universitária Observando os Solos: Uma abordagem de ensino baseada em investigação, formatado e ministrado pela equipe do projeto ABC na Educação Científica - Mão na Massa. O projeto, de origem francesa, é desenvolvido no Brasil pela Estação Ciência e tem como foco a capacitação de professores para uma nova abordagem no ensino de ciências, favorecendo a criatividade, a interatividade, a capacidade de observação e expressão, além do uso de materiais de baixo custo.

O curso, destinado a professores do ensino fundamental I, abordará estratégias para motivar os alunos a observarem o solo, relacionando-o com o cotidiano escolar e com o cotidiano vivido, aprofundando os conteúdos mais utilizados pela escola ou meios de comunicação e a inter-relação com outros temas, desenvolvendo atividades investigativas e proporcionando a reflexão e a autonomia dos educadores. Todos os participantes aprovados receberão certificado emitido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, na modalidade “Atualização”.

A carga horária será de 40 horas e serão disponibilizadas 36 vagas. O curso acontece de 5 de agosto até o mês de dezembro, quinzenalmente às quartas-feiras, das 14 às 18 horas. O valor total do curso é de R$ 200,00, podendo ser parcelado. Serão concedidas bolsas totais e parciais.

Os interessados podem obter mais informações e preencher a ficha de inscrição no site da Estação Ciência. As inscrições permanecerão abertas até o preenchimento de todas as vagas.

Com informações da assessoria de imprensa da Estação Ciência

Mais informações: (11) 3673-7022, ramais 224 ou 226, email cursoec_maonamassa@yahoo.com.br, site www.eciencia.usp.br/maonamassa

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/17022-poli-inscrev

engenharia
Poli inscreve para curso sobre construção sustentável
Estão abertas até o dia 27 as inscrições para o curso Construção Sustentável: Teoria e Prática, que será realizado, em data a ser divulgada, pelo Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica (Poli) da USP.

O objetivo do curso é preparar profissionais qualificados, em especial engenheiros e arquitetos envolvidos em projetos e compras públicas, obras de construção e manutenção, para atuar aplicando os conceitos de construção sustentável nas atividades rotineiras em suas organizações de forma eficiente e com uma visão clara das complexidades de setor.

O curso também enfatiza a melhoria dos processos de suporte à decisão, em particular no que tange aos procedimentos para formatação de empreendimentos sustentáveis, com segura validação econômica e de expressiva inserção de mercado.

O público-alvo são engenheiros, arquitetos e demais profissionais familiarizados com as atividades do mercado de construção, de empresas públicas e privadas, dedicadas a construção e operação de edificações e negócios imobiliários.

As inscrições podem ser feitas no site do curso. As vagas são limitadas (40 vagas) e o critério de seleção será por avaliação de currículo. A divulgação dos aprovados será no dia 29 de julho. O local da realização será na Av. Prof. Almeida Prado, 83, travessa 2, Sala do Laboratório de Sistemas Prediais Edifício de Engenharia Civil, Cidade Universitária, São Paulo.

O valor do curso será 6 parcelas deR$1.686,09. O candidato aprovado no processo seletivo deverá apresentar no ato da matrícula cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, Diploma de graduação, comprovante de residência e uma foto 3X4.

Mais informações: email construcao.sustentavel@poli.usp.br, site http://www.poli.usp.br/construcao.sustentavel/index.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/17023-experimentos

descoberta
Cientistas da FZEA comprovam atividade elétrica em plantas
Experimentos realizados no Laboratório de Física Aplicada e Computacional (Lafac) da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP demonstraram que as plantas possuem sinais elétricos e que podem, inclusive, ser medidos. Nos testes realizados com a espécie Epipremnum pinnatum, popularmente conhecida como Jibóia, foram detectados sinais emitidos em pequenas freqüências, da ordem de microvolts.

“Na verdade utilizamos dois tipos de plantas, a Sansevieria trifasciata, conhecida como Espada-de-São Jorge e a Epipremnum pinnatum. A Jibóia foi a que apresentou os resultados mais satisfatórios”, conta a aluna de Engenharia de Alimentos da FZEA Paula Cristina Pécora. O trabalho teve a coordenação do professor Ernane José Xavier Costa, do Lafac, e do professor Euvaldo Cabral Junior, colaborador do Laboratório.

Os experimentos para se verificar a atividade elétrica de plantas tiveram início quando Cabral Junior teve acesso a um estudo que comprovava a emissão de pulsos elétricos em células de plantas. “De acordo com a pesquisa, cientistas conseguiram medir potenciais elétricos usando micro-agulhas inseridas nas folhas”, descreve Paula. A partir daí, o cientista teve a idéia de realizar os experimentos na FZEA. “Uma outra notícia que temos de um experimento semelhante a este teria sido realizado na Alemanha, na Universidade de Munique. Lá, os cientistas também analisaram o comportamento das células das plantas mediante a diferentes tipos de estímulo. Portanto, um processo invasivo”, descreve Xavier. 

Cabine especial
No Lafac, os pesquisadores construíram uma cabine blindada especial capaz de isolar a planta de qualquer outro sinal do ambiente. Além disso, o processo de aferição foi totalmente não invasivo. É que os pesquisadores adaptaram um aparelho de eletroencéfalograma (EEG) para os testes. “Desde novembro do ano passado fizemos várias aferições dos sinais. Ao mesmo tempo, construímos um circuito gerador de ruído na cabine, o que possibilitou distinguir os sinais da planta em relação ao ambiente mostrando que os sinais eram muito diferentes do ruído”, explica Paula. Para medir os sinais elétricos, os eletrôdos foram colocados nas folhas da planta. Em seguida foram processados, fora da cabine, por softwares desenvolvidos no próprio Lafac.

As pesquisas realizadas no Lafac podem inaugurar caminhos para outras pesquisas na área de botânica e estudos de interesse agronômicos, como avaliar a resposta elétrica das plantas a certos agrotóxicos e produtos similares, por exemplo. “Podemos imaginar melhores maneiras de se monitorar o comportamento e emissão de sinais de plantas cultivadas em estufas. Testar quais os melhores ambientes, intensidades de luz, som, etc.”, avalia o professor Xavier. Outra aplicação imaginada pelo professor é a avaliação do comportamento de plantas de acordo com fertilizantes ou drogas.

A Epipremnum pinnatum utilizada no experimento possui folhagem larga e abundante, entre 60 centímetros (cm) e 70 cm. As aferições da atividade elétrica da planta no Lafac tiveram início em novembro de 2008 e os primeiros resultados acabam de ser obtidos. Até o final de 2009 o estudo deverá ser publicado na revista internacional Plant, Cell & Environment.

Além de Paula, Xavier e Cabral Júnior, integram a equipe de pesquisa do Lafac o professor Agriano Tech, o engenheiro Aldo Cespedes Arce e o físico Gustavo Atzingen.

Mais informações: (19) 3565-4177, com Paula Cristina Pécora; email paula.pecora@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 16, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10772/especiais/especiacao-sem-

EspeciaisEstudo feito por pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos propõe mecanismo de formação de novas espécies biológicas que não envolve barreiras físicas ou isolamento geográfico. Trabalho foi publicado na revista Nature

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10773/especiais/falta-aceleraca

EspeciaisO físico Alberto Santoro, que integra experimento no Large Hadron Collider (LHC), destaca que a participação brasileira nos estudos do acelerador de partículas é “razoável e está longe da ideal”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10774/especiais/revitalizacao-d

EspeciaisPesquisadores apresentam dados sobre as línguas nativas ainda faladas no Norte do país e destacam a importância e dos desafios de documentar, preservar e revitalizar a diversidade desses idiomas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10775/noticias/bolsa-de-pos-dou

NotíciasProjeto Temático tem vaga para atuação na Unesp em Araraquara ou no Instituto de Física da USP, na capital paulista

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10776/noticias/iniciacao-na-uni

NotíciasPrograma de Iniciação Científica Júnior conduzido na universidade reúne 140 alunos de ensino médio de três cidades em atividades com professores e pesquisadores

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10777/agenda/congresso-internac

AgendaPrimeira edição do evento ocorrerá na Faculdade de Saúde Pública da USP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10778/agenda/43-congresso-brasi

AgendaCom o tema "Medicina laboratorial e segurança do paciente", encontro será realizado em Belo Horizonte

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17024-grupo-da-forp-dem

odontologia
Na FORP, pesquisas em prevenção recomendam higiene da escova dental
 
Quente, úmido e abafado – assim é o ambiente ideal para a proliferação de bactérias. E assim fica sua escova de dente quando você a guarda no armário do banheiro ou em estojo próprio. “Se não for feita a higienização correta da escova após o uso, ela se torna propícia à multiplicação das bactérias naturalmente presentes na boca e que, durante a escovação, alojam-se nas cerdas”, explica o professor Paulo Nelson Filho, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP.

Nelson Filho é pesquisador na linha de "Prevenção em Odontologia - Estudos microbiológicos, clínicos e por microscopia eletrônica de varredura", da pós-graduação da FORP. Desde 1999, o grupo foca, principalmente, em análises e estudos relacionados à contaminação e desinfecção de itens como escovas de dente, chupetas e aparelhos ortodônticos.

Ele explica que, na boca, se encontram cerca de 900 espécies de bactérias, capazes de viver até 24 horas entre as cerdas das escovas dentais, onde se multiplicam e tornam a entrar em contato com a boca na próxima escovação, colaborando para uma maior probabilidade de ocorrência de doenças como a cárie dental, alterações gengivais e lesões da mucosa bucal. “Hoje a preocupação maior do mercado odontológico é com o desenvolvimento de materiais e técnicas inovadoras, esquecendo-se muitas vezes da importância de cuidados básicos, como o armazenamento, troca e desinfecção das escovas”, afirma.

Apesar desses cuidados com a escova ajudarem a prevenir males causados por bactérias, a população não cultiva o hábito de higienizar itens que entram em contato com a boca – é o que aponta levantamento da FORP publicado recentemente na revista da Associação Brasileira de Odontologia. O pesquisador defende que a orientação deve partir dos profissionais, de modo que se torne parte da rotina dos pacientes. “Assim como ninguém reutiliza fio dental ou veste a mesma roupa por dias seguidos, a desinfecção desses itens é um hábito de higiene pessoal que deve ser adquirido”, completa o especialista da FORP.

Pesquisas, resultados e recomendações
Um dos principais estudos realizados pelo pesquisadores em prevenção na FORP é a análise de agentes antimicrobianos, que determinam quais deles são mais eficazes na eliminação de bactérias. São testados os componentes de produtos para esse fim já disponíveis no mercado. Nelson Filho afirma que, até agora, a clorexidina, em concentração de 0,12%, se mostrou o mais eficaz dos princípios ativos.

Apesar de não existirem estudos comparativos entre indivíduos que desinfetam suas escovas e aqueles que as guardam sem qualquer procedimento higiênico, Paulo Nelson afirma que já foram detectados casos de pacientes cuja incidência de lesões na mucosa diminuiu depois de adotado o hábito de higienização.

Como deve ser feita então a higienização das escovas? O professor da FORP recomenda a utililização de agentes antimicrobianos disponíveis no mercado (como enxaguantes bucais), acondicionados pelo próprio paciente em frascos de plástico ou vidro, em forma de spray. O produto deve ser borrifado nas cerdas e na cabeça da escova uma vez ao dia, após a escovação noturna. O professor complementa, ainda, que o próprio creme dental pode colaborar para a higienização da escova. Os mais indicados, segundo ele, são aqueles que contêm flúor e, mais especificamente, que apresentam "ação total ou global".


Além disso, o usuário deve estar atento para a higienização em água corrente antes da próxima escovação, para retirar as bactérias mortas. “Depois do uso, deve-se bater o cabo da escova na pia, para eliminar o excesso de água, mas nunca secá-la em toalha de banho ou rosto”, recomenda Paulo, que indica três meses, em média, como o tempo ideal entre a troca da escova velha por uma nova.

Em relação ao armazenamento, o professor aponta que a escova não deve ficar sobre a pia. “O banheiro é o local mais contaminado de uma casa. Temos pesquisas que comprovam a presença de coliformes fecais alojados em escovas, em função das descargas e da proximidade com o vaso sanitário”, expõe ele. Portanto, o melhor é guardar a escova desinfetada no armário do banheiro.

O próximo passo nas pesquisas do grupo é a análise de escovas, recém-lançadas no mercado, que apresentam ação antimicrobiana para reduzir o acúmulo de bactérias nas cerdas.

Outro tema abordado na linha de pesquisa de prevenção em odontologia relaciona-se ao que o professor chama de “adequação do meio bucal”. O especialista explica que, mais do que tratar os sintomas das doenças bucais, como a cárie dental, por exemplo, é necessário curar a doença em si. Assim, antes de fazer restaurações é preciso tornar a boca saudável, de uma maneira durável, controlando os agentes causadores de cárie. O grupo da FORP analisa quais são os materiais e técnicas mais eficientes a serem adotados no tratamento.

Sobre o método de pesquisa e divulgação, o Nelson Filho explica que é essencial um intercâmbio com outras disciplinas e unidades do campus de Ribeirão Preto e demais universidades do Brasil e do exterior. “Depois, todos os resultados a que chegamos nas pesquisas são incorporados às aulas de graduação e de pós-graduação da faculdade, e divulgados ao meio científico por meio de teses e publicação de artigos em revistas especializadas, nacionais e internacionais”, finaliza.

Fotos: Marcos Santos

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16968-inscricoes-abe

FEA
Inscrições abertas para encontro sobre estudos regionais e urbanos
Estão abertas as inscrições para a sétima edição do Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (Enaber). O evento acontece entre os dias 9 e 11 de setembro, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.

O objetivo é abrir espaço para a discussão de fenômenos econômico-sociais no âmbito regional e urbano e trazer para o público em geral as experiências específicas nessa área, os avanços metodológicos e possíveis soluções para os graves problemas hoje existentes no Brasil.

As inscrições devem ser feitas presencialmente na FEA (Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária, São Paulo), mediante pagamento de R$ 120,00 (alunos) a R$ 260,00 (não associados) até o dia 9 de agosto e, depois dessa data, R$ 150,00 e R$ 310,00, respectivamente.

Mais informações: site www.enaber.com.br, email aber@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17026-cepea-divulga-

agronomia
Cepea divulga relatório sobre mercado agrícola de junho
Estão disponíveis no site do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, análises referentes a junho sobre açúcar, álcool, algodão, arroz, boi e bezerro, milho e soja. Para cada produto, há análises conjunturais, séries estatísticas e gráficos elaborados por pesquisadores do Cepea. Os dados completos estão disponíves no site do centro.

Segundo o relatório sobre o açúcar, os preços do tipo cristal estiveram em queda na maior parte de junho, fechando em R$ 41,15 por saca de 50 kg no dia 30. A pressão veio do maior número de usinas paulistas ofertando no mercado.

Também recuaram os preços do algodão em pluma. De acordo com o Cepea, produtores estiveram interessados em liquidar os lotes restantes de safras anteriores e acabaram reduzindo os valores negociados

Em contrapartida, os preços dos etanóis estiveram em alta no correr de junho, bem como os valores do arroz em casca, as cotações subiram em junho, devido principalmente à baixa oferta.

No mercado de milho, o avanço da colheita e a baixa liquidez, influenciada pela menor demanda para exportação, pressionaram as cotações do milho na maioria das regiões pesquisadas pelo Cepea no decorrer do mês.

Em relação à soja, as cotações apresentaram forte oscilação em junho, tanto no mercado internacional quanto no doméstico, em decorrência de fatores como a instabilidade do câmbio e dos mercados de ações e de petróleo, e da forte demanda internacional.

A oferta de boi gordo pronto para abate seguiu bastante baixa durante o mês de junho.

Mais informações: (19) 3429-8800, site www.cepea.esalq.usp.br

 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17027-esalq-recebe-

Agronegócio
Esalq recebe evento do Fórum Internacional de Universidades PúblicasEntre 20 e 24 de julho a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP será sede do IFPU 2009 Doctoral School, evento promovido pelo Fórum Internacional de Universidades Públicas (IFPU, da sigla em inglês), cujo tema será “Agroenergia e Sustentabilidade”. Fundado em 2007, o IFPU agrega cerca de 25 universidades públicas de destaque internacional, com o objetivo de manter o alto nível da qualidade de ensino e difundir conhecimento científico e tecnológico em prol do desenvolvimento das nações.  

O evento é organizado pela Comissão de Cooperação Internacional (CCInt) da USP, com apoio da Seção de Atividades Internacionais (SCAInt) da Esalq. Para esta edição, estão programadas visitas técnicas e mesas redondas que contarão com a participação profissionais brasileiros e estrangeiros. A programação completa do IFPU 2009 Doctoral School encontra-se no site da CCInt.

Mais informações: (19) 3429-4419

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17028-memorial-

Formação
Memorial da América Latina recebe quarta Feira de Profissões da USPNos dias 4, 5 e 6 de agosto, das 9h30 às 16h30, a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP realiza a quarta Feira de Profissões - USP, no Pavilhão da Criatividade do Memorial da América Latina. A entrada é gratuita.

O evento traz informações sobre os mais de 230 cursos de graduação da maior universidade do país, nas áreas biológicas, exatas e humanas, oferecidos nas cidades de Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, São Carlos e São Paulo. Além disso, o público pode conhecer as atividades de cultura e extensão desenvolvidas pela USP em seus museus e órgãos.

O objetivo da feira é que professores, funcionários e alunos da Universidade apresentem aos vestibulandos, principalmente aos egressos das escolas públicas e de cursos pré-vestibulares, as possibilidades de formação profissional que a USP oferece. Pela primeira vez o evento é realizado fora da Cidade Universitária, próximo à estação Barra Funda, facilitando o acesso ao público via trem, metrô e ônibus.

Haverá um estande especial onde os interessados poderão receber orientações sobre a inscrição e solicitar isenção de taxa do vestibular Fuvest 2010 (veja a lista dos documentos necessários no site da Fuvest). Os estudantes poderão também conhecer as ações do Inclusp, programa que tem por objetivo ampliar o acesso dos estudantes de escolas públicas ao ensino superior, bem como apoiar sua permanência na universidade.

Grupos de escolas devem fazer inscrição pelo site da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.

O Memorial da América Latina fica na Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo.

Com informações da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária


Mais informações: (11) 3091-3511 / 3349, email proacult@usp.br, site www.usp.br/prc

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17029-alemaes-itali

história
Brasil manteve campos de concentração durante a guerra, diz estudo
Os campos de concentração costumam ser associados ao nazismo na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Entretanto, vários países, incluindo o Brasil, utilizaram esse recurso para internamento de prisioneiros durante toda a primeira metade do século XX. De acordo com a historiadora Priscila Perazzo, entre 1942 e 1945, o Brasil manteve campos de concentração nos estados do Pará, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro (2), São Paulo (2), Santa Catarina (2) e Rio Grande do Sul.

“O processo de aprisionar os ‘súditos do Eixo’ [alemães, italianos e japoneses] no Brasil fazia parte do alinhamento com a política dos Estados Unidos. Era uma forma de demonstrar o quanto o nosso País estava alinhado com a orientação norte-americana”, conta Priscila. De acordo com a historiadora, esses campos foram usados em todo o mundo a partir de 1899 até o final da Segunda Guerra. Tratava-se de uma prática muito disseminada na época e usada tanto por países do Eixo como também pelos Aliados. “No entanto, os nazistas levaram os campos de concentração às últimas conseqüências, transformando esses lugares em campos de extermínio”, aponta.

Priscila estudou o tema em seu doutorado em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. A pesquisa deu origem ao livro “Prisioneiros da guerra: os “súditos do Eixo” nos campos de concentração brasileiros (1942-1945)”, que será lançado em agosto em parceria das Editoras Humanitas e Imprensa Oficial. O livro faz parte da coleção Histórias da Repressão e da Resistência.

A pesquisa teve como base a documentação do Ministério das Relações Exteriores e de diversas fontes encontradas em vários estados brasileiros, como polícia política, imprensa e boletins de quartéis do Exército. O estudo fez parte do Projeto Integrado Arquivo Público do Estado e Universidade de São Paulo (PROIN). “Encontrei documentos que mostram que, na época, o termo ‘campo de concentração’ era sinônimo de ‘campo de internamento’ e era usado tanto pela imprensa, quanto em documentos oficiais, da polícia, do Itamaraty, etc”, relata Priscila Perazzo.

De acordo com o estudo, no Brasil, a maioria dos prisioneiros era civil, de nacionalidade alemã, seguida da japonesa e italiana. Calcula-se que entre 3 e 5 mil pessoas, quase todos homens, passaram pelos campos de concentração brasileiros. “Mas não encontramos nenhum documento que mostrasse o número exato de internados nesses campos aqui no Brasil. Por isso o número é estimado, com base na movimentação de prisioneiros nesses locais”, aponta Priscila.

Política americana
A historiadora explica que em janeiro de 1942 o Brasil rompeu relações diplomáticas com os países do Eixo. Durante todo o primeiro semestre do referido ano ocorreu um processo de saída dos diplomatas brasileiros destes países, bem como a saída do País dos diplomatas alemães, italianos e japoneses. “A política interna do Brasil já apresentava uma postura nacionalista muito clara, com várias ações contra estrangeiros. Quanto à política externa havia a necessidade de o País demonstrar seu posicionamento com os Estados Unidos. A criação dos campos de concentração para confinar os ‘súditos do Eixo’ era a maneira de o Brasil manter o mesmo posicionamento do governo norte-americano”, conta.

Segundo a pesquisadora, durante todo o primeiro semestre de 1942, ocorrem várias discussões entre os ministros Oswaldo Aranha (Relações Exteriores) e Alexandre Marcondes Filho (Justiça), além de generais do exército a fim de definir como, onde e quem deveria ser internado nos campos. “O governo decide internar os alemães que tivessem ligações com o Partido Nazista, além de prender também japoneses e italianos”, relata.

Quanto ao tratamento que esses prisioneiros receberam, Priscila conta que foi muito variado, com vários relatos de maus tratos. “A Convenção de Genebra, de 1929, regula as questões referentes às guerras. Mas cita apenas prisioneiros militares detidos em combate, sendo que não havia, naquele momento, regulamentação para civis. Então as normas da Convenção foram estendidas a esse grupo, mas não foram seguidas a risca, em nenhum lugar do mundo”, diz.

Uma das normas diz que os prisioneiros deveriam ficar em alojamentos, ou campos abertos delimitados e separados por nacionalidade. “Mas em muitos campos eles ficavam todos juntos misturados por nacionalidades e condições. No caso de Ilha Grande (RJ), foi construído um espaço separado no presídio para acomodar estrangeiros. Era o mesmo presídio, mas em locais, celas e condições bem diferentes dos presos comuns e dos comunistas”, explica. De acordo com Priscila, nos vários estados, os prisioneiros ficaram presos em locais como estábulos adaptados em fazendas até prisões e colônias penais. “Normalmente, nos campos, os prisioneiros eram obrigados a realizar todo o trabalho, desde a higiene do local, cozinhar a própria comida, cuidar da criação de animais e da lavoura, etc.” descreve a pesquisadora.

Cruz vermelha
Outro ponto destacado por Priscila é a dificuldade que a Cruz Vermelha Internacional teve ao tentar entrar no Brasil para prestar assistência aos prisioneiros confinados. “Eles podiam visitar os presos e entregar objetos que os familiares dos presos enviavam. Então o Ministério das Relações Exteriores negociava a entrada da delegação, autorizava, mas o Ministério da Justiça, que administrava os campos, dificultava a visitação desses delegados. Encontrei várias correspondências diplomáticas que apontam essa dificuldade”, conta Priscila.

“Esses conflitos interministeriais podem fazer-nos perceber as fissuras internas do governo Vargas e as divergências de posições políticas de vários membros do governo, já ao final do Estado Novo”, aponta. “Se a Cruz Vermelha Internacional não visitasse os internos no Brasil, os brasileiros aprisionados em outros países também não receberiam essas visitas de conforto e assistência aos prisioneiros, bem como correspondências ou outro auxílio que a Cruz Vermelha costumava prestar, como uma espécie de represália à atitude do governo brasileiro.”

Os campos de concentração no Brasil funcionaram até agosto de 1945. Com o fim da guerra, o governo vai paulatinamente liberando os prisioneiros.

Mais informações: (11) 4991-6395 ou email prisperazzo@ig.com.br com Priscila Perazzo. Trabalho orientado pela professora Maria Luiza Tucci Carneiro


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 17, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10779/especiais/floresta-monito

EspeciaisInstituições de pesquisa do Brasil e da Alemanha construirão em 2010 torre de monitoramento meteorológico de 300 metros de altura em plena Floresta Amazônica. Objetivo é compreender papel do bioma nas mudanças climáticas, aprimorando os modelos

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10780/especiais/pesquisa-indust

EspeciaisFernando Galembeck, da Unicamp, destaca na 61ª Reunião Anual da SBPC que os pesquisadores brasileiros deveriam focar esforços na criação e execução de estudos que gerem negócios e riqueza para o país

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10781/especiais/sexo-dos-barbei

EspeciaisPesquisadores destacam que, apesar de ser conhecido como vetor da doença de Chagas há cem anos, pouco se sabe sobre a biologia sexual do inseto

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10782/noticias/bolsa-de-pd-em-b

NotíciasProjeto Temático vinculado ao BIOEN-FAPESP tem vaga para desenvolvimento de projeto de evolução dirigida de beta-glicosidase

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10783/agenda/39-congresso-brasi

AgendaFaculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, em Botucatu, sediará encontro com tema “A engenharia florestal e a opção por uma nova relação homem e natureza”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10784/agenda/11-simposio-de-ini

AgendaInteressados em apresentar trabalhos em diversas áreas têm até 7 de agosto para submissão pela internet

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/16965-fea-realiza-si

economia
FEA realiza simpósio internacional sobre micro e macroeconomia e história
Entre os dias 3 e 5 de agosto, a partir das 9 horas, acontece na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP a primeira edição do Simpósio Internacional The Integration of Micro and Macroeconomics from a Historical Perspective.

O evento contará com a presença de especialistas convidados de instituições brasileiras e de países como EUA, Bélgica, Canadá e Itália. O simpósio consiste em apresentações de trabalhos dos convidados, com duração de aproximadamente uma hora e 40 minutos, incluindo comentários e discussão. O encerramento fica por conta de uma mesa redonda, em que cada participante poderá discorrer por quinze minutos sobre a temática do simpósio, com ênfase em alguma questão específica.   

A participação é gratuita e aberta ao público interessado. Inscrições podem ser feitas pelo site do evento.

A organização é do Departamento de Economia da FEA, sob responsabilidade dos professores Gilberto Tadeu Lima e Pedro Garcia Duarte.

A FEA fica na Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-5802 / 5803, site www.usp.br/feaecon/ishet, email symposium.br09@gmail.com.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17030-laboratorio-di

pirassununga
Laboratório divulga boletim sobre socioeconomia e ciência animal
O Laboratório de Análises Socioeconômicas e Ciência Animal (LAE), da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, em Pirassununga, vem publicando, quinzenalmente, boletins informativos à comunidade acadêmica.

A publicação traz artigos, compilação de notícias relacionadas ao meio científico, lista de livros publicados e eventos.

Interessados em receber o boletim, que está em sua terceira edição, devem solicitar o envio pelo email gameiro@usp.br, aos cuidados do professor Augusto Hauber Gameiro.

Mais informações: (19) 3565-4295, email gameiro@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17031-alzheimer-ipq-rea

HC
Alzheimer: IPq realiza triagem de pacientes e oferece treinamento para profissionais
O Centro de Reabilitação e Hospital-Dia Geriátrico do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) realiza triagem de homens e mulheres acima de 60 anos, com diagnóstico de doença de Alzheimer em estágio de leve a moderado ou comprometimento cognitivo leve (problemas de memória, atenção e raciocínio) para acompanhamento em grupo terapêutico complementar ao tratamento medicamentoso.

O programa tem duração de 15 semanas e inclui atividades como estimulação cognitiva individual e em grupo, com uso de programas computadorizados e jogos de raciocínio, terapia ocupacional, arteterapia, fonoaudiologia, fisioterapia e educação física. Familiares e cuidadores participam de grupos de apoio psicológico e psicoeducacional.

Interessados que preencham os requisitos podem se inscrever pelos telefones (11) 3069-7924 e 9749-2623, ou pelo email glendads@gmail.com.
 
Profissionais interessados no treinamento em Alzheimer  devem estar formados ou cursando o último ano da graduação na área de saúde e ter disponibilidade para participar da atividade durante quatro horas por semana ao longo do próximo semestre. Esta atividade não será remunerada, já que tem como finalidade formar agentes multiplicadores destas modalidades de intervenção.

O interessado deve enviar currículo e responder à seguinte pergunta: "Como espera utilizar o conhecimento adquirido após a conclusão das atividades?", para o email citado acima.

O IPq fica na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255, Cerqueira César, São Paulo, próximo à estação Clínicas do metrô.

Mais informações: (11) 3069-7924 ou 9749-2623, email glendads@gmail.com

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17032-campus-de

Concurso
Campus de São Carlos abre vaga para médico do trabalhoA Coordenadoria de Administração Geral da Reitoria da USP abriu inscrições para o concurso público que contratará um médico do trabalho (Grupo Superior I A) para o campus de São Carlos. Os interessados podem inscrever-se até 7 de agosto.

O salário inicial é de R$ 3.323,81, para 24 horas semanais. Os candidatos devem possuir curso de graduação completo em medicina na modalidade presencial, com carga horária mínima fixada pelo MEC; especialização em medicina do trabalho em nível de pós-graduação ou ser portador de certificado de residência médica em área de concentração em saúde do trabalhador ou equivalente, além de conhecimentos básicos da língua inglesa e de informática. Também é preciso possuir registro no órgão profissional, no Ministério do Trabalho ou no Ministério da Educação.

As inscrições devem ser feitas por meio do sistema MarteWeb da USP. O edital completo está disponível no portal do campus de São Carlos.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Coordenadoria do Campus de São Carlos

Mais informações: www.saocarlos.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17033-workshop-sobre

São Carlos
Workshop sobre físico-química do IQSC recebe inscriçõesEstão abertas as inscrições para o Workshop em Tópicos Avançados de Físico-Química, que acontecerá na primeira quinzena de outubro (dias a serem confirmados) no Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP. O workshop é destinado a pesquisadores doutores, com experiência em tópicos avançados de química, com preferencial ênfase em físico-química, e busca a prospecção de novas áreas e talentos para futura renovação do quadro docente do instituto.

As inscrições ficam abertas até 31 de agosto e podem ser realizadas no site do IQSC. Devido à realização do workshop em dois dias, somente um número limitado de inscritos será convidado a proferir palestras. O evento é gratuito, e a estadia  para os palestrantes será custeada pela instituição.

O cronograma das apresentações selecionadas será divulgado até o dia 10 de setembro, também no site.

O IQSC fica na Av. Trababalhador São-carlense, 400, São Carlos.

Mais informações:  (14) 3373-8824 ramal 9951, email celia@iqsc.usp.br, site www.iqsc.usp.br/eventos/workshopfisicoquimica

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17034-palestras-apr

Carreira
Palestras apresentam cursos de pós-graduação da FipecafiA Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, preparou um ciclo de palestras gratuitas para o aprimoramento profissional e apresentação de seus cursos de pós-graduação lato sensu nas áreas de contabilidade, auditoria, controladoria, atuária, mercado financeiro, de crédito e de capitais e finanças, que estão com inscrições abertas para o segundo semestre de 2009.
 
O evento acontece dia 27 na nova sede da fundação, que fica na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo. As inscrições podem ser feitas no site da Fipecafi, onde também se encontra a programação completa do ciclo palestras. São duas opções de horários: das 9 às 12 horas e das 19 às 22 horas.
 
Mais informações: (11) 2184-2020, site www.fipecafi.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17037-laboratorio-do

clima
Laboratório do IAG divulga boletim de previsão do tempo
O Laboratório de Hidrometeorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP divulgou nessa sexta-feira (17) seu boletim semanal com a previsão do tempo para a região metropolitana de São Paulo. Confira:

Fim de semana
Uma frente fria derruba as temperaturas em toda a Região Metropolitana de São Paulo. O sábado ainda deve ser de calor, no período da tarde ocorrem pancadas de chuva e volta a fazer frio. O domingo deve ser de sol entre muitas nuvens e temperatura baixa em toda a região.

Semana
A semana será com predomínio de sol em toda a Região Metropolitana de São Paulo. A segunda-feira ainda deve ser de muitas nuvens e temperatura baixa. Na manhã de terça-feira faz muito frio, mas no período da tarde as temperaturas se elevam e o tempo fica ensolarado. A quarta e a quinta-feira têm predomínio de sol e temperaturas mais altas.

Previsão por períodos

Sábado
(18)
Domingo
(19)
Segunda
(20)
Terça
(21)
Quarta
(22)
Quinta
(23)
Mínima 16º
Mínima 12º
Mínima 10º
Mínima 7º
Mínima 12º
Mínima 16º
Máxima 25º
Máxima 18º
Máxima 18º
Máxima 22º
Máxima 25º
Máxima 25º

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/16987-novo-regiment

estudos avançados
Criação de polos locais do IEA fortalecerá interação da USP
 
Pesquisadores e grupos de pesquisa dos diversos campi da USP agora contam um novo recurso de articulação institucional: a possibilidade de atuação em polos locais do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP. As normas para criação e funcionamento desses polos foram estabelecidas no novo regimento do IEA, que entrou em vigor em maio.

Desde seu surgimento, em 1986, o IEA conta com a participação de integrantes de toda a Universidade, e a partir de 1996 está também presente no campus de São Carlos, graças à iniciativa do professor Sérgio Mascarenhas, que criou naquele campus um instituto vinculado ao IEA. A novidade agora é a ampliação da experiência de São Carlos a outros campi e o estabelecimento de normas institucionais para que isso ocorra.

O professor César Ades, diretor do IEA, considera a definição dessas normas um passo essencial para a expansão das atividades do Instituto e para o cumprimento de sua missão: “Uma Universidade do tamanho da USP precisa de pontos de convergência e de debate de idéias entre pesquisadores de várias áreas. O IEA e seus polos constituirão uma rede de interação de idéias, discussões e propostas. Com isso, fica fortalecido o cumprimento da missão do Instituto: integração da Universidade e desta com a sociedade e a análise de políticas públicas".

Um polo poderá ser criado se a maioria dos diretores de unidades de ensino e pesquisa de um campus assim o desejar. Seu coordenador será um docente do campus, escolhido pelo reitor a partir de lista tríplice apresentada pelo Conselho Deliberativo do IEA. Essa lista será definida a partir de outra, com no mínimo quatro nomes, apresentada pelos diretores de unidades do campus.
“A idéia é criar estruturas com certa autonomia, dadas às peculiaridades e vocações de pesquisa de cada campus. A coordenação geral continuará a ser do Conselho Deliberativo do IEA, que será ampliado para abrigar os coordenadores dos polos", explica Ades.

Professor César Ades, diretor do IEA.
A experiência de São Carlos
O IEA de São Carlos, cuja atuação despertou o interesse de outros campi em contar com um polo do IEA, possui oito grupos de pesquisa, e em breve contará com mais alguns. Um dos grupos atuais é o “Programa Universidade-Empresa”, coordenado pelo professor João Fernando Gomes de Oliveira, da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), que também é diretor presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e integrante do Conselho Deliberativo do IEA. O programa realiza uma série de palestras e conferências com empresas, visando a uma maior integração entre a Universidade e o setor privado. Sistemas complexos e nanobiotecnologia são os temas de dois novos grupos em formação.

A professora Yvonne Mascarenhas, vice-coordenadora do IEA São Carlos, acredita que as mudanças aumentarão o interesse dos professores pelo polo, que terá o coordenador e o vice-coordenador escolhidos através de indicação dos diretores do campus. “Com isso, tenho certeza que aparecerão bons candidatos e essa mobilização ajudará o polo a realizar atividades importantes”, prevê.

Interesse de outros campi
Segundo o diretor do IEA, o campus de Ribeirão Preto tem manifestado há algum tempo o interesse em ter um polo do IEA. A partir da publicação do novo regimento do Instituto, outros campi da USP começaram a demonstrar o mesmo desejo.

“A criação dos polos ajudará a aumentar a sinergia entre diversos setores da USP, e acompanha as tendências nacionais e internacionais mais modernas do ponto de vista acadêmico, baseadas no funcionamento em rede, como é caso de projetos da Fapesp [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo], do CNPq [Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico] e da rede de Institutos de Estudos Avançados, criada em 2007 na França", avalia César Ades.

Ele ressalta que, além de ampliar o leque de temas de pesquisa discutidos pelo Instituto, os polos permitirão maior articulação do IEA com instituições governamentais e não-governamentais, setores produtivos, mídia e outros setores das regiões onde estiverem inseridos. "Será possível também uma reflexão de maior amplitude sobre políticas públicas sobre setores primordiais para o desenvolvimento econômico, social, científico e cultural do Estado de São Paulo e do país", conclui.

Fotos: Marcos Santos

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17038-estacao-cienci

biologia
‘Mundo invisível’ dos microorganismos é tema de exposição
Leire Cristina, de 12 anos, Darque Oliveira, de 23 anos, e Vanessa Ferreira, de 12 anos, têm em comum o fato de que nunca tinham usado um microscópio até manusearem o instrumento na nova atração da Estação Ciência da USP, o Laboratório de Microscopia. O principal objetivo do Laboratório é apresentar ao público “o mundo que não podemos ver a olho nu”, segundo a responsável pela montagem do local, Eliana Dessen, professora do Instituto de Biociências (IB) da USP e pesquisadora do Centro de Estudos do Genoma Humano da USP.

Eliana explica que além disso, o Laboratório pretende aproximar o aluno dos conceitos que ele aprende na sala de aula. “O conceito de célula, por exemplo, é uma coisa muito complicada para o estudante, porque fica muito abstrato para o aluno entender que aquilo é uma unidade de vida, uma coisa que ele não pode ver. O material ótico possibilita essa descoberta de um mundo invisível e isso gera um encantamento.”

No Laboratório, o visitante entra em contato com três equipamentos de observação: a lupa de mão, a lupa de mesa, e o microscópio. A lupa de mão é aquela mesma que temos contato no dia a dia, e que aparece nas histórias de detetives. A lupa de mesa e o microscópio são bem parecidos e é fácil haver confusão, a principal diferença entre eles é que a lupa de mão só aumenta até 40 vezes, os microscópios aumentam mais de 100 vezes.

O primeiro organismo que os visitantes da atração visualizam é uma larva de amendoim, ela tem cerca de um centímetro e é visível a olho nu, mas com a lupa de mesa é possível ver muito mais detalhes da larva. A larva causa sensação entre as crianças, mas Vanessa, 12 anos, não se animou muito com essa observação, ela diz que ficou com um “pouco de nojo”.

Logo depois, os monitores preparam a observação de um verme que vive num meio com aveia. “Esse verme está no limite entre o visível e o invisível”, afirma Eliana. Na sequência, acontece a visualização da biodiversidade de uma gota d’água. Nela já não é possível ver nada sem o aumento da lupa. Essa mesma gota é visualizada no microscópio: lá, já é possível diferenciar dois microorganismos presentes. No microscópio, também são observadas uma pulga, em dois aumentos, e uma folha de elódea (planta aquática) em que é possível ver as células e até cloroplastos (estruturas das células).

Nenhum desses organismos que os visitantes visualizam no Laboratório causa doença. Esse é um ponto importante para a professora, porque “a primeira coisa que o aluno imagina quando pensa em microorganismo é doença, mas, no entanto, a quantidade de microorganismos patogênicos é muito baixa. A maioria deles é muito importante para o equilíbrio na natureza”. Eliana explica que um dos objetivos do programa é esse “mostrar que o que nós não vemos não é necessariamente mal. E, além disso, nós queremos aguçar a curiosidade desse estudante, desse visitante para a ciência e para a própria descoberta”.

O Laboratório foi montado com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) por meio do projeto de difusão do Centro de Estudos do Genoma Humano da USP.

A atração aceita visitantes a partir de 11 anos. A Estação Ciência se localiza na Rua Guaicurus, 1.394, Lapa, São Paulo, e funciona de terça a sexta-feira, das 8 às 18 horas; fins de semana e feriados, das 9 às 18 horas. A Estação não abre às segundas-feiras. O agendamento de visitas escolares pelos telefones (11) 3675-6889 e 3672-5364. O preço da entrada varia de R$1,00 a R$2,00 por pessoa. Há entrada grátis para todos no primeiro sábado e terceiro domingo de cada mês.

Mais informações: (11) 3673-7022, site www.eciencia.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 20, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10791/agenda/money-symbol-of-id

AgendaConferência com Sina Vatanpour, professor da Universidade de Paris III, será no Instituto de Estudo Avançados da USPConferência com Sina Vatanpour (Universidade de Paris III) será no IEA-USP em 24 de agosto

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10785/especiais/pesquisas-em-ep

EspeciaisFAPESP e Fapemig lançam chamada de propostas de projetos relacionados ao tema "Epilepsia: mecanismos de epileptogênese e o aprimoramento da diagnose, prevenção e tratamento da desordem"

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10786/especiais/computacao-agri

EspeciaisSoftwares e redes sem fio são desenvolvidos em pesquisa conjunta entre computação e ciências agrárias para apoiar pequenos produtores rurais em decisões de planejamento e acompanhamento de safra

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10787/especiais/parcerias-amazo

EspeciaisNo balanço da reunião da SBPC, em Manaus, destaque fica com a importância de estabelecer parcerias entre instituições e setores para desenvolver a ciência na Amazônia

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10788/noticias/economia-ecologi

NotíciasEspecialistas de instituições de ensino e pesquisa da Amazônia apontam necessidade de o sistema econômico mundial se submeter às leis da natureza

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10789/noticias/machado-de-assis

NotíciasObra de Jean-Michel Massa, relançada pela Editora Unesp, relata a produção dos primeiros textos de um dos maiores autores da literatura brasileira

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10790/agenda/4-biotec-quatro-di

AgendaTerminam nesta segunda (20/7) as inscrições para o evento que será realizado na Universidade Federal de São Carlos

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17039-aos-poucos-me

economia
Série de fatores impulsiona pesquisas em resseguros
 
A USP forma, neste 2009, sua primeira turma de atuários na “nova geração” do curso, oferecido pela Faculdade de Economia, Administração e Ciências Contábeis (FEA) - a graduação em atuária foi retomada em 2006 após cerca de uma década de interrupção. Tal condição faz com que alunos sejam pioneiros, na Universidade, em temas relacionados à área. Um deles é o mercado de resseguros.

Os resseguros podem ser definidos, de maneira simplista, como o “seguro do seguro”. Isto é: a resseguradora é a empresa que cobre, financeiramente, a seguradora que paga as indenizações aos consumidores finais. O setor passa por uma intensa transformação no Brasil desde 2007, quando foi derrubada a exclusividade que o Instituto de Resseguros do Brasil (atualmente denominado IRB-Brasil Re) tinha para atuação na área.

A junção destes dois fatores – a retomada do curso de atuária e a expansão do mercado - faz com que a FEA comece a vivenciar melhor a questão dos resseguros em seu cotidiano acadêmico. De maneira ainda tímida, é verdade; dos alunos que se formam no final deste ano, apenas um terá o resseguro como tema de seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Mas há um crescente interesse sobre o assunto, fomentado, inclusive, pelos próprios professores.

O pioneirismo

Há poucos anos, André Madrid sequer sabia o que seriam os resseguros. Agora, ele está prestes a garantir para si um pioneirismo histórico – será o primeiro aluno, na atual geração da graduação em atuária da USP, a apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre o tema.

O projeto de Madrid analisará o mercado brasileiro de resseguros, tomando como gancho a quebra do monopólio ocorrida há dois anos. A conclusão do estudo está prevista para o final de 2009.

André Madrid conheceu os resseguros durante a graduação e adquiriu interesse no assunto. “O especialista em resseguro acaba por se tornar um conhecedor de gestão de risco”, destaca o estudante.

O pioneirismo traz também algums dificuldades para Madrid. Uma delas é a falta de bibliografia especializada no assunto. “A maior parte dos livros está só em inglês”, conta.

Constatações
Luiz Augusto Carneiro, professor da FEA e especialista no tema, aponta que o mercado de trabalho para quem quer se dedicar ao resseguro é dos mais promissores. O docente avalia que as transformações em curso são recentes e, por isso, ainda há uma carência de profissionais qualificados para se desempenhar esse tipo de função. “A formação exigida para atuar no mercado de resseguros é muito alta. É um perfil muito específico. Por isso, esses profissionais são muito valorizados”, explica.

Carneiro acrescenta que, além da pouca tradição na formação deste tipo de profissionais, a própria natureza do trabalho das resseguradoras sugere a presença de um corpo profissional com conhecimentos dos mais avançados. “Quando uma resseguradora vende seus serviços, ela não faz somente a venda da cobertura do seguro. Acaba também oferecendo uma consultoria, uma ajuda no trabalho de cálculo de sinistros, na tarifação de serviços. A atividade é complexa”, conta.

Por conta dessa realidade, as empresas celebram que mais universidades se dediquem ao assunto. O IRB-Brasil Re – que mesmo após a perda do monopólio continua sendo a principal referência nacional em resseguros – endossa a pouca quantidade de profissionais disponíveis e enfatiza que é preciso que as universidades deem ao mercado pessoas com a formação necessária.

“Há uma grande demanda a ser preenchida por esses novos profissionais, tendo em vista a especialização técnica requerida pelo ambiente concorrencial do mercado brasileiro de seguros e resseguros, que apresenta potencial de crescimento para os próximos anos”, afirma Eduardo Nakao, presidente do IRB-Brasil Re.

Para o executivo, há ainda a expectativa que o mundo acadêmico contribua para incrementos no negócio, em áreas como criação de novos produtos, modelagem de exposições agregadas, resseguro para fundos de pensão e outros. “Diferente do observado nos ramos de seguro e previdência, a pesquisa em resseguro no Brasil ainda é muito incipiente”, acrescenta.


Desconhecimento
E se academia e mercado sinalizam que é um bom momento para quem quer se aprofundar no assunto, por que ainda permanece relativamente baixo o interesse por jovens no universo dos resseguros – ou, de maneira mais ampla, na atuária como um todo?

“É desconhecimento. A maioria dos jovens ainda não conhece o que é a atuária”, diz o professor Luiz Eduardo Carneiro. Para o professor, à medida que os diálogos sobre atuária ganharem corpo e a ciência for mais conhecida dos vestibulandos, naturalmente haverá uma maior presença de profissionais – e, claro, destacar que o mercado está mais do que receptivo para os futuros atuários é um chamariz dos mais eficazes.

* As respostas do IRB-Brasil Re tiveram a colaboração de Maria Gracia Provenzano, Debora Tavares, Deborah Tinoco Ribeiro, Marcio Aurelio Rios, Miguel Fonseca de Almeida e Carolina Lins e Mello Pereira, profissionais da instituição

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17040-cpc-promove-con

arte
CPC promove concurso de fotografia sobre o Bixiga
O Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP realiza, entre 3 de agosto e 1 de outubro, o segundo Prêmio de Fotografia, que tem como tema “O Bixiga de ontem e de hoje”, as transformações por que passou o bairro do Bixiga (também conhecido como Bela Vista, na região central de São Paulo), em sua trajetória no tempo.

O prêmio é destinado a fotógrafos amadores de qualquer idade não sendo, porém, vetada a participação de profissionais. Tem como objetivo promover a divulgação e a valorização do patrimônio cultural do referido bairro e busca, ainda, captar imagens para uma exposição sobre o tema a ser realizada na Casa de Dona Yayá, a sede do CPC.

Nesta sua segunda edição, o concurso pretende ampliar o escopo dos trabalhos inscritos, incluindo a categoria “Memória Fotográfica”, com o intuito de promover a realização de ensaios fotográficos que se utilizem de outros materiais e meios para promover a reflexão sobre o tema proposto. Assim, além da produção de registros fotográficos do Bixiga no presente, podem ser utilizados registros anteriores como fotografias pessoais, reportagens publicadas em jornais e revistas, depoimentos, etc. - para possibilitar a visualização das mudanças ocorridas no bairro, cotejadas com a situação atual.

Essa proposta está ligada à constatação de que, sendo um dos mais antigos bairros de São Paulo, o Bixiga passou por grandes e profundas transformações em sua história, e em sua conformação física. Pouco se sabe sobre a escala das transformações ocorridas e seu impacto na coesão social do bairro. O CPC, cuja sede, a Casa de Dona Yayá, demonstra exemplarmente tais mudanças, convida a todos a pesquisar e refletir sobre esta história, apresentando sua contribuição para o conhecimento da trajetória do bairro.

O regulamento completo com os procedimentos para inscrição, a listagem das categorias de participantes e os respectivos prêmios estarão disponíveis no site do Concurso.O CPC fica na Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo.

Mais informações: (11) 3106-3562; email cpcpublic@usp.br; site http://www.usp.br/cpc/v1/php/wf01_inicio.php

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17041-aditivo-reduz-

química
Aditivo criado na FFCLRP reduz emissão de fuligem em motores
O cério, metal abundante no Brasil, é a base de um novo aditivo para reduzir emissões de fuligem em motores movidos a diesel e biodiesel e que foi desenvolvido em pesquisa da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP. O trabalho do químico Luciano Ferroni Gomes mostra que o aditivo pode ser usado nos veículos por meio de um sistema eletrônico, que dosaria a aplicação conforme os níveis de emissão.

De acordo com o químico, a idéia de elaborar o produto surgiu com o aumento do interesse em ampliar a participação do biodiesel na matriz energética brasileira, a partir de 2004. “Motores a compressão, como os que utilizam diesel e biodiesel, emitem uma quantidade muito grande de material particulado”, aponta. “O desenvolvimento do aditivo seria uma forma de reduzir as emissões”.

O principal componente do aditivo é o cério, metal com grande aplicação em processos catalíticos. “O Brasil possui uma das cinco maiores jazidas mundiais de cério”, ressalta Gomes. Na pesquisa foi desenvolvida uma substância com características similares às do diesel que, ao se combinar ao cério, proporciona um aumento da solubilidade do metal no combustível. “A queima do aditivo na câmara de combustão do motor produz óxido de cério, que é o principal responsável pela redução das emissões”.

O pesquisador desenvolveu um método analítico para medir a emissão de material particulado. Um filtro foi acoplado ao escapamento do motor de um grupo gerador. “Após o motor ser colocado em funcionamento, era medida a reflexão de luz do filtro para indicar a quantidade de fuligem acumulada”, conta o químico. No teste dinâmico, foram testadas misturas de combustível com 100% de diesel comum e 2,5%, 15% e 30% de biodiesel. A concentração de aditivo variou entre 2 e 6 miligramas por litro. “A reflexão foi maior nas misturas aditivadas, apontando a queda nas emissões”.

Velocidade
Além da caracterização físico-química do aditivo, também foi realizado um teste estático com a adição de um material carbonáceo conhecido como “negro de fumo”. “A mistura passou por uma análise térmica para verificar a velocidade da queima da fuligem”, diz o pesquisador. “A temperatura de queima baixou de 650 para 500 graus com a aditivação, comprovando seu efeito na aceleração do processo”.

Para o aditivo chegar ao mercado, Gomes afirma que será necessário manter uma planta piloto para sua produção, além da realização de parcerias para fazer testes veiculares. “Os experimentos são necessários para verificar sua eficiência nos veículos a diesel e biodiesel, além de permitirem descobrir se existem efeitos não-esperados em sua utilização”, explica.

Segundo o químico, a principal vantagem do aditivo é a sua solubilidade ao combustível. “Ao mesmo tempo, seus ganhos podem ser aumentados se ele for combinado com a tecnologia já existente para controle de emissões, a de colméias cerâmicas acopladas aos canos de escapamentos”, destaca. O pesquisador aponta que a aplicação do aditivo seria feita por um dispositivo eletrônico acoplado a um reservatório no veículo.

“Esse sistema mediria as emissões de fuligem e a partir dessas informações, dosaria a aplicação”, planeja. “O aditivo seria aplicado em quatro pontos: no tanque de combustível, na câmara de combustão, antes da colméia cerâmica e após a colméia”. A pesquisa de Gomes faz parte de tese de Doutorado apresentada na FFCLRP, orientada pelo professor Osvaldo Antonio Serra, do Departamento de Química.

Mais informações: (16) 3234-1577

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 21, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10792/especiais/mapa-para-a-ada

EspeciaisCientistas e tomadores de decisão se reuniram na sede da FAPESP, nesta segunda-feira (20/7), para traçar mapa das vulnerabilidades da Grande São Paulo às mudanças climáticas. Objetivo é orientar políticas públicas de adaptação

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10793/especiais/distorcoes-ambi

EspeciaisGilberto Câmara, diretor do Inpe, diz que dado do G8 de que o desmatamento nas florestas brasileiras responderia por 20% das emissões anuais de CO2 “deve estar equivocado”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10794/divulgacao-cientifica/gra

Divulgação CientíficaPesquisa feita na Universidade Duke aponta que aumento nos tamanhos de nadadores e velocistas de elite foi muito maior do que o verificado na população em geral

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10795/noticias/matematica-de-ou

NotíciasEstudante Henrique Pondé de Oliveira Pinto, de Salvador, conquista medalha de ouro na 50ª Olimpíada Internacional de Matemática

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10796/noticias/bolsas-de-pos-gr

NotíciasGoverno alemão oferece bolsas de 750 euros mensais, mais benefícios, voltadas a programas de várias áreas com relevância para países em desenvolvimento. Inscrições vão até 28 de agosto

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10797/agenda/coloquio-colibri.h

AgendaEvento, que será realizado em Bento Gonçalves (RS), reunirá pesquisadores do Brasil e da França para debater sobre tecnologias da informação

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10798/agenda/13-congresso-brasi

AgendaEvento da Sociedade Brasileira de Biomecânica discutirá, na capital paulista, assuntos nas áreas de ergonomia, robótica e biomateriais

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/especiais/17042-revisado-uma-

viagem
Uma odisseia amazônica no Ano da França no Brasil
 

Um longo deslocamento entre Alta Floresta (812km ao norte de Cuiabá) e Cotriguaçu, no sábado (18), marcou o início da terceira e última semana da viagem que um grupo de quarenta professores e estudantes franceses e brasileiros realiza pela região amazônica do Mato Grosso. O roteiro de estudos e trabalhos de campo integra a programação oficial do Ano da França no Brasil.


Os dias passados em Alta Floresta foram particularmente marcantes para o grupo. Brasileiros e franceses dividiram o período de 13 a 18 de julho entre o Floresta Amazônica Hotel, na sede do município, e o Cristalino Jungle Lodge, um hotel localizado numa Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) vizinha ao Parque Estadual do Cristalino. A proprietária do hotel, dona Vitória da Riva Carvalho, é filha do fundador da cidade, Ariosto da Riva.

O projeto inicial de Da Riva, na década de 1970, era privilegiar a colonização voltada aos médios e pequenos proprietários, com foco na produção de frutos nativos, como guaraná e cacau. Era um empreendimento privado que visava ainda investir na educação dos migrantes e na criação de raízes destes com sua nova terra.

Entretanto, a chegada do garimpo, cujo forte se deu nos anos 80, atropelou os planos do fundador e transformou a região. Alta Floresta, que hoje possui cerca de 50 mil habitantes, teve mais de 100 mil no auge da exploração do ouro. Seu aeroporto registrava um movimento incessante, acumulando uma quantidade de voos quase tão impressionante quanto a frequência com que fortunas aterrissavam nas mãos de garimpeiros e aventureiros – e delas decolavam na mesma velocidade.


Preservação
Com o fim do ciclo do garimpo, a população diminuiu (o Censo de 1991 apontou 66 mil habitantes) e a cidade voltou a procurar suas vocações na agricultura, na pecuária e no ecoturismo.

A avidez da exploração nas áreas de garimpo trouxe prejuízos ambientais seriíssimos. A recuperação e a preservação encontram em pessoas como dona Vitória não apenas esperança, mas também ação. A filha do fundador preside a Fundação Ecológica Cristalino, dedicada a promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais na fronteira agrícola da Amazônia.

No Cristalino Jungle Lodge, os visitantes realizam atividades de educação ambiental, fazem trilhas diurnas e noturnas pela floresta fechada e assistem ao nascer do sol do alto de uma torre de 50 metros de altura que permite observar o movimento dos animais na copa de imensas árvores como figueiras e castanheiras – ou mesmo acima delas, como os majestosos voos das araras vermelhas. Também ouvem e sentem a vida pulsar de forma intensa em todos os centímetros quadrados de floresta em pé.

Nadar calmamente no rio Cristalino, mesmo ao lado de piranhas e jacarés, e embasbacar-se com a imensidão de estrelas de um céu envolvente como um manto sagrado, reverenciando a vida em todas as suas manifestações – como ensinava Albert Schweitzer –, são algumas das experiências que deixaram em êxtase franceses e brasileiros que tiveram o privilégio de experimentar os três dias e duas noites reservados ao hotel no meio da floresta.

Transformações
Foi mesmo um bálsamo necessário depois que a expedição experimentou visões de destruição, desmatamento, queimadas e burlas diversas à legislação, em meio às disputas políticas e territoriais de um estado ainda em formação.

A viagem de estudos está conhecendo in loco as dinâmicas agrícolas e as questões envolvendo conservação ambiental e biodiversidade no Mato Grosso. O estado foi escolhido porque é a região brasileira em que vêm ocorrendo as maiores transformações nos modos de ocupação e utilização do solo, associadas a mudanças demográficas que acompanham o avanço da frente pioneira.

Entre os dias 5 e 12, o grupo passou por Rondonópolis, Chapada dos Guimarães, Sorriso, Feliz Natal e Sinop. No roteiro, conheceu as áreas da grande produção mecanizada, especialmente da soja; a frente pioneira antiga – caracterizada pela exploração madeireira –; projetos de preservação e recuperação ambiental; alternativas da pequena produção e os processos de ocupação urbana, entre outros cenários, além de participar de simpósios com a presença de professores de universidades mato-grossenses.

Nas propriedades, nas sedes dos municípios, em empresas e entidades de classe, o grupo teve a oportunidade de encontrar representantes de várias classes – produtores, trabalhadores, políticos, líderes empresariais e de outros setores – para debater, fazer entrevistas e confrontar dados e visões.

A viagem segue até o dia 25, quando se dará o retorno a São Paulo. Até lá, o grupo passará ainda por Juína, Tangará da Serra e pelo Pantanal. Nos dias 26 e 27, um seminário de encerramento em Ubatuba vai proporcionar a avaliação da viagem. No total, serão percorridos cerca de sete mil quilômetros. Todos os deslocamentos estão sendo feitos num ônibus alugado para a expedição. Os visitantes estrangeiros embarcam de volta à França no dia 28.


Convênio
A Missão Interuniversitária Franco-Brasileira é a primeira atividade de um convênio de cinco anos firmado entre a USP e a Universidade de Rennes 2. O projeto trouxe ao país um grupo de três professores e dezoito alunos de graduação e pós-graduação em Geografia de Rennes. Antes de tomar o rumo do norte, eles participaram, já ao lado dos brasileiros, de atividades iniciais do projeto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos, e no campus da USP Leste.

Pela USP, são dezesseis alunos de graduação e pós-graduação do curso de gestão ambiental da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e de Engenharia Ambiental da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Também são três os professores pelo lado brasileiro. A coordenação na USP cabe à professora Neli Aparecida de Mello, que fez pós-graduação na França e já lecionou como docente visitante na universidade parceira.

O projeto tem uma página na internet. Dois blogs também trazem impressões e comentários da viagem. Os alunos franceses escrevem em www.aubresil.org, enquanto os brasileiros abastecem o www.amazoniaeach.blogspot.com. O Jornal da USP acompanha parte da viagem e publicará reportagens especiais a respeito.

Fotos: Cecília Bastos / Jornal da USP

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17043-sete-repr

internacional
Sete representantes da USP partem para viagem acadêmica à China
Sete representantes da USP, sendo quatro da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), em Piracicaba, seguem para a China na próxima quinta-feira (23). São eles os professores João Gomes Martines, do departamento de Economia, Administração e Sociologia (LES), e Luiz Lehmann Coutinho, do departamento de Zootecnia (LZT), além dos alunos Verona Oliveira Montone, 21 anos, do quarto ano de Engenharia Agronômica e Rodolfo Margato da Silva, 20 anos, do quarto ano de Ciências Econômicas. Além dos esalqueanos, o grupo da USP contará com a professora Maria Angélica Miglino, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), e os alunos Mayara Oliveira dos Santos e Ana Carolina Barnez Gramcianinov. Ainda ingressam para a Ásia representantes da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade de Brasília (UnB), Fundação Getúlio Vargas (FGV), Unisinos, e das universidades Mackenzie e Anhembi-Morumbi.

A oportunidade partiu do governo da China, que, com intenção de fortalecer relações com as universidades latinoamericanas, estabeleceu um acordo de mobilidade internacional com a divisão global do Santander Universidades. Para colocar em prática esse objetivo, desde o início do ano, o Programa Top 5 to China vem sendo formatado para que, nas próximas semanas, um grupo de 43 pessoas, entre professores e alunos das principais universidades brasileiras, siga para uma experiência acadêmica na Universidade de Shangai Jiaotong.

Na China, os brasileiros entrarão em contato com conteúdos especializados sobre meio ambiente, além de participarem de um aprendizado sobre a cultura e a língua chinesas. A Universidade de Shangai foi a escolhida para abrigar o projeto por estar, de acordo com os rankings internacionais, entre as cinco primeiras da Ásia. Além disso, é a instituição escolhida pelo governo chinês para atuar no Plano Nacional de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Esalq

Mais informações: (19) 3447-8613 / 3429-4485

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17044-aluno-do-

doutorado
Aluno do IF conquista o Prêmio PG Capes de Física
Na quarta-feira (22), o Instituto Paulo Gontijo, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), promove a entrega do primeiro Prêmio PG Capes de Física. A iniciativa, que objetiva valorizar a melhor tese de doutorado aprovada nos cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação, concederá o valor de R$15 mil ao doutorando do Instituto de Física (IF) da USP Alessandro de Souza Villar por sua pesquisa intitulada Emaranhamento Multicolor entre Feixes Intensos de Luz.

Segundo o doutorando, as descobertas podem se destinar, no futuro, à elevação da segurança na comunicação entre pessoas (como em transações bancárias) e no aumento da velocidade da resolução de problemas computacionais (como a fatoração de números, atualmente, empregada em criptografia), no chamado computador quântico.

A cerimônia de entrega do Prêmio ocorrerá a partir das 18 horas, no Edifício da Capes. O evento contará com a presença do ministro da Educação, Fernando Haddad. O Prêmio PG Capes de Física é parte integrante do Grande Prêmio de Teses da Capes.

Mais informações: imprensa@ipg.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17045-icesp-ini

câncer
Icesp inicia o projeto de atendimento Enfermeiro de Referência
Os pacientes internados no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (Icesp), gerido pela Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), ganharam mais um diferencial no tratamento recebido dentro do hospital. Trata-se do projeto Enfermeiro de Referência, cuja missão é alinhar as condutas de toda a equipe multiprofissional para oferecer cuidados focados nas necessidades individuais dos pacientes.

O Enfermeiro de Referência recebe o paciente e o acompanha do início ao término do processo de tratamento. Com este modelo assistencial o paciente estabelece um elo de confiança com o enfermeiro e pode ser atendido de acordo com suas particularidades. O projeto já foi iniciado nas unidades de internação e a idéia é expandi-lo para as áreas que tratam pacientes não internados.

Por meio de acompanhamento individualizado, o profissional pode conhecer melhor o paciente, identificando preferências e dificuldades de cada um. Desse modo, o atendimento se torna mais personalizado e humanizado.

“Cada pessoa possui uma necessidade e uma maneira própria de reagir à doença. A idéia do projeto é oferecer uma assistência segura e abrangente, que atenda as necessidades do paciente e da família. O profissional poderá se antecipar às necessidades dos pacientes, planejando e executando um plano de cuidados multiprofissional e sempre alinhado às necessidades de cada momento do tratamento”, explica Wania Regina M. Baia, diretora Geral de Assistência do Icesp.

Mais informações: (11) 3893-2065

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17046--nupic-promove

ensino
Nupic promove curso de física moderna e contemporânea

As inscrições estão abertas para curso de física moderna e contemporânea, destinado a todos os professores de física e ciências da natureza da rede estadual. Os interessados têm até o dia 22 de agosto para realizar a inscrição pelo site do Núcleo de Pesquisa e Inovações Curriculares (Nupic) da USP e disputar uma das 90 vagas oferecidas.

O curso, desenvolvido pela Faculdade de Educação (FE) da USP e pelo Nupic, pretende discutir assuntos como buraco negro, quarks, dualidades, onda partícula, entre outros temas. A capacitação pretende transformar os professores em agentes multiplicadores do conhecimento dentro da rede. Serão trabalhados três temas: relatividade, linhas espectrais e partículas elementares.

Os detalhes sobre a inscrição estão no site do NUPIC. O curso será realizado nos dias 19 de setembro, 3 e 24 de outubro e 7 e 14 de novembro, no prédio da FE, Av. da Universidade, 308, Cidade Universitária, São Paulo.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Educação

Mais informações: (11) 3218-2063 / 8861

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 22, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10799/especiais/mais-negligenci

EspeciaisEric Stobbaerts, da Iniciativa de Medicamentos para Doenças Negligenciadas, destaca que a doença de Chagas, que não teve nenhum medicamento nos últimos 30 anos, é a mais ignorada de todas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10800/especiais/transformacoes-

EspeciaisPara especialistas, desafios das metrópoles frente às alterações climáticas exigem academia multidisciplinar, governos sensíveis à urgência do tema e mudança cultural

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10801/noticias/teste-rapido.htm

NotíciasNovo sistema de diagnóstico molecular desenvolvido por rede de instituições de pesquisa brasileiras deverá diagnosticar até cem doenças ao mesmo tempo em cerca de 30 minutos

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10802/noticias/oportunidade-no-

NotíciasCentro de Imagens e Espectroscopia no Instituto de Física da USP tem vaga para pós-doutoramento junto ao programa Cooperação Interinstitucional de Apoio a Pesquisas sobre o Cérebro da FAPESP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10803/agenda/workshop-em-topico

AgendaEvento do Departamento de Físico-Química da USP, que ocorrerá em São Carlos (SP), será realizado na primeira quinzena de outubro

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10804/agenda/20-encontro-nacion

AgendaEstudantes e virologistas de todo o país e do exterior discutirão experiências da área, em Brasília

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/especiais/17047-ligia-amadio-

música
Nova maestrina da Osusp, Ligia Amadio coleciona prêmios e reconhecimento internacional
 Ligia Amadio era apenas uma criança de cinco anos quando ficou encantada com o órgão de tubos da igreja que frequentava com a mãe. Mas o encanto não foi só coisa de criança curiosa com o mundo à sua volta: dele veio a ideia de pedir aos pais para estudar música, quando ainda nem sabia ler. E, a partir desse mesmo encanto, nasceu uma trajetória que, anos mais tarde, consagraria Ligia como uma das mais ilustres e premiadas regentes do Brasil, com reconhecimento internacional. E, a partir de 2010, Ligia assume a regência e a direção artística da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp).

Ela começou a ter aulas de piano com Maria Cristina da Ponta Fiore, que se encarregou também de alfabetizá-la. Aos 13 anos, Ligia entrou para o Conservatório Musical e Dramático de São Paulo e, paralelamente, manteve os estudos de piano, com Sandra Abrão. Mas a menina ainda não tinha pretensão alguma de seguir carreira na música – estudava por paixão e por vocação.

Ela só percebeu que deveria transformar essa paixão em profissão durante o curso de engenharia, na Escola Politécnica (Poli) da USP. Afastada dos estudos de piano por conta da faculdade, e deprimida por não praticar mais, Ligia entrou para o Coral da USP como forma de manter o contato com a música e acabou descobrindo uma vocação até então latente: a regência.

Depois de se graduar em engenharia de produção, mesmo com boas propostas de emprego na área batendo à sua porta, Ligia decidiu dar um passo definitivo no caminho da música, que vinha trilhando despretensiosamente desde menina. Foi estudar música na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde se formou regente e, mais tarde, mestre em Artes. Complementou os estudos nos principais cursos de férias do Brasil e do mundo, bancados pelo dinheiro que conseguia juntar dando aulas em um conservatório de Osasco.

Graças à música, a regente conheceu várias partes do mundo. Passou por Rússia, Áustria, Itália, Holanda, Hungria, República Tcheca e Venezuela. Teve como professores e mentores grandes nomes da música erudita: Ferdinand Leitner, Sir Edward Downes, Kurt Masur, George Tintner, Alexander Politshuk, Julius Kalmar e Guillermo Scarabino, Henrique Gregori, Hans-Joachim Koellreutter, Eleazar de Carvalho, Lutero Rodrigues e Almeida Prado.

Em 1996, Ligia foi convidada a reger a Orquestra Sinfônica Nacional, da Universidade Federal Fluminense, onde realizou um notável trabalho até o fim de 2008. Passou também três anos à frente da Orquestra Sinfônica da Universidade Nacional de Cuyo, na Argentina. Atualmente, é diretora artística e regente titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC) – função que, agora, passa a conciliar com a regência da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp).

Prêmios e preconceito
Toda a dedicação rendeu alguns frutos valiosos: hoje, Ligia coleciona prêmios em seu currículo. Em 2001, a Associação Paulista de Críticos de Arte concedeu-lhe o título de “Melhor Regente do Ano”, por sua atuação frente à Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Recebeu prêmios, também, no Concurso Internacional de Tóquio (1997) e no Concurso Latino-Americano para Regentes de Orquestra em Santiago do Chile (1998). Na Argentina, foi agraciada com dois prêmios, em 2003.

As conquistas de Ligia saltam aos olhos em um campo tradicionalmente tomado pelos homens. Ela é a primeira mulher a ocupar a regência e a diretoria artística da Osusp – e assim o foi em todas as orquestras em que já teve o mesmo posto. “Sempre é maior a responsabilidade de uma mulher que ocupa uma posição importante em profissões tradicionalmente consideradas masculinas”, afirma a maestrina.

Ela garante que há preconceito no meio e que já se sentiu em desvantagem por ser mulher, mas “mesmo assim, segui minha carreira com total naturalidade. Eu não sou preconceituosa; conseqüentemente, não tenho em minha mente esse tipo de limitação”.

Planos para a Osusp
O convite para assumir o honroso cargo na Osusp, conta Ligia, veio por “um surpreendente telefonema de um dos representantes dos músicos”, que a escolheram como a nova maestrina da orquestra. A partir daí, estenderam-se, ao longo de três meses, as conversações com a diretora da Osusp, professora Marilene De Vuono, e com o pró-reitor de Cultura e Extensão, professor Ruy Alberto Corrêa Altafim.


Finalizada a contratação, as batutas da Osusp só estreiam nas mãos de Ligia em 2010. Durante este semestre, período de transição, a maestrina se concentrará em planejar a próxima temporada da orquestra. “Tratarei de promover a continuação e o aprimoramento de todos os projetos bem-sucedidos das últimas temporadas, como as séries artísticas apresentadas na sede da orquestra (o Anfiteatro Camargo Guarnieri) e na Sala São Paulo, uma exitosa parceria, incontestavelmente, que promove a difusão do trabalho da Osusp para um público mais diversificado”, afirma Ligia.

Sobre planos futuros para a orquestra, a maestrina pretende intensificar a relação institucional da Osusp no contexto da vida universitária e da música erudita brasileira. Por isso, no repertório, Ligia quer dar destaque aos compositores brasileiros, em especial à música paulista, sem excluir, obviamente, as obras internacionais. “A nossa orquestra pode e deve ter, em minha opinião, um papel preponderante na recuperação e divulgação da música brasileira e, principalmente, da música paulista”, diz ela, que já estabeleceu como uma de suas principais metas a conclusão da reestruturação dos quadros da orquestra, iniciada pelo maestro Carlos Moreno, “no intuito de transformar a Osusp em uma orquestra sinfônica completa”.

Ligia ainda quer levar os concertos da Osusp para além do Anfiteatro Camargo Guarnieri e da Sala São Paulo. Teatro Municipal, Ibirapuera e campi da USP no interior são objetivos imediatos. Em médio prazo, a maestrina almeja promover viagens da orquestra às demais capitais do país e ao exterior. “A USP mantém uma série de convênios com importantíssimas universidades estrangeiras”, afirma. “Por que não enviar a sua orquestra para representar a Universidade, a música brasileira e o Brasil?”.

Ela defende, ainda, que a música erudita precisa ter mais incentivo no país – para ela, um dos caminhos é a aprovação da lei que inclui o estudo da música no currículo das escolas de ensino médio. “No mundo inteiro, o público de música clássica não tem se renovado suficientemente, salvo honrosas exceções”, expõe Ligia. “A sementinha do interesse musical, literário ou artístico em geral, deve ser plantada na infância. Com o tempo frutifica”.

E hoje colhe seus frutos a menina que, aos cinco anos, ficou fascinada com o som do órgão da igreja.

Fotos: Divulgação

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17048-estacao-cienci

novidade
Estação Ciência inaugura o pioneiro Espaço do Olfato
Proporcionar uma experiência que une conhecimento à vivência de novas sensações e emoções. É com essa proposta que a Estação Ciência da USP lança, nesta quinta-feira (23), o Espaço do Olfato, em parceria com o Boticário. Instalado na área do Corpo Humano da Estação Ciência, o local, totalmente interativo, desvendará um dos mais ricos e complexos sentidos do ser humano.

O Espaço do Olfato traz uma máquina interativa com aplicação multimídia, que permite que quatro usuários, simultaneamente, exercitem o olfato e conheçam conceitos básicos sobre características e história de um perfume. Quatro fragrâncias poderão ser experimentadas e farão os visitantes recordarem momentos importantes de suas vidas: amadeirada, chuva, floral e infância.

Além disso, o Espaço do Olfato terá uma bancada com explicações sobre o sentido por meio de infográficos e imagens de computação gráfica. Dois monitores darão animação às imagens. Um painel instalado no local trará curiosidades, como o caminho que o olfato percorre no corpo humano. Ao todo, os visitantes percorrerão uma área de 30 metros quadrados.

O escritor francês Marcel Proust foi quem inspirou O Boticário a criar o Espaço do Olfato. Em "No Caminho de Swann", um dos sete volumes de sua principal obra, Em Busca do Tempo Perdido, Proust diz que o cheiro e o gosto das coisas permanecerão para sempre, parados no tempo, prontos para nos lembrar.

Os ingressos para a Estação custam R$2. São isentos: menores de 6 anos e maiores de 60. A entrada é grátis para todos no primeiro sábado e terceiro domingo de cada mês. O horário de funcionamento de terça a sexta-feira vai das 8 às 18 horas, nos finais de semana e feriados das 9 às 18 horas. O agendamento de grupos pode ser feito pelos telefones (11) 3672 5364 / 3675 6889.

A Estação Ciência fica na Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo.

Mais informações: (11) 3673-7022, site www.eciencia.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17049-entra-em-cartaz

teatro
Entra em cartaz no Tusp a peça Bodenlos: sem chão
No sábado (25), às 19 horas, estréia a peça Bodenlos: sem chão no Teatro da USP (Tusp). O texto é baseado na vida e obra do filósofo tcheco Vilém Flusser, naturalizado brasileiro após fugir do nazismo em Praga.

O espetáculo é encenado pelo Grupo de Teatro da Poli (GTP) da USP e foi selecinado para participar do festival internacional de teatro Apostrof, em Praga, República Tcheca. A direção é de Bia Szvat.

A peça fica em cartaz nos dias 25 e 26 de julho e 1 e 2 de agosto. Nos sábados, é apresentada às 19 horas, e nos domingos, às 18 horas. A entrada é gratuita. O Tusp fica na Rua Maria Antônia, 294, Vila Buarque, São Paulo.

Mais informações: (11) 3275-7182

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17050-inscricoes-prorro

centrinho
Inscrições prorrogadas para cursos de especialização e aperfeiçoamento
Foi prorrogado até esta sexta-feira (24) o prazo final para inscrição no processo seletivo para o curso Especialização em Serviço Social na área da Saúde e Reabilitação oferecido pelo Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, em Bauru, com início em 1 de setembro.

Também seguem abertas as inscrições para o processo seletivo do curso de Aperfeiçoamento na área de Cirurgia Oral Menor para candidatos graduados em Odontologia. Para este curso, as inscrições serão encerradas no próximo dia 30.

As fichas de inscrições para os dois cursos estão disponíveis para download no site do Centrinho e serão recebidas das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, na Seção de Apoio Acadêmico do Hospital (Rua Sílvio Marchione, 3-20, Vila Universitária, Bauru). A taxa para qualquer um dos editais é de R$80,00. Os cursos são gratuitos.

Detalhes do processo seletivo, bibliografia exigida, prazos e documentos exigidos no ato da inscrição estão nos editais completos divulgados no site.

Mais informações: (14) 3235-8420

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17051-iqsc-e-ee

oportunidade
IQSC e EESC contratam profissionais em São Carlos
O Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP recebe inscrições, até esta quinta-feira (23), para o concurso público que objetiva a contratação de dois Técnicos de Laboratório. Uma das vagas é para atuar junto ao Departamento de Química e Física Molecular e outra junto ao Departamento de Físico-Química.

O salário inicial é de R$1.678,75 e os interessados devem ter curso técnico profissionalizante completo em nível de ensino médio em Química; cédula de Identidade profissional de registro junto ao Conselho Regional de Química (CRQ), conhecimento de língua estrangeira no nível de interesse da área de atuação e em informática.

Já a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP recebe inscrições para duas vagas de professor doutor.

O salário inicial é de R$6.707,99 e as vagas são em regime de dedicação exclusiva. Uma delas é para o Departamento de Geotecnia, com inscrições até o dia 17 de setembro, e a outra, junto ao Departamento de Engenharia de Produção, sendo que os interessados podem se inscrever até 18 de setembro.

Os editais completos estão disponíveis no www.saocarlos.usp.br, em “Acompanhe”, “Concursos”.

Mais informações: (16) 3373-9910 / 9211

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17053-funcraf-r

bauru
Funcraf recebe inscrições para seleção de pediatra
Até sexta-feira (24), das 8 às 17 horas, a Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidades Craniofaciais (Funcraf), entidade ligada ao Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, recebe inscrições para o edital de contratação de um médico pediatra. O profissional será contratado pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em jornada semanal de quatro horas, e atuará na subsede de atendimento ambulatorial da Funcraf em Itapetininga, na região de Sorocaba, atendendo pacientes com deficiências auditivas e fissuras labiopalatinas.

Os interessados devem entregar envelope lacrado com currículo e cópia de documentos descritos no edital completo disponível no site da Fundação, onde estão todos os detalhes sobre a vaga. No ato da inscrição, o candidato também deverá apresentar comprovante do recolhimento da taxa de R$25,00 (vinte e cinco reais), recolhida no Banco do Brasil (conta corrente número 6898-5, agência 3015-5), a favor da Funcraf.

Mais informações: (15) 3275-4082, www.funcraf.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17052-ip-realiza-curso-

ciências humanas
IP realiza curso sobre psicanálise e psicologia social
Vão até 20 de agosto as inscrições para o curso O lugar da psicanálise no campo da Psicologia Social, que acontece no Instituto de Psicologia (IP) da USP. O curso será ministrado pelo professor Stephen Frosh, Chefe da Escola de Estudos Psicossociais do Birkbeck College - Universidade de Londres. As aulas serão ministradas nos dias 25 e 27 de agosto e 1º e 3 de setembro, das 9 às 12 horas.

Os objetivos do curso são explorar e discutir as aplicações teóricas e metodológicas da Psicanálise no campo dos estudos psicossociais e suas contribuições para as Ciências Humanas em geral.

O curso é gratuito e as inscrições devem ser feitas pessoalmente das 8h30 às 12 horas e das 13h30 às 16h30, na Secretaria do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Bloco A do IP, com Nalva ou Cecília, ou por email em marcecil@usp.br ou nalvagil@usp.br; nesse caso, o candidato deve informar nome, titulação, instituição, telefone e e-mail. As vagas são limitadas.

O IP fica na Av. Prof. Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-4004 / 4184, site www.ip.usp.br/eventos/2009/curso_stephen.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/17054-cana-irri

agricultura
Efluente doméstico pode ser útil na irrigação de cana, diz pesquisa
Experimentos realizados numa área de cerca de 6 mil metros quadrados na cidade de Lins, interior de São Paulo, mostraram a viabilidade de utilização de efluentes de esgoto doméstico na irrigação de uma cultura experimental de cana-de-açucar. “O efluente foi retirado da estação de tratamento de esgoto da cidade. A irrigação com o líquido propiciou uma melhor produtividade da cultura, em relação ao manejo tradicional em que normalmente a plantação é adubada. A produção foi superior em cerca de 50%”, estima o engenheiro agrônomo Rafael Marques Pereira Leal, aluno do programa de doutorado do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP.

As pesquisas tiveram início em 2005 quando uma equipe coordenada pelos professores Adolpho José Melfi (Esalq) e pela professora Célia Regina Montes (Cena), realizou o plantio da cana e passou a irrigar a cultura com efluente de esgoto tratado. Os estudos realizados em Lins integram um projeto temático da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Além de Leal, que realizou seu mestrado sobre o tema, as pesquisas fizeram parte do programa de doutorado da engenheira agrônoma Lilian Pittol Firme.

Segundo Leal, o efluente de esgoto doméstico possui pouca contaminação de metais pesados. “No final do experimento é que constatamos um alto teor de sódio no efluente. Esses teores tendem a aumentar também no solo e, caso não seja manejado, podem ocasionar prejuízos ao solo e à planta.”, lembra. “Apesar de propiciar maior produtividade em relação ao cultivo tradicional, a irrigação da cana-de-açúcar com efluente requer cuidados e monitoramentos constantes”, recomenda o engenheiro.

Filtros de areia
A área em que foram realizados os testes fica próxima à estação de tratamento de esgoto daquela cidade. O efluente foi bombeado à plantação após passar por um filtro de areia que reteve algumas partículas em suspensão que poderiam entupir o sistema de irrigação.

No período de monitoramento, os especialistas instalaram aparelhos chamados tensiômetros. “Esses equipamentos serviram para monitorar a umidade do solo. Ou seja, de acordo com a quantidade de água necessitada pela planta é que era feita a irrigação”, descreve Leal. No entanto, o engenheiro recomenda que este é um dos métodos que podem ser usados para a aplicação do efluente. “Uma outra forma que pode ser adotada é monitorando os nutrientes que chegam às plantas. Alguns deles em excesso podem prejudicar toda uma cultura.”

O efluente utilizado na irrigação continha além de água, nitrogênio, fósforo e potássio que são nutrientes importantes para a cultura. Normalmente, esse líquido é lançado em cursos d´água, o que pode ser danoso ao meio ambiente. Leal lembra que em outros países, principalmente os que possuem climas áridos, como por exemplo a Austrália e Israel, é comum a utilização de efluentes de esgoto na irrigação de diversas culturas. Mas em relação à cana-de-açucar, ele não tem informação de experimentos semelhantes.

A colheita da cana irrigada com o efluente proveniente do esgoto foi realizada mais de uma ano depois. “Usamos a cultura da cana denominada ‘cana de ano e meio’. Apesar de o tempo de colheita ter sido o mesmo, observamos que a produtividade foi maior em cerca de 50%”, conta.

De acordo com Leal, ainda serão necessários estudos que analisem a viabilidade econômica da aplicação de efluentes na irrigação da cana-de-açúcar. “Principalmente porque em alguns locais, com a impossibilidade de canalização do efluente, teríamos custos com o transporte do líquido.”

Os resultados das pesquisas realizadas na cidade de Lins acabam de ser publicados na revista Scientia Agricola (volume 66, número 2, pp 242-249).

Mais informações: (19) 3429-4764, com Rafael Marques Pereira Leal; email: fielpira@yahoo.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17055-fuvest-an

exame
Fuvest anuncia relação candidato/vaga para transferência
A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou nessa quarta-feira (22) a relação candidato/vaga do Exame de Transferência USP 2010, que será feito no domingo (26). São 2.688 candidatos que farão o exame Pré-Seleção da Fuvest disputando 649 vagas de transferência em vários cursos da USP.

A lista pode ser conferida no site da Fuvest.

Fonte: Assessoria de imprensa da Reitoria

Mais informações: www.fuvest.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 23, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10809/agenda/1-workshop-anfibio

AgendaEvento no Instituto de Biologia da Unicamp contará com a participação de pesquisadores brasileiros e do exterior

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10810/agenda/seminario-nacional

AgendaEvento discutirá, em Campina Grande, como se dão os processos de formação de profissionais da área de língua inglesa, espanhola e francesa

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10805/especiais/etanol-global.h

EspeciaisFAPESP participa de projeto internacional que estudará as possibilidades de uso dos biocombustíveis em nível mundial e em larga escala

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10806/especiais/redes-sociais-m

EspeciaisPesquisadores da Unicamp desenvolvem proposta de Rede Social Online, depois de identificar barreiras que impedem o uso desses sistemas pelos cidadãos brasileiros

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10807/divulgacao-cientifica/cel

Divulgação CientíficaGrupo da Universidade da Califórnia em Berkeley desenvolve equipamento para obter imagens de parasitas ou bactérias, até mesmo com fluorescência, a partir da câmera do celular

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10808/noticias/atlas-dos-parasi

NotíciasPublicação da Unesp traz imagens e detalha estruturas biológicas dos principais tipos de parasitas e suas influências no organismo humano

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/17056-laborator

hidráulica
Laboratório da EESC desenvolve softwares para análise de aquíferos
 
Qual é o impacto da perfuração de um poço em uma estação de água? Em águas contaminadas, como retirar os poluentes e o que fazer com eles? Essas são algumas das situações que norteiam o trabalho do Laboratório de Hidráulica Computacional (LHC), da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP. Criado em 2001 pelo professor Edson Cezar Wendland, do Departamento de Hidráulica e Saneamento da EESC, o LHC desenvolve programas simuladores em ambiente Linux, para aplicação em problemas hidráulicos, sobretudo relacionados às águas subterrâneas. Posteriormente, o LCH passou a desenvolver também projetos ligados à aquisição de dados e monitoramento hidrogeológico de aquíferos.

Um dos principais objetos de estudo do LHC é o aquífero Guarani, considerado adequado ao consumo humano graças à qualidade de sua água e da sua proteção natural contra poluentes. Concentradas na região de afloramento do Guarani, no centro do estado de São Paulo, as pesquisas do LHC sobre a capacidade de recarga do aquífero merecem destaque, já que podem subsidiar o desenvolvimento de estratégias de proteção e gestão ambiental para este recurso hídrico.

A Bacia do Córrego do Gregório, na área urbana de São Carlos, também foi objeto de estudo para o LCH. O laboratório desenvolveu em 2002 um mapeamento de enchentes para o Plano Diretor de Drenagem Urbana de São Carlos, utilizando um programa computacional para previsão de escoamento superficial. As análises basearam-se em diversos cenários de planejamento urbano e suas respectivas vazões e risco de inundação.

Em São José do Rio Preto, uma pesquisa de doutorado ligada ao LHC desenvolveu uma metodologia de gerenciamento que mais tarde viria a ser aprofundada pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) do estado de São Paulo. Segundo o professor Wendland, naquela cidade há uma exploração excessiva dos recursos hídricos: estima-se que existam cerca de três mil poços perfurados. “Buscamos analisar qual a interferência desses poços na região e, a partir disso, otimizar as estratégias de exploração”, explica ele.

A pesquisa feita no LCH indicou que, devido ao excesso de bombeamento, houve um rebaixamento do nível do aquífero na região central da cidade, que atende parcialmente o abastecimento público municipal. "No entanto, o sistema ainda se mantém em equilíbrio graças à perda de água na rede de distribuição", explica Wendland. "Atualmente, são desenvolvidos estudos adicionais para propôr medidas de correção dessa situação".

Além da relevância dos trabalhos que produz, o laboratório também tem um papel importante na formação de pesquisadores, contando com a atuação de alunos de graduação, por meio de iniciação científica, mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos. "Os projetos do LHC colaboram com o desenvolvimento de uma formação eclética para o aluno", ressalta o professor.

     
  O aquífero Guarani é um dos maiores mananciais subterrâneos de água doce do mundo. Com 1,2 milhão de quilômetros quadrados, estende-se por Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina. A maior parte deste recurso hídrico está em território brasileiro, na região centro-oeste, sudeste e sul. Formou-se entre 200 e 132 milhões de anos atrás. Calcula-se que seu volume total seja de 45 mil quilômetros quadrados.

Sua taxa de recarga anual, decorrente sobretudo das chuvas, é de 160 quilômetros quadrados, 40 dos quais sendo o potencial explorável sem riscos para o sistema aquífero.
Este recurso hídrico constituiu uma importante reserva para abastecimento da população e para o desenvolvimento de atidades econômicas e de lazer.

Fonte: Departamento Autônomo de Água e Esgoto (DAAE) do municípo de Araraquara (SP).


F

Fotos: Google

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.teses.usp.br

Lista com mais TDEs diretamente do portal de teses da USP.

Palavras-chave: nnpp, nnpp, pesquisa, teses

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17058-bauru-recebe-pr

música
Bauru recebe primeira edição do Encontro de Violões
A Coordenadoria do Campus de Bauru (CCB) da USP vai realizar no dia 13 de agosto, às 19 horas, o primeiro Encontro de Violões – USP/Bauru 2009.

Podem se apresentar no evento instrumentistas que tocam violão e viola caipira. Os interessados em se apresentar no Encontro poderão se inscrever gratuitamente e solicitar a ficha de inscrição e o regulamento pelo email: centrocultural@pcab.usp.br até a próxima sexta-feira (24).

O Encontro de Violões será realizado no Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB), localizado no campus de Bauru da USP, na Alameda Dr. Octávio Pinheiro Brisolla, 9-75, Vila Universitária.

Mais informações: (14) 3235-8394

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17059-each-prorroga-

extensão
EACH prorroga inscrições para Universidade Aberta à Terceira Idade
Vão até quarta-feira (29) as inscrições para os cursos do segundo semestre do programa Universidade Aberta à Terceira Idade (UnATI) realizados na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP.

Os interessados em participar das atividades precisam ter mais de 60 anos e ir fazer matrícula pessoalmente na escola. As atividades são totalmente gratuitas; há vagas para palestras, oficinas e disciplinas de graduação, que serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada, sem necessidade de processo seletivo. Apenas para as disciplinas de graduação é necessário ter ensino médio completo, pois as aulas são realizadas junto com os alunos dos cursos de graduação.  

Segundo a responsável pela Organização das Atividades, professora Meire Cachioni, do curso de gerontologia, a UnATI é o maior projeto de extensão da unidade em número de matriculados e tem neste semestre a maior quantidade de atividades oferecidas desde o seu início, em 2006. “A participação dos idosos nas atividades está sendo importante não só para as áreas de ensino e extensão, mas também para a pesquisa, já que muitos professores e alunos de vários cursos estão desenvolvendo trabalhos relacionados ao idoso”, revela. 

A UnATI é um programa ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, que existe há 15 anos na Universidade, e vem em constante crescimento no número dos participantes. No início, em 1994, foram 847 matriculados; em 2007, esse número passou para 7.011. O objetivo é possibilitar ao idoso atualização, aquisição de novos conhecimentos, promover a saúde, o bem-estar psicológico e social, e da cidadania dos seus participantes.

As inscrições para os cursos da EACH serão feitas na Comissão de Cultura e Extensão Universitária da unidade, localizada na Av. Arlindo Bettio, 1000, Ermelino Matarazzo, São Paulo.

Além da EACH, outras unidades da USP também oferecem atividades gratuitas para a terceira idade neste semestre. As datas, horários e períodos das inscrições das palestras, oficinas e disciplinas de graduação de todas as unidades da USP podem ser vistas na página da UnATI.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Reitoria

Mais informações: (11) 3091-1016 ou pelo email ccex-each@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 24, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10811/especiais/primeiro-esboco

EspeciaisCientistas fazem avaliação preliminar das vulnerabilidades das áreas metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro em relação às mudanças climáticas e indicam principais diferenças entre adaptações adequadas para cada caso

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10812/especiais/radiador-no-bic

EspeciaisCientistas do Brasil e do Canadá descobrem que tucanos utilizam bico para regular troca de calor com o ambiente, aumentando ou diminuindo temperatura corporal conforme a necessidade. Estudo foi publicado na Science

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10813/noticias/menor-da-histori

NotíciasÍndice de mortalidade infantil no Estado de São Paulo cai ao menor nível da história em 2008. Taxa é de 12,5 óbitos de crianças menores de um ano por mil nascidas vivas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10814/noticias/vagas-em-sao-car

NotíciasEscola de Engenharia da USP abre seleção para preenchimento de duas vagas de professor doutor com salário de R$ 6.707,99

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10815/agenda/10-simposio-brasil

AgendaResumo de trabalhos científicos a serem apresentados no evento em Búzios (RJ) podem ser enviados até 31 de julho

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10816/agenda/32-congresso-brasi

Agenda“O solo e a produção de bioenergia: perspectivas e desafios” será o tema do evento em Fortaleza (CE)

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/esporte-e-lazer/17061-volta-u

caminhada
Volta USP Bauru acontece no final de agostoNeste ano, a prova de caminhada 19ª Volta USP Bauru — que tradicionalmente é realizada no final do ano — , acontecerá em nova data: no dia 30 de agosto.

O evento passa a integrar o Circuito Esportivo USP, numa realização da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e patrocínio do Santander Universidades. O Circuito objetiva integrar, por meio do esporte, os campi de São Paulo, Bauru, Ribeirão Preto, São Carlos, Piracicaba, Pirassununga e Lorena, em três modalidades (futsal masculino, vôlei feminino e circuito de corrida), mobilizando 10.000 mil pessoas.

Com a entrada da Volta USP Bauru nesse circuito, a prova, que será realizada no dia 30 de agosto, a partir das 9 horas, terá dois novos percursos: um de 5 km, oferecendo 200 vagas, e outro de 10 Km, oferecendo 400 vagas.

O período de inscrição é de 10 a 26 de agosto e pode ser feita no site do campus, pelo fax (14) 3235-8339, ou pessoalmente no ginásio de esportes do campus, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

A taxa de inscrição é no valor de R$15,00. Membros da USP e atletas a partir de 60 anos de idade são isentos de pagamento. Serão distribuídos prêmios em dinheiro, medalhas e camisetas para todos que completarem a prova.

Mais informações: (14) 3235-8394 / 8391/ 8452

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/especiais/17062-historia-da-u

televisão
História da USP é atração no programa Univesp TV
A história da USP será atração da Univesp TV, na próxima terça-feira (28), às 23h10, na TV Cultura. O documentário acompanha os fatos que antecederam a criação da Universidade: a crise de 1929, a revolução de 1930 e a de 1932. Em 25 de janeiro de 1934, Armando de Salles Oliveira, interventor de São Paulo nomeado por Getúlio Vargas depois da revolução de 1932, assinou o decreto que criou a USP.

A idéia da criação da primeira universidade pública do estado de São Paulo foi do jornalista Júlio de Mesquita Filho, na segunda metade dos anos vinte, que convenceu o educador Fernando de Azevedo a ajudá-lo na tarefa. Na época só existiam na capital paulista as faculdades de Medicina, Direito e Engenharia, que funcionavam como institutos isolados de formação superior. O documentário da Univesp TV tem como base um artigo de Fernando de Azevedo, escrito em 1954, quando a Universidade completava 20 anos.

Professores de vários países da Europa, em geral jovens dispostos a se aventurar pelos trópicos, foram recrutados para dar aulas na Universidade de São Paulo. Entre eles vieram o historiador Fernand Braudel, o filósofo Jean Maugüé, o sociólogo Roger Bastide e o antropólogo Claude Lévi-Strauss.

O documentário mostra, além das condições que levaram à criação da nova universidade, os esforços dos educadores para consolidá-la já nos primeiros anos de existência e os depoimentos de alunos das primeiras turmas contando como foi o início da vida acadêmica na USP.

O programa sobre o surgimento da USP faz parte da programação do novo canal digital da Fundação Padre Anchieta, a Univesp TV, criado para apoiar o aprendizado dos futuros alunos da Universidade Virtual do Estado de São Paulo.

Mais informações: (11) 2182 3663 / 3620, site http://www.tvcultura.com.br/univesptv/

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17057-na-usp-em-200

comunicação
ECA sediará encontro nacional de pesquisa em jornalismo
 
Estão abertas até o dia 3 de agosto as inscrições de trabalhos para o Encontro Nacional dos Pesquisadores em Jornalismo, que este ano acontece na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, em novembro. Organizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), a sétima edição do evento pretende colocar em foco as mudanças pelas quais passa o jornalismo e, consequentemente, a pesquisa em na área, em um mundo globalizado e com a presença das novas tecnologias.

De acordo com Carlos Eduardo Franciscato, presidente da SBPjor, a principal diferença deste evento – que contará com 300 pesquisadores brasileiros e mais três conferencistas internacionais – em relação a outros do gênero é se tratar de um encontro que tem o jornalismo como objeto único, tratado a partir de uma perspectiva plural.

José Luiz Proença, chefe do Departamento de Jornalismo e Editoração da ECA e coordenador local do encontro, concorda, acrescentando que os diferentes locais de origem, bem como o elevado número de participantes, trazem uma grande variedade dentro da temática que norteia o encontro. “Há alguns anos já tínhamos interesse em sediar um encontro como o da SBPJor. O contato com trabalhos de todo o país, e de pólos muito fortes como Santa Catarina, Bahia e Rio de Janeiro, é uma oportunidade para aproximarmos nossas preocupações com a de outras escolas, algumas das quais já tiveram ligação com a ECA, mas que hoje têm vida independente e se tornaram pioneiras em suas linhas de pesquisa.”

Transformações
Para Proença, quando se fala de um mundo em transformação, não há como negar que o campo que mais afeta o jornalismo são as novas tecnologias de comunicação. O jornalismo impresso, por exemplo, está tendo que passar por uma revisão profunda em relação a conteúdos e formatos. Mas o rádio e a televisão também se adaptam, já que ouvintes e telespectadores que antes eram vistos apenas como consumidores passam a ter participação ativa, e quem comunica deve levar em consideração que eles já contam de antemão com uma carga própria de informações.

A globalização também tem lugar central entre as mudanças que influenciam a atividade. E, conforme pontua Franciscato, “entender o jornalismo exige esta relação fecunda entre o contexto nacional e os processos internacionais”.

Mesmo tendo surgido após o evento já ter sido programado, a queda da obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão de jornalista também não deixará de estar na pauta das discussões, já que deve afetar de maneiras ainda desconhecidas – e, portanto, a serem investigadas – a atividade no país.

Organização
Dois pontos destacam a estrutura do encontro de congressos semelhantes. Em primeiro lugar, a seleção de trabalhos para apresentação é feita por um comitê científico unificado, que divide ele mesmo as pesquisas por subtema – em eventos do gênero, em geral, o participante é quem costuma escolher sua mesa ou núcleo, e há uma comissão julgadora para cada um deles. Segundo Proença, este novo formato enriquece a experiência e a integração, por fazer com que pesquisadores que costumam estar sempre agrupados em outros eventos tenham agora contato com outros especialistas.


Além disso, há duas modalidades de apresentação: as comunicações livres, em que o autor apresenta os resultados de uma pesquisa sua; e as comunicações coordenadas, com apresentação conjunta de até seis trabalhos propostos por um grupo de profissionais de diferentes instituições.

Graduandos também podem enviar trabalhos, desde que em coautoria com graduados. “O objetivo do evento não é ter uma inscrição massiva de trabalhos. O que pretendemos é fazer uma discussão de alto nível e apontar tendências”, explica o professor da ECA.

Pesquisa científica em jornalismo

Para Proença, discussões do gênero do encontro contribuem para uma aceitação, que vem se fortalecendo ao longo dos anos, de que “o jornalismo é um campo independente na comunicação social, com vida própria, e questões diferentes das questões mais amplas das ciências da comunicação”.

Carlos Franciscato afirma que “as novas experiências comunicacionais com as tecnologias vêm reforçando o papel central da atividade jornalística na construção e mediação de informações socialmente relevantes”. E isto se revela no crescimento da apresentação de papers em todos os congressos científicos que admitem o jornalismo como um problema de pesquisa. “Percebe-se um movimento de reconhecimento institucional do campo do jornalismo como um espaço legítimo de produção de conhecimento científico. Há teorias e modelos sólidos que norteiam a pesquisa e que devem ser conhecidos como condição para entender um conjunto amplo de fenômenos comunicacionais”, ressalta.

Serviço
O sétimo Encontro Nacional dos Pesquisadores em Jornalismo será realizado dos dias 25 a 27 de novembro na ECA (Av. Prof. Dr. Lucio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo). A submissão de trabalhos pode ser feita até o dia 3 de agosto pelo site do evento onde se encontram informações sobre preços (de R$ 45,00 a R$ 290,00, de acordo com formação e data) e orientação para inscrição. Também são aceitas inscrições somente para ouvintes.

Mais informações podem ser obtidas pelo email claudia.lago07@gmail.com, com Cláudia Lago, e também pelo site http://sbpjor.org.br/evento.
Fotos: Marcos Santos

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17064-ministro-

internacional
Ministro da Saúde de Moçambique visita Faculdade de Odontologia
O ministro da Saúde de Moçambique, Paulo Ivo Garrido, virá à USP na segunda-feira (27) conhecer a Faculdade de Odontologia (FO) da Univesidade, por causa da implantação, no ano de 2010, do curso de medicina dentária no seu país, pela Universidade de Zambeze (UNIZAMBEZE).

Na primeira parte da visita pela FO, que está prevista para começar às 9 horas, o ministro irá conhecer a história da unidade, sua estrutura: os laboratórios, clínicas e departamentos, incluindo a Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Odontologia (Fundecto); e a reforma curricular pela qual o curso de odontologia passa. Cujo objetivo é cumprir função tecnológica, mostrando equipamentos, processos, recursos pedagógicos e de pesquisa necessários ao curso de odontologia, para auxiliar no processo de implantação do curso de medicina dentária em Moçambique.

A segunda parte será após o almoço, às 15 horas, com a presença do diretor da FOUSP, professor Carlos de Paula Eduardo, para pensarem sobre a possibilidade de parcerias futuras entre a USP e a UNIZAMBEZE.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Reitoria

Mais informações: (11) 3091-7860/7817

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/17065-estrategi

pecuária
Estratégias fortalecem mercado de carne ovina, diz estudo da FZEA
Pesquisadores do Departamento de Nutrição e Produção Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, no campus de Pirassununga, avaliaram em estudo as estratégias que tornaram uma empresa paulista um modelo na produção e comercialização de carne ovina. De acordo com o professor Augusto Hauber Gameiro, coordenador da pesquisa, a empresa conseguiu se estabelecer no setor por meio de uma série de estratégias, entre elas a certificação, a padronização de procedimentos e produtos e a força da marca da carne, que a associou a um produto de qualidade, voltado a um público diferenciado. Atualmente, a empresa é responsável por fornecer 70% da carne ovina consumida na região metropolitana de São Paulo, o maior centro de consumo do produto no Brasil.

O consumo de carne ovina no Brasil ainda não é consolidado e continua restrito a um mercado de elite. Os produtores precisam concorrer com a carne suína, de boi e de frango, de forma competitiva, oferecendo um produto de qualidade além de vencerem o mercado informal, cujos preços chegam a ser três vezes menores.

“A carne de ovinos, ao contrário da de boi, por exemplo, não tem liquidez. O consumo no Brasil é restrito a alguns nichos de mercado e há poucos frigoríficos que trabalham com o produto. Além disso, no mercado informal, um produtor consegue vender a carcaça de carneiro a um preço médio de R$12,00 o quilo (Kg), enquanto que no mercado formal o preço é de cerca de R$4,00”, destaca Gameiro.

Mesmo diante desse quadro, a empresa analisada na pesquisa dos pós-graduandos consegue se manter no mercado, fornecendo carne ovina para uma clientela elitizada, principalmente restaurantes e churrascarias e também para butiques de carnes e hotéis. “Há também um consumo ligado à culinária italiana e do oriente médio”, lembra o professor.

Estratégias
De acordo com Gameiro, a empresa possui duas fazendas, uma na região de Mococa e outra em Jaguariúna, ambas no interior do estado. Além da criação própria, eles trabalham com outros ovinocultores fornecendo, inclusive, melhoramento genético aos rebanhos e assessoria técnica. “Isso garante que os animais tenham uma genética semelhante, fazendo o produto ter um mesmo padrão de qualidade”, explica. Os animais são abatidos jovens (cordeiros), por volta dos 4 meses de idade, com peso médio de 18 quilos, que geram 48% de rendimento de carcaça e conferem maciez e suculência à carne.

Como a maioria dos frigoríficos trabalha com abate bovino, os equipamentos precisam ser adaptados para uso em ovinos. A solução encontrada pela empresa foi o arrendamento de frigoríficos durante alguns dias para o abate específico dos cordeiros. Os animais são abatidos e as carcaças são encaminhadas inteiras à sede da empresa, em Pirassununga. “Tanto durante o abate como no beneficiamento há um fiscal do Sistema de Inspeção Federal [SIF, ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento] que acompanha o processo, levando certificação ao produto, e garantindo a qualidade”, comenta o professor. A carne é rigorosamente selecionada. Os cortes, as embalagens e a etiquetagem seguem uma padronização que reforçam a marca da empresa, que também é a responsável pela distribuição da carne aos clientes. “Se houver falta de produto, eles importam carne ovina do Uruguai e da Argentina, a fim de garantir a demanda dos consumidores”, conta Gameiro.

Para o professor, estas estratégias fizeram com que a empresa desse certo e se consolidasse no setor. “Existem outras neste mesmo ramo, porém trata-se de um mercado complexo. É difícil competir com a informalidade, principalmente em estados do nordeste e no Rio Grande do Sul. Vale lembrar que a maior parte da carne de ovinos no Brasil está no mercado informal”, aponta.

Consumo ainda quase irrisório
Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), a média de consumo nacional de carne ovina em 2004 foi de aproximadamente 700 gramas por habitante. O consumo per capita nos países desenvolvidos está em torno de 20 Kg por ano.

A pesquisa foi apresentada durante a 46a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, que ocorreu em Maringá, Paraná, entre os dias 14 e 17 de julho. O projeto foi elaborado pelos alunos Eugenio Yokoya, Juliana de Vazzi Pinheiro, Julianne de Rezende Naves e Michele Ribeiro da Silva, mestrandos do Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Produção Animal da FMVZ, em Pirassununga. Os pesquisadores entrevistaram os administradores da empresa, além de terem visitado e acompanhado as várias etapas de produção na fazenda e no frigorífico.

Mais informações: (19) 3565-4224 ou email gameiro@usp.br, com o professor Augusto Hauber Gameiro

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 27, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10819/divulgacao-cientifica/hid

Divulgação CientíficaEstudo feito nos EUA revela que etano e outros hidrocarbonetos mais pesados podem ser formados em camadas profundas do interior da Terra, sem a presença de matéria orgânica

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10820/noticias/bolsa-na-area-de

NotíciasPrograma Sergio Vieira de Mello, da Comissão Fullbright, oferece bolsa de US$ 3 mil por três meses para desenvolvimento de pesquisa na Universidade de Notre Dame. Inscrições vão até o dia 15 de agosto

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10821/noticias/espaco-do-olfato

NotíciasEspaço lúdico e interativo abriga uma máquina de fabricar perfumes e uma exposição que ensina tudo sobre como funciona o sistema olfativo

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10822/agenda/1-seminario-de-dif

AgendaEvento, que será realizado em Curitiba, reunirá jornalistas científicos e representantes do sistema nacional de ciência, tecnologia e inovação

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10823/agenda/1-semana-de-biotec

Agenda“Inovações e Perspectivas da Biotecnologia Industrial no Brasil" será o tema central do evento realizado por alunos de pós-graduação da Escola de Engenharia de Lorena (EEL), na cidade paulista

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10817/especiais/tecnologia-naci

EspeciaisEmpresa que recebeu apoio da FAPESP entrega a segunda câmera que integra o projeto de desenvolvimento do satélite sino-brasileiro CBERS 3, cujo lançamento está programado para 2011

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10818/especiais/gengivas-e-cole

EspeciaisPeriodontite aumenta em até quatro vezes a possibilidade de níveis patológicos de triglicérides, segundo estudo publicado no Journal of Periodontology

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17063-ieb-inscreve-pa

história
IEB inscreve para curso de difusão
De 19 de agosto a 21 de outubro o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP promove o curso de difusão Paisagens, Cidades, Natureza. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 14 de agosto.

Trata-se de um ciclo de conferências de estudiosos de História, Arte e Arquitetura, oferecendo interlocuções em torno das relações entre paisagem, cidade e natureza, contemplando fenômenos, objetos ou narrativas do século XV ao século XX na Europa e na América.

As aulas acontecem semanalmente, às quartas-feiras, a partir das 18 horas. A taxa de matrícula é de R$10,00, com vagas gratuitas destinadas à comunidade USP e ao público da terceira idade. As inscrições devem ser feitas pessoalmente, das 9 às 16 horas, no Serviço de Apoio ao Ensino do IEB.

A programação está disponível na página de cursos do IEB. O Instituto fica na Av. Prof. Melllo Morais, travessa 8, n. 140, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-3199, email cursoieb@usp.br, site www.ieb.usp.br/cursos/index.asp?tipo=curso

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/meio-ambiente/17066-poli-rece

clima
Poli recebe ministro do Reino Unido para seminário sobre mudanças climáticas
No dia 5 de agosto, das 10 às 12 horas, a Escola Politécnica (Poli) da USP recebe Ed Miliband, Ministro de Energia e Mudança Climática do Reino Unido, para apresentar o seminário Clima e Desenvolvimento: a Caminho de Copenhague.

Os debatedores serão o professor José Goldemberg, do Instituto de Energia e Eletrotécnica (IEE) da USP, e Luiz Fernando Furlan, presidente da Fundação Amazônia Sustentável. A coordenação caberá ao professor Jacques Marcovitch, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.

Os objetivos do encontro são: analisar os resultados recém-divulgados das pesquisas sobre mudanças climáticas globais; avaliar as políticas nacionais de transição para uma economia livre de emissões de gases de efeito estufa; discutir as negociações multilaterais que resultarão — na Conferência de Copenhague, Dinamarca, em dezembro — em acordos internacionais relativos à Convenção do Clima e ao regime pós-2012.

O seminário é uma iniciativa conjunta do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, FEA, Poli e Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP, com apoio da Embaixada do Reino Unido.

Os interessados em assistir ao evento devem se inscrever pelo formulário no site do IEA. O seminário será em inglês, com tradução simultânea.

O evento contece no Auditório Francisco Romeu Landi, que fica no Edifício Mário Covas Jr. da Poli (Av. Prof. Luciano Gualberto, Travessa 3, 380, Cidade Universitária, São Paulo).

Mais informações: (11) 3091-3919 / 3927, site www.iea.usp.br/iea/inscricao/form1.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/16953-fcfrp-promove-ati

extensão
FCFRP promove atividades sobre saúde para terceira idadeEntre 4 de agosto e 8 de dezembro, a Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP promoverá atividades de extensão direcionadas ao público da terceira idade.

Serão palestras, oficinas, filmes e atividades didático-culturais e interativas, com o objetivo de informar e orientar sobre a importância das atividades físicas, da nutrição e dos exames laboratoriais na prevenção e controle de doenças e dos perigos da automedicação.

Gratuitas, as atividades acontecerão às terças-feiras, das 14 às 16 horas, no anfiteatro da FCFRP, que fica na Av. do Café, s/nº, Ribeirão Preto . Não há necessidade de inscrição prévia.

Mais informações: (16) 3602-4213


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17067-telemedicina-da-f

telessaúde
Telemedicina da FMUSP inaugura polo no interior do estado
Aconteceu no sábado (25), em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo, o lançamento de mais um ponto do Programa Nacional de Telessaúde. O evento reuniu, em torno do tema saúde, a USP e mais 16 cidades do interior paulista.

O Programa Nacional de Telessaúde é uma ação do Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, que tem como proposta a qualificação das Equipes de Saúde da Família em todo o País. Essas equipes são integradas a centros universitários de referência, difundindo conhecimentos e melhorando a qualidade do atendimento em atenção primária nos vários municípios participantes.

A Disciplina de Telemedicina (DTM) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) é a responsável pelo núcleo São Paulo, que já está conectado a 100 pontos, Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais e instituições superiores de ensino no estado. A experiência da DTM com o programa será transmitida em palestras, debates e apresentações que acontecerão durante todo o dia para prefeitos, secretários de Saúde e Educação, profissionais de saúde e jornalistas.

Com informações da Assessoria do Programa de Telemedicina

Mais informações: (11) 3085-4173, (11) 7042-0077, email renata.gaspari@telemedicina.fm.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17068-alunos-da

piracicaba
Alunos da Esalq viajam à França por meio de convênio de estudos
A partir de agosto, um grupo de 14 alunos do curso de Engenharia Agronômica, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, vão para a França por meio de convênios entre a Escola e instituições francesas como ESA/Angers, AgroParisTech, EI/Purpan ISARA/Lyon e Institut Polytechnique LaSalle Beauvais. Oito alunos do grupo fazem parte do programa de dupla diplomação.

O estudante Danilo Cunha Tornisiello ficará em Lyon pelos próximos dois anos e pretende complementar sua formação a partir do contato com o conhecimento na área de gestão. “Lyon é um polo industrial importante e as universidades francesas mantêm uma boa aproximação com as empresas, de maneira que espero aliar esse aspecto de gestor de agronegócio com o conhecimento adquirido na Esalq”, comenta.

Na Esalq, quem coordena o programa de dupla diplomação é a professora Maria Lúcia Carneiro Vieira, do departamento de Genética (LGN). “A experiência internacional, já durante a graduação, é vista como uma vantagem para as indústrias, devido à maturidade que esses alunos adquirem, além do aprendizado da língua e da cultura estrangeira. Os profissionais com experiência multicultural, com dois diplomas, assumem funções nas empresas imediatamente após a contratação, sem precisar de treinamento prévio. Nossos alunos duplo-diplomados já estão atuando em empresas no Brasil, e um deles foi contratado na França”, lembra a professora.

Ainda dentro da parceira Brasil-França, em outubro, a ESALQ sediará o Workshop Brasil-França: Cooperação em Ciências Agrárias e Florestais, que deverá reunir especialistas do setor público e privado e várias instituições da área de Ciências Agrárias, Economia Rural e de Ciências Florestais de ambos os países. Entre outros painéis a serem apresentados, um deles debaterá o intercâmbio de estudantes, sendo que estão previstos depoimentos de alunos brasileiros e franceses que têm participado do programa de dupla-diplomação.

Mais informações sobre o workshop podem ser encontradas no site da Esalq.

Mais informações: (19) 3447-8613 / 3429-4485, site www.esalq.usp.br/workshop.br.fr

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17069-centro-cultur

extensão
Centro Cultural tem cursos sobre nova ortografia e artes para terceira idade
Dentro do programa Universidade Aberta à Terceira Idade, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão, o Centro Cultural da USP vai oferecer dois novos cursos para o segundo semestre.

O curso "Nova ortografia e dificuldades especiais da língua portuguesa” aborda as mudanças da reforma ortográfica. As matrículas poderão ser feitas nos dias 3 e 4 de agosto, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Centro Cultural (Av. Dr. Carlos Botelho, 1465, São Carlos). As aulas serão dadas a partir de 12 de agosto, no auditório, às quartas-feiras, das 9 às 10 horas, pela professora Regina Maria Pinheiro de Siqueira.

O segundo curso é "A Evolução das Artes Visuais" , com a orientação de Renato Masson, artista plástico e professor de Educação Artística. Serão sete encontros de uma hora e meia cada um, às sextas-feiras, às 9 horas, com início no dia 7 de agosto, também no auditório do Centro Cultural. As matrículas podem ser realizadas nos dias 30 e 31 de julho, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, também no próprio local.

Mais informações: (16) 3373-9106, email centrocultural@sc.usp.br

 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17070-centro-cultural

são carlos
Centro Cultural abre matrículas para Ciclo de Cinema
A quinta edição do Ciclo de Cinema, com o tema “Olhares sobre o Cinema”, será realizada pelo Centro Cultural da USP a partir de 10 de agosto. Serão seis seis encontros, às segundas-feiras, com duração de três horas cada um, incluindo exibição de filmes seguida de debate. A coordenação é do sociólogo e produtor cultural Fernando Nogueira.

Os objetivos são analisar a produção cinematográfica mundial, trabalhar o cinema e a metalinguagem como eixo de discussão, refletir as ideias e as experiências levantadas pela filmografia selecionada, articular o cinema e outras áreas do conhecimento e proporcionar o debate cultural entre os participantes do projeto.

Algumas das produções escolhidas são: Dirigindo no escuro, de Woody Allen (EUA, 2002, 112 min.), A noite americana, de François Truffaut (França/Itália, 1973, 115 min.) e O estado das coisas, de Wim Wenders (EUA/Alemanha/Portugal, 1983, 125 min.)

As matrículas podem ser feitas entre os dias 3 e 7 de agosto, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas no Centro Cultural (Av. Dr. Carlos Botelho, 1465, São Carlos). Os encontros do Ciclo de Cinema são gratuitos.

Mais informações: (16) 3373-9106, email centrocultural@sc.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17036-eca-promove-se

Comunicação
ECA promove seminário de acompanhamento de pesquisas
O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP realizará, nesse segundo semestre, o Seminário de Acompanhamento de Pesquisas, cuja responsabilidade será do professor Ciro Marcondes Filho.

Com a aplicação da proposta da "Nova Teoria da Comunicação" e debates teóricos, o seminário terá duração de 14 semanas, sempre às terças-feiras, das 14 às 17 horas, iniciando-se no dia 25 de agosto.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através do email ppgcom@usp.br, até o dia 7 de agosto. No corpo do email deverá constar nome do interessado, número USP, unidade e curso ao qual está vinculado.

As vagas são limitadas e os participantes com 75% de presença receberão certificado.

Com informações do Boletim ECAnotícias


Mais informações: ppgcom@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17035-osusp-se-aprese

mÚSICA
Osusp se apresenta nos Concertos de Agosto com nova regente
A Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) se apresenta nos Concertos de Agosto, na Sala São Paulo, com regência da nova maestrina, Ligia Amadio.

A primeira apresentação acontece no dia 2, às 17 horas. O repertório conta com Fauré, Poulenc e Mendelssohn. O regente convidado é Roberto Tibiriçá.

O segundo concerto é no dia 26, às 21horas. A Osusp apresenta Brahms e Mendelssohn. O regente convidado é Lutero Rodrigues.

Os preços do ingresso para cada concerto são R$ 50,00 (balcão mezanino), R$ 40,00 (camarote mezanino), R$ 30,00 (plateia central), R$ 25,00 (platéia elevada), R$ 15,00 (camarote superior), R$ 10,00 (balcão superior) e R$ 20,00 (coro). Funcionários da USP, estudantes, professores, aposentados e pessoas com idade acima de 60 anos têm 50% de desconto.

A Sala São Paulo fica na Praça Júlio Prestes, sem número, Centro, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-3000, site www.usp.br/osusp

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17035-osusp-se-aprese

mÚSICA
Osusp se apresenta nos Concertos de Agosto, na Sala São Paulo
A Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) se apresenta nos Concertos de Agosto, na Sala São Paulo.

A primeira apresentação acontece no dia 2, às 17 horas. O repertório conta com Fauré, Poulenc e Mendelssohn. O regente convidado é Roberto Tibiriçá.

O segundo concerto é no dia 26, às 21horas. A Osusp apresenta Brahms e Mendelssohn. O regente convidado é Lutero Rodrigues.

Os preços do ingresso para cada concerto são R$ 50,00 (balcão mezanino), R$ 40,00 (camarote mezanino), R$ 30,00 (plateia central), R$ 25,00 (platéia elevada), R$ 15,00 (camarote superior), R$ 10,00 (balcão superior) e R$ 20,00 (coro). Funcionários da USP, estudantes, professores, aposentados e pessoas com idade acima de 60 anos têm 50% de desconto.

A Sala São Paulo fica na Praça Júlio Prestes, sem número, Centro, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-3000, site www.usp.br/osusp

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17071-laboratorio-do

clima
Laboratório do IAG divulga boletim de previsão do tempo
O Laboratório de Hidrometeorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP divulgou nessa segunda-feira (27) seu boletim semanal com a previsão do tempo para a região metropolitana de São Paulo. Confira:

Semana
O contraste entre ar frio e seco que está no sul do país e ar quente que vem do interior do continente continua formando muita nebulosidade em toda a Região Metropolitana de São Paulo. A semana será de chuva intercalada com períodos de melhoria. Na quinta e na sexta-feira a chuva diminui, mas ainda deve chover no fim do dia.  Volumes significativos de precipitação devem ser registrados em toda a região.

Fim de semana
Uma massa de ar seco diminui a quantidade de nuvens em toda a Região Metropolitana de São Paulo. O fim de semana fica ensolarado e com elevação de temperatura em toda a região. Na noite de domingo uma frente fria provoca pancadas de chuva.

Previsão por períodos

Terça
(28)
Quarta
(29)
Quinta
(30)
Sexta
(01)
Sábado
(02)
Domingo
(03)
Mínima 17º
Mínima 18º
Mínima 13º
Mínima 12º
Mínima 14º
Mínima 14º
Máxima 22º
Máxima 24º
Máxima 20º
Máxima 20º
Máxima 24º
Máxima 25º

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17072-instituto

Emprego
Instituto de Química de São Carlos contrata especialista em laboratórioO Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP está recebendo inscrições para concurso público que contratará um especialista em laboratório (grupo superior I A), vaga vinculada ao Programa de Concessão de Técnico de Nível Superior para Grupos de Excelência (Procontes) da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP.

O salário inicial é de R$ 3.323,81 e os interessados devem possuir curso de graduação completo em química, na modalidade presencial, registro no Conselho Regional de Química e conhecimentos de informática e língua estrangeira.

As inscrições podem ser realizadas até sexta-feira (31) pelo sistema MarteWeb da USP. O edital completo está disponível no site do campus de São Carlos.

Mais informações: (16) 3373-9910 / 9211

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17073-fmusp-abre-inscri

Pós-graduação
FMUSP abre inscrições para cursos de atualização e especialização A Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) está com inscrições para três cursos de pós-graduação que terão início no segundo semestre.

O Curso de Atualização em Geriatria tem 4 meses de duração e objetiva a atualização dos conceitos e condutas em geriatria, levando ao aluno as mais recentes propostas em diagnóstico e terapêutica referentes aos problemas mais frequentes na prática geriátrica. As inscrições para este curso vão até o dia 3 de agosto e o pré-requisito é a graduação completa em medicina.

O Curso de Especialização em Medicina de Tráfego, com duração de 1 ano, visa capacitar profissionais médicos para atuação nas principais áreas da especialidade: medicina de tráfego preventiva, curativa, legal, ocupacional e de viagem. As inscrições para este curso vão até o dia 28 de agosto e o pré-requisito é graduação completa em medicina e registro no Conselho Regional de Medicina.

O Curso de Especialização em Poluição do Ar e Saúde Humana, com duração de um ano, será realizado na modalidade a distância e é voltado a profissionais graduados das áreas de saúde e meio ambiente que desenvolvam ou desejam desenvolver ações referentes a programas ambientais ou que estejam interessados no estudo da relação entre saúde humana e poluição atmosférica com ênfase em vigilância ambiental em saúde.  As inscrições para este curso vão até 14 de agosto.

As inscrições devem ser feitas das 8 às 15 horas, no Serviço de Cultura e Extensão Universitária, que fica na sala 1301 do prédio sede da FMUSP. O candidato deve levar fotocópias da carteira de identidade (RG civil) e do CPF, do diploma, registrado, de curso de graduação (frente e verso) e do registro no Conselho de Classe, de acordo com o pré-requisito, e uma via do curriculum vitae.

A FMUSP fica na Av. Dr. Arnaldo, 455, Cerqueira César, São Paulo, próximo ao metrô Clínicas.

Com informações do Serviço de Cultura e Extensão Universitária da FMUSP

Mais informações: ccexfm@edu.usp.br, site www.fm.usp.br/ccex

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17060-ifsc-disponibi

Ciências farmacêuticas
Base de dados desenvolvida pelo IFSC auxilia a pesquisa de novos medicamentos
 
O Laboratório de Química Medicinal e Computacional (LQMC) do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP disponibilizou recentemente na internet a primeira base de dados brasileira de propriedades farmacocinéticas. A ferramenta, que contém informações sobre cerca de 1.200 compostos químicos, tem a função de auxiliar cientistas no planejamento e desenvolvimento de novos fármacos.

A fase farmacocinética da ação de um medicamento é essencial para que seu efeito terapêutico seja satisfatório. “Muitas vezes a gente esquece que uma molécula tem que percorrer um caminho até chegar a seu alvo no corpo humano”, afirma Adriano Defini Andricopulo, coordenador do LQMC. A farmacocinética estuda esse “caminho” que as substâncias percorrem: ou seja, como elas são absorvidas, distribuídas, metabolizadas e excretadas pelo organismo. “Por que é preciso tomar alguns medicamentos de quatro em quatro horas e outros de oito em oito horas? Por que as doses dos medicamentos variam? Muito disso está associado à farmacocinética”, completa o professor. O conhecimento desse processo é essencial para o desenvolvimento de novos fármacos. Afinal, de nada adianta a administração de uma substância que não chegará ao “local” do corpo em que deveria agir.

A base de dados desenvolvida pelos pesquisadores do IFSC, batizada de Pk/DB - Database for Pharmacokinetic Properties, é a primeira da América Latina e, segundo Andricopulo, “com essa riqueza de detalhes talvez não exista outra”. Para cada substância são disponibilizados dados sobre até sete propriedades farmacocinéticas, totalizando aproximadamente 3000 propriedades registradas no site. Esses dados foram coletados em outras bases de dados e na literatura científica, em um trabalho que durou cerca de quatro anos.

Mas a grande novidade da ferramenta, de acordo com o professor, é a possibilidade de predizer quais serão as propriedades de novos compostos químicos. Dispondo desses dados, os cientistas podem, num estágio inicial da pesquisa, ter noção da viabilidade do medicamento que estão desenvolvendo. “A maior parte dos fracassos [com a pequisa] já em fase clínica de desenvolvimento acontece porque as substâncias possuem propriedades farmacocinéticas inadequadas”, diz Andricopulo.

As propriedades farmacocinéticas dos medicamentos variam muito. Ao ingerir um comprimido de aspirina, 100% do princípio ativo do remédio é absorvido pelo intestino e 68% vai para o sangue. Já o remédio mais lucrativo de todos os tempos, o redutor de colesterol Lípitor, que rendeu R$ 12,4 bilhões à Pfizer só em 2008, tem uma absorção baixíssima. Apenas 13% da atovarstatina (princípio ativo) ingerida por via oral cai na corrente sanguínea.

Andricopulo afirma que o LQMC continuará trabalhando no desenvolvimento da base de dados, aumentando o número de compostos químicos abrangidos e desenvolvendo uma ferramenta que permita prever como uma substância será metabolizada pelo corpo humano, ou seja, como ela será transformada no organismo. O grupo pode ser contatado pelo email aandrico@ifsc.usp.br, com o professor Adriano Andricopulo.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17074-pesquisadores-cri

alimentação
Pesquisadores de HRAC e Unesp criam a carne bovina em pó
Pesquisadores da USP e da Unesp criaram a partir de cortes magros de carne bovina uma mistura protéica em pó solúvel para a dieta de pessoas que não podem mastigar alimentos sólidos, atendendo suas necessidades nutricionais. Conhecida como carne em pó, a mistura é rica em proteínas de alto valor biológico e ferro, e apresenta baixo teor de gordura saturada. Os testes do produto apontaram boa aceitação da mistura entre pacientes que fizeram cirurgias bariátricas (redução de estômago) e pós-operatório de cirurgias labiopalatinas.

A carne em pó é elaborada com cortes magros da parte dianteira e traseira de carne bovina, obtidos no abate e da desossa dos animais, para que o produto tenha o menor teor possível de gordura saturada. O processo é submetido ao controle de qualidade do Serviço de Inspeção Federal (SIF). A mistura é transfomada em pó, sem a adição de temperos, estabilizantes e corantes industrializados. De fácil manuseio, o produto se dissolve rapidamente em sopas, purês, cremes e patês.

As análises feitas na mistura mostram que ela é rica em proteínas e fonte de ferro, como a carne vermelha comum. Ao mesmo tempo, possui baixos teores de gorduras saturadas e sódio (sal). “Numa pessoa adulta, uma porção de 15 a 20 gramas de carne em pó supre as necessidades diárias de proteína animal, ao lado da ingestão de leite e ovos”, explica a nutricionista Suely Prieto de Barros, do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da USP de Bauru (mais conhecido com Centrinho), uma das responsáveis pelo projeto.

Cada 100 gramas (g) de carne em pó possui 80g de proteínas de alto valor biológico, 335 calorias e apenas 1,6 gramas de gordura. Segundo dados do Inmetro, na mesma quantidade de contra-filé grelhado sem gordura, são encontrados 2,02g e no lombo grelhado sem gordura, 3,30g. A idéia dos pesquisadores é oferecer um produto que possa ser encontrado no mercado a um preço acessível.

Aceitação
A carne em pó, que se encontra em fase experimental, passou por uma degustação coordenada por uma das pesquisadoras que participam do projeto. A mistura foi adicionada a dois tipos de sopa de legumes e servida a 32 pacientes pré e pós-operatórios de cirurgia bariátrica (redução de estômago) em Jaú (interior de São Paulo). O produto apresentou boa palatabilidade, e o sabor foi considerado leve e agradável. Também são acompanhados dois pacientes que fizeram cirurgias específicas e usam o alimento na dieta.

A mistura protéica é indicada para pacientes que apresentem quadro de disfagia orofaríngea (dificuldade de deglutir os alimentos), como nos casos de cirurgias de cabeça e pescoço, câncer (quimioterapia e radioterapia), esclerose lateral amiotrófica, acidente vascular cerebral, traumas múltiplos, Parkinson, Alzheimer, megaesôfago chagásico, entre outros. Também é recomendada nos pós-operatórios buco-maxilares e das cirurgias bariátricas, em crianças e idosos.

Uma indústria de alimentos está elaborando as embalagens e um logotipo para o produto. O alimento foi idealizado por Suely e o desenvolvimento científico teve a participação de Silvia Justina Papini-Berto, nutricionista e professora da Faculdade de Medicina da Unesp, em Botucatu, e Maria Inês do Val Maringoni Marques, nutricionista do Centrinho. As pesquisadoras tiveram a colaboração de Roberto Clemiuc e José Luiz Herrera, do Grupo Bertin, na industrialização da mistura proteica em pó.

Mais informações: (14) 8141-2222, com Suely Prieto de Barros

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 28, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10824/noticias/fapesp-e-whirlpo

NotíciasSeleções públicas apoiarão projetos de pesquisa em refrigeração e soluções tecnológicas na linha branca

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10825/especiais/transformacao-v

EspeciaisLivro aponta como cantores da escola italiana de canto, trazidos por D. João 6º ao Brasil, deram novos rumos ao trabalho de intérpretes e compositores cariocas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10826/divulgacao-cientifica/ani

Divulgação CientíficaAnálise de fósseis encontrados na China aponta que mais antigos organismos animais não teriam surgido em oceanos, como se acreditava

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10827/noticias/bahia-ganha-cent

NotíciasCentro de Biotecnologia e Terapia Celular pretende impulsionar pesquisas em doenças hepáticas, cardíacas, neurológicas e renais nas regiões Norte e Nordeste do Brasil

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10828/noticias/universidade-abe

NotíciasTermina nesta quarta-feira (29/7) o prazo para as inscrições dos cursos gratuitos para maiores de 60 anos a serem realizados na Escola de Artes, Ciências e Humanidades

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10829/agenda/clima-e-desenvolvi

AgendaSeminário na Poli-USP com ministro de Energia e Mudança Climática do Reino Unido discutirá políticas para redução das emissões de carbono

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10830/agenda/manhas-da-inovacao

AgendaCentro de Tecnologia da Informação Renato Archer, em Campinas (SP), volta a promover projeto com palestra sobre sustentabilidade nas organizações brasileiras

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/esporte-e-lazer/17075-cidade-

10 milhas
Cidade Universitária sedia etapa paulistana de corrida
No dia 2 de agosto, das 6h30 às 12 horas, a Cidade Universitária sedia uma das quatro etapas da corrida Mizuno 10 Milhas São Paulo. As demais etapas do circuito acontecem no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília.

As inscrições para interessados em participar do circuito podem ser feitas pelo site da corrida. A taxa é de R$ 40,00 para participação nas quatro etapas.

O evento conta com apoio da Secretaria Municipal de Esportes e apoia uma pesquisa desenvolvida por alunos e professores da USP e da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), denominada “Estudo do perfil inflamatório, bioquímico, fenotípico e genotípico em corredores de longa distância”.

O acesso ao campus no período do evento poderá ser feito pela portaria 1 e, excepcionalmente, pela portaria 3. A largada da corrida será dada na Praça da Reitoria. Ao todo, são 16.090 metros para modalidade individual, ou 8.045 metros para cada membro da modalidade dupla. 

Mais informações: (11) 2714-6177, site www.10milhas.com.br/sp/index.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17076-revisado-mostra

piracicaba
Mostra Da Baixa da Areia conta a vida caipira na Esalq
 
Com intenção de refletir sobre o modo de vida caipira, a mostra Da Baixa da Areia busca tratar, sob várias plataformas, a figura humana habitante dos interiores do país. A exposição, que ocorrerá entre 7 e 27 de agosto, no Museu e Centro de Ciências, Educação e Artes Luiz de Queiroz, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, comemora os 12 anos da produção artística de Elinaldo Meira no campo das artes visuais.

“Nela está a síntese de um trabalho realizado em suportes diversos, que vão da tela ao vídeo, passando pelo tecido e pela madeira e papelão”, comenta o autor, que defendeu recentemente seu doutorado na Unicamp abordando a Festa do Divino de Piracicaba. O título Da Baixa da Areia segue a linha das demais mostras realizadas por Meira, que sempre denomina um conjunto de trabalhos a partir de palavras com as quais mantém um relação afetiva. Neste caso em particular, “Baixa da Areia” era o nome do sítio do avô materno do artista, localizado no sertão baiano. “A criação do nome é da autoria dele, dado ao lugar em atribuição as areias de tons cinzas e branco características do local. Tal como aquele lugar representava o mundo para o meu avô, lugar das crenças, das esperanças, da observação da transformação; lugar das saídas dos filhos, como era também o lugar do retorno quando de tempos em tempos estes retornavam, esta mostra em muito comunga com os vários sentidos citados na perspectiva das poéticas visuais com as quais fabulo e realizo o meu trabalho”, destaca Meira.

Na prática, a mostra propõe interação entre pintura e vídeo. Assim, junto às telas, o público poderá apreciar vídeos de curta duração, que são trabalhos que assentam-se sobremaneira na música e no texto verbal e na sobreposição de imagens. Meira comenta sobre a possibilidade de trabalhar com vídeos em uma exposição de telas: “parto do ponto de vista que o vídeo hoje se constitui enquanto uma ferramenta criativa ao alcance de muitos, e de que o exercício criativo o qual pode ser realizado a partir dele não deve se limitar aos dotes do artista. Aliás o vídeo (e os vários recursos tecnológicos que dispomos para captura, de câmeras a celulares) permitem exercitar – se a pessoa estiver efetivamente aberta a isto – composição/enquadramento, observação da cor, percepção dos volumes, luz, sensibilização às formas etc”.


Segundo o artista, a temática adotada nas telas tem como grande força inspiradora a cultura e vida social caipira. “Mas não posso dizer que eu seja um fiel retratista dela, ela, a cultura caipira, me sugere caminhos, me dá pistas, e me inquieta. Pinto ouvindo música caipira”. O autor explica que durante muito anos se dedicou ao estudo da cultura caipira paulista a partir de dois enfoques: a literatura de fonte oral transmitida pelo poeta-intérprete-violeiro e às marcas visuais constituídas pelos fatos do lugar. “Em relação ao último aspecto, dediquei quatro anos à realização de um trabalho de doutorado em Artes defendido junto ao Instituto de Artes da Unicamp. Por ocasião deste trabalho, Piracicaba foi o meu lugar de observação, e carinhosamente, digo que foi o povo do lugar da Rua do Porto, mesmo sem saber da minha existência, que me presenteou com o título acadêmico”, conclui.


Por Caio Albuquerque, da Assessoria de Comunicação da Esalq

Serviço
Mostra Da Baixa da Areia
Entre 7 e 27 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas
Entrada franca
Museu e Centro de Ciências, Educação e Artes Luiz de Queiroz da Esalq
Avenida Pádua Dias, 11, Piracicaba

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17078-profissionais-

ensino
Profissionais apontam falhas em cursos de nutrição
A graduação em nutrição não dá a formação necessária para o tratamento de transtornos alimentares. Este é o pensamento de boa parte de um grupo de nutricionistas entrevistados na pesquisa de mestrado O perfil e a atuação do nutricionista no tratamento dos transtornos alimentares, desenvolvida e apresentada na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP.

O estudo foi realizado por Marina Garcia Manochio, nutricionista do Grupo de Assistência em Transtornos Alimentares (Grata) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, que trabalha com transtornos alimentares, como bulimia (ingestão de grande quantidade de alimentos seguida de indução de vômito) e anorexia (medo intenso de engordar, com grande perda de peso). Ela entrevistou nutricionistas com idade entre 29 e 52 anos, a maioria mulheres. Além disso, todos os entrevistados fizeram algum tipo de especialização na área, pois “sentiram que a graduação não foi suficiente”, explica a pesquisadora. Uma das entrevistadas no estudo afirmou: “Eu acho que a formação [...] não acontece, não temos formação para isso”.

Marina fez um estudo qualitativo e entrevistou profissionais das Regiões Sul e Sudeste. “Escolhi essas regiões porque nelas se concentram os serviços especializados no tratamento de transtornos alimentares”.

Quanto à formação, a maior queixa dos profissionais é que os cursos de nutrição não fornecem uma formação voltada para o atendimento a pacientes, eles classificam o curso como “mecanicista” e “voltado para a questão prática”. Todos concordam também que seria preciso um aprofundamento na área de psicologia abordada pelo curso, como explicou à pesquisadora um dos nutricionistas entrevistados: “o nutricionista devia aprender muito mais psicologia, mais psicoterapia, aprender a ter essa escuta, que não temos [...] saímos do curso muito técnicos”.

Segundo os entrevistados, o nutricionista que trabalha nesta área, além de embasamento teórico e prático, necessita desempenhar outras habilidades, como saber ouvir e acolher e ser firme em suas condutas. A psicoterapia foi pontuada pela maioria como algo que possibilita ao profissional ser mais aberto e acolhedor. O nutricionista também precisa saber lidar com frustração e impotência, sentimentos que geralmente emergem nesta atuação.

Tratamento
O papel do nutricionista no tratamento, como explica Marina, é “mudar a relação desse paciente com os alimentos”. Um dos entrevistados afirmou que o ganho de peso não está em primeiro plano, e que é mais crucial fazer com que o paciente tenha um bom padrão alimentar bom e equilibrado, comendo de tudo.

A pesquisadora conseguiu perceber uma linha geral no tratamento feito pelos profissionais entrevistados. Os profissionais afirmaram que a primeira aproximação vai ao sentido de descobrir o histórico do paciente, o que levou ao transtorno “primeiramente fazer uma análise geral do paciente, tentar se aproximar, o que é muito difícil no começo”. Todos usam o diário alimentar, em que o paciente escreve o que comeu em três dias da semana, escolhidos por ele e diz o que sentiu ao comer, se ele sentia fome e se saciou a fome. Outro ponto importante do tratamento é a abordagem da família, os nutricionistas opinam que “quando o paciente adoece, a família também precisa de tratamento. A maioria dessas famílias é desestruturada”.

Os entrevistados consideram, também, que a família está relacionada com a recaída do paciente de transtornos alimentares. “Segundo eles, o que favorece a recaída é uma família que não adere e um paciente que não está aberto ao tratamento”, diz Marina. Ela afirma, também, que há muitos poucos estudos sobre a recaída. “Mais ou menos 50% dos casos têm recaída, mas há pouca informação sobre isso”. Além disso, ela afirma que há poucas informações sobre a conclusão dos tratamentos de transtornos alimentares no Brasil. “Creio que seja necessário que os serviços de saúde façam pesquisas para podermos obter esses dados”. O trabalho de Marina foi orientado pela professora Rosane Pilot Pessa Ribeiro, da EERP.

Mais informações: mamanochio@yahoo.com.br


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17079-reitoria-

institucional
Reitoria emite comunicado sobre adiamento de aulas
Na noite dessa terça-feira (28), a Reitoria da USP emitiu um comunicado acerca do adiamento do início das aulas na Universidade. Leia, abaixo, o texto na íntegra.

Em observância à recomendação da Secretaria de Estado da Saúde à Secretaria de Ensino Superior, com o objetivo de reduzir a possibilidade de transmissão do vírus influenza A (H1N1), a USP, em decisão conjunta com a UNESP e com a Unicamp, comunica o adiamento do início das aulas de graduação, pós-graduação e extensão para o dia 17 de agosto. Posteriormente, os calendários escolares deverão ser reformulados.

Ademais, a USP, através da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, informa também o cancelamento da quarta edição da Feira de Profissões, que seria realizada nos dias 4, 5 e 6 de agosto, no Memorial da América Latina.

São Paulo, 28 de julho de 2009.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 29, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10831/especiais/definicao-inedi

EspeciaisPrimeira transmissão de cinema em superalta definição da América Latina para os Estados Unidos e Japão ocorrerá na quinta-feira (30/7), na capital paulista, por meio da rede KyaTera do Programa Tidia, da FAPESP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10832/noticias/interesse-no-eta

NotíciasGregory Ballard, prefeito de Indianápolis (EUA), visita a FAPESP para conhecer as iniciativas científicas que tornaram o Brasil pioneiro no uso de bioenergia em larga escala

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10833/divulgacao-cientifica/esc

Divulgação CientíficaEstudo verifica que falta de luz solar está associada à redução de funções cognitivas entre pessoas com depressão

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10834/noticias/lancada-revista-

NotíciasPublicação eletrônica organizada por alunos da pós-graduação em antropologia social da UFSCar traz artigos, entrevista, relatos de pesquisa e resenhas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10835/noticias/curso-de-ciencia

NotíciasUFRJ inaugura Curso de Extensão em Biociências para Surdos, que terá aulas diárias e duração de um ano

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10836/agenda/49-congresso-brasi

AgendaEvento em Águas de Lindoia (SP) discutirá “Água na horticultura: novas atitudes e uso sustentável”

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10837/agenda/4-feira-de-profiss

AgendaEvento na capital paulista apresentará detalhes sobre a formação profissional dos mais de 230 cursos de graduação oferecidos pela universidade

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17080-professor-da-u

pós-graduação
Professor de universidade israelense ministra disciplina na FFLCH
A Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP convida, neste semestre, o professor Cyril Aslanov, do International Center for University Teaching of Jewish Civilization, da Universidade Hebraica de Jerusalém, para ministrar a disciplina de pós-graduação "Identidade linguística e identidade judaica".

Ministradas em português, as aulas acontecem em agosto e setembro, às terças e quintas-feiras, das 14 às 18 horas, no edifício das Letras.

Além dos alunos pós-graduandos, a disciplina também receberá demais interessados, que deverão se inscrever como ouvintes pelo telefone (11) 3813-6528 ou pelo email cejudaic@usp.br.

A FFLCH fica na Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3813-6528, email cejudaic@usp.br, site https://sistemas.usp.br/fenixweb/fexTurmaDet?sgldis=FLO5906&ofe=1

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17081-concurso-

emprego
Concurso seleciona profissionais de saúde e segurança do trabalho
A USP está com inscrições abertas para concurso público. São cinco vagas para médico do trabalho (quatro em São Paulo e uma em São Carlos), duas vagas em São Paulo para técnico de enfermagem do trabalho, e uma vaga também na capital para engenheiro de segurança do trabalho.

As inscrições devem ser feitas até o dia 7 de agosto, pelo site do Departamento de Recursos Humanos da USP, clicando em "Vagas", depois em "Funcionários" e, por fim, em "Editais de abertura".

Mais informações: (11) 3091-3359 / 3571 / 1516, site www.usp.br/drh

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17083-fipecafi-real

Negócios
Fipecafi realiza curso de curta duração sobre gestão de impostosA Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, abriu inscrições para o curso de curta duração Gestão de Impostos, que acontecerá nos dias 8 e 15 de agosto, das 9 às 18 horas, na sede da fundação.

Direcionado a profissionais de empresas de diversos segmentos, analistas, consultores, empreendedores, e estudantes, o curso oferece aos participantes uma possibilidade de avaliação e gestão de impostos, em níveis federal, estadual e municipal, por meio de técnicas atualizadas de cálculo e monitoramento e de acordo com a legislação vigente.

O professor Nelson Bruxellas ministrará as aulas, e abordará os seguintes tópicos: novas sistemáticas de apuração de impostos como IR, IPI, CSLL, PIS, Cofins, CPMF, ICMS e ISS, regimes de tributação (simples, lucro presumido, lucro real e retenção na fonte), cálculos de margem e mark up e substituição tributária de ICMS.

O valor do curso, com material didático e certificado incluídos, é R$ 1.040,00. As inscrições podem ser feitas pelo site da fundação.

A Fipecafi fica na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

Com informações da assessoria de imprensa da Fipecafi

Mais informações: (11) 2184-2045/ 2046, email educacao.executiva@fipecafi.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17077-revisado-revis

Divulgação
Periódicos feitos na USP disseminam conhecimento e avanços da ciência
 
Imagine que cada cientista vivesse isolado em seu laboratório, sem contar para ninguém o que está tentando fazer, suas técnicas e os resultados aos quais chegou. Certamente seria um mundo em que os avanços da ciência, em todas áreas, não se dariam em nem sequer uma fração da velocidade em que ocorrem hoje – por vezes até espantosa. Isto aconteceria porque é praticamente impossível fazer ciência sem divulgação e interação.

Publicando artigos em que pesquisadores expõem seus trabalhos, métodos e resultados, os periódicos científicos estão inseridos nesta dinâmica. E muitas unidades da USP - pólos da ciência nacional - mantêm suas próprias revistas, tanto para divulgar a produção interna, quanto para receber contribuições de outras universidades.

Os ingredientes (para uma boa publicação e um bom artigo)
Foco é uma qualidade é fundamental para uma revista científica, na opinião do professor Luís Reynaldo Ferracciú Alleoni, editor-chefe da Scientia Agricola, publicação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq). “Uma revista sem foco fica complicada demais para o público leigo e simples demais para o público especializado”, afirma. No caso da revista que Alleoni coordena, a receita tem dado certo: Scientia foi considerada, em 2007, a mais impactante na área de ciência agrária dentre as presentes na base de dados Web of Science, uma das mais importantes do mundo científico.


A Scientia Agricola tem vida longa: desde 1944, mas com o nome de Anais da Esalq. Com o passar do tempo, sua linha editorial também foi mudando, se tornando mais abrangente. De textos exclusivamente feitos na Escola, agora a revista publica a maioria de seus artigos (entre 75% e 80%) de fora da USP. Para Alleolli, essa variedade contribui para a crediblidade de uma publicação. “Um outro atributo de qualidade de uma revista é ela não ser ‘caseira’”. Seguindo o mesmo raciocínio, a comissão editorial da revista, que faz a primeira triagem do que será publicado, também é híbrida, contando com pesquisadores de países diversos.

Após essa primeira avaliação, os trabalhos seguem para pareceristas “bem rigorosos”. Esse rigor se deve à grande procura que a revista tem para a publicação de artigos, em razão do prestígio obtido com os índices do Web of Science, e também porque é grande hoje a cobrança no meio acadêmico para que todos os pesquisadores publiquem artigos.

No caso de Scientia, cerca de metade dos trabalhos que vão parar nas mãos dos pareceristas não são aprovados. Para ser aceito, o trabalho precisa ser “mais abrangente, menos localizado”, e trazer alguma novidade. “Vários artigos não são aceitos não porque são mal feitos, mas porque não agregam conhecimento. Queremos algo que não seja uma repetição de algo que já foi feito”, explica o professor.

Suor, revolta e resultado
“A gente sonha com a revista, dorme com a revista, respira a revista”, afirma a editora científica da Revista da Escola de Enfermagem da USP, Maria Júlia Paes da Silva. “É um trabalho que não tem fim”, desabafa. “Para mim, que sou docente, é quase uma loucura”, afirma a professora que, além de cuidar do periódico, leciona na EE, supervisiona estágios e atua como pesquisadora.

Trimestral, a publicação traz 40% dos artigos científicos de autoria de alunos de graduação, pós-graduação e docentes da EE e 60% de trabalhos feitos fora da USP. A editora considera essa iniciativa um “trabalho social”, pois, muitas vezes, instituições de outros estados não têm seus trabalhos divulgados.

Como em Scientia, todos os artigos da Revista passam por pareceristas, que são doutorados e especialistas nas áreas abordadas. E grande parte das vezes, o trabalho volta para o autor, pois precisa atender a uma série de critérios. Maria Júlia considera isso um “trabalho pedagógico”. No entanto, alguns pesquisadores se revoltam com a rejeição de seu artigo. “Meu anjo da guarda deve ser forte”, brinca. “Muitas pessoas não entendem que tudo é feito com a maior neutralidade possível”.

Mas, apesar do “suor” e dos percalços, a editora sabe que o trabalho de manter um periódico científico vale muito a pena: dá maior visibilidade não só à unidade em que é feito, como também à área de pesquisa que aborda - no caso, a enfermagem.


Periódico também é extensão
Há alguma diferença entre um periódico ligado a um museu e os das unidades convencionais de ensino e pesquisa? Para Paulo César Garcez Marins, editor de Anais do Museu Paulista, sim. Apesar de todas as unidades da Universidade estarem de alguma forma embasadas no tripé pesquisa-ensino-extensão, nos museus a parte de extensão, ou seja, o que é voltado diretamente para a sociedade, tem ainda mais destaque. E isso se reflete na revista. “Na sessão ‘Museus’, por exemplo, muitos artigos descrevem experiências práticas e trajetórias destas instituições, que são por natureza voltadas a um público mais amplo”, conta.

Com a tarja de mais antiga revista científica de uma unidade da USP (criada em 1922), a Anais tem história. E também fala de história, mas de um ponto de vista particular. “A nossa proposta atual, que acompanhou as transformações no papel do próprio Museu ao longo do tempo, é a de divulgar trabalhos científicos que tenham como tema as relações entre história e cultura material”. E as “expressões materiais da cultura” podem incluir desde artefatos, objetos do cotidiano, e obras de arte até “objetos” num sentido mais amplo, como uma fazenda ou uma cidade.

Como seria de se esperar, a interdisciplinaridade de Anais também é característica marcante, publicando contribuições de museólogos, historiadores, historiadores da arte, arquitetos, restauradores e conservadores. O periódico recebe artigos em fluxo contínuo, durante todo o ano, sejam avulsos, sejam dossiês. Um dos destaques é a sessão “Debates”, em que o texto de um pesquisador é comentado por outros, e o autor tem, na mesma edição, a oportunidade de réplica.

A seleção dos textos segue os padrões costumeiros dos periódicos científicos: os trabalhos passam por uma comissão interna de publicação e também por um conselho ad hoc (externo). Anais já está indexada em bases online nacionais e também internacionais. Na opinião de Paulo César, a indexação online dá a um periódico muitos ganhos em repercussão e circulação.

O editor também ressalta o fato de Anais estar entre as três únicas revistas no país que abordam cultura material a serem publicadas regularmente – sendo que as outras duas, Anais do Museu Histórico Nacional e Musas (do Ministério da Cultura), não são diretamente ligadas a uma universidade.

Por esse, entre outros motivos, ele enfatiza o respeito com que a equipe da revista encara o trabalho que realiza, afinal, “manter a cada número a qualidade de um periódico tão antigo e importante como este é uma grande responsabilidade.”

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17085-leitura-para-idos

humanização
Pacientes idosos do IOT, do Hospital das Clínicas, ouvem e contam histórias
Uma atividade de humanização hospitalar implantada no Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) desde abril deste ano tem estimulado os pacientes com mais de 60 anos internados no Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT). Trata-se da contação de histórias e do incentivo à leitura, iniciativas que, muitas vezes, acabam por levar os pacientes a relembrarem as suas próprias histórias, sua juventude e vivências.

A idéia é da Equipe da Brinquedoteca do IOT, com apoio do Comitê de Humanização do Instituto, coordenado pela terapeuta ocupacional Thais dos Reis Olher. Ela teve a idéia de implantar o projeto e orientou uma das recreacionistas do Instituto, Alexandra Cavalcanti, para que ela fizesse o curso Biblioteca Viva. Trata-se de um programa desenvolvido desde 1995 pela Fundação Abrinq em parceria com o Citigroup, com apoio do Ministério da Saúde, que tem o objetivo de fazer a “mediação” de histórias para o público infantil. “Mas logo em seguida, o grupo Viva e Deixe Viver, voltado para a infância e adolescência, começou a trabalhar com as crianças do Hospital. Então, para não repetir a mesma atividade, pensamos que poderíamos adaptar os conhecimentos adquiridos no curso Biblioteca Viva para o público da terceira idade”, conta Thaís. Segundo ela, existia uma demanda no sentido de oferecer alguma atividade recreativa aos internos desta faixa etária.

Uma vez por semana, Alexandra visita as enfermarias do IOT e se apresenta aos pacientes com mais de 60 anos, explicando como funciona o trabalho. Então ela pergunta se eles querem ouvir alguma história. Em caso positivo, o paciente escolhe se quer que ela conte ou se prefere ele mesmo ler o livro. “Em alguns casos, deixamos o livro com o paciente, que na semana seguinte faz comentários sobre a história”, afirma Thais. A atividade é voltada especificamente para o público da terceira idade, mas muitas vezes há um paciente mais jovem no quarto. Nesse caso, ele também é convidado a participar.

Segundo Thais, o resultado é muito bom, pois estimula muito o paciente idoso. Muitas vezes ao ouvir as histórias, ele acaba lembrando de acontecimentos que viveu na juventude, ou de hobbies que exerceu ou acaba associando com algo muito próximo e familiar. Então, é comum que eles não apenas ouçam, mas também contem suas próprias histórias de vida. Há ainda aqueles que acabam percebendo que já leram aquele livro. “Muitos deles acabam retomando o hábito da leitura, por vezes abandonado há alguns anos”, aponta.

A terapeuta ocupacional lembra que a terceira idade é a faixa etária mais suscetível a quedas e fraturas, motivos que ocasionam a maioria dos internamentos no IOT. “Então essa atividade ajuda os pacientes a amenizarem a internação, já que eles não conseguem esquecer que estão internados, e a tristeza que muitos sentem por estarem com problemas de saúde. Ao relembrar sua própria história, o paciente idoso, apesar de estar fragilizado, muitas vezes com fraturas, percebe que tem um lado saudável ligado a suas memórias de vida”, afirma Thais.

Livros, revistas e bíblia
Os livros utilizados na atividade vão desde “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, passando por “Marcelo, Marmelo, Martelo”, de Ruth Rocha, até obras de grandes autores, como Érico Veríssimo. Thais explica que a proposta original é usar livros menores, de 20 a 30 páginas, com muitas ilustrações. Se o paciente gostar, o grupo oferece outra obra com um número maior de páginas para que ele leia até a semana seguinte. Há livros sobre os grandes mestres da pintura (que trazem muitas ilustrações) e sobre personagens de Walt Disney.

“Já tivemos pacientes que perguntaram se tínhamos a Bíblia. Havia um exemplar conosco e deixamos com eles”, conta. O grupo também dispõe de revistas de assuntos diversos, desde carros, semanais, de informação, para o público adolescente e até revistas de fofoca. Todo o material é fruto de doação de pacientes e funcionários. São realizados, segundo Thaís, cerca de 50 atendimentos por mês.

Thais comenta que essa atividade fez com que um paciente contasse toda a sua trajetória de internação dentro do Hospital das Clínicas. “Ele falou sobre todos os setores que já havia passado no HC e os motivos das internações. Por fim, disse que o melhor lugar que havia ficado tinha sido o IOT”, afirma. Segundo ela, uma das idéias do grupo, para o futuro, é passar a anotar essas histórias para publicá-las, seja interna ou externamente. “Mas por enquanto ainda estamos estudando essa possibilidade, firmando mais o projeto, para empreender a iniciativa”, finaliza a terapeuta ocupacional.

Mais informações: (11) 9602-0652 ou email humanizacao.iot@hcnet.usp.br, com Thais dos Reis Olher

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/17086-laboratorio-

sistemas
Laboratório da Poli certifica máquinas de pagamento eletrônico
Garantir a segurança dos pagamentos eletrônicos é a meta do convênio firmado entre o LSI-TEC e a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Por meio de seu Laboratório de Certficação, o LSI-TEC recebeu o credenciamento da Associação para testar e certificar terminais de pagamento com cartões e reduzir o risco de fraudes. A atividade conta com o apoio e a supervisão do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica (Poli) da USP.

O trabalho de certificação envolve a verificação dos requisitos de segurança de equipamentos Point-Of-Sales (POS) e Personal Identification Number Pad (Pinpad), adotados para captura de senha e realização de pagamentos eletrônicos em estabelecimentos comerciais. “O Laboratório irá atestar se o aparelho cumpre todos os requisitos e se não apresenta possibilidade de ser fraudado”, conta Adilson Guelfi, gerente técnico do Laboratório de Certificação. “Caso não sejam identificados problemas, é emitido um laudo de certificação”.

O crescimento das transações com cartão e um cenário de fraudes e ataques físicos, inclusive a instalação de dispositivos para roubo de senhas, motivou a implantação de mecanismos de certificação. “O padrão de segurança adotado em todo o mundo para os terminais de pagamento é o Payment Card Industry - PIN Entry Devices (PCI-PED), criado nos Estados Unidos”, explica Edson Alonso, do LSI-TEC. “Para fazer uma certificação adequada às condições brasileiras, foram criados requisitos específicos para aprimorar o padrão internacional”.

Segurança
O professor Marcelo Zuffo, da Poli, supervisor científico do Laboratório de Certificação do LSI-TEC, aponta que o número de pagamentos por meios eletrônicos no Brasil é, proporcionalmente, um dos mais altos do mundo. “Essa expansão levou à criação de um sistema sofisticado, que necessita de requisitos próprios de segurança”, ressalta.

Adilson Guelfi acrescenta que os bancos e as empresas que administram bandeiras de cartões de débito e crédito reservam grandes parcelas de seus orçamentos para o combate a fraudes. “Se há ameaça de violações, também ocorre o risco de perda de confiança na instituição, por isso a necessidade de investimentos”, alerta.

O LSI-TEC é uma entidade sem fins lucrativos que faz prestação de serviços tecnológicos. “Ela foi criada para reduzir a distância entre universidade e sociedade”, afirma o professor Zuffo. Em 2002, com a entrada em vigor da legislação brasileira de certificação digital (Norma Regulamentadora 36), o LSI-TEC implantou a pedido do governo federal um Laboratório de Ensaios e Auditorias (LEA) para validar e auditar sistemas de certificação.

Mais informações: (11) 3091-5661

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17089-coseas-divulga-ca

informações
Coseas divulga cartilha sobre a gripe suína
A Coordenadoria de Assistência Social (Coseas) da USP divulgou, nessa quarta-feira (29), uma cartilha contendo informações e esclarecimentos sobre a gripe A(H1N1), conhecida como gripe suína.

Veja o arquivo, em formato Power Point, na íntegra, aqui.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17090-usp-vai-o

Internacional
USP vai oferecer 50 bolsas de pós-graduação a estudantes chilenosNa quinta-feira (30), às 15 horas, a USP assinará acordo de cooperação com o Ministério de Educação do Chile para implementar um programa de bolsas de estudo destinado a receber 50 estudantes chilenos de pós-graduação. O acordo terá duração de cinco anos e pretende estabelecer um novo programa de bolsas de estudos e de formação de capital humano avançado entre a USP e o Chile para a realização de doutorado, pós-doutorado e doutorado-sanduíche.

A cerimônia, que acontecerá no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, terá a presença de Michelle Bachelet, presidente do Chile, que está em visita ao Brasil para assinar acordos bilaterais. Representarão a USP o vice-reitor Franco Maria Lajolo e o pró-reitor de pós-graduação, Armando Corbani Ferraz. Pelo Chile, estarão presentes a ministra de Educação, Mônica Jiménez de la Jará, e a presidente da Comissão Nacional de Investigação Científica e Tecnológica do Chile, Vivian Heyl Chiappini.

Mais informações: (11) 3091-3220 / 3300

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/tecnologia/17091-poli-partici

novidade
Poli participa de transmissão de filme no inovador padrão 4K
Em uma ação pioneira para o cinema digital na América Latina, o Brasil transmitirá o primeiro longa-metragem no padrão 4K (8.000.000 de pixels) para três países simultaneamente e em tempo real durante a décima edição do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE). A transmissão ocorrerá nesta quinta-feira (30), às 19 horas, no Teatro Sesi, em São Paulo, e a Escola Politécnica (Poli) da USP é uma das entidades participantes do projeto.

O filme "Enquanto a Noite não Chega", com direção de Beto Souza e Renato Falcão, será transmitido para a Universidade da Califórnia em San Diego e para a Universidade de Keio, no Japão, em super alta definição. A tecnologia 4K (4096 X 2160 pixels) apresenta uma resolução 4 vezes maior que a televisão em alta definição (HDTV) e 24 vezes maior que a TV padrão.

Para evitar atrasos, já que a sua transmissão ocupa uma banda de 800 Mbps por canal, a comissão organizadora do evento no País está utilizando comutação de circuitos camada 2 desde a origem (São Paulo) até os destinos (Universidades da Califórnia e Universidade de Keio), por meio da rede Kyatera que suporta taxas de até 10 gigabits.

A transmissão do longa metragem foi organizada pela Universidade Prebisteriana Mackenzie em parceria com a USP, representada pelo  Centro de Computação Eletrônica (CCE) e pelo Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) da Escola Politécnica (Poli), além da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), rede Kyatera da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), e suporte da Brocade - Foundry, Padtec, Sony e Telefônica.

A professora Tereza Cristina Carvalho, diretora do CCE e diretora técnica do LARC, coordena a participação da USP no evento.

Na sexta-feira (31), ocorrerá um debate por videoconferência de alta definição com pesquisadores brasileiros e de ambas universidades estrangeiras que participam do projeto, utilizando a infra-estrutura do projeto IPTV da USP.

Fonte: Assessoria de Comunicação do LARC

Mais informações: (11) 3091-6328, com a professora Tereza, ou (11) 3091-6431, com Lígia. Site http://www.file.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 30, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10838/especiais/pontape-inicial

EspeciaisCom equipamento de última geração, cientistas ligados ao Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN) começam a decifrar código genético da cana-de-açúcar. No primeiro teste, aparelho gerou mais de 11 vezes os dados obtidos nos dois anos do Projeto Genoma Cana

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10839/especiais/mais-controle-e

EspeciaisInpe desenvolve novo sistema de vigilância por satélite para monitorar o desflorestamento causado pela exploração seletiva de madeira em florestas brasileiras

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10840/divulgacao-cientifica/rec

Divulgação CientíficaEm artigo na Nature, cientistas descrevem como conseguiram modificar células humanas e animais para produzir gordura marrom, que queima calorias e pode atuar contra a obesidade

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10841/noticias/sao-paulo-dara-e

NotíciasGoverno e Prefeitura lançam programa Jovem Tec, que oferecerá estágios em tecnologia da informação e comunicação

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10842/noticias/sao-paulo-no-sib

NotíciasEstado passa a integrar o Sistema Brasileiro de Tecnologia, que prevê R$ 6 milhões de investimentos para serviços de suporte tecnológico às micro e pequenas empresas

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10843/agenda/1-expo-extensao-da

AgendaDezenas de projetos de extensão universitária serão apresentados em Botucatu

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10844/agenda/defesa-integridade

AgendaAssunto será debatido no Instituto de Física de São Carlos da USP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17093-jornada-discute-t

câncer
Jornada discute tumores urológicos em Ribeirão Preto
No dias 31 de julho e 1º de agosto, acontece a segunda edição da Jornada de Uro-oncologia de Ribeirão Preto, às 19h40, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. Estarão em discussão temas como os tumores de próstata, que atingiram 49 mil brasileiros no ano passado, e os de pênis, que provocam cerca de mil amputações por ano no Brasil.  

No dia 1°, acontecerão módulos especiais sobre qualidade de vida. Segundo o coordenador do evento, o médico Rodolfo Borges dos Reis, serão abordados desde o manuseio dos efeitos colaterais medicamentosos até os aspectos psicológicos, nutricionais e físicos dos pacientes, incluindo os cuidados paliativos disponíveis e necessários.

As inscrições devem ser feitas presencialmente, no dia do evento. A taxa é de R$ 200,00 para médicos sócios da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC); R$ 400,00 para não-sócios; R$ 150,00 para pós-graduandos e residentes; e R$ 120,00 para graduandos e outros profissionais.

O Centro de Convenções de Ribeirão Preto fica na Rua Bernardino de Campos, 999.  O evento é promovido pelas Divisões de Urologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e da Unicamp.

Mais informações: (16) 3967-1003, site www.uro-oncologia.com.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17092-cancelada

Comunicado
Cancelada a realização da quarta Feira de Profissões da USPA Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP emitiu um comunicado sobre o cancelamento da quarta Feira de Profissões em decorrência da possibilidade de transmissão do vírus influenza A (H1N1). Leia, abaixo, o texto na íntegra.

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, em observância às recomendações da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo e Organização Mundial de Saúde, comunica o cancelamento do evento IV Feira de Profissões, que seria realizado nos dias 4, 5 e 6 de agosto, no Memorial da América Latina. Com 11 mil participantes já inscritos e a expectativa de 16 mil visitantes, da Grande São Paulo e do interior do estado, decidiu-se pela não realização do evento, com o objetivo de reduzir a possibilidade de transmissão do vírus influenza A (H1N1).

Prof. Dr. Ruy Alberto Corrêa Altafim

Pró-Reitor de Cultura e Extensão Universitária

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/educacao/17094-fe-promove-cur

extensão
Curso da FE incentiva educação física a se adequar a elementos socioculturais
 
Nem todas as crianças ou jovens gostam de futebol, vôlei, handebol ou basquete. Mas, não raro, são obrigados a aprender as técnicas e a participar de jogos na escola – o que pode criar desinteresse pela atividade física em geral. Este é apenas um exemplo da importância de incentivar e discutir novas possibilidades de práticas corporais em educação física, objetivo do curso de extensão Cultura corporal: fundamentação e prática pedagógica, que acontece a partir de 21 de agosto na Faculdade de Educação (FE) da USP, e que já tem as inscrições abertas.

O curso surgiu a partir de estudos do Grupo de Pesquisa em Educação Física Escolar da FE, que trabalha com escolas da rede estadual e municipal, analisando propostas diferentes em práticas corporais. Os participantes terão a oportunidade de assistir a palestras de docentes convidados que trabalham com currículos diferenciados em educação física e de analisar e discutir projetos já existentes.

Educação física e diversidade
Considerando que as sociedades se mostram cada vez mais heterogêneas, Marcos Garcia Neira, professor responsável pelo curso, defende que as propostas e práticas pedagógicas, inclusive em educação física, precisam se atualizar e se adaptar.

Na opinião do professor, a educação física pode funcionar como um instrumento de distinção – mas não de exclusão – no sentido de adaptar as práticas culturais e corporais de uma comunidade no currículo escolar. “A escola hoje funciona em um modelo democrático que recebe a todos. Portanto, deve valorizar e contemplar as diferenças”, afirma.


Segundo Neira, os currículos são basicamente iguais em todas as escolas de todos os lugares, e “correspondem a um modelo de sociedade que hoje estamos reconstruindo”. Nesse contexto, então, seria preciso trabalhar com uma perspectiva cultural, fugindo da lógica que se limita a futebol, basquete, handebol e vôlei – esportes brancos e euroamericanos.

“A educação física escolar não pode ser igual às aulas da escolinha de futebol, aonde vão aqueles que se interessam pelo esporte”, afirma o professor da FE. “Claro que esses esportes não devem ser excluídos, afinal também são manifestações culturais e os alunos precisam conhecê-los. Mas aprender a jogá-los não deve ser uma obrigação”.

Professor Marcos Garcia Neira
Neira defende a adoção de modalidades variadas dentro do vasto campo da prática corporal – brincadeiras, esportes, luta, dança e ginástica. O professor explica que, ao contrário do senso comum acerca da educação física, o video game, a pipa, a capoeira, o jogo de damas, os carrinhos e as bonecas, o skate, o surfe, a bocha e o arborismo, por exemplo, podem ser perfeitamente introduzidos no currículo escolar, desde que haja abordagem teórica e adaptações necessárias ao espaço físico da escola. “Antes da prática corporal, a turma precisa conhecer não só as regras, como também o contexto daquilo que vai praticar, de forma a criar algum tipo de relação com a prática”, explica.

Ele cita, ainda, a necessidade de se abordarem as modalidades paraolímpicas como forma de inclusão. “A criança especial frequenta a escola, mas não tem a chance de praticar atividades físicas nas aulas nem de conhecer as modalidades de inclusão”, explica o professor. “Da mesma forma, os alunos que não portam deficiência precisam aprender sobre esse tipo de prática”.

Serviço
Com início em 21 de agosto, curso de extensão Cultura corporal: fundamentação e prática pedagógica tem carga horária de 30 horas. As aulas acontecem quinzenalmente, às sextas-feiras, das 19h30 às 23 horas, na Faculdade de Educação da USP (Av. da Universidade, 308, Cidade Universitária, São Paulo). Os professores responsáveis são Marcos Garcia Neira e Mário Luiz Ferrari Nunes.

O curso é gratuito e as inscrições podem ser feitas na Seção de Apoio Acadêmico da FE (sala 19 do bloco B).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-3574 ou pelo site www3.fe.usp.br/secoes/inst/novo.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17095-inscricoes-para-c

Saúde Pública
Inscrições para congresso sobre saúde da criança e do adolescente vão até sexta-feira (31)
A Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP promove, a partir desta quinta-feira (30), o primeiro Congresso Internacional de Saúde da Criança e do Adolescente. A programação completa do evento está disponível no site da FSP.

Ainda há vagas para o congresso, que acontecerá na Escola de Enfermagem (EE) da USP, e cuja conferência de abertura será realizada às 18 horas. Os interessados podem inscrever-se até sexta-feira (31), no local do evento. A taxa de inscrição é de R$ 300,00, para profissionais, e R$ 200,00 para estudantes, que devem levar comprovante da situação estudantil.

A EE fica na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419, Cerqueira César, São Paulo, próximo ao metrô Clínicas.

Mais informações: (11) 3061-7705, email cdh.fsp@gmail.com, site www.fsp.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17097-fipecafi-ofer

Negócios
Fipecafi oferece curso preparatório para exame de certificação ANBID - Série 10A Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), ligada à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP realiza, a partir de 11 de agosto, o Curso Preparatório Certificação Anbid CPA-10. O objetivo é capacitar os profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento, junto ao público investidor em agências bancárias e centrais de atendimento, a prestar o Exame de Certificação ANBID - Série 10.
 
O curso, que será ministrado pelos professores Eduardo Vieira e Rodrigo Barbone, é voltado para profissionais de agências bancárias, centrais de atendimento, cooperativas de crédito que possuem contato direto ou à distância com investidores na comercialização de produtos de investimento e estudantes. No conteúdo programático estão previstos os seguintes tópicos: Sistema Financeiro Nacional; Ética e Regulamentação; Noções de Economia e Finanças; Princípios de Investimento: Conceitos; Fundos de Investimento e Demais Produtos de Investimento.

O valor total do curso é R$ 1.290,00, com material didático e certificado incluídos. As inscrições podem ser realizadas no site da fundação.

A aulas acontecerão na sede da Fipecafi, que fica na Rua Maestro Cardim, 1170, Bela Vista, São Paulo.

Com informações da assessoria de imprensa da Fipecafi

Mais informações:  (11) 2184-2045 / 2046, email educacao.executiva@fipecafi.org

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17096-na-estacao-cie

física
Na Estação Ciência, palestra ensina a projetar materiais
No dia 8 de agosto, às 15 horas, acontece na Estação Ciência (EC) da USP a palestra "Estudando e projetando materiais com computador", do ciclo Física para Todos, com a professora Kalie Coutinho, do Instituto de Física (IF) da USP. Na palestra, serão apresentados de forma acessível príncipios físicos e recursos computacionais que ajudam cientistas a compreenderem algumas propriedades dos materiais.

Interessados devem se inscrever pelo site do Física para Todos, que disponibiliza também a programação completa do ciclo, com sinopses.

A EC fica na Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo.

Mais informações: (11) 3673-7022, site http://itec.if.usp.br/~ccultext/fpt/fpt1sem2009.html

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17098-emaranhamento-

óptica
Emaranhamento de luz permite transmitissão de informações
No Instituto de Física (IF) da USP, uma pesquisa analisou as propriedades quânticas dos feixes de luz intensos e demonstrou a existência de um emaranhamento das emissões, que permite a transmissão de informações. Vencedora de dois prêmios no Brasil, a pesquisa do físico Alessandro Villar contribuirá para avanços futuros na computação e criptografia quânticas, permitindo o desenvolvimento de computadores com maior capacidade e o aumento da segurança na transmissão de informações.

O ponto de partida do estudo foi um sistema conhecido na óptica quântica, o Oscilador Paramétrico Óptico (OPO), um tipo de laser no qual foram analisadas as propriedades da luz. “A óptica quântica possui propriedades que não podem ser explicadas pelas leis da óptica clássica”, aponta o físico. “Na teoria clássica, a luz se comporta como uma onda, enquanto no modelo quântico se introduz o conceito de partículas de luz, os fótons”.

Enquanto na física clássica, os feixes de luz intensos produzidos por lasers são independentes, na teoria quântica eles apresentam uma forte co-relação. “Essa interação, conhecida como emaranhamento, acontece na intensidade e na fase do laser, no nível dos fótons”, conta Villar. “Se um laser tem maior intensidade, é acompanhado pelo outro”.

A pesquisa mostra que a co-relação não depende do local que ocorrem as emissões, e que não há um valor pré-definido para a intensidade da luz, que só existe quando é medida. “O emaranhamento possibilita a transferir informações, o que pode ser aplicado em redes quânticas”, ressalta o físico, que realiza pós-doutoramento no Instituto Max Planck para a Ciência da Luz, Universidade de Erlangen-Nurembergue (Alemanha).

Aplicações
As conclusões da pesquisa sobre emaranhamento vão contribuir com os estudos sobre assuntos fundamentais da física quântica, como as perdas. “Também há perspectivas de aplicação tecnológica nos próximos anos, relacionada a manipulação da informação feita pela mecânica quântica, especialmente nas áreas de criptografia e computação quânticas”, prevê o pesquisador.

Na área de computação, Villar aponta que o sistema quântico permitiria fazer análises de informações que necessitam de uma grande quantidade de recursos computacionais. “Na área de farmácia, por exemplo, seria possível estudar a conformação de uma molécula de proteína muito extensa”, afirma. “Esses cálculos serão feitos por computadores com mais de 1.000 Qbits, unidade de medida adotada na computação quântica, que ainda não foram desenvolvidos”.

Em criptografia, o atual sistema de chaves públicas, adotado no trânsito de informações em transações bancárias, por exemplo, poderá ser substituído por uma chave criptográfica quântica. “Essa chave, randômica, seria distribuída a todos os usuários”, explica Villar. “A distribuição permitiria uma comunicação segura e sem quebras”. O físico ressalta que o desenvolvimento dessas aplicações tecnológicas ainda deve levar, no mínimo, de 10 a 20 anos.

A pesquisa de Villar, descrita em sua tese de Doutorado, teve a orientação do professor Paulo Alberto Nussenveig, do IF. O trabalho foi premiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão do Ministério da Educação, e pelo Instituto Paulo Gontijo (IPG) como melhor tese nas áreas de física e astronomia em 2008. O estudo também recebeu o prêmio José Leite Lopes, concedido pela Sociedade Brasileira da Física (SBF).

Mais informações: alessandro.villar@mpl.mpg.de

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

Julho 31, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10845/especiais/coronavirus-em-

EspeciaisFontes potenciais para transmissão de doenças para o homem, os morcegos também são hospedeiros de coronavírus, que podem causar problemas intestinais, respiratórios e até mesmo cerebrais, aponta pesquisa

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10846/especiais/chamada-fapesp-

EspeciaisPropostas para nova chamada do Instituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research serão recebidas até o dia 4 de setembro

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10847/divulgacao-cientifica/men

Divulgação CientíficaEstudo internacional publicado na Science destaca que medidas para controle da pesca excessiva estão surtindo efeito e indicam caminho para recuperação de estoques em risco de esgotamento

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10848/noticias/bolsa-de-pd-em-i

NotíciasProjeto Temático apoiado pela FAPESP no Instituto Butantan tem vaga para pós-doutoramento em pesquisa ligada ao desenvolvimento de vacina antipneumocócica

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10849/noticias/morre-hercilio-r

NotíciasVice-diretor do Instituto de Física da USP e um dos principais especialistas brasileiros em magnetismo era coordenador do Projeto Temático “Materiais Magnéticos Avançados”, apoiado pela FAPESP

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10850/agenda/9-simposio-brasile

AgendaEvento, que será realizado em São Paulo, reunirá 160 especialistas para apresentar estudos sobre as técnicas mais avançadas para tratamento da dor

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www.agencia.fapesp.br/materia/10851/agenda/5-simposio-de-oleo

AgendaCultivo de plantas aromáticas, processos e aplicações nos segmentos agropecuário, agroindustrial, químico, farmacológico e cosmético são temas do evento, que ocorrerá entre 3 e 6 de novembro, no Rio de Janeiro

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17100-tv-usp-e-hctv-f

tv a cabo
TV USP e HCTV firmam parceria em programa sobre saúde
Em parceria com a HCTV, produtora de televisão do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), a TV USP exibirá, a partir de 11 de agosto, o programa HCTV em Revista, com notícias, entrevistas e curiosidades sobre o universo da saúde com base no conhecimento dos profissionais do HC, o maior complexo hospitalar da América Latina.

Semanal e com meia hora de duração, o programa trará uma mostra do que é produzido diariamente pela HCTV. O canal, que já é exibido pela internet em alta definição no site da HCTV, traz conteúdo especializado em saúde com abordagem didática e foco na prestação de serviço à comunidade.

A parceria com a TV USP amplia a divulgação da HCTV para a TV a cabo. “Tornar o conteúdo acessível a mais pessoas por meio de parceiros de qualidade reforça nosso propósito inicial, de democratizar o saber de forma a contribuir para a qualidade de vida das pessoas”, diz Carolina Cassiano, diretora de jornalismo da HCTV.

A TV USP comemora a estreia do HCTV em Revista, que está em sintonia com sua missão de aproximar a Universidade e a sociedade. “Levar ao público informações de uma área tão crítica como a da saúde e com a credibilidade do HC é fundamental para o princípio de qualidade que procuramos em nossos programas”, afirma Ana Paula Chinelli, diretora de jornalismo da TV USP. 

O novo programa vai ao ar toda terça-feira, às 19h30, com reprise às sextas-feiras, às 17h30, e aos domingos, às 8 horas, pelos canais 11 (Net), 71 (TVA) ou 187 (TVA Digital).

Mais informações: (11) 3081-3095 / 3091-4101, emails carolina@hctv.com.br e anachinelli@usp.br 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17101-cepea-divulga-

esalq
Cepea divulga relatório sobre mercado do leite
O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq) da USP divulgou análise de mercado do leite.

Segundo o boletim, o aumento de 0,87% na captação de leite de maio para junho não foi suficiente para frear o movimento de alta nos preços do produto, mesmo após a valorização de 7% em junho. Pelo contrário; desta vez, a alta foi ainda mais expressiva que a dos meses anteriores, segundo pesquisas do Cepea.

Nos sete estados (RS, SC, PR, SP, MG, GO e BA) considerados para a “média nacional” do Cepea, o preço ponderado foi de R$ 0,7719/litro (bruto) no pagamento de julho (referente ao leite entregue em junho), alta de 9%, ou seis centavos por litro, frente ao mês anterior. Esse valor é semelhante, em termos nominais, ao de agosto de 2007, quando o leite era negociado a R$ 0,7654/litro.

A análise completa e o índice de preços por mesorregião podem ser consultados no site do Cepea.

Mais informações: (19) 3429 8837 / 8836, com Gustavo Beduschi ou Sergio De Zen, email cepea@esalq.usp.br, site www.cepea.esalq.usp.br/leite

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17102-circuito-tusp-l

teatro
Circuito TUSP leva atrações para São Carlos em agosto
Durante o mês de agosto, o Teatro da USP (Tusp) apresenta atividades em São Carlos. A primeira é a peça Lilá ou o jogo de Deus, no dia 5, às 20 horas, no Teatro Municipal. No dia 12, acontece o workshop Re-siginificando: uma experiência a partir de novos sentidos para o objeto em cena, às 19 horas, também no Teatro Municipal. Por último, no dia 27, acontece o Diálogo a partir do documentário: o que é teatro?, das 15 às 17 horas, no Centro Cultural da USP.

O Circuito Tusp de Teatro é um programa de ação continuada para a difusão das artes cênicas nos campi da USP, em parceria com outros espaços públicos no interior do estado, como os Teatros Municipais e Centros Culturais

Lilá ou o jogo de Deus é uma produção da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e faz parte do Circuito Tusp de Teatro 2009. Na tradição filosófica indiana, "Lilá" significa o teatro ou o jogo de Deus, referindo-se a realidade dos seres humanos, sempre mutável e inesperada. Lilá é um dinâmico espetáculo que mostra realidades humanas, metáforas da vida cotidiana, histórias inexplicáveis e canções d'alma, para compartilhar o mistério de simplesmente estarmos vivos.

O worshop Re-siginificando..., coordenado por Cláudia Alves, está com inscrições abertas pelo email claudia.fabiano@usp.br, em um total de 30 vagas.

Diálogo a partir do documentário, de Reinaldo Maia, aborda as especificidades da arte teatral. Também ocorrerá leitura do texto "Homem Coletivo Homem Coletivo", com mediação Cláudia Alves.

Todos os eventos são gratuitos. O Teatro Municipal de São Carlos fica na Rua 7 de Setembro, 1735. O Centro Cultural da USP tem acesso pela Av. Dr. Carlos Botelho, 1465, São Carlos.

Mais informações: (11) 3255-7182, nos ramais 41 e 42, site www.usp.br/tusp



 

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17103-mac-promove-pal

arte
MAC promove palestras sobre bienais paulistanas
De 6 a 27 de agosto, o Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP promove o ciclo de palestras Bienais de São Paulo: formação e desmanche.

Sob responsabilidade dos professores Francisco Alambert, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, e Polyana Canhête, as aulas acontecerão às quintas-feiras, das 14 às 17 horas no MAC.

O programa inclui os seguintes temas: "Entre os dias da semana e os anos da Bienal", "A era do Museu: das Bienais do MAM à autonomização da Bienal", "A era Ciccillo Matarazzo" e "Da era dos curadores ao vazio".

O objetivo é traçar a história das bienais paulistas e os percalços artísticos e políticos desde que as bienais foram pelo Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo, em 1951, com a tarefa urgente de “atualizar” a arte brasileira frente à arte contemporânea internacional.

As inscrições devem ser feitas até o dia 6 de agosto na Secretaria Acadêmica do MAC, diariamente, das 10h30 às 12 horas e das 14h30 às 17 horas, exceto às terças-feiras e finais de semana. O interessado deve estar mundo de cópias do RG e do CPF. A taxa é de R$50,00, com isenção para professores da rede pública.

Mais informaçoes: (11) 3091-3559, email ceema@usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17104-agronomo-

homenagem
Agrônomo da Esalq recebe título de cidadão piracicabano
Em comemoração ao aniversário de 242 anos da cidade, a Câmara de Vereadores de Piracicaba entregará o título de "Cidadão Piracicabano" a Roberto Cano de Arruda, engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq), da USP, em 1963.

Arruda foi presidente do Centro Acadêmico Luiz de Queiroz (Calq), da Esalq, entre 1960 e 1963. Teve participação na construção da sede da entidade, na rua Voluntários de Piracicaba. Coordenou o primeiro programa de estágio e treinamento para estudantes de agronomia, de abrangência nacional, com apoio do governador Adhemar de Barros, em cooperação com o Ministério da Agricultura. Tal iniciativa serviu de embrião para o Projeto Rondon.

A cerimônia de entrega do título acontece no sábado (1º), às 19h30, no Salão Nobre Helly de Campos Melges, localizado na rua Alferes José Caetano, 834, Piracicaba.

Mais informações: (19) 3447.8613 / 3429.4485, email acom@esalq.usp.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17105-gerenciamento-e-f

gestão
Grupo da EE pesquisa importância do gerenciamento em enfermagem
 
O trabalho de um enfermeiro se divide em quatro esferas. Uma é a da assistência ao paciente propriamente dita. Outras duas são a educacional, com a atuação no repasse de informações sobre saúde, e a investigativa, com a busca por questões que interfiram no dia-a-dia de quem está sendo tratado. A quarta é a gerencial.

Esse último item é o objeto principal das pesquisas desenvolvidas pelo grupo de pesquisa Conceito e Metodologia do Gerenciamento em Enfermagem, da Escola de Enfermagem (EE) da USP. Sob coordenação da professora Paulina Kurcgant, os pesquisadores têm obtido desempenhos satisfatórios nesses mais de cinco anos de trabalho.

Os conceitos de gerenciamento são ensinados na graduação da EE e também em um mestrado específico da área. Há a possibilidade de, nos próximos anos, ser implantado um doutorado sobre o tema.

Conceituação
É preciso que se compreenda o que vem a ser, em termos concretos, o gerenciamento aplicado à enfermagem. Segundo a professora Paulina, o conceito é algo plenamente inerente à profissão de enfermeiro.

“O enfermeiro, por natureza, acaba sendo um gerenciador. Ele cuida de questões materiais, físicas e também dos recursos humanos envolvidos em uma equipe de atendimento”, explica a docente. Nesse último quesito, aliás, a ação do enfermeiro é primordial: em grande parte das instituições de saúde, é sob a coordenação do enfermeiro que trabalha toda uma equipe que contempla técnicos e auxiliares de enfermagem e, em alguns casos, profissionais de outras áreas ligadas à saúde, como psicólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, entre outros. E ainda que o trabalho fique restrito aos profissionais de enfermagem, é um grande contingente: “em qualquer instituição, sempre a equipe de enfermagem é a mais numerosa”, conta Paulina.

Administrar essa grande equipe, então, é a tarefa do enfermeiro-gerente. Não se pode confundir essa função com a do administrador hospitalar; o trabalho deste último envolve questões de espaço físico e de outras naturezas que vão além do trabalho específico no atendimento aos pacientes. Mas, não à toa, muitos enfermeiros acabam por completar sua formação com uma especialização em administração hospitalar. “Há muitos alunos que se aprimoram na questão do gerenciamento com um curso de especialização”, diz a professora da EE.

Conquistas e pioneirismo
Paulina Kurcgant conta que a linha pedagógica em que a EE se baseia é de tradição norte-americana – na qual o gerenciamento é questão presente e primordial na formação dos graduandos. É uma oposição à tradição europeia, onde o conceito é colocado em segundo plano.


Isso faz com que os trabalhos da EE em gerenciamento sejam, no contato com instituições da Europa, vistos como pioneiros. “Temos muitas participações em seminários e outros eventos internacionais, nos quais nossas publicações sempre recebem um bom destaque”, diz a docente, que tem, entre outros feitos, participações em bancas na Espanha e no Chile.

Atualmente, uma das pesquisas que o grupo coordenado por Paulina desenvolve avalia a satisfação no trabalho de profissionais de enfermagem da região Sudeste. O grupo busca a obtenção de um indicador que consiga aferir, de maneira confiável, a subjetiva questão da insatisfação – para isso, lança mão de dados como frequência de absenteísmo e rotatividade entre os trabalhadores.

Dessa pesquisa participam desde alunos de graduação em iniciação científica até mestrandos, doutorandos e até mesmo docentes. Em outros projetos do grupo, há também o envolvimento de professores de outras instituições, como conta Paulina: “é comum termos a participação de pessoas que estudaram aqui e hoje estão em outras universidades, pesquisando em grupos similares ao nosso. Para mim, isso reflete um daqueles que deve ser o principal objetivo da USP: a multiplicação de conhecimentos”, conclui.

O grupo pode ser contatado pelo email pkurcg@usp.br.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/cultura/17106-mostra-no-cinus

Cinema
Mostra no Cinusp exibe produções que abordam regimes autoritáriosA partir de segunda-feira (3), o Cinema da USP Paulo Emílio (Cinusp) exibe a mostra Espectos em retrospecto: o cinema como memória de regimes autoritários. Todos os filmes exibidos têm como tema central a vida em estados sob o jugo de regimes ditatoriais, com o objetivo de apressar o acerto de contas com o passado autoritário do Brasil.

O Cinusp também receberá especialistas para duas sessões de debate sobre os filmes exibidos. Na terça-feira (4), às 19 horas, após sessão dupla com os filmes 15 Filhos e Sônia Viva e Morta, e na quarta-feira (5), após a exibição de Vala Comum e Trás Los Pasos de Antígona.

O evento foi organizado conjuntamente por Cinusp, Cine Olido (no qual será exibida parte da programação), Instituto de Estudos Sobre a Violência de Estado (IEV), e Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP. A mostra pode ser conferida até domingo (9).

A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados. A programação completa encontra-se no site do NEV.

O Cinusp fica na Rua do Anfiteatro, 181, Colméia, Favo 04, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais inormações: (11) 3091-3540, site www.nevusp.org/mostra

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/sociedade/17107-jovens-nao-sa

criminalidade
Jovens não participam de ações contra violência, diz estudo da FSP

Os jovens mais vulneráveis das regiões mais violentas da cidade de São Paulo não são protagonistas das ações sociais em suas comunidades. A constatação é feita numa pesquisa de doutorado defendida recentemente na Faculade de Saúde Pública (FSP) da USP, da psicóloga Fátima Madalena de Campos Lico. De acordo com o estudo, jovens que abandonaram a escola nem chegam a ser atingidos pelas ações promovidas tanto pela esfera pública quanto pelas entidades assistenciais e não-governamentais.

Fátima afirma que “A pesquisa teve como objetivo analisar e comparar as ações coletivas e as experiências participativas dos jovens realizadas pelas organizações governamentais e não governamentais nos distritos administrativos do Grajaú e do Jardim Ângela, visando contribuir para a implementação de políticas públicas e na construção de uma cultura de paz.” Segundo ela, Grajaú e Jardim Ângela foram devido aos dois serem os distritos que possuíam o maior número de óbitos por homicídios entre jovens.O fato do Jardim Ângela, após ser considerado o bairro mais violento da capital paulista, ter sofrido grande intervenção da sociedade civil para reduzir o problema também foi levado em conta para o estudo.

Foram encontrados projetos ou ações que visavam a redução da violência ou alteração da realidade social do jovem nos dois distritos. No Grajaú, o trabalho era articulado principalmente pelas Organizações Não-Governamentais (ONGs) em parceria com o poder público. Já no Jardim Ângela destacou-se uma rede de entidades lideradas por organizações religiosas ligadas a Igreja Católica. As ações sociais analisadas abrangiam diversas áreas como educação, saúde, cultura, meio ambiente, esporte e lazer.

Contudo os projetos visavam apenas em ultima instância a retirada dos jovens da rua, da ociosidade. “O que ficou mais evidente é que os projetos são mais assistenciais, que visam atender as necessidades básicas dos jovens e das famílias”, destaca a psicóloga.

O papel e a visão do jovem
A partir de entrevistas com jovens de 10 a 19 anos, que freqüentavam ou não a escola, a pesquisadora concluiu que eles entendem que ser jovem inclui aproveitar a vida, se divertir e se preparar para o futuro, uma fase de transição para a vida adulta.

Em relação às regiões onde vivem, a psicóloga afirma que os jovens gostam dos locais onde moram e consideram o seu bairro tranqüilo em relação à violência. O que para ela mostra uma contradição no discurso, uma vez que o principal problema apontado em relação ao bairro que moram é a própria violência. Em relação à atuação na mudança dessa realidade, ela afirma que “não há um envolvimento dos jovens entrevistados no sentido de uma atuação para modificar aquela realidade existente.”

Um fato importante é que os jovens entrevistados das regiões de maior vulnerabilidade dentro dos próprios bairros não participam das ações promovidas nos locais, tanto as organizadas pela sociedade civil, quanto as governamentais. Entre os estudantes, a participação se restringe a mutirões e grupos de preces. Os que não estudam estão excluídos totalmente, passando o dia todo na rua ou dentro de casa. “Isso talvez se explique por se tratar de uma região mais excluída”, aponta a pesquisadora.

Resultados e propostas
Os resultados da pesquisa apontam que as iniciativas promovidas nas regiões surtiram efeito na redução da violência, acompanhada, porém, por uma redução em toda a cidade de São Paulo. No Jardim Ângela a redução foi ainda maior do que em relação ao Grajaú, uma vez que as ações sociais são mais integradas no bairro e estão presentes a mais tempo. Contudo, os bairros ainda continuam mais violentos do que a média da capital.

Sobre uma mudança na participação do jovem na tentativa de alterar essa realidade, Fátima esclarece que os projetos devem promover a autonomia dos jovens e considerá-los como sujeitos de direitos. “Os jovens precisam participar dessas ações e das políticas públicas. As políticas públicas precisam ser feitas com os jovens, não para os jovens”, explica Fátima.

Mais informações: fatimalico@usp.br, com a pesquisadora Fatima Madalena de Campos Lico. Pesquisa orientada pela professora Márcia Faria Westphal, da FSP

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/institucional/17108-professor

Reconhecimento
Professores da Esalq vencem o Prêmio Fundação Bunge 2009João Lúcio Azevedo e Carlos Eduardo Pellegrino Cerri, ambos professores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, são os ganhadores do Prêmio Fundação Bunge 2009 na área de Agricultura Tropical. O anúncio dos vencedores foi feita na manhã desta sexta-feira (31).

Os professores Azevedo e Cerri foram premiados nas categorias "Vida e Obra" e "Juventude", respectivamente. A categoria "Vida e Obra" reconhece o trabalho de um especialista, cuja carreira já está consolidada na área em que atua e os projetos realizados representam um patrimônio cultural importante para o país. Já a categoria "Juventude" destaca um profissional de até 35 anos, cujo trabalho represente um novo paradigma em sua área.

O Prêmio Fundação Bunge foi criado há 54 anos para incentivar a inovação em várias áreas do conhecimento. Os concorrentes são indicados por uma Comissão Técnica composta por especialistas de renome de cada área de premiação, que pré-selecionam dois nomes em cada ramo do conhecimento e os indica para a decisão de um Grande Júri, que é formado por representantes de entidades científicas e culturais, reitores e ministros de Estado, sob a direção do presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

A premiação será feita em uma cerimônia marcada para o dia 16 de setembro, na Sala São Paulo. A galeria dos mais de 150 contemplados está disponível para consulta no site da Fundação Bunge.

Com informações da assessoria de comunicação da Esalq

Mais informações: www.fundacaobunge.org.br

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias | 0 comentário