Stoa :: USP Notícias :: Blog :: Instituto Central do HC adota sistema pioneiro em atendimento psicológico

outubro 20, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/saude/17706-instituto-central

qualidade
Instituto Central do HC adota sistema inovador em atendimento psicológico
A adoção de um sistema inovador de metas e indicadores permitiu à Divisão de Psicologia do Instituto Central (IC) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), reduzir de seis meses para um mês o tempo de espera dos pacientes que aguardam tratamento psicológico, sem interferir na qualidade da assistência.

Para a otimização dos procedimentos, critérios como carga horária de trabalho, número mínimo de procedimentos realizados e o tempo necessário para a realização de atividades de ensino e pesquisa pelo psicólogo foram analisados e reformulados estrategicamente.

O modelo, pioneiro em Administração em Psicologia Hospitalar na rede pública do país, resultou no crescimento  médio de 4% ao ano da produção assistencial. Em 2008, foram realizados cerca de 42 mil procedimentos, frente aos 41 mil de 2007 e aos 39 mil em 2006.

Outra novidade do processo é a Pesquisa de Satisfação do Cliente em relação ao atendimento recebido. Periodicamente, profissionais da Divisão de Psicologia entram em contanto telefônico com os pacientes em tratamento psicológico ou que já receberam alta e administram um questionário de satisfação em relação à intervenção recebida. A ferramenta permite avaliar a qualidade da assistência psicológica oferecida e se a mesma atende aos padrões de excelência.

Com a eficácia das práticas,  o programa deverá ser referência na rede pública de saúde, por ampliar as oportunidades de assistência psicológica a uma população maior de pacientes.

A Divisão de Psicologia atua junto às equipes multidisciplinares das 37 especialidades clínicas do IC, suprindo necessidades de diagnóstico e assistência psicológica de pacientes internados e em segmento ambulatorial.

As consultas possuem duração de 40 minutos e frequência média de uma a duas vezes na semana, por período que pode se estender em até seis ou oito meses, dependendo da complexidade do contexto clínico.

Com informações da Asessoria de Imprensa do HC

Mais informações: 3069-7879 / 6246, com Bete Subires

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.