Stoa :: USP Notícias :: Blog :: Semana de C&T busca desmistificar a ciência para o público infanto-juvenil

outubro 16, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/ciencias/17682-semana-de-cat-

divulgação
Centrinho e FOB participam da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Bauru
Para grande parte das crianças e dos jovens, a ciência é um mundo à parte, complexo e inacessível. Apresentá-la de forma atraente e simplificada é o desafio da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que começa na próxima segunda-feira (19), com o tema “Ciência no Brasil”. O campus da USP em Bauru é uma das 40 instituições que participarão das ações integradas de popularização científica, por meio de atividades promovidas pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e pelo Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho).

Coordenada pelo Departamento de Popularização e Difusão do Ministério de Ciência e Tecnologia, a SNCT acontece em todo o país desde 2004 – Bauru, como sede de uma das três Coordenações Regionais da Semana no estado de São Paulo, participa desde o começo. Para Luís Vitorelli, coordenador regional da SNCT, o evento é uma forma de possibilitar que a população brasileira, como um todo, “conheça e discuta os resultados, a  relevância e o impacto das pesquisas científicas e tecnológicas e suas aplicações”.

Programação

A programação da SNCT se divide em três eventos principais. A “Festa da Ciência” é uma feira interativa onde as instituições expõem experimentos e divulgam seu trabalho científico em estandes. O “Ciência Tour” leva alunos de escolas públicas do ensino fundamental e médio para visitar as instituições participantes, como forma de permiti-los conhecer o lugar onde a ciência é produzida. E, por fim, o “Ciência vai à escola” faz o caminho inverso: leva professores e pesquisadores de seus laboratórios e salas de aula para ministrarem palestras voluntárias nas referidas escolas.
 
Na “Festa da Ciência”, a FOB apresentará duas mesas clínicas, nas quais o público poderá manipular microscópios com lâminas de células nervosas. Também estarão em exposição modelos ilustrativos de vasos de fraturas dentárias. Já o Centrinho abordará o desenvolvimento da face e formação das fissuras labiopalatinas, com modelos de estudos demonstrativos. Além disso, também desenvolverá atividades de educação auditiva, nas quais o público poderá testar sua capacidade de audição.  
 
No “Ciência Tour”, a FOB receberá visitas monitoradas de alunos do ensino médio aos laboratórios didáticos, clínicas de atendimentos odontológicos e fonoaudiológicos e biblioteca. Enquanto isso os pesquisadores do Centrinho participam do “Ciência vai à escola”, com palestras sobre higiene e hábitos bucais, fissuras labiopalatinas, saúde auditiva e novidades da otorrinolaringologia.

O Centrinho ainda reunirá em escolas um grupo que inclui pacientes com anomalias craniofaciais para encenar a peça teatral “A turma do Centrinho: um dia especial no sítio do vô Zico”, com o intuito de desfazer preconceitos e discriminações a pessoas com deficiência.

Homenagear para divulgar
Neste ano, de acordo com o tema “Ciência no Brasil”, a SNCT traz como novidade uma homenagem a nomes importantes da comunidade científica de Bauru, selecionados de acordo com critérios de pioneirismo, dedicação às ciências e vínculo com a cidade. Dos 13 pesquisadores homenageados, cinco são da USP: José Alberto de Souza Freitas, Luiz Ferreira Martins, Maria Fidela de Lima Navarro, Oscar Sala e Raul Negrão Fleury.

O objetivo da homenagem, segundo Vitorelli, é “humanizar a ciência, mostrando que pesquisadores são pessoas normais, gente como a gente” e que, portanto, os jovens também podem seguir por esse caminho. “O Brasil tem grandes nomes do futebol, da música e da televisão. Também temos cientistas muito importantes, o que falta é dar reconhecimento a eles e à ciência em geral”, explica o coordenador da SNTC em Bauru. “Hoje, as nossas crianças se imaginam jogadores de futebol no futuro. É importante que se imaginem também como cientistas, mas, para isso, precisamos desmistificar a ciência”.

Para Vitorelli, que também é assessor de imprensa do campus da USP em Bauru, a importância da participação da universidade em um evento como a SNCT é “indiscutível”. “Seria injusto que uma universidade de ponta não expusesse a sua produção em um evento que promove justamente a ciência”, afirma Vitorelli. “É nossa obrigação prestar contas daquilo que se produz aqui dentro”.

Serviço
A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia acontece entre os dias 19 e 25 de outubro, em várias cidades do Brasil.

A programação completa para Bauru, incluindo eventos da USP e de outras instituições da cidade, pode ser conferida no site do Ministério de Ciência e Tecnologia. A página também disponibiliza a programação de todas as cidades participantes. Todos os eventos são gratuitos.  A orientação para inscrições, quando necessárias, também encontra-se no site.

Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.