Stoa :: USP Notícias :: Blog :: Com opções para todos os públicos, Volta da USP abre inscrições para sua 46ª edição

setembro 21, 2009

default user icon
Postado por USP Notícias

http://www4.usp.br:80/index.php/esporte-e-lazer/17456-com-opc

corrida
Já tradicional, 46ª Volta da USP  tem inscrições abertas
Estimular o combate ao sedentarismo, integrar a comunidade universitária em um evento de esporte e lazer, e, ao mesmo tempo, atender ao principal papel da USP, que é gerar e difundir conhecimento. Parecem muitas coisas para estarem envolvidas em apenas um evento, mas é tudo isso que a 46ª edição da terceira corrida mais antiga do Brasil, a Volta da USP, vai fazer. A prova acontece no dia 25 de outubro, na Cidade Universitária, na capital.

“Estamos realizando a Volta focalizando cada vez mais o segmento universitário. O objetivo é diferenciar-se um pouco das centenas de corridas que já acontecem na cidade de São Paulo”, explica o professor Carlos Bezerra de Albuquerque, diretor do Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp), que participa da organização da prova.

Mas há outros diferenciais, além da ênfase no público universitário. Proporciona-se ao corredor um conforto maior, já que ele pode entrar no Cepeusp e utilizar os vestiários - e não apenas banheiros químicos, como costuma acontecer nas corridas em geral. Também, segundo o professor, a organização procura dar ao evento “um caráter de geração de conhecimento, que é a função primária da USP”. Mostrar através da corrida os benefícios da atividade física, trazendo especialistas para falar sobre o assunto.

Para este ano, no dia 3 de outubro, está prevista uma atividade no Centro de Visitantes da campus da capital, onde será montada uma pequena arena com atrações para divulgar a volta, uma roda de capoeira, e uma palestra a ser confirmada. No sábado (24 de outubro), véspera da corrida, aproveitando a presença dos corredores que estarão no campus recebendo os kits, também haverá uma mesa redonda sobre corrida e caminhada com um convidado a ser definido.

Além disso, a corrida contribui na formação dos alunos Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP, que atuam como fiscais de prova. “É uma ótima oportunidade para dar uma vivência prática a estes estudantes”, comenta Bezerra.

Em 2009, a Volta é parte do Circuito Esportivo USP, organizado com três modalidades (Futsal Masculino, Vôlei Feminino e Corrida), 16 atléticas e seis campi envolvidos. As finais dos jogos acontecerão no Cepeusp no fim de semana da corrida em São Paulo, representando uma atração a mais para o público que vier assistir à prova.

Outra vantagem do evento é o fato de ele contemplar públicos de qualquer faixa etária e nível de treinamento, já que são duas corridas – a de cinco e a de dez quilômetros – e uma caminhada. “A distância de 5 quilômetros permite a participação de quem está começando no esporte, e a caminhada atende a quem, por diversos motivos, não corre”, explica o professor.

Janaína Lopes Salgado, aluna do terceiro ano no curso de Letras da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, participa este ano pela primeira vez da Volta da USP. Treinando desde o começo do ano, prepara-se para o percurso de cinco quilômetros. “Estou bastante animada para a prova. É muito bom poder correr aqui, que já é o nosso ‘habitat’. Além disso, eu era uma pessoa muito sedentária, e fazer este esporte tem me ajudado em todos os campos da vida, inclusive na aula”, conta.

Cada corredor tem sua própria meta – e a de Rafael Guilherme Strauss, também aluno da Letras, que já treina há mais tempo, é ganhar a prova de dez quilômetros. “Venho treinando bastante e pretendo conseguir uma boa marca. Quero completar a volta em até meia hora”, diz.

O limite de dois mil participantes foi pensado visando manter a qualidade do evento. “Este é um número seguro para ter um controle melhor da parte técnica e dos custos.”

Já tradicional, assim como a corrida, o percurso é o mesmo todos os anos, que passa por quase todo o campus, caracterizando bem o título da competição, e sendo composto tanto por retas como por subidas e descidas.


Veja no esquema abaixo o percurso:


 Veja aqui dicas para praticar corrida
e se preparar para a Volta da USP

Parcerias

“A relação do Cepeusp com as atléticas é muito intensa, somos ‘unha e carne’: uma parceria que vai muito além de ceder um espaço para elas treinarem as modalidades. Assim, a participação de seus atletas na Volta também é muito grande”, conta Bezerra, falando sobre a união entre o Cepeusp e as entidades esportivas dos estudantes. E para estimular ainda mais este envolvimento, serão concedidas duas vagas em curso de ioga no Cepeusp para cada atlética e assessoria esportiva que mais trouxerem inscrições.

A Volta é um trabalho grande, e não é uma iniciativa isolada do Cepeusp, como ressalta o professor. “A Cocesp [Coordenadoria do Campus de São Paulo (Cocesp) da USP] atua bastante em conjunto conosco, e é quem fecha as ruas e cuida desta parte logística.” Além disso, a Pró-reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP também apoia a Volta, sendo uma das responsáveis pelo Circuito Esportivo USP, do qual a corrida faz parte.

O evento conta ainda com o patrocínio do Santander Universidades.

Serviço
A 46ª Volta da USP acontece no domingo, 25 de outubro, com largada às 9 horas. As inscrições podem ser feitas até 16 de outubro, no Cepeusp (Praça 2, Rua Prof. Rubião Meira, 61, Cidade Universitária, São Paulo), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30 na sala 8 do velódromo. Também é possível inscrever-se online, pelo site www.ativo.com.

A taxa para a corrida é de R$ 15,00 para comunidade USP e universitários em geral, e R$ 40,00 para o público não universitário. Para caminhada a taxa é única para qualquer público: R$ 15,00. Outras informações e o regulamento podem ser acessados no site do Cepeusp.


Palavras-chave: nnpp

Postado por USP Notícias

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.