Stoa :: Equipe Stoa :: Blog :: Nova plataforma para o Stoa: precisamos a sua ajuda

fevereiro 17, 2011

default user icon
Postado por Equipe Stoa

Precisamos atualizar o Stoa. Na Web, quem fica parado é deixado para trás

Duas possibilidades

Qual sistema escolher? Precisamos equilibrar demandas institucionais, administrativas, dos usuários, cada um com seu caso de uso. Alguns critérios não são negociáveis, como por exemplo o fato que queremos usar software livre por razões de autonomia e sustentabilidade. Outros são mais subjetivos, como usabilidade e adequação às variadas maneiras que o nosso público alvo vai querer usar o sistema.

A minha (Ewout) ideia de longa data era migrar para a plataforma Wordpress / Buddypress. O maior vantagem desta plataforma é que é uma sistema com um grande eco-sistema global de desenvolvedores de temas e plugins em volta. A desvantagem mais óbvia é que é uma plataforma que cresceu a partir de um sistema para blogs ao vez de ser escrito desde o início para ser uma rede social.

Mas no final do ano passado, o Prof. Fábio Kon do IME e Prof. Milanesi da ECA trouxeram uma alternativa muito interessante, o Noosfero. As vantagens e desvantagens são (na minha avaliação) mais ou menos o complemento do WP: é um sistema muito bem integrado e feito desde o início para ser uma rede social. Por outro lado, a comunidade de desenvolvedores de plugins e temas é muito pequeno. Porém, isto pode ser compensado pelo fato que temos, via o IME, laços estreitos com o grupo de desenvolvedores responsável pelo core do Noosfero, o Coolivre. Podemos forjar uma colaboração forte com este grupo e talvez exercer influência sobre a direção de desenvolvimento do Noosfero, coisa que seria impossível com Wordpress.

Veja o documento "Razões para usar Noosfero como plataforma de rede social da USP", escrito pela equipe da Coolivre.

Ajude testar

Precisamos feedback acerca do novo software da rede social da USP. Instalei os dois sistemas e todo mundo pode se cadastrar e começar testar. Fiquem a vontade: estamos interessados na sua opinião: qual das duas sistemas (buddypress no bp.stoa.usp.br e noosfero no noo.stoa.usp.br ) se adequa melhor no seu uso previsto do sistema.

Para se cadastrar no bp.stoa.usp.br ache o link create an account (não configurei a tradução do BP ainda). Veja:

Cadastro no Buddypress

Para cadastrar uma conta de teste no Noosfero, acesse noo.stoa.usp.br

Veja:

Após testar, por favor preenche este formulário curtinho. Outras sugestões, opiniões, etc. podem ser feitos nas comentários neste post, via email, etc. 

Autalização 01/05/2011 : Veja alguns resultados do questionário. Dos nove pessoas que experimentaram os dois sistemas, 8 preferiram o noosfero.

Cinco pessoas deram a nota mais alta para noosfero no quesito "Formação do Grupo" (só 2 responderam isto para Buddypress) e 7 pessoas deram as duas notas mais altas para noosfero para "Usabilidade Geral" (4 pessoas responderam isto para Buddypress). Só na funcionalidade "Blog" o Buddypress foi melhor avalidada

Palavras-chave: buddypress, noosfero, noticia, stoa

Postado por Equipe Stoa | 1 usuário votou. 1 voto

Comentários

  1. Leonardo Boiko escreveu:

    Como um sysadmin que passou boa parte de uma década brigando com o horrível código PHP do Wordpress, tendo blogs invadidos toda hora porque você esqueceu de clicar no botão “update” diariamente, perdendo plugins por e temas por atualizações necessárias incompatíveis constantes, fazendo patches na mão etc. etc. eu voto de imediato no tal Nosferatu pela simples mas muito boa razão que não é PHP.

    Leonardo Ferreira da Silva BoikoLeonardo Boiko ‒ quinta, 17 fevereiro 2011, 21:01 -02 # Link |

  2. Marcos Bernardino da Silva escreveu:

    Tive poucos problemas com o Joomla, que é em PHP. Mas nunca fiz coisas muito complexas. Bom, minha opinião é de um praticamente leigo.

    Marcos Bernardino da SilvaMarcos Bernardino da Silva ‒ quinta, 17 fevereiro 2011, 21:54 -02 # Link |

  3. Ewout ter Haar escreveu:

    Grande Boiko! De fato, esqueci de mencionar que o Noosfero é escrito usando Ruby on Rails. Mais uma vantagem: deve estar cheio de jovens na IME e a Poli que podem colaborar. 

    Mas para ser sincero, não acho o WP inseguro não. É só colocar o svn update no cron... E é muito mais vigiado e auditado do que qualquer outro CMS do gênero.

    Ewout ter HaarEwout ter Haar ‒ quinta, 17 fevereiro 2011, 22:09 -02 # Link |

  4. Diego Rabatone Oliveira escreveu:

    Ewout,

    ainda não testei os dois softwares propostos, mas gostaria de sugerirque desse uma olhada também no Joomla e no Drupal, que são 2 CMS's MUITO poderosos, com comunidades gigantescas e muitos módulos para os mais diversos usos. Acho que eles acabam tendo as duas vantagens por você levantadas, possuem uma grande comunidade (inclusive no Brasil) e "não foram feitos para ser blogs" - no sentido de que a questão do blog existe mas é uma extensão do software.

    Eu, pessoalmente, já usei muito o Joomla e acho ele bem legal. Nunca usei-o como ferramenta de comunidade, mas sei que possui módulos para isso.

    Abraços,

    Diego

    Diego Rabatone OliveiraDiego Rabatone Oliveira ‒ sexta, 18 fevereiro 2011, 21:37 -02 # Link |

  5. Diego Rabatone Oliveira escreveu:

    Dei uma olhada rápida (bem rápida) nos dois aplicativos e acho que o Noosfero se adequa muito melhor às necessidades de uma comunidade.

    Só para ter referências externas e poder comparar, deixo aqui o link de dois sites para ajudar na decisão:

    http://culturadigital.br/  --> BuddyPress

    http://softwarelivre.org/  --> Noosfero

    O incentivo ao uso de um SoftwareLivre brasileiro deve ser levado em consideração nessa escolha, meu voto, entre os dois, vai para o Noosfero. Tanto porque ele foi feito para ser um ambiente de comunidade quanto porque é um software brasileiro e merece este grande incentivo! ;)

    Abraços,

    Diego

    Diego Rabatone OliveiraDiego Rabatone Oliveira ‒ domingo, 20 fevereiro 2011, 11:51 -03 # Link |

  6. Maine Skelton escreveu:

    Concordo com o Diego, mas é necessário colocar na balança a facilidade de trabalho com a ferramenta e o auxílio de quem já a conhece, que é primordial para que funcione bem. A palavra de ordem é colaboração!

    Mary Caroline Skelton MacedoMaine Skelton ‒ segunda, 21 fevereiro 2011, 14:56 -03 # Link |

  7. Maine Skelton escreveu:

    By the way: achei o Noosfero bastante interessante e clean.

    Mary Caroline Skelton MacedoMaine Skelton ‒ segunda, 21 fevereiro 2011, 15:11 -03 # Link |

  8. Oda escreveu:

    Nao conheco o noosfero e to com preguica de conhecer... joomla eh um lixo, de verdade, lixo puro. O wp eu nem considero seriamente.

    Sugiro fortemente o drupal e avaliaria o(s) modulo(s) do OG.

    Fazendo um jaba: o drupal eh muito mais que um cms, apesar de ter sido concebido como tal. Vc pode criar sistemas inteiros para fazer basicamente tudo o que vc quiser. Acho ate que supera o mediawiki (agora vai ter gente jogando pedra) no sentido que ele possibilita a criacao de um wiki tao bom quanto mas nao se limita a isso.

    Hoje eu utilizo o drupal em varias situacoes, como o site 4x4life.com.br (que nunca foi para frente) e o site do laboratorio da matematica aplicada (labmap.ime.usp.br).

    O site do lab eh bem simples do ponto de vista do conteudo e etc, mas algo realmente legal nele eh a autenticacao usando Kerberos atraves do PAM e pegando as infos dos usuarios num LDAP.  O site de 4x4 tem a parte de autenticacao bem modesta, mas a parte de conteudo eh bem mais complexa, mistura um wiki, livro e gerenciador de veiculos.

    Problema de seguranca? Todos tem, mas querem uma referencia de site com drupal? entao acessa ai: http://www.whitehouse.gov/

    OdaOda ‒ quarta, 23 fevereiro 2011, 12:58 -03 # Link |

  9. Filipe Saraiva escreveu:

    Acho que alguns amigos estão confundindo as necessidades do projeto. A equipe do STOA está procurando um software para rede social, não um CMS. Logo, mesmo que existam plugins, Joomla e Drupal não são opções para a tarefa, penso eu.

    De minha parte, gosto muito do noosfero, é um projeto nacional e que está em franca expansão. Eu o utilizo na rede softwarelivre.org, e é sim muito bom. Acredito que a adoção dele pelo STOA seria muito interessante para a cena do software livre no Brasil.

    Sem contar que ele tem um visual bem mais interessante que o buddypress e cumpre com todas as funcionalidades necessárias para uma boa rede social - ainda mais nesta última versão que tem a tão desejada funcionalidade de "scrap"! :-D

    Então, meu voto vai para o noosfero.

    Abraços.

    Filipe SaraivaFilipe Saraiva ‒ quarta, 23 fevereiro 2011, 18:28 -03 # Link |

  10. Diego Rabatone Oliveira escreveu:

    Felipe,

    fiz a sugestão de se procurar conhecer o Joomla e o Drupal - mesmo sabendo que eles são CMS`s - pois uma das opções levantadas foi o Wordpress (com seu plugin buddypress). Ou seja, se "está valendo" um sistema de blog, porque não estaria um CMS? ;)

    Apesar disso, a minha opção relamente é o noosfero, que é um software que me agrada muito enquanto usuário (clean, funcional, eficiente e completo) e que é um Software Livre nacional. Acho que essa questão de incentivo à produção de software livre no Brasil fundamental.

    Oda, você acha o Drupal o SupraSumo do mundo - de acordo com você capaz de fazer qualquer coisa; tem gente que pensa o mesmo de outros sistemas. Outras pessoas preferem o Drupal ou o Joomla ou o Wordpress ou o Mediawiki ou sei lá o que, mas não desprezam os outros "não-preferidos".

    Ok, o Drupal é super completo. Mas e quanto trabalho dará para montar tudo? E para fazer manutenção de tudo isso? Quanto conhecimento acumulado é necessário? Qual a viabilidade de se gerir e fazer manutenção de um ambiente com o "stoa" num sistema desse? Qual será a necessidade de se organizarem treinamentos e mais treinamentos periodicamente? São várias questões que devem ser levadas em conta.

    Agora, pessoalmente, sugiro que seja mais respeitoso com o trabalho realizado por milhares de pessoas. O Joomla é um ótimo sistema, e se não fosse não teria uma comunidade com mais de 500 mil usuários, mais de 6500 extensões, e por ai vai. Enfim...

     

    Diego Rabatone OliveiraDiego Rabatone Oliveira ‒ quarta, 23 fevereiro 2011, 21:00 -03 # Link |

  11. Alexandre Hannud Abdo escreveu:

    Ni!

    Já usei tanto o noosfero quanto o buddypress em outros lugares e minha impressão é que o noosfero tem mais a ver com o stoa, apesar de, mesmo após as melhorias recentes, ainda ser um pouco mal acabado (o elgg também era).

    Mas, meu voto é pra qualquer coisa que tenha uma perspectiva real de federação. Qualquer coisa social que não será federada é andar para trás.

    Nesse sentido, das duas opções, o noosfero parece-me melhor, se apenas porque temos proximidade com os desenvolvedores e podemos apoiar a federação.

    Outra grande vantagem é o noosfero ser AGPL, que o buddypress não é.

    []s

    abdo

    Alexandre Hannud AbdoAlexandre Hannud Abdo ‒ segunda, 28 fevereiro 2011, 18:50 -03 # Link |

  12. Ewout ter Haar escreveu:

    Agradeço todo mundo pela participação. Veja o post para alguns resultados do questionário. Dos nove indivíduos que responderam o questionário, 8 preferiram o noosfero. Junto com o fato que o noosfero atende todos os requisitos essencais (software livre, comunidade robusta de desenvolvedores em volta) e não-essenciais (software brasileiro, bom contato da USP com os desenvolvedores core)  isto significa que o Stoa 2.0, o novo Stoa, vai ser implementado usando o noosfero.

    Quinta-feira e sexta-feira dias 5 e 6 de maio vai acontecer uma oficina sobre o uso, desenvolvimento e implementação na USP do Noosfero. Todos os interessados estão convidados participar. Veja o anúncio para mais informações.

    Ewout  - Equipe Stoa

    Equipe StoaEwout ter Haar ‒ domingo, 01 maio 2011, 17:46 -03 # Link |

  13. Marcos Bernardino da Silva escreveu:

    Olá Ewout,

    O Stoa afinal vai migrar para o Noosfero? Vai ser muito diferente?

     

    Marcos Bernardino da SilvaMarcos Bernardino da Silva ‒ segunda, 08 agosto 2011, 00:44 -03 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.