Stoa :: Meta-Ética-Científica :: Blog :: Histórico

Setembro 2011

Setembro 17, 2011

user icon

Trechos mais ou menos interessantes de um debate no meu facebook:

-------------

?"-Comparar Sentimentos

A parte mais controversa da FF é como conseguir transformar uma gama tão grande de sentimentos em um único número. Como comparar sentimentos tão díspares como orgulho e fome? Como comparar amor e sono?

....
A segunda questão é deveras mais difícil: “É possível comparar sentimentos diferentes, como, por exemplo, o amor e o sono? E como isso poderia ser feito?” A resposta é: sim é possível comparar sentimentos díspares como o orgulho e a fome, o amor e o sono, ou o frio e a raiva, e isso é verdade porque é basicamente isso que o cérebro faz todo o tempo!
Essa é a essência de nosso “livre arbítrio”, da nossa capacidade de escolha. O cérebro recebe dezenas, talvez milhares de tipos de sinais por segundo, com informações acerca do ambiente e do próprio corpo: fome, frio, sede, paixão, cansaço, raiva, sono, sensações táteis, de responsabilidade, de medo etc., e a partir de todas estas entradas, e dependendo do grau da intensidade de cada uma, ele deve escolher a ação que deverá priorizar, quais sentimentos deverão ser respondidos prioritariamente e quais deverão ser contidos.

Quando uma dada sensação é mais “forte” que outra, ela ganha privilégio na sua satisfação em relação à outra. Assim, por exemplo, se a fome é grande, podemos deixar o sono de lado e buscar comida. O inverso é verdadeiro: se a intensidade do sono for muito forte deixamos a fome de lado para dormir um pouco. Ou seja: o cérebro compara sentimentos distintos todo o tempo para definir as escolhas que fazemos. Nos tópicos a seguir, veremos como as sensações e sentimentos podem ser quantificados."

http://stoa.usp.br/mec/files/-1/8604/mec.htm


nao precisa prever. O fato eh que a cada momento o cerebro analisa o contexto e escolhe. Se pudessemos colocar chips no cerebro da pessoa poderiamos prever o que ela iria escolher em funcao de seus valores e sentimentos. No caso de haver uma prova e vc precisr estudar eh pq vc valoriza o estudo mais que o sono, mas existe um limite.

"...Muitos leitores irão, com toda razão, perguntar onde a influência da cultura entra nessa história toda. Primeiro, devemos lembrar que os sentimentos são instintos em seu significado amplo: algoritmos mentais passados de geração a geração através dos genes....

De qualquer modo, se nós quisermos saber a influência da cultura na felicidade, deveremos lembrar que os sentimentos são disparados de acordo com os sinais recebidos internamente ou externamente, e então são analisados de acordo com a nossa meta interna e assim teremos a chave para a resposta.

....Podemos então concluir que a meta interna do organismo pode ser, de certa forma, modulada pela meta cultural. Se a meta cultural não for “evolutivamente estável”, a tendência é que não dure muito tempo em termos de cultura de longo prazo, e, mais do que isso, se a meta contrariam o imperativo “gene-perpetuativo” do organismo, ela deverá também contribuir para uma queda na felicidade média de seu povo (causar sofrimento) antes de finalmente desaparecer...."


---
Pois eh os valores mudam mas qdo os chips detectam o prazer associado ao valor eh instantaneo, se o valor mudar o chip detecta o novo valor. Eh como o ponteiro da velocidade do carro, o carro pode andar mais rapido mas o ponteiro acompanha a nova velocidade.

Claro que para POLITICAS PUBLICAS deve-se contabilizar a MEDIA da popuilacao seus valores medios. Por exemplo nao se pode alegar que nao se deve construir estradas porque existem pessoas paraplegicas que nao podem dirigir: A maioria pode. Politicas publicas devem olhar para a maioria da populacao ja que nao se pode satisfazer a todas uma vez que os recursos sao poucos

Por exemplo, sabe-se que a maioria das pessoas gostaria de ter uma casa proprioa, um teto, mesmo que algumas prefiram nao ter casa e andar em baixo de viadutos , mesmo q tivesem dinheiro. Entao a politica de habitacao NAO deve olhar os viadutos como forma de habitacao pois sao infimas as pessoas que o preferem. Entendey?]
---
Vc disse:
"Mesmo calcular a média é inexequível, porque os fatores tendem ao infinito. Por exemplo, escolher entre satisfazer o sono ao invés da fome quando se tem uma prova.."

Vc esta errado.
Primeiro vc tem que pensar na forma TEORICA antes da pratica ( se nao embola).

Vc acha que eh IMPOSSIVEL calcular os niveis cerebrais de prazer ou nao
de um dado cerebro numa dada situacao?

Veja que de posse das areas cerebrais de prazer e dor/sofrimento pode-se calcular
os niveis de felicidade daquela situacao.:
"Marcelo Gleiser
especial para a Folha de São Paulo, 7/jan/2001

Onde é a morada dos sentimentos? Será que a ciência pode nos levar a uma
melhor compreensão, se possível até quantitativa, do que é sentir? Se
você fizer essa pergunta a alguém trabalhando na área de Tomografia por
Emissão de Pósitrons (PET) ou de Imagem por Ressonância Magnética
Funcional (fMRI), a resposta é um surpreendente "sim".

Essas duas técnicas, PET e fMRI, permitem a construção de imagens
sequenciais do cérebro como em um filme, que os neuropsicólogos usam
para estudar a atividade cerebral em resposta a certos estímulos
emocionais.

De modo geral, ambas as tecnologias medem as diferenças do fluxo
sanguíneo no cérebro, contrastando as partes mais usadas -onde o fluxo é
maior- com aquelas mais quietas. Com isso, é possível fazer um mapa
dinâmico do cérebro, recriando seu funcionamento na medida em que ele é
submetido a diferentes estímulos.

Essas técnicas de imagem já são conhecidas da psicologia e da
neurologia, especialmente como ferramentas que ajudam a diagnosticar
certas patologias, emocionais ou físicas, como um tumor cerebral.

Mas a aplicação de tecnologias como a PET e a fMRI ao estudo das emoções
é bastante nova e ainda controversa. O resultado mais geral desses
estudos é que, quando sentimos algo, seja alegria ou tristeza, raiva ou
medo, a atividade cerebral não se concentra em uma área específica,
sendo distribuída por várias regiões do cérebro.

E cada uma das emoções é caracterizada por atividades muito semelhantes:
o medo se manifesta sempre nas mesmas áreas, a alegria também, como se
cada emoção tivesse sua assinatura neuronal particular. O sentir gera
ressonâncias cerebrais únicas, que serão traduzidas em expressões
faciais e fisiológicas, como lágrimas, tensão muscular e riso. Mais
ainda, humores interferem na eficiência dos processos mentais, como o
raciocínio lógico, a memória ou a percepção sensorial....."
Artigo completo;
http://www.genismo.com/metatexto26.htm
----

Segundo que se pode calcular a media de duas maneiras:

- Nao pratica e outra
- Na teoria

-Na Pratica
Na pratica pode-se coletar varios individuos ( COMO FAZEM NAS PESQUISAS DE INTENCAO DE VOTO )
e colocar uma toca de chips para medir seus niveis de alegria e dor em VARIAS SITUACOES POSSIVEIS
desde qdo perder uma prova do vestibular, qto perder um filho atropelado quanto
ganhar um premio na mega-sena ou transar com a vizinha ou etc...

Essas estatisticas poderao servir para balisar uma tabela da MEDIA de dor e PRAZER
de uma populacao maior com base numa estatistica de uma populacao menor.

-Na teoria
Verificar o nivel gene-perpetuativo de um ato/ ou escolha em relacao ao ganho gene-perpetuativo
que este ato pode conferir ao individuo.
Quanto menos gene-perpetuiativa for a escolha ou a situacao tanto maior sera seu sofrimento
, por exemplo, perder um filho ou mais filhos deve ser uma das piores dores do mundo.
E ganhar na mega-sena uma das coisas que mais proporcionaram felicidade
uma vez que seus genes poderao se garantir por muito tempo.

---------
Veja que uma pessoa que acha que tem RAZAO nas suas escolhas , na verdade nem sempre eh verdade.
VC pod dizer, por exemplo, que vai ser mais feliz se despojando de seus bens e viver como
um eremita nas montanhas, mas na verdade sua escolha eh errada emn termos de felicidade
ou seja mesmo q vc diga que a pessoa pode fazer a escolha que a deixa mis feliz
NEM SEMPRE isso eh verdade e muitas vezes nao eh mesmo: Pessoas fazem escolhas erradas o tempo
todo e depois pagam com a infelicidade de suas escolhas.

A regua NAO FICA MUDANDO DE TAMANHO PORQUE AS AREAS DO CEREBRO RESPONSAVEIS PELOS MESMOS SENTIMENTOS SAO SEMPRE IGUAIS e portanto podem ser medidos nos mesmos locais, entendeu?
---

Vc disse: "O que não é possível é explicar que fatores causaram essa felicidade nesse instante preciso, pq os fatores são infinitos. Ele pode estar feliz porque passou numa prova, pq é bonito, pq arrumou uma namorada"

Vc NAO entendeu:
Na medida pratica para tomar a media dos fatores obviamente que deve-se levar em consideracao os
EVENTOS que ocasionarma a medida do cerebro, Veja os exemplos que eu dei e vc nao entendeu:

Veja o q eu escrevi com atencao: "
..Na pratica pode-se coletar varios individuos ( COMO FAZEM NAS PESQUISAS DE INTENCAO DE VOTO )
e colocar uma toca de chips para medir seus niveis de alegria e dor em ******* VARIAS SITUACOES POSSIVEIS *****
desde qdo perder uma prova do vestibular, qto perder um filho atropelado quanto
ganhar um premio na mega-sena ou transar com a vizinha ou etc...

Essas estatisticas poderao servir para balisar uma tabela da MEDIA de dor e PRAZER
de uma populacao maior com base numa estatistica de uma populacao menor...."

Ou seja, as SITUACOES devem ser correlacionadas aaas medidas de prazer e sua duracao no tempo.

---
VC disse:"submetesse um grupo ao isolamentyo numa montanha e medisse a felicidade, depois submetesse um grupo a ingestão de doces e medisse, e daí por diante, perceba: são infitinas possibilidades existenciais! Não é só inexequível na prática"

Eh exequivel SIM justamente porque o que a IMENSA MAIORIA das pessoas fazem sao coisas normais que acontecem
a todas as outras. E´claro que se ninguem quiser evoluir na etica cientifica e FICAR A MERCE de CHARLATAES RELIGIOSOS que
HA MAIS DE 2 MIL ANOS DIZEM A VC O QUE EH CERTO O QUE EH BOM E O QUE EH ERRADO, NUNCA SAIREMOS DISSO.

Alem disso milhares de pessoas ja foram monitoradas com relacao a outros fatores relacionados a saude:
"...Outro recente estudo acompanhou mais de ***** dez mil indivíduos na cidade de Londres, por mais de uma década *****, e mostrou que..."
http://envolverde.com.br/saude/tabagismo/pesquisa-da-um-importan

Outra:
"...A equipe de pesquisa de Kuk acompanhou mais de 6 mil indivíduos obesos, durante mais de 16 anos, e comparou os dados colhidos – especialmente risco de mortalidade – com os resultados já conhecidos de indivíduos com peso ideal..."
http://oqueeutenho.com.br/18276/magresa-nao-e-sinonimo-de-saudave

Outra:
"..A pesquisa acompanhou 23 mil indivíduos ao longo de seis anos e constatou que, entre aqueles que costumavam fazer a sesta.."
http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/medicina-e-saude/faca-a-sesta-

Outra:
"..Os pesquisadores do Instituto de Psiquiatria da Universidade King’s College London, juntos com uma equipe da Universidade de Bergen, na Noruega, acompanharam mais de 40 mil indivíduos que afirmaram fazer atividades físicas...."

Outra:
"...Estudo vê relação entre medicamentos e tipos de arritmia cardíaca.
Pesquisa dinamarquesa acompanhou mais de 30 mil pacientes..."

Percebeu? nao eh tao dificil assim

-----

Vc disse: "Não é só inexequível na prática: é inexequível na teoria também, pq não se pode matematicamente medir algo de dimensão infinita."

Nao existe nada infinito no universo.
As coisas que estao FORA DO NORMAL , DA MEDIA ESTATISTICA eh porque nao precisam serem
tabeladas por serem muito raras.

Entao apenas os fatos e eventos que ocorrem de forma menos rara na populacao é que sao importantes para
uma politica global: Doenças, Roubos, assassinatos, Provas, Estudos, empregos, promocoes , trabalho, casamentos, separações, filhos etc...

De forma teoria tabem eh possivel.
Por exemplo eu posso atraves da teoria darwiniana e do genismo dizer com seguranca e com boas razoes que suas ideias budistas
sao furadas porque contrariam A ESSENCIA DA NATUREZA BIOLOGICA HUMANA.
Assim podemos fazer toda uma politica , uma JUSTICA baseada em fatores geneperpetuativos sem q seja necessario
fazer nenhuma estatistica NA PRATICA. Apenas analisando teoricamente .

Eh interessante vc notar que MUITA COISA DO DIREITO ja eh baseada em fatore geneticos como
o caso das HERANCAS , das proibicoes sexuais como incesto , das obrigacoes dos pais com seus filhos pequenos e etc...
talves no futuro toda a justica seja baseada nos odigos internos de morais herdados.

----

?"....Outros neurotransmissores e outras zonas do cérebro parecem estar
implicados no mecanismo do prazer e da felicidade: Brian Knutson,
Professor de Psicologia e Neurociência na Stanford University,
utilizando também a fMRI, orientou o seu trabalho para a tentativa de
compreensão da neurofisiologia da motivação e da tomada de decisão,
tendo chegado à conclusão que a activação cerebral neste modelo se
passava no nucleus accumbens e não no córtex pré-frontal.....

Mas o que para nós humanos releva de todo este trabalho científico à
volta da felicidade e dos seus mecanismos, é a conquista para esta
área do grau de respeitabilidade que poderá vir a fazer a diferença no
futuro próximo das Neurociências, nomeadamente na área cognitiva, e
nos poderá com certeza fazer a todos bem mais felizes, num futuro que
se prefigura não muito distante e numa galáxia bem perto de nós."

http://blog.uncovering.org/archives/2007/11/hapiness_is_a_w_1.html

---

Vc disse: "Porque certo e errado do ponto de vista moral não existem em absoluto. Certo e errado é apenas o que as pessoas acreditam ser certo e errado."

Parece que vc NAO APRENDEU NADA com nossa discussao!
Ja nao te disse que se vc relativizar a moral e a etica entao qqr pessoa pode ter sua propria etica e moral e dizer:"Minha etica eh matar todos os Andres do mundo , pos soh assim irei para o paraiso!" Esta eh a minha etica!

VC NAO teria argumentos para rebater uma moral hitleriana que ache que o certo eh matar os Andres ( ou judeus, ou negros, ou brancos ou Ateus etc )

Percebeu?

Ja te disse que o sofrimento eh absoluto e sento a etica ATRELADA AO PRAZER E A DOR ela NAO pode ser qualquer coisa.
A ETICA DEVE ESTAR BASEADA NO SOFRIMENTO E NO PRAZER.

----

Vc disse: Ora, mas essas coisas normais a gente nem precisa medir, né? Todos sabemos, por experiência própria e por empatia, que morte de um filho, comida com gosto ruim e broxada são coisas comumente associadas aos momentos de infelicidade hehe."

Veja bem: Se vc nao tem uma medida para isso entao o direito fica sem rumo. Como vc vai dar uma pena maior para uma acao e ao para outra? Pq roubar vai ter uma pena menor do que matar?

Percebeu? Pq a pratica se sabe que matar provoca MAIS INFELICIDADE do que roubar, mas estas coisas precisam ser medidas para que a moral e a etica sejam BEM ajustadas e as penas compativeis.

Percebeu que , como eu disse, o direito ja eh mais ou menos voltado para o q causa ams ou menos felcidade? Mas se nao houver medidas VAI EXISTIR FALHAS. Por exemplo: Um ladrao ou politico que ROUBA o bem publico, cujo dinheiro poderia ser investido em criancas que morrem de desnurtricao , por exemplo, deveria ter uma PENA MAIOR do que um assassino que mata uma pessoa pois este politico/ladrao provoca muito mais INFELICIDADE do que um assssino.

---
Existem pessoas que conseguem controlar a dor , ateh certo ponto , claro, mas eu duvido que alguem consiga, por meditacao ou outra coisa deixar de sofrer pela morte de um filho estando consciente de si. Quero ver se vc acha um depoimento desses na net. Falar por falar eu nao acredito.

---

Eu disse:
"Ja nao te disse que se vc relativizar a moral e a etica entao qqr pessoa pode ter sua propria etica e moral e dizer:"Minha etica eh matar todos os Andres do mundo , pos soh assim irei para o paraiso!" Esta eh a minha etica! VC NAO teria argumentos para rebater uma moral hitleriana..."

Vc disse:
"É porque não existem argumentos ontológicos para se rebater tal coisa,
uma vez que não estamos falando de verdades.
Cada pessoa tem seu senso moral personalíssimo,nem verdadeiro nem falso em absoluto."

Pois eh ENTAO vc nao pode discutir MORAL a nivel filosofico
pois PARA VOCE O QUE VALE EH A LEI DO MAIS FORTE!

Se alguem vier te matar pois a moral dele eh "matar pessoas que chamem daniel"
pela sua moral vc teria que dizer :
"manda bala cara! nao existe moral mesmo , cada um tem a sua e sendo assim
vc pode me matar na boa! que vc esta sendo corretissimo!"

rsrsrsrsr

Eu estou dizendo o OPOSTO:
Existe uma moral absoluta que eh A MELHOR MORAL isto eh aquela que produz MENOS INFELICIDADE
E MAIS FELICIDADE.

Entao podemos ter JULGAMENTOS IMPARCIAIS e NAO SUBJETIVOS baseados na moral
vinculadas aa felicidade.

---
vc disse : "Penso que a lei penal deve estar baseada no dolo do agente e não nas consequências do seu ato."

Eu nao disse que a pena deveria se basear APENAS nas consequencias de um ato.
Por exemplo: se uma crianca aperta um botao na mala presidencial e sem querer
manda um missel nuclear que destroi uma cidade ela nao deveria ser penalizada
pois nao foi um ato sem querer provocar o mal.

Eu dissse que a pena deve ser proporcional ao MAL ocasionado desde que
a pessoa saiba o que esta fazendo, OBVIO!

Por exemplo, uma pessoa que mata 100 deve ter uma pena maior do que uma que mata 5
pelas mesmas razoes.

Assim um politico que rouba milhoes SABENDO que este dinehiro poderia salvar
centenas de vidas de criancas deve receber SIM uma punicao maior do que umassassino que matou uma pessoa,
simplesmente porque com seu roubo ele CONDENOU A MORTE dezenas de criancas que de outra forma poderiam ser salvas.

----------
Vc disse: "Penso que a lei penal deve estar baseada no dolo do agente e não nas consequências do seu ato."

Isso NAO funciona pois se o agente gostaria de matar milhoes mas NAO MATA
ou seja ele tem a intencao mas nao pratica o ato entao ele nao pode ser
condenado pelo assassinato de milhoes pois nao praticou. O dolo apenas nao faz sentido.

-----
Vc disse:
"Vamos supor que vc, com suas medições, provasse que o álcool, apesar de trazer prazer para a maioria da população, acaba trazendo maior intensidade de sofrimento do que de prazer. Ora, o álcool teria que ser proibido, mesmo quando a maioria das pessoas quer beber!"

Troca no seu texto a palavra "ALCOOL" por CRACK, ou HEROINA ou MORFINA , ou OPIO etc...

Percebeu que isso JA ACONTECE?
Vc eh a favor da LIBERALIZACAO das DROGAS? ( responde essa )

Veja bem: Se o alcool prejudicar muito o organismo ele deve ser proibido
E POR ISSO QUE ELE JA EH PROIBIDO POR MENORES DE 18 ANOS!!!
MAS nao eh proibido para maiores !

Para saber se o alcool deva ser proibido OU NAO deve ser feita uma
medida de felicidade de uma populacao com os dois aspectos: Proibindo e liberando.

SEM MEDIDAS DE FELICIDADE VC NAO PODE CONCLUIR QUE DEVA SER GENERALIZADAMENTE PROIBIDO.

Por isso que medidas OBJETIVAS de felicidade devem ser tomadas.

----
Vc disse: "(e voltando brevemente ao tema da felicidade, eu tenho uma forte convicção de que se vc medir o nível de felicidade de monges budistas avançados e comparar com o nível de felicidade de vencedores da loteria, os monges ganham com uma bela margem de diferença hehe. Talvez vc pense o contrário. Mas só poderíamos ter certeza medindo e comparando)"

Sim, concordo.
Mas veja que NAO EH APENAS dinheiro que traz felicidade e sim
CAMINHAR NA ROTA GENE-PERPETUATIVA, se a pessoa ganhar na loteria
e nao auxiliar seus genes ( que tambem estao nos outros 0 podera
ser infeliz mesmo rico !

O dinheiro bem empregado pode auxiliar a pessoa a ser muito feliz
mas precisa saber o caminho !!

E o caminho para a felicidade eh a trilhar a rota da gene-perpetuacao.
( nao esquecendo que seus genes estao compartilhados com outros seres tambem )

-----
Vc nao sabe o que eh etica.
Vc confunde ETICA COM FORCA.

A Etica eh a 'ciencia' DO *** "DEVE SER" **** e nao do que "se quer fazer" ou do que se faz.

Peguei alguns textos falando de etica pra vc ver:

Do Dic Michaellis:
"ética
é.ti.ca
sf (gr ethiké)
1 Parte da Filosofia que estuda os valores morais e
**** os princípios ideais ***** da conduta humana.
É ciência normativa que serve de base à filosofia prática.

Percebeu que a etica trata dos PRINCIPIOS IDEAIS e nao da forca bruta?
Assim a lei do mais forte que vc quer colocar com a etica
eh justamente a AUSENCIA DE ETICA pois nao possui uma meta ideal para ser buscada.

Da Wiki:
"....bem como *** fornecer subsídios para a solução de seus dilemas *** mais comuns.
Neste sentido, ética pode ser definida como a ciência que estuda a conduta humana e a moral é a qualidade desta conduta,
quando julga-se do ponto de vista do Bem e do Mal.... "

Ou seja qado se JULGA em relacao ao BEM e o MAL, veja que do modo como vc pensa
NAO EXISTE bem e MAL pois a lei do mais forte nao se preocupa com o bem e o mal.

----
Outro texto que vai te ajudar ( Da Santa Clara University ) :
veja como etica eh BEM DIFERENTE de acompanhar os seus sentimentos ( como a lei do mais forte):
"..Como primeiro entrevistado Baumhart, muitas pessoas tendem a equiparar ética com seus sentimentos. Mas ser ético não é claramente uma questão de seguir seus sentimentos. Uma pessoa que segue os seus sentimentos podem recolhimento de fazer o que é certo. Na verdade, os sentimentos muitas vezes se desviam do que é ético...."

E tambem etica NAO EH o que a sociedade determina:

"...Ser ético também não é o mesmo que seguir a lei. A lei muitas vezes incorpora padrões éticos aos quais a maioria dos cidadãos se inscrever. Mas as leis, como os sentimentos, podem desviar-se o que é ético. Nossos próprios pré-Guerra Civil as leis da escravidão e as leis do apartheid antigo da atual África do Sul são exemplos óbvios grotescamente de leis que se desviam do que é ético
Finalmente, ser ético não é o mesmo que fazer "tudo o que a sociedade aceita." Em qualquer sociedade, a maioria das pessoas aceitar padrões que são, na verdade, de ética. Mas os padrões de comportamento na sociedade pode se desviar do que é ético....."

"..O que, então, é a ética? Ética são duas coisas. Em primeiro lugar, a ética se refere a padrões bem fundamentada de certo e errado que prescrevem o que os seres humanos deveriam fazer, normalmente em termos de direitos, obrigações, benefícios para a sociedade, a justiça, ou virtudes específicas. Ética, por exemplo, refere-se a essas normas que impõem obrigações razoáveis de se abster de estupro, roubo, assassinato, assalto, calúnia e fraude. Padrões éticos também incluem aqueles que recomendam as virtudes da honestidade, compaixão e lealdade. E, normas éticas incluem as normas relativas aos direitos, como o direito à vida, o direito à liberdade de lesão, eo direito à privacidade. Tais padrões são adequados padrões de ética, porque eles são apoiados por razões consistente e bem fundamentada...."

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&langpair=en|pt&a

----

Percebeu? A ETICA NAO TEM NADA A VER COM A LEI DOMAIS FORTE , e sim com o que "DEVE SER", como agir como se comportar para ocasionar menos sofrimento aos outros e mais bem estar. Na verdade pode ser definido comoas normas de conduta que maximizam a felicidade ( jocax ) :-)

----
Vc disse:
"So you say. Mas por que ela é absoluta?
Por que não pode ser questionada ou substituída por outra moral?
O que a torna melhor que outras?"

Resposta: Simplesmente porque ela vai EXATAMENTE no ponto que a etica toca: FELICIDADE.

Ou seja a etica busca indiretamente REGRAS DE COMPORTAMENTO E CONDUTA que maximizam a felicidade ( diminui o sofrimento do grupo e aumentam o prazer do mesmo )

Vc disse: "Eu disse que deveria ser baseada no dolo, pq a BASE do cálculo do quantum penal é a intenção do agente. "

Ja te provei que isto esta ERRADO: Se a pessoa tem o DOLO de matar todo mundo ( com uma bomba atomica )
e nao o faz isso nao significa q ele deve ser penalizado !!
Se alguem tem vontade de matar outrem e nao o mata nao eh justificativa para render a pessoa.
Eh necessario o AGIR e provocar o mal, apenas o dolo nao eh suficiente.
----
Vc disse:
"Quem rouba dinheiro público não está intencionalmente querendo tirar vidas, logo, não tem dolo."

Na IDADE DA PEDRA em que estamos , isso eh verdade pois as pessoas NAO SABEM
( como a crianca q nao sabe que apertando o botao vai disparar o missel )
mas a partir do momento que o primeiro ladrao publico pegar uma PENA MAIOR que o
assassinato , TODO MUNDO VAI SABER que roubar dinheiro publico que poderia salvar
dezenas ou milhares de criancas famintas deve ocasionar uma pena pior que o assaqssinato de uma pessoa.

---

Postado por João Carlos Holland de Barcellos em Meta-Ética-Científica | 0 comentário