www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Mauricio Kanno. Faça o seu próprio módulo aqui.

Stoa :: Maurício Kanno :: Blog :: Blogs são espaços de verdade absoluta e/ou de conversação?

outubro 22, 2007

default user icon
Postado por Maurício Kanno

Este texto é minha opinião sobre discussão iniciada na lista web_lab@googlegroups.com, por Júlio Boaro e Dani Matielo.

Blogs são espaços em que você pode se tornar uma espécie de articulista, penso eu. Ou ao menos dar espaço para notícias / artigos / pensamentos de outras pessoas com as quais você concorde e queira que sejam mais destacados.

Verdade absoluta? Não creio que se deva fazer este juízo extremo. As pessoas escrevem o que elas acreditam e concluíram. Mas não que seja uma verdade absoluta. Tanto que, uma coisa que acho fantástica nos blogs é a possibilidade, frequentemente exercitada, muito mais que em artigos ou notícias de grandes jornais, de você colocar comentários.

E por este fenômeno posso concordar com o que Dani falou de Hernani Dimantas, sobre os blogs serem, às vezes, "espaços de conversação". De fato, em meus blogs, no Blogger e no Stoa USP (principalmente) várias pessoas já comentaram, criando um debate mais ou menos intenso. É claro, fica tudo pendurado, baseado, no seu post inicial. E nem sempre isto ocorre. Mas sem uma boa fagulha, é difícil começar um incêndio. Assim como o meu post "NÃO ao uso de animais no ensino". (Aliás, ele gerou tamanha discussão, com 29 respostas, apenas na Rede Stoa USP, apesar de também eu o haver publicado no Blogger; outra coisa: eu não o escreveria com os mesmos termos hoje, mas o fato é que gerou um bom debate.) 

Assim como qualquer um que queira iniciar uma discussão num fórum. Tem que "pegar" bem o início. E o destaque dado no blog para o post do blogueiro é importante por isso também.

Mas retomando: relativamente a outros sites mais tradicionais, sim, os blogs são espaços de conversação.

E principalmente nos casos em que se utilizar idéias que pareçam estranhas e inovadoras, ao que se pode eventualmente criticar e acusar de "verdade absoluta", é necessária uma argumentação eficiente. Isso ameniza ou desfaz esta impressão. Fora isso, a afirmação com segurança de uma idéia é muito importante, lembrar que em qualquer dissertação, ficar num tom de mais ou menos e dúvida não é adequado.

Porque isso deve acontecer principalmente para idéias aparentemente estranhas e inovadoras? Porque "verdades absolutas" são utilizadas o tempo todo, sem as quais a comunicação não acontece. São pressupostos. O céu é azul. A democracia é necessária. Sofrimento é ruim. E por aí vai...

Abraço,
Maurício Kanno
http://blog.kanno.com.br
http://stoa.usp.br/mauriciokanno/weblog

Palavras-chave: blog, conhecimento, conversação, educação, fórum, internet, verdade

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Maurício Kanno

Comentários

  1. Ewout ter Haar escreveu:

    Só colocando em termos da dicotomia "verdade absoluta" e "conversação" já deu a resposta a sua pergunta. Não é que não concordo com tudo que falou, mas é meio óbvio que blogs não são nada como o padre dando sermão ou a Veja pontificando.  Tem esse texto antigo (muuuito antigo em anos de internet), http://en.wikipedia.org/wiki/Cluetrain_Manifesto que aplica estes conceitos a marketing e mercados em geral.

    Agora estou esperando a mesma coisa acontecer com som e imagens. Youtube já é um bom primeiro passo (repare que tentam reproduzir o conceito de conversação por meio do tal de vídeo-resposta) mas ainda é centralizado. Eu espero um futuro onde todo mundo que quer possa produzir o seu material audio-visual e distribuir de forma não-centralizado. Isto requer infra-estrutura técnica e pedagógica.

    Um exemplo é este vídeo, que visualiza muito bem as idéias de Shirsky e Weinberger sobre com tecnologia subverte classificações e hierquias: (do mesmo professor que fez o vídeozinho sobre web2.0)

    Ewout ter HaarEwout ter Haar ‒ segunda, 22 outubro 2007, 12:58 -02 # Link |

  2. Maurício de Paula Kanno escreveu:

    Obrigado pelo comentário, Ewoult. Vou refletir sobre ele. De início o que farei é reformular o título, colocando um "e/ou", creio que fica melhor, pois minha intenção não era dicotomizar a reflexão, como você apontou. Não gosto de forma alguma de dicotomias grosseiras, e sim refletir sobre os cinzas. Pensar mais analogicamente, menos digitalmente.

    A discussão apareceu a partir do texto: "Sabe o que eu não gosto nos blogs? Esse tom de verdade absoluta. Parece que as pessoas blogam pq é um espaço onde o que ela diz é a verdade." de Dani Matielo, em http://twitter.com/dmatielo .

    Depois, na referida lista de discussão, ela explicou: "a discussão com o hernani, por outro lado, era se blogs eram espaços de conversação, e daí meu comentário "respondendo" a esse antigo debate no twitter: tenho dificuldades de ver blogs como espaços de conversações porque acho eles se parecem muito mais com as antigas salas de aulas (...)".

     

    Maurício KannoMaurício de Paula Kanno ‒ segunda, 22 outubro 2007, 13:49 -02 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.