www.flickr.com
Este é um módulo do Flickr que mostra as fotos públicas de Mauricio Kanno. Faça o seu próprio módulo aqui.

Stoa :: Maurício Kanno :: Blog :: 2 textos meus para avaliação: sobre inundação em Santa Catarina (em português) e sobre imperialismo estadunidense (em inglês)

fevereiro 04, 2009

default user icon
Postado por Maurício Kanno

Estou treinando redações em português e em inglês para uma prova deste domingo, e se os colegas puderem contribuir avaliando meus textos digitalizados, agradeço.

=

I'm practicing essays in Portuguese and in English for a test this Sunday, and I thank you if you could evaluate my digitalized text.

=

O tema proposto da redação em português é conflitos, em esfera global contra local, e as dificuldades e sutilezas para se resolver imprevistos. Pedia-se para identificar algo assim na realidade brasileira e indicando possíveis soluções. Escolhi falar sobre as inundações em Santa Catarina de 2008. O texto digitalizado está aqui: http://stoa.usp.br/mauriciokanno/files/1340/7597/ofchan200

=

The proposed subject for the essay in English is the next one:

Nations are now setting the international ground rules for the 21st Century, laying a foundation for security and prosperity for those who live within them, while isolating those who challenge them from the outside. This system will develop and endure only if those who follow the rules of peace and freedom fully reap their rewards. Only then will our people believe that they have a stake in supporting and shaping the emerging international system.

By president Clinton, September 1997.

My essay in English, digitalized, is here: http://stoa.usp.br/mauriciokanno/files/1340/7598/ofchan200

=

Os temas foram os desta prova (páginas 11 e 13): http://stoa.usp.br/mauriciokanno/files/1340/7599/MRE_001_1

=

Caso queira discutir a temática, bacana, mas o essencial que peço é a estrutura lógica do texto, gramática, estilo, essas coisas. Grande abraço.

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Maurício Kanno | 1 usuário votou. 1 voto

Comentários

  1. Antonio Candido escreveu:

    Apesar de curtos, falta foco nos dois textos. Evite generalismos. O texto em inglês possui vários erros gramaticais, mas não dá para itemizá-los aqui. Desculpe se fui duro...

    Antonio C. C. GuimarãesAntonio Candido ‒ quarta, 04 fevereiro 2009, 11:00 -02 # Link |

  2. Catia escreveu:

    Oi, Maurício

    Sobre a redação em português: evite afirmar coisas sem explicar direito, isso dá base a questionamentos, p.e.: "de maneira especialmente trágica" (por quê? quantas pessoas morreram? o que tem de tão trágico?), "com pedidos de créditos extraordinários do orçamento" (por quê? quanto foi pedido?), "devida comoção" (por quê? qual seria a indevida comoção?). Evite também combinações como "calamidade tocante" (existem calamidades que não são tocantes? o que essa teve de especial?). É sempre bom evitar repetições. No começo do segundo parágrafo, você diz "grupo específico" e mais ao final "fim específico". Aliás, o segundo parágrafo é uma frase só. Isso confunde o leitor.

    Parece estranho falar que os recursos poderiam ser utilizados para outra coisa (o quê? é mais urgente ou importante essa outra coisa?) depois de ter dito que foi uma calamidade. Mas será que houve abuso por parte dos que arrecadaram os recursos (desviaram dinheiro, algo assim?)?

    Lembre-se de que o seu assunto será assunto de muitos outros candidatos. É importante que você saiba do que está falando, que tenha dados. O texto está disperso. Você começa tratando das inundações e termina falando sobre o meio ambiente. É necessário ligar as duas coisas (a inundação foi um "fenômeno natural" ou provocada por ação do homem?) Sobre a gramática, não escreva coisas como "um evento afetando um grupo", mas "um evento que afetou um grupo". Cuide da pontuação e das frases longas. Cuide da concordância: "Um exemplo... foram as inundações" -> um exemplo = singular: Um exemplo foi as inundações. (Apesar que neste não estou 100% certa - acredito que há gramáticas que aceitem a sua versão).

    Sobre o texto em inglês: prefiro não comentar a dizer bobagem, mas dê uma revisada na concordância verbal. O que serve para o texto em português, serve aqui também. Uma vez que você jogar uma idéia, explique-a, exemplifique-a. E não escreva Guantánamo com acento.

    Boa prova!

    CatiaCatia ‒ quarta, 04 fevereiro 2009, 14:07 -02 # Link |

  3. Maurício Kanno escreveu:

    oi, amigos, fico contente pela disposição de vcs em avaliar.

    antonio, botei a cara aqui pra bater msm, buscando ajuda pra melhorar, pq faz tempo q não mexo com essas coisas... mas se puder ser mais específico na crítica sempre ajuda.

    grande abraço

    Maurício KannoMaurício Kanno ‒ quarta, 04 fevereiro 2009, 20:53 -02 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.