Stoa :: Software Livre - Sociedade Livre :: Blog :: Provedor erra ao identificar IP, e usuário fica preso 50 dias por engano

novembro 07, 2007

default user icon

http://br-linux.org/linux/provedor-erra-ao-identificar-ip-e

Lembra do projeto de lei que quer transformar os provedores em fiscais, xerifes e informantes obrigatórios da polícia?

A notícia de hoje do Terra sobre um usuário que ficou preso 50 dias por erro no provedor pode ajudar a antever os desafios e até possíveis conseqüências indesejados de colocar este tipo de responsabilidade nas mãos de organizações desta natureza.

O indiano Lakshmana Kailash K., 26 anos, morador da cidade de Bangalore, foi preso por 50 dias após um engano de seu provedor de acesso à Internet Airtel ao identificar o usuário de um determinado IP. Após tudo ser esclarecido, o provedor se limitou a declarar-se pesaroso com a "inconveniência", enquanto a polícia indiana se defendeu, dizendo que o provedor foi o culpado pelo erro, e que se Lakshmana quiser levar alguém aos tribunais, que leve os responsáveis.

Segundo o Terra, o provedor cedeu as informações do jovem após identificá-lo erroneamente como o responsável pela postagem em uma rede social na web de imagens de ofensas a uma figura histórica de lá.

Postado por Software Livre - Sociedade Livre

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.