Stoa :: Software Livre - Sociedade Livre :: Blog :: IDGNow - Barateamento de PCs com Linux pode dificultar ainda mais objetivo da OLPC

novembro 06, 2007

default user icon

http://br-linux.org/linux/idgnow-barateamento-de-pcs-com-li

Com a queda no preço de componentes, estratégias agressivas por partes de fabricantes notebooks com Linux podem significa mais problemas para o grupo One Laptop per Child entregar laptops baratos para crianças em países em desenvolvimento. A Asus recentemente lançou seu Eee PC, enquanto a Everex afirmou que logo venderá um desktop com Linux e processador x86 por menos de 300 dólares. Estes preços competitivos podem roubar clientes que pensavam em comprar um XO, que custará cerca de 200 dólares em programas especiais de venda, mas se decidirão por portáteis comerciais, afirmam analistas.

No entanto, o XO não é voltado para crianças ou consumidores de mercados do primeiro mundo, afirma Ben Bajarin, analista da Crative Strategies. A Índia e países da África têm diferentes cenários de uso e o laptop foi criado para eles, afirma Bajarin. Notebooks comerciais têm um propósito diferente e são para uma audiência muito maior, diz ele.

O XO tem uma distribuição própria de Linux, chamada de Sugar, com programas educativos e carregamento de bateria adaptada para ambientes extremos que usam geradores solares e movidos a trabalho bovino.

A queda dos preços do notebooks não afetará a OLPC, acredita Walter Bender, presidente de software e conteúdo do grupo. Na verdade, ele diz que o Eee PC é uma boa opção para a indústria comercial. "Toda a indústria está se movendo na direção correta". "O objetivo da OLPC é entregar laptops conectados para crianças, não laptops potentes com conexões para crianças. Se o setor comercial oferecer estas configurações, eles terão mais poder", afirmou.

Saiba mais (idgnow.uol.com.br).

Postado por Software Livre - Sociedade Livre

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.