Stoa :: Software Livre - Sociedade Livre :: Blog :: Info: Ao apoiar Obama, Torvalds desanca Stallman

novembro 06, 2008

default user icon

http://br-linux.org/2008/info-ao-apoiar-obama-torvalds-desa

Ao escrever post a favor da eleição de Obama, o criador do Linux desenterra rivalidades e detona Richard Stallman. [leia também: Linus Torvalds bloga sobre Stallman e pessoas que dividem o mundo em preto-e-branco]

Em seu blog pessoal, Linus Torvalds publicou um texto intitulado “Black and White” em que defende uma abordagem menos radical e mais flexível e rica em nuances ao tocar questões políticas e de software.

No texto, Torvalds afirma, pela primeira vez publicamente, que está torcendo para que o democrata Barack Obama vença as eleições presidenciais americanas que acontecem esta semana.

Para Torvalds, Obama não é uma pessoa apenas “preto e branco”, ou seja, que não vê o mundo de forma maniqueísta com oposições claras entre bem e mal, certo e errado, aceitável e condenável.

“Curiosamente acho que Obama entende melhor os Estados Unidos justamente por ser uma pessoa preta e branca, mas num sentido totalmente diferente”, escreveu Torvalds, em alusão à origem racial miscigenada de Obama.

Todo o elogio ao democrata, no entanto, é construído em cima de críticas a Stallman, o principal formulador das licenças em software livre GPLv2 e GPLv3, esta última duramente criticada por Torvalds.

“Alguém realmente acredita que você pode tomar boas decisões se investir 17 ou mais anos de sua vida apenas pensando com ódio e medo?”, diz Torvalds, numa referência velada à militância de Stallman contra o software proprietário.

A ironia da argumentação de Torvalds é que, como europeu, ele não pode votar em Obama. Já Stallman é um eleitor americano e apesar de se contrapor a John McCain, não apóia Obama, mas sim o partido verde. (via info.abril.com.br)

Saiba mais (info.abril.com.br).

Postado por Software Livre - Sociedade Livre

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.