Stoa :: Software Livre - Sociedade Livre :: Blog :: Safernet pede, e Google entrega ao Legislativo mais dados de usuários do Orkut

novembro 06, 2008

default user icon

http://br-linux.org/2008/safernet-pede-e-google-entrega-ao-

Google entregou dados de 18.500 álbuns, nos quais os xerifes da web imaginam que identificarão 7.000 pedófilos. Na fase anterior, foram entregues 3.261 álbuns, e identificados 500 usuários classificados como pedófilos pelos envolvidos. Será que os outros 85% dos usuários cuja privacidade foi investigada a pedido de uma ONG foram adequadamente notificados?

O Google Brasil entregou nesta quarta-feira (5), à CPI da Pedofilia, informações relacionadas a 18,5 mil álbuns trancados no site de relacionamentos Orkut – há suspeitas de que esses arquivos contenham imagens de pornografia infantil.

Segundo a Agência Senado, que divulgou a notícia, os álbuns foram identificados a partir de denúncias enviadas à organização não-governamental Safernet, que defende os direitos humanos na internet.

A entrega dos novos dados — aprovada em julho pela CPI — foi feita por Ivo Correa, advogado da filial brasileira da empresa sediada nos Estados Unidos.

Em abril, o escritório do Brasil já havia repassado à comissão CDs com dados referentes a 3.261 álbuns trancados no site de relacionamentos. Essas informações permitiram identificar a ação de mais de 500 pedófilos na rede social, afirmou na ocasião o senador Magno Malta (PR-ES), presidente da CPI da Pedofilia.

Malta acredita que, com as novas informações, será possível identificar 7 mil pedófilos. A confirmação desse número só poderá ser feita após a análise do conteúdo: como os arquivos estavam trancados, apenas pessoas selecionadas pelos “donos” dos álbuns podiam visualizar as imagens. (via g1.globo.com)

Saiba mais (g1.globo.com).

Postado por Software Livre - Sociedade Livre

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.