Stoa :: Ewout ter Haar :: Blog :: Tecnologias da Web Social Aplicadas a Ambientes Educacionais

maio 11, 2010

default user icon
Postado por Ewout ter Haar

[Fiz uma apresentação para um grupo de trabalho que está pensando sobre Design Instrucional no contexto de projetos de Educação apoiado pelas tecnologias novas de informação e de comunicação.]

Intro: A Web Moderna é fundamentalmente diferente de mídia de massa. Permite consumidores passivos se tornarem produtores ativos. As novas tecnologias de rede e a Web participativa em particular têm aplicacões óbvias ao desenho dos nossos ambientes educacionais. Vou mostrar alguns resultados, acertos e erros do projeto Stoa e mostrar algumas possibilidades de ferramentas da Web para a construcão do ambiente online do curso de licenciatura em ciências. 

Três teorias (melhor: concepcões) de aprendizagem ou pedogagias e as suas consequências para o design de ambientes educacionais. 

  1. "Behavioural" / Cognitivo.  É um modelo onde o instructor e o conteúdo está no centro das atencões, transferindo conteúdo / conhecimento. "Content is King". 
  2. Construtivismo. Desde Dewey, Freire, etc. há críticas no modelo "transferência de informacão". Conhecimento é construído, em grupos, e é altamente dependente do contexto social. Uma metodologia alternativa ou complementar reconhece que aprendemos fazendo. As metodologias pedagógicas são mais centradas no aluno ou pequenos grupos. Exemplo: Problem based learning. 
  3. Connectivismo. Inspirado em "Redes". A característica de redes é que não tem centro: não existe uma única entidade que controla o andamento das coisas. 

Experiências com Stoa

  - Proposta vs usos reais (mero espaco de arquivos e blog, mas se é só isso, porque não usar plataformas genéricos: uso de espaco institucional tem que ter algum valor agregado)

  - Número de cadastros, aumento enorme quando Docentes comecam usar Moodle

  - Tensão entre "plataforma aberta" e hiearquias tradicionais da Universidade. 

Proposta concreta

 - Moodle. Mais: usar Buddypress para dar "um espaco na Web" para alunos, tutores e docentes. Ferramentas de criacão de grupos (Fóruns). Portal que agrega atividades. Outras ferramentas: Wiki, Web-Conferência (DimDim), email e lista de email, Chat. Ferramentas "Web2.0" de terceiros.  

 - Precisamos planejar / pensar sobre

  + como incentivar o uso destes espacos (usar tutores e docentes)

  + como evitar que os participantes se sentam perdidas no espaco virtual: organizacão vs autonomia

  + até onde deixar "aberto" as contribuicões 

  + é mesmo uma boa ideia mesclar formal - informal e pessoal - institucional?

  + qual métricas / indicadores acompanhar?

  + qual servicos "de terceiros" podemos usar? Google Apps, outros servicos Web2.0. 

Referências:

 - "Lost in social space: Information retrieval issues in Web 1.5" http://journals.tdl.org/jodi/article/viewArticle/443/280 

 - "The Theory and Practice of Online Learning, second edition" http://www.aupress.ca/index.php/books/120146

Palavras-chave: educação, TIC, web, web social

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Ewout ter Haar

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.