Stoa :: Ewout ter Haar :: Blog :: Phishing no mundo real

novembro 05, 2009

default user icon
Postado por Ewout ter Haar

Veja embaixo um boleto fraudulento que acabo de receber. Mas não consigo entender como funciona: a cobrança indevida está atrelada numa conta bancária, suponho de alguma laranja. Mas como os bandidos conseguem tirar o dinheiro de lá sem ser pegos imediatamente? Para mensagens de phishing que chegam via email acho que entendo: os bandidos regristram ou roubam um domínio e conseguem colher senhas durante alguns dias que o ISP leva para atuar após a denúncia. Mas no mundo real, com contas bancárias, como funciona?

boleto fraudulento

Palavras-chave: fraude, phishing, registro.br

Postado por Ewout ter Haar

Comentários

  1. joel jose simoes escreveu:

    Problemas de segurança e spam também devem ser reportados ao
    % cert.br, http://cert.br/, respectivamente para cert@cert.br
    % e mail-abuse@cert.br

    default user iconjoel jose simoes ‒ quinta, 05 novembro 2009, 11:21 -02 # Link |

  2. Ewout ter Haar escreveu:

    É, cadastrei este domínio no ano passado, para mostrar aos meus alunos da disciplina Tecnologia Educacional como se faz. Mas deixei vencer. Acho que o endereço de cadastro é público mesmo, o whois dá.

    O CGI está sabendo: http://registro.br/anuncios/20060925.html , acho que não vale a pena avisar eles.

    Ewout ter HaarEwout ter Haar ‒ quinta, 05 novembro 2009, 11:39 -02 # Link |

  3. Ewout ter Haar escreveu:

    Ué, o que aconteceu? Apagou o seu comentário?

    Ewout ter HaarEwout ter Haar ‒ quinta, 05 novembro 2009, 11:41 -02 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.