Stoa :: Ewout ter Haar :: Blog :: Ataque do Rádio Personalizado

junho 17, 2007

default user icon
Postado por Ewout ter Haar

Mais uma razão que algo tem que ser feito a respeito da questão de identidade no internet, já!

Estava feliz da vida escutando o meu rádio pessoal no last.fm quando, após músicas de The Velvet Underground, Captain Beefheart, Tom Waits, Talking Heads, Rage Against the Machine etc., de repente, tive que aquentar uma música de Juanes.

Juanes? Sim, Juanes. Normalmente last.fm é a melhor coisa que existe para quem está longe da sua coleção de música. Last.fm sabe das músicas que toco (o Amarok manda tudo para last.fm) e faz um monte de coisas tipo "Web2.0" com estas informações: rádio personalizado, um rede social, um wiki com informações geradas pelos usuários a respeito das músicas e artistas, recomendações, até um musical compatibility rating, onde um algorítmo avalie a sua compatibilida musical com um outro usuário. Melhor do que o signo astrológico, me parece.

Mas aí que está:  não sou o único que toco músicas no meu computador. A namorada tem gosto musical, digamos, complementar... Até que tem um overlap, Jarabe de Palo, Manu Chao (ou seja: pode ser espanhol, mas tem que ser Europeu... ). É claro que a mistura de gostos embaralha todos os algorítmos de last.fm. Em princípio deve ser possível para os algorítmos detetar uma distribuição bi-modal ou algo parecido e fazer ajustes, mas acredito que a solução mesmo é Amarok, last.fm e serviços similares implementar mecanismos de associar uma identidade às músicas que toco.

Alias, ainda tem gente que não usa Amarok? Integração com Wikipedia para exibir informações sobre a música que está tocando, integração com last.fm (mande músicas e toca radio last.fm), integração com Amazon para exibir arte de álbum, etc. etc.

Palavras-chave: amarok, identidade, last.fm, personalização, web 2.0

Postado por Ewout ter Haar

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.