Stoa :: Eliezer Muniz dos Santos :: Blog :: Artes

Agosto 18, 2011

default user icon

Hoje tive a oportunidade de observar os alunos do colégio M.M.D.C., aqui na Móoca, eles estavam realizando uma avaliação externa. A Olimpíada de Matemática, que é aplicada todos os anos pelo estado, põe em prova uma série de recursos da escola, passíveis de serem observados num momento como este. Aonde, as condições de ensino e aprendizagem correm sérios riscos de perderem alguns dos seus caracteres fundamentais para a formação dos jovens e adolescentes.

Os laços que formavam a base da educação escolar, esgarçados pelo advento das novas tecnologia, nos impele a pensar sobre as práticas, mas principalmente, as teorias, e tem de considerar, e talvez re-significar aquilo que tomamos na educação como uma cultura da escola.

Este está sendo um ano extremamente duro ao colégio. Este ano a Escola Estadual M.M.D.C., como dissemos, na Móoca, foi alvo de inúmeras denúncias por parte da comunidade na mídia, sua condição, ou o seu estatuto, e a sua precariedade leva a todos uma reflexão de como anda a Educação no Estado de São Paulo.

Mas a luta por resistir aos ataques a escola só pode ser prismada, por um esforço da parte de você, leitor, poder conhecer de perto a história daquela instituição, encravada num dos bairros mais tradicionais desta cidade. O esforço contínuo do corpo docente, dos funcionários, e até dos alunos, só pode ser medido pela sua experiência cotidiana.

Um grupo de resistencia se formou dentro da escola, professores e alunos se juntaram para fazer um projeto pedagógico. Aprovado nos HTPC's (para quem não sabe, Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo) deste ano. O projeto que está sendo implantado, busca introduzir uma cultura de participação que permita produzir um resultado sobre a avaliação dos processos educativos de ensino e aprendizagem, sob um olhar da cidadania e da experiência estética.

Para isto as séries do Ensino Médio foram divididas em 2 (dois) módulos. No primeiro módulo, concentrando as 1ªs e 2ªs séries do Ensino Médio, os alunos estão desenvolvendo suas habilidades nas linguagens. Preparam pesquisas a partir dos componentes curriculares em Artes, Filosofia, Sociologia e Lingua Portuguesa, sobre os códigos, linguagens e tecnologia.

O últimos anistas, reunidos em 4 (quatro) grupos de trabalhos, chamados de #mmdcsustentabilidade, #mmdctécnica, #mmdcCriação e #mmdcmobilidade, compõem o segundo módulo.

Nestes GT's, coordenado por professores, de diversas áreas, os alunos trabalham suas competências a partir de uma reflexão sobre o mundo do trabalho. Em reuniões semanais, os grupos compostos de alunos de todas as salas do 3º ano, discutem e vivenciam a experiência de por em prática as teorias que são discutidas e lecionadas em sala de aula.

O exércício de reflexão sobre os atrativos das carreiras profissionais tem o efeito de mobilização, que a escola mais precisa neste momento, que vive uma série crise. "Artes e Profissões", é um projeto que, ao mesmo tempo que é vocacional, tem como propósito criar um espaço de questionamento através do recurso educacional de expôr os trabalhos dos alunos numa mostra voltada a sustentabilidade. 

 

Ou seja, no momento que desceu o silêncio, ao observar pela manhã nossos estudantes, quando se pusseram a pensar, e a fazer suas contas e cálculos na prova de matemática,tive a compreenção que como professor daquela escola, fosse necessário levar a público uma mensagem que expressasse nossa preocupação, mas que também de esperança, pois, querendo ou não, que as boas novas venham!

A mostra cultural dos alunos, com data para 08 de outubro próximo, leva a crer que, será de dentro da escola pública que se produzirá uma cultura de paz. Mas também um desejo expresso de mudanças e conhecimento.Que nos leve a indagar: 

"O que significa, de novo, rever compromissos com a educação?"

 

Prof. Eliezer

Palavras-chave: arte educação, artes, avaliação, cultura escolar, educação, ensino médio, escola, mobilidade, Profissões, sustentabilidade, tecnologia

Este post é Domínio Público.

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 1 comentário

Agosto 31, 2007

default user icon

Exposição "Motoboys transmitem de celulares", de Antoni Abad no CCSP

 

Neste projeto, onde estive como Curador Adjunto, realizamos um Ciclo de Debates e Filmes, que em muito contribuiu para uma maior compreensão do fenomeno dos motoboys na cidade de São Paulo.

Este Ciclo, que correu concomitantemente a exposição no Centro Cultural São Paulo, teve como objetivo provocar uma profunda reflexão sobre a situação da Categoria dos Profissionais Motociclistas, mas também, promover um diálogo entre esta e a sociedade.

Tanto os filmes e documentários, como os debates com autoridades, representantes de classe e personalidades da sociedade, se apoiaram na idéia que existe hoje uma necessidade de buscas de soluções para o setor de moto-fretes e investimentos em políticas públicas para os motoboys. Haja vista, a grave crise em que se encontram estes com um crescimento de mais de 60% de acidentes com vitimas fatais nos últimos cinco anos.

Acreditando que a arte tem um papel importante na inserção dos grupos sociais no vinculo maior da cultura, e que estes coletivos, ao se expressarem, tem trazidos diversas questões para o campo próprio da historia da arte, a oportunidade de realizarmos estas intervenções com o Projeto www.zexe.net, de autoria de Antoni Abad, nos deu a garantia de verificarmos as potencialidades da comunidade dos motociclistas, mas também, como esta comunidade cria suas próprias estatégias de organização política e social.

Enfim, a contribuição que o grupo de pesquisadores da universidade, que trabalharam no Projeto, trouxe, já que a proposta do Projeto era permear as discussões com os sentidos que estes Debates se propunham, somou-se a própria prorrogativa do conceito curatorial empregado, onde a abertura do "espaço" da exposição - e aqui devemos nos atentar para "a mesa", como plataforma de virtualidades - encontrar-se-iam as diferentes vozes, agora canalizadas pelo site canal*MOTOBOY. Ou seja, uma afinidade com o próprio desejo do artista, em fornecer um dispositivo como meio de expressão de uma coletividade marginalizada pelas mídias propoderantes.

A  exposição, aberta em 12 de maio e encerrada em 29 de julho de 2007, contou com 12 emissores (2 ex-motoboys, 1 motogirl e 9 motoboys), onde aos sábados este grupo se reunia, juntando-se a eles novos pesquisadores. O que possibilitou a continuidade, enquanto coletivo, foi o surgimento de novos projetos; resultados destes encontros, mas também uma forma de trabalho com a sensibilidade e capacitação, no sentido da formação de lideranças para a comunidade dos motoboys, como interpretes do processo de criação de uma obra de arte contemporãnea.

Outros dados positivos, foram as condições surgidas a partir dos Debates, com a possibilidade de investimentos em pesquisa, trazidas pela presença do Prof. Gilson Scwartz, da Cidade do Conhecimento da USP, que produziu uma forma gestação do canal*MOTOBOY, enquanto uma instituição, que procura desenvolver-se como ferramenta de comunicação a serviço da sociedade, missão que os motoboys do projeto acolheram com agrado e em compromisso com sua identidade de grupo. Mas também para uma melhora da qualidade de vida na cidade e um novo horizonte de geração de renda para toda a Categoria de Profissionais Motociclistas.

A curadoria, nesse sentido, ganha uma maior dimensão, um saber e um criar, que vincula arte e vida.

Eliezer Muniz dos Santos - Curador

site do projeto www.zexe.net/SAOPAULO 

 

 

 

 

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 1 comentário

Março 26, 2007

default user icon

Lulalá

Lulalá

Palavras-chave: Artes, tirinhas

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 0 comentário

Março 22, 2007

default user icon

Lulalá

Palavras-chave: Artes, tirinhas

Este post é Domínio Público.

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 2 comentários

Março 13, 2007

default user icon

Palavras-chave: Artes, tirinhas

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 0 comentário

Março 08, 2007

default user icon
MAC Museu de Arte Contemporanea

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Eliezer Muniz dos Santos | 5 comentários