Stoa :: Prof. Erikson Furtado, FMRP

Quem sou eu?

Erikson Felipe Furtado
é professor da Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão
Preto, Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento. Graduou-se
em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), com
especialização em Psiquiatria e Psicoterapia da Infância e Adolescência pelo
Instituto de Psiquiatria da UFRJ (1986). Obteve seu título de doutorado em
Medicina na área de Psiquiatria Infanto-Juvenil na Alemanha, pela
Universidade de Heidelberg (1993), com bolsa do CNPq. Foi pesquisador pós-
doutor do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1993 a 1994, com bolsa RD do
CNPq. Fez pós-doutoramento na área de Álcool e Drogas, no Central Institute
of Mental Health - Mannheim, Alemanha, de 2000 a 2001, com bolsa FAPESP. É
pesquisador principal e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Psiquiatria
Clínica e Psicopatologia da FMRP-USP. É coordenador do PAI-PAD - Programa de
Ações Integradas para Prevenção e Atenção ao Uso de Álcool e Drogas na
Comunidade, do HC-FMRP-USP. É membro do comitê diretor da International
Network For Brief Interventions On Alcohol Problems. É coordenador do Forum
INEBRIA LATINA e editor do seu Boletim Informativo (www.inebrialatina.org).
Tem projetos em cooperação com a Organização Mundial da Saúde, com a
Organização Pan-Americana da Saúde e com parcerias internacionais, nos EUA e
na Alemanha. 26 artigos, 11 capítulos de livros, 100 resumos publicados em
congressos. Tem projetos selecionados para financiamento pelas agências de
pesquisa, FAPESP, CNPq, CAPES e Ministério da Saúde. É professor e
orientador de pós-graduação nos programas de Toxicologia da FCFRP-USP e de
Saúde Mental da FMRP-USP, tendo concluído até o presente, oito orientações
de mestrado, duas supervisões de pós-doutorado e 14 orientações de iniciação
científica, a maioria com bolsas de agências de pesquisa. Orienta
atualmente, quatro alunos de doutorado, três alunos de mestrado e três
alunos de iniciação científica. É membro de corpo editorial de três revistas
e assessor ad-hoc em treze revistas científicas nacionais e internacionais.
É integrante da participação brasileira no programa Treatnet II da UNODC –
United Nations Office for Drugs and Crime (extraído do Lattes, em 20/07/2009).

Foto do perfil

Profile photo