Stoa :: BADI :: Blog :: Histórico

Janeiro 2012

Janeiro 09, 2012

default user icon
Postado por BADI

Tenho certeza de que você nem percebeu como mudou minha vida hoje.
Quando você chegou despreocupado e perguntou: Como vai?
E eu acordei e pensei: Estou vivo!
Eu fiquei desperto depois daquilo. Permaneci vivo o tempo todo
Ouvindo meu coração, minha respiração...
Vendo as coisas que meus olhos olhavam...

Enxergando o mundo... 
E as pessoas mortas passando por mim...

Nem mesmo quando os objetos me envolveram, eu morri
Quando liguei o carro e ele rangeu querendo cuidados
Quando vieram os papéis me pedindo assinatura e responsabilidade
Nem mesmo nesse momento, eu morri
Não! Pelo contrário... Até nessa hora, eu me mantive atento

Passei o dia sobrevivendo
Capturei um pouco de ar puro na praçinha perto do escritorio
Cheguei muito perto da arvore...
Ela estava lá... Como sempre. Mas agora estava viva
Então, troquei carinhos com ela...

Agora lhe escrevo daqui, de meu cativeiro
Cercado por objetos.
Um quarto com uma cama e uma escrivaninha
Um aparelho de Tv. em cores. 21 Polegadas...
Um rádio relógio.
Visitas monitoradas.

Tento ouvir minha voz e escrever meus pensamentos
Talvez minhas últimas palavras sãs
Estou perto da morte
Tenho resistido, mas as forças estão esvaindo... Indo embora.
Milhares de tranqüilizantes correm em minhas veias sujando o meu sangue.
Tomei leite. Disseram que melhora.
Nada...
Combinemos então uma senha.
Se por acaso nos encontrarmos novamente
Pergunte-me: Como estou indo...
Se eu lhe devolver um sorriso, uma piscadela e agradecer...
É porque sobrevivi...
Se responder: Muito Bem, obrigado!
É porque estou morto.

Este post é Domínio Público.

Postado por BADI | 0 comentário

default user icon
Postado por BADI

Palavras-chave: AGRESSÃO, ALUNO, estudante, NEGRO, POLICIA, USP

Este post é Domínio Público.

Postado por BADI | 1 comentário

Janeiro 11, 2012

default user icon
Postado por BADI

Em uma iniciativa pioneira, o Brasil vai iluminar a Estação Antártica Comandante Ferraz com um motogerador a etanol. A ação faz parte da comemoração dos 30 anos da Estação, operada pela Marinha do Brasil, e conta com a parceria da Vale Soluções em Energia (VSE) e da Petrobras. O ministro da Defesa, Celso Amorim, chega hoje (10) à Antártica para visitar a estação, onde dará partida na operação do motogerador a etanol.

A partir de hoje, o motogerador - que fornecerá toda a energia necessária às operações e aos programas científicos da estação - passará a operar continuamente na Antártica, dando início ao programa científico. Com a iniciativa, o Brasil passa a ser o primeiro país do mundo a utilizar biocombustível para produção de energia no continente.

O ministro Celso Amorim destacou que a iniciativa brasileira coloca o país em destaque no cenário tecnológico mundial. Lembrou, ainda, que a estratégia está alinhada à meta das Organização das Nações Unidades, que declarou 2012 como o Ano Internacional de Energia Sustentável para Todos.

O projeto

O motogerador a etanol brasileiro foi desenvolvido com tecnologia totalmente nacional e gera energia limpa, sem qualquer tipo de aditivo, a partir de um sofisticado equipamento de controle e comando via internet. A Petrobras fornece 350 mil litros de etanol, idêntico ao utilizado nos veículos nacionais, e fará o acompanhamento tecnológico para validar a utilização do biocombustível em condições climáticas severas.

O equipamento e o biocombustível partiram em outubro do Brasil para a Antártica no navio de Pesquisas Oceânicas Ary Rongel. Em seguida, uma equipe de engenheiros brasileiros partiu para o continente para realizar as instalações e os testes necessários ao funcionamento do equipamento.

Durante um ano, o motogerador vai operar em total sincronismo com os motogeradores já existentes a diesel, preservando o parque energético atual como uma medida adicional de segurança.

Estação Antártica Comandante Ferraz

A estação brasileira é operada pela Marinha do Brasil e foi instalada na Baía do Almirantado, localizada na Ilha Rei George, no verão de 1984. A partir de 1986, passou a ser ocupada anualmente por militares da Marinha do Brasil e pesquisadores, podendo acomodar até 58 pessoas. A estação possui laboratórios destinados às ciências biológicas, atmosféricas e químicas.

 

Este post é Domínio Público.

Postado por BADI | 0 comentário

Janeiro 13, 2012

default user icon
Postado por BADI

Rubens Bueno
Rubens Bueno diz que serviço obrigatório vai compensar ensino público gratuito.

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 326/11, do deputado Rubens Bueno (PPS-PR), que obriga o recém-graduado das instituições públicas de educação superior mantidas pela União a prestar serviço social profissional pelo prazo de pelo menos seis meses, sem remuneração salarial.

Pelo projeto, o serviço social será prestado de acordo com a natureza da formação acadêmica, com o objetivo de colocar à disposição da sociedade a preparação profissional do recém-graduado. Ele será requisito prévio para obter o título ou grau acadêmico, sem substituir o estágio profissional obrigatório.

Contrapartida
Para Rubens Bueno, o projeto representa uma alternativa à ideia de cobrar mensalidades dos alunos de graduação do ensino público. “É justo que os estudantes beneficiários da privilegiada experiência de estudar gratuitamente nas melhores instituições de educação superior ofereçam à sociedade, também de forma gratuita, os seus serviços profissionais, pelo menos durante o curto período de seis meses”, argumenta.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), em 2007 o custo anual de cada aluno de universidade federal foi R$ 15.118,04. A meta do ministério é reduzir o valor para R$ 9.403,39 até 2012, com os esforços do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), que está ampliando o número de matrículas ofertadas.

Desigualdade
A educação, diz o deputado, é uma estratégia privilegiada de redução das diferenças sociais. “O projeto objetiva determinar que, na formação em nível superior dos cidadãos brasileiros, seja assegurada a experiência indispensável de lidar com as questões mais importantes relativas à desigualdade social e à promoção de sua erradicação, mediante ações efetivas de desenvolvimento das comunidades carentes”, explica.

Além do caráter de justiça social e incentivo ao espírito de solidariedade, prossegue Rubens Bueno, não haverá qualquer prejuízo para o profissional recém-formado, que receberá ajuda financeira e terá sua atividade validada e incorporada ao tempo de serviço, para fins de aposentadoria.

O serviço social profissional obrigatório, sustenta o deputado, é uma compensação pelo privilégio do ensino gratuito, ao mesmo tempo em que abre aos brasileiros carentes o acesso efetivo aos diversos serviços de competência do poder público.

Tramitação
O projeto foi apensado ao PL 2598/07, do deputado Geraldo Resende (PMDB-MS), que trata da prestação de serviço de saúde por estudantes. As propostas serão analisadas em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; Educação e Cultura; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Trabalho obrigatório de estudante 
Resultado Final
Você concorda com o projeto (PL 326/11)que obriga os alunos formados em universidades públicas a prestar serviço por pelo menos seis meses, sem remuneração salarial?  
Sim, porque o serviço obrigatório vai compensar o uso do ensino público gratuito.
34% (396 Votos)
Não, porque a sociedade já paga impostos para o governo oferecer a universidade gratuita.
66% (784 Votos)

1180 pesquisados registrados. 

Este post é Domínio Público.

Postado por BADI | 2 usuários votaram. 2 votos | 8 comentários

Janeiro 20, 2012

default user icon
Postado por BADI

Giovani Cherini
Giovani Cherini: medida vai proteger direitos e tirar do mercado pessoas não habilitadas.

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 2533/11, do deputado Giovani Cherini (PDT-RS), que regulamenta o exercício da profissão de filósofo em todo o País. De acordo com a proposta, órgãos públicos da administração direta e indireta ou entidades privadas, quando encarregados de projetos socioeconômicos em nível global, regional ou setorial, deverão manter filósofos legalmente habilitados em seu quadro de pessoal ou em regime de contrato para prestação de serviços. A atuação do profissional ficará condicionada a registro prévio no órgão competente do Ministério do Trabalho.

O texto estabelece que só poderão exercer a profissão:
- os bacharéis em Filosofia;
- os profissionais que já estejam plenamente licenciados até a data da publicação da nova lei;
- os diplomados em curso similar no exterior, após a revalidação do diploma; e
- mestres, doutores e não diplomados que exerçam a atividade há mais de cinco anos.

Também será assegurado o exercício da profissão aos membros titulares da Academia Brasileira de Filosofia e aos por ela diplomados.

Contrato de trabalho
As atividades de filósofo serão exercidas na forma de contrato de trabalho regido pela Consolidação das Leis do Trabalho ou pelo Estatuto dos Servidores Públicos ou de forma autônoma.

“O Estado pode e deve agir para estipular as condições de habilitação e as exigências legais para o regular exercício da profissão de filósofo”, defende Cherini. “Essa medida é de suma importância, pois se de um lado retira do mercado de trabalho as pessoas não habilitadas, de outro, presta justo reconhecimento a esta milenar profissão, que é responsável pela preservação e expansão do pensamento e das ideias”, defende.

Competências
O projeto define como competências do filósofo: 
- elaborar, supervisionar, orientar, coordenar, planejar, executar, analisar ou avaliar estudos, pesquisas e projetos atinentes à Filosofia, história do pensamento e ideias em geral; 
- ensinar Filosofia, história do pensamento e das ideias em estabelecimentos de ensino, desde que cumpridas as exigências legais; 
- assessorar e prestar consultoria a empresas, órgãos da administração pública direta ou indireta, entidades e associações, assim como a pessoas físicas; e
- participar da elaboração, supervisão, orientação, coordenação, planejamento, análise ou avaliação de qualquer projeto global, regional ou setorial relativo à Filosofia.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Este post é Domínio Público.

Postado por BADI | 1 usuário votou. 1 voto | 2 comentários