Stoa :: Clarice Alegre Petramale :: Blog :: Histórico

Janeiro 2010

Janeiro 01, 2010

default user icon

Depois de uma breve estada na praias do Nordeste, só curtindo o sol, o mar, a natureza, rumamos para São Paulo para passar o período de Festas com a família.
Muito pouco original, eu diria, se não fosse a descoberta que fiz de repente sobre a importância do Lar, e de como, por conta desse insight mudamos todo nosso projeto inicial.

Afinal, vocês me diriam, o que há de novo a saber sobre o Lar? Todos sabemos o que é e reconhecemos sua importância.

As referências históricas ligam a existência do Lar às Vestais, virgens consideradas deusas, que dedicavam a vida unicamente a manter aceso o fogo do Lar. Explicável: sem a tecnologia que temos hoje acender o fogo, necessário para a sobrevivência nos invernos dos primódios da humanidade não devia ser pouca coisa e daí o prestígio dessa importante função social!
Contemporaneamente o conceito de Lar mudou muito sem que tenhamos nos dado conta... Arrisco a dizer que muitas "socio-psico-patologias" que acometem os jovens hoje em dia tem a ver com o deslocamento do conceito de Lar de um local geográfico, onde várias gerações de uma mesma família e seus amigos se encontram em situações rotineiras e especiais por décadas; para uma virtualidade que se confunde com o conceito de Família e que se realiza cada vez mais no ciberespaço via internet, mas que não aquece o coração, não tem cheiro de comida cozinhando no fogão, não tem materialidade!

No Natal deste ano percebi que a minha pequena família não tem mais um Lar!
Ao mudar para Brasília ganhei muitos amigos, ganhei o mundo, mas saí do pé do Fogo, que descuidado se apagou...
Leonardo, meu filho mais novo vem dizendo que quer ter uma casa, quer espaço para a banda, uma cozinha... que não aguenta mais a "caixinha" confortável onde ele vive há 4 anos num aparthotel em São Paulo. Daniel, meu filho mais velho também tem o mesmo sentimento. Ambos reclamam da ausência da vestal que abandonou o posto!

Foi aí que avaliando as possibilidades resolvemos arregaçar as mangas e reformar uma antiga casa desocupada, de propriedade da minha família onde morei quando criança. Será o Lar do Leonardo e da nossa Família quando estivermos em São Paulo.

Durante a última semana lixamos, pintamos, instalamos utilidades, compramos móveis e utensílios criamos um novo Lar para receber o Ano Novo. Estamos "mortos" de cansaço, mas orgulhosos do nossa ousadia em família!
A cada manhã me surpreendo com novas lembranças da minha infância, dos meus pais e meus irmãos, provocadas pela luz do sol que "transfixa" a casa pelos quatro lados, pela brisa do vento nas velhas janelas, pelo som da chuva direto no telhado!
As flores já enfeitam a casa para a "passagem". O bacalhau no forno inunda a casa com os cheiros deliciosos da convivência em família. E desfrutamos da felicidadde simples de simplesmente estarmos juntos!

Que todos reencontrem o caminho de volta ao Lar neste novo ano!
Beijos
Clarice

Postado por Clarice Alegre Petramale | 0 comentário

Janeiro 03, 2010

default user icon

Estou mudando para o Jardim Bonfiglioli, pertinho da USP e gostaria de saber de vcs quais as opções de internet banda larga e TV a cabo disponíveis na região.

No momento estamos funcionando com um notebook e um acesso Claro 3 G que dá conta de e-mail etc... mas que é insuficiente para tarefas mais pesadas.

Agradeço e aguardo as opiniões dos especialistas!

  

Postado por Clarice Alegre Petramale | 3 comentários

Janeiro 14, 2010

default user icon

Hoje visto o verde da esperança em homenagem à Zilda Arns. Uma estrela linda que saiu de cena na tragédia do Haiti.

 Durante sua belíssima vida de estrela criou constelações de luz ao seu redor.

Criou a Pastoral da Saúde, uma rede ao mesmo tempo simples e maravilhosa que reúne profissionais, cuidadores, mães, familiares, pacientes, todos com o único objetivo de levar mais vida às populações necessitadas.

Para isso aprendem e ensinam em tempo integral, sempre sob a doce, porém firme condução da Dra Zilda.

Quando lhe perguntavam como conseguia manter esta rede unida e crescendo ela simplesmente citava o milagre da multiplicação dos pães!

A família Pastoral está de luto, porém, passado este momento trágico terá a força necessária para honrar o legado incomensurável que recebeu e dará continuidade a essa obra tão bela quanto necessária.

 Como parte da família, (a Pastoral esteve muito presente na minha vida profissional), sinto-me triste!

É o momento de relembrar e agradecer pelo inestimável papel que a Pastoral teve na minha formação e de tantos outros médicos, enfermeiros, assistentes sociais, profissionais da saúde por este Brasil afora!

 O Senhor Deus saberá recebê-la em seu seio amoroso e em troca nos dará a Esperança que nos ajudará a fazer deste mundo um lugar de paz e realizações para todos!

 

Palavras-chave: estrela, Pastoral da Saude, Zilda Arns

Postado por Clarice Alegre Petramale | 0 comentário

Janeiro 20, 2010

default user icon

Desde tempos imemoriais estamos juntos, médicos e farmacêuticos, inventando maneiras e estratagemas para aliviar as dores da Vida e despistar a Morte. Quantas batalhas memoráveis vencemos juntos!

Lembram-se quando demos ao mundo a anestesia que nos abriu as portas da cirurgia moderna? Quando ardilosamente inventamos as vacinas? Ou quando num golpe de sorte debelamos as infecções rotineiras com a fantástica penicilina?

 E as outras guerras de guerrilha que perseverantemente lutamos há anos, dando pequeninos passos à frente, às vezes retrocedendo, tateando... Dando combate ao câncer, às doenças mentais, à AIDS...

Nos tempos modernos nossa união histórica esteve ameaçada pela compartimentalização, pela super especialização, pela busca desenfreada da produtividade, do lucro. E nos afastamos!

Produzimos medicamentos compulsivamente para atender à demanda insaciável de uma comunidade emergente cada vez mais compulsiva. Ou será o contrário?

Estamos frente ao dilema do ovo e da galinha. O que veio primeiro?

O que sabemos é que esse paradigma vicioso tem que mudar!

Hoje a humanidade se divide em uma grande parte que não tem acesso a medicamentos comprovadamente seguros e eficazes que lhes poderia salvar a vida e uma parcela bem menor que se intoxica de tantos medicamentos que toma!

A bandeira do Uso Racional de Medicamentos tem o condão de nos unir a todos: médicos, farmacêuticos, enfermeiros, em prol do uso terapêutico apropriado dos medicamentos. Um olho na eficácia, o outro na segurança!

Todos nós de novo juntos em busca do equilíbrio entre os benefícios e os riscos visando ampliar o acesso dos medicamentos a toda a população!

Não devemos nos contentar com desfechos intermediários: não viemos ao mundo para produzir pílulas, para vender caixinhas de medicamentos ou consultar pessoas... Nosso destino é muito maior: curar quando possível; aliviar e confortar, sempre!

Neste dia de festa saúdo meus novos colegas da Pesquisa Clínica/Anvisa, que pacientemente têm me ensinado este meu novo ofício; saúdo os bons e eternos amigos da Rede Sentinela e do Comitê de Uso Racional de Medicamentos e estendo a saudação  aos farmacêuticos de todo o Brasil, estejam eles no balcão de uma drogaria, dispensando medicamentos num posto de saúde ou hospital, produzindo na bancada de um laboratório,  ou atuando nas instâncias reguladoras deste país!

Vida longa e produtiva a todos vocês!

 

 

Palavras-chave: farmacêuticos, médicos, uso racional de medicamentos

Postado por Clarice Alegre Petramale | 0 comentário