Stoa :: Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) :: Blog :: Ciência e Religião

Agosto 13, 2011

default user icon

Entrevista com o Físico Amit Goswami no programa Roda Viva.

http://www.youtube.com/watch?v=nzfIwwp3Gc8

 

Referência mundial em estudos que buscam conciliar ciência e espiritualidade, Amit Goswami é Ph.D em física quântica pela Universidade de Calcutá, Índia, conferencista , pesquisador e professor emérito do departamento de Física da Universidade de Oregon, EUA. Leciona regularmente no Ernest Holmes Institute e na Philosophical Research University, em Los Angeles. Também é membro do Instituto de Ciências Noéticas (IONS).

(Fonte: http://www.amitgoswami.com.br/sobre.html)

 

Palavras-chave: Amit Goswami, Ciência e Religião, Espiritualidade

Este post é Domínio Público.

Postado por Samuel da Silva Paiva em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 0 comentário

Dezembro 17, 2010

default user icon

O livro Astronomia e Budismo - uma jornada rumo ao distante Universo foi escrito por Ronaldo Rogério de Freitas Mourão e Daisaku Ikeda em 2009. Este livro propõe estabelecer visões comuns sobre as questões cruciais da existência humana, como a própria origem do Universo. "A beleza das estrelas que cintilam no espaço celestial convida os homens a uma viagem de sonhos e surpresas", comenta Ikeda, ao refletir sobre a astronomia. E Mourão completa: "Os astros que circundam o Universo são nossos amigos e protetores".

Os diálogos entre Mourão e Ikeda lançam questões profundas: de que maneira o Universo assumiu a forma atual?, O Universo e a evolução espiritual do homem estão intimamente interligados?

A concepção budista do Universo evolui para a visão de um macrocosmo denominado 3 mil grandes mundos, o que assemelha-se ás classificações das estrelas pela astronomia em galáxias e constelações.

Uma boa leitura nestas férias, afastando nos de disputas intelectuais e tons sectários.       

Palavras-chave: ciência e religião

Postado por Dallessandro Bence de Sant Ana Rodrigues em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 1 comentário

default user icon

O livro Darwin e Kardec um diálogo possível,foi escrito por Hebe Laghi de Souza. A autora foi professora na USP E Unicamp e por vários anos ministrou aulas nos cursos de graduação e pós-graduação, abrangendo as disciplinas: Genética do Comportamento, Génetica Ecológica e Genética e Evolução. O livro apresenta os conhecimentos científicos e ao mesmo tempo mostra os principíos filosóficos da Doutrina dos Espíritos (Espiritismo). A autora consegue estabelecer um diálogo entre o ciência e a religião como tema central a evolução. Além de apresentar ao leitor as ideias atuais sobre genética e evolução de forma coloquial, salienta os princípios espíritas de maneira objetiva.  

Palavras-chave: ciência e religião

Postado por Dallessandro Bence de Sant Ana Rodrigues em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 0 comentário

Setembro 07, 2010

default user icon

 

“Uma criatura de nervos modernos, de intligência sem cortinas, de sensibilidade acordada, tem a obrigação cerebral de mudar de opinião e de certeza várias vezes no mesmo dia.”

 

Fernando Pessoa nos faz pensar sobre as certezas: me parece que talvez em nenhuma outra área da atuação humana as certezas sejam mais danosas, do que na educação. Dedicar-se à educação é duvidar sempre, reconstruir sempre, refletir sempre, criar todo dia, recomeçar todo dia, descobrir a cada ação, a cada olhar, a cada momento jeitos novos...

 

Fernando Pessoa discutia consigo e discute conosco através dos vários personagens que criou para si mesmo. Reflete o Barão de Teive,

 

“Pertenço a uma geração – supondo que essa geração seja mais pessoas

que eu – que perdeu por igual a fé nos deuses das religiões antigas e a fé nos

deuses das irreligiões modernas. Não posso aceitar Jeová, nem a humanidade.

Cristo e o progresso são para mim mitos do mesmo mundo. Não creio na Virgem

Maria nem na eletricidade.”

 

E pondera:

 

 “O conflito que nos queima a alma (...) é o conflito entre a

necessidade emotiva da crença e a impossibilidade intelectual de crer”

 

Encontrei um texto interessante, de um sociólogo e teólogo,  (http://200.233.146.122:81/revistadigital/index.php/revistateste/article/viewFile/93/84) que pode trazer Fernando Pessoa para nossa conversa sobre Ciência, Ética e Religião. O trecho abaixo é um resumo.

 

FERNANDO PESSOA: RELIGIOSIDADE NA POESIA

 

Anaxsuell Fernando da Silva(*)

 

O Poeta Fernando Pessoa (1888-1935), um dos mais controvertidos artistas do século

XX, declarava-se um cristão gnóstico. Apesar disso, não se alinhou a nenhuma

instituição religiosa e/ou doutrina estabelecida. Teve na dimensão religiosa a temática

preferida. A proposta deste trabalho é compreender a religiosidade em Pessoa por meio

da leitura de imagens suscitadas a partir de sua obra, e assim evidenciar na vasta produção

significações poéticas que podem ser associadas a signos de religiosidade, seja no

conteúdo manifesto ou latente de sua obra. Entende-se que Pessoa, e todos os seus personagens

criados por intermédio da heteronímia, fez uso em sua escrita da linguagem

simbólica dos mais distintos universos religiosos para compor sua própria forma de

religiosidade. Visualiza-se que essa é pluriforme e talvez objetivasse contrariar os limites

sociais estabelecidos para o exercício da fé.

 

(*) Doutorando em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestre

em Ciências Sociais, Bacharel em Sociologia e com licenciatura plena em Ciencias Sociais pela

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), também é graduado em Teologia pela

Escola Superior de Teologia (São Leopoldo/RS) e especialista em educação ambiental (IFESP)..

Palavras-chave: Ciência e Religião, Literatura

Postado por Vera Bohomoletz Henriques em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 0 comentário

Agosto 19, 2010

user icon

...... CONTINUAÇÃO

 Montoyama diz que o cisma total entre religião e ciência aconteceu a partir do marxismo. ¨A União Soviética declarou que Deus não existia e desenvolveu a ciência, mas mesmo assim a população continuou com as práticas religiosas¨, conta o professor.

O Diretor do CHC lembra que ¨a espiritualidade é uma característica do homem, por isso que há muitas religiões¨. Segundo o professor, esse fenômeno resulta de um maravilhamento pelo grandioso -  que também pode estar no micro - e pelo funcionamento do universo que exercem uma curiosidade e necessidade de conhecimento.

A diferença, ressalta Montoyama, é que esse reconhecimento na religião é revelado por algo superior e é passado de pessoa a pessoa. Enquanto que a ciência acredita no homem e em sua capacidade de obter  entendimento daquilo que o intriga.

CONTINUA... 

Palavras-chave: Ciência e Religião

Postado por Denilson Luiz da Silva Mendes em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 1 usuário votou. 1 voto | 1 comentário

Agosto 18, 2010

user icon

Cientistas da USP afirmam que religião e ciência não são inconsiliáveis desde que não haja extremismo em ambos os lados.

 Matéria divulgada no Jornal do Campus - No período da segunda quinzena de Novembro de 2007.

Por Rafael Kato.

Passar o dia observando uma célula no microscópio ou guardar o shabat?

Acreditar na evolução ou no criacionismo bíblico?

 É possivel ao mesmo tempo, ser cientista e religioso?

Para Shozo Motoyama, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas(FFLCH) e Diretor do Centro de História da Ciência(CHC), o ¨cientista pode, perfeitamente, gerir o seu lado espiritual com profissional sem problema algum. Ao menos que ele nao extreme as coisas¨.

Giordano Bruno, filósofo e cientista do Renascimento, foi, por conta de suas idéias, queimado vivo. Galileu Galilei teve que negar a si próprio para poder continuar vivo e Descartes fugiu para os Países-Baixos para conseguir publicar os seus escritos. Por outro lado, Newton era profundamente religioso; Mendel, um monge agostiniano; e até Einstein não chegou a negar a existência de um ser superior.

CONTINUA...

Palavras-chave: Ciência e Religião

Postado por Denilson Luiz da Silva Mendes em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 1 usuário votou. 1 voto | 0 comentário

Agosto 14, 2010

user icon

Título: VARIEDADES DA EXPERIÊNCIA CIENTÍFICA - UMA VISÃO PESSOAL DA BUSCA POR DEUS - Carl Sagan

Sinopse:

Mais de vinte anos antes do atual movimento ateísta, o astrofísico Carl Sagan questionava a visão tradicional de Deus num tom bem-humorado, de sólidas bases científicas, nas Palestras Gifford, promovidas pela Universidade de Glasgow em 1985 para discutir a "teologia natural".

A relevância do tema na atualidade, marcada pelo extremismo religioso de todos os matizes, fez com que sua viúva e colaboradora Ann Druyan recuperasse as transcrições perdidas das conferências e as transformasse no livro Variedades da experiência científica: uma visão pessoal da busca por Deus.

Como grande divulgador da ciência, Sagan tinha o dom de falar simples, mesmo se estivesse explicando mecânica quântica. Nas palestras, ressalta a predisposição do ser humano para acreditar nas coisas e relata equívocos históricos como a descrição dos enormes canais de Marte, no início do século XX.

Mesmo refutando a visão de Deus como um "homem grande de barbas brancas e compridas sentado num trono no céu e controlando o vôo de cada andorinha", o astrônomo não descarta a existência de alguma forma de inteligência superior, e abre uma detalhada discussão sobre a inteligência extraterrestre.

Ao contrário dos líderes do movimento ateísta, Sagan não menospreza toda e qualquer forma de religião. Para ele, as religiões podem desempenhar o útil papel de orientar o comportamento humano. O que critica é o fato de elas fazerem afirmações sobre ciência sem usar o método científico do ceticismo e da autocorreção. Segundo sua viúva, Ann Druyan, organizar a edição das palestras ofereceu-lhe a "maravilhosa impressão de que havíamos de alguma maneira sido transportados de volta para as duas sublimes décadas em que pensávamos e escrevíamos juntos".

Variedades da experiência científica estende ao leitor a oportunidade de voltar a aprender com Sagan, um homem que foi, em sua própria descrição, um cidadão do cosmos.

Palavras-chave: Ciência e Religião

Postado por Thiago Macedo Vaz em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 0 comentário

user icon

 

site Ciência e Religião 1

site Ciência e Religião 2

Palavras-chave: Ciência e Religião

Postado por Denilson Luiz da Silva Mendes em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) | 0 comentário