Stoa :: Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP) :: Blog :: Visita à 29° Bienal de Artes de São Paulo

novembro 17, 2010

default user icon

Neste domingo, fiz uma visita à bienal de artes de São Paulo.

Achei bem interessante as obras de arte que estavam expostas, a exposição conta com uma grande variedade de obras que tratam de temas muito diversificados.

A bienal contava com diversas salas de vídeos, porém não assisti nenhum inteiro. O que mais me chamou atenção de fato foram as obras que podíamos interagir com elas.

Porém três delas merecem destaque por tratarem de tema referentes à física e a educação.

A primeira consiste em diversos pinos de ferro que eram pendurados no teto com uma corda, e foram atraídos pelos campos magnéticos de alguns ímãs que estavam no chão.

Desta meneira os fios ficavam esticados, mas não em linha reta, fazendo com que o fio ficasse na diagonal, o artista utilizou de magnetismo para criar sua obra.

magnetico

Outra obra que vale a pena destacar do ponto de vista da educação é uma lousa, que podemos ver nitidamente que foi riscada com muitas fórmulas de física e matemática e apagada.

Em baixo desta lousa tinha uma "montanha" de pó de giz.

O que pude interpretar da intenção do artista nesta obra, é de que ele quis mostrar que muitas vezes o que aprendemos na escola acaba sendo esquecido, e fica apenas marcas bem de longe, do que vimos.

Assim todo conhecimento pode virar "pó" se não houver um significado.

lousa

Mais uma obra que gostaria de destacar, desta vez do ponto de vista físico-esotérico, são algumas figuras de signos do horóscopo chinês que estão presentes na exposição.

Quando pensamos em horóscopo, também pensamos em observação dos planetas e estrelas, e na relação que eles tem com o comportamento e a fase do ser humano. Por isso achei interessante destacar também esta obra, que é mostrada em partes na figura abaixo.

chines

Além destas obras citadas acima outras também me chamaram a atenção, como uma construção inacabada, com as paredes erguidas com tijolos que formam um pequeno labirinto, uns panos que foram pendurados no teto e que vão até o chão, também formando uma espécie de labirinto, e um túnel de madeira que entramos por um lado e após percorrer um caminho cheio de curvas, saímos por uma saída que tem o formato de uma... Ah o melhor mesmo é ir conferir, e visitar a bienal.

Recomendo a visita, pois lá podemos apreciar muitas outras obras de arte e criar nossa própria reflexão a respeito delas.

Estão expostas bastante obras cujo tema é a tecnologia e a educação. A exposição fica no parque do Ibirapuera, e pode ser visitada até 12/12, a entrada é gratuita.

Palavras-chave: artes plásticas, bienal de artes, cultura

Este post é Domínio Público.

Postado por Diego Paulo Rhormens em Ciência e Cultura (Licenciatura do IFUSP)

Comentários

  1. Lucas escreveu:

    Uma coisa legal da obra dos imãs é um aviso dizendo para pessoas com marca-passo não se aproximar da obra, pois o forte campo eletromagnético poderia causar uma parada cardíaca na pessoa!

    LucasLucas ‒ quarta, 17 novembro 2010, 13:35 -02 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.