Minha Nuvem de Tags

 

                

Estatísticas da Página

 

Minha página no Mixpod

 

Minha página no 4Shared

 

Btn_brn_122x44

Minha página no Scribd

 

 

Stoa :: Priscila Frohmut Fonseca :: Blog :: Histórico

Fevereiro 2008

Fevereiro 21, 2008

default user icon

Nota prévia da postagem: Infelizmente os dois vídeos que tentei usar anteriormente aqui saíram do ar... o segundo, de Rurouni Kenshin, foi retirado pelo próprio usuário. Definitivamente, não tive sorte com esses vídeos, então decidi arranjar algo diferente pra não deixar passar em branco. Nessa minha última atualização da postagem, arranjei um vídeo com uma versão de "Stay Gold" no estilo "caixa de música", em que o produtor do vídeo pegou uma parte da seqüência do vídeo "Colors" de Hikaru pra inserir o som novo ao fundo. Espero que gostem, assim como eu gostei!

Stay Gold - music box version

 

 

http://youtube.com/watch?v=sS6naHmm_PU

***

Para quem já viu vídeos de Utada Hikaru, esse vídeo pode ter algumas coisas familiares... Para quem nunca viu, fica aí um pouco da música dela, em um vídeo muito bem montado com images que, segundo o próprio autor do vídeo, foram retiradas e reunidas de diversos vídeos ditos "oficiais" de Hikki. Enjoy, buddies!!!

Utada Hikaru - Stay Gold (fluximation images, lyrics and translation)

http://www.youtube.com/watch?v=EWd5sGR99UQ

***

Atualização, dia 2 de abril: o vídeo que eu tinha inserido acima, aparentemente foi retirado do ar no Youtube por motivos de "violação dos termos de uso". Provavelmente, deve ter acontecido alguma denúncia de "violação de direitos autorais" pelo fato de serem usadas nesse vídeo pequenos trechos de vários vídeos "oficiais" de Utada Hikaru do início ao fim do vídeo - apesar de logo de cara, na descrição do vídeo, constar esse detalhe destacado pelo próprio "produtor" do vídeo, avisando que as imagens usadas foram realmente eram originais de vídeos oficiais da cantora. Embora eu tenha achado isso absurdo, afinal quem colocou o vídeo no ar não se apropriou da autoria dos trechos de vídeo que ele compilou e reorganizou em um novo vídeo, não acho que devo deixar essa postagem vazia da forma que agora ficaria por causa disso. Selecionei um outro vídeo, também dessa música, com imagens e sequências de Rurouni Kenshin - ou Samurai X, se assim preferirem chamar.

http://www.youtube.com/watch?v=oDysv6PtQ20

***

Última atualização desta postagem: realizada numa sexta-feira, dia 4 de abril de 2008, às 21hs.

*** 

Palavras-chave: animê, anime, battousai, caixa de musica, caixa-de-música, fluximation, gold, Hikaru, Japan, Kaoru, Kenshin, mangá, music box, musicbox, Nippon, Rurouni, stay gold, Utada, Utada Hikaru, version, video, videos, Xanh, youtube

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição, Não-Comercial.

Postado por Priscila Frohmut Fonseca | 0 comentário

Fevereiro 24, 2008

default user icon

Não sei quem por aqui se dá o trabalho de discutir e refletir sobre coisas desse gênero, mas quando li esse texto que um amigo meu recebeu por e-mail e mostrou pra mim, fiquei espantada de ver a maneira notadamente distorcida como algumas pessoas encaram os problemas sociais e os Direitos Humanos.

Deixo aqui o texto que recebi na íntegra para quem quiser ler e pensar no tema.

 

Assunto: Direitos humanos são para humanos direitos



Carta enviada de uma mãe para outra mãe em SP, após noticiário na tv:*

"De mãe para mãe.

Vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão contra a transferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEM em São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do Estado.

Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, das dificuldades e das despesas que passou a ter para visitá-lo, bem como de outros inconvenientes decorrentes daquela transferência.

Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi que não só você, mas igualmente outras mães na mesma situação que você, contam com o apoio de Comissões Pastorais, Órgãos e Entidades de Defesa de Direitos Humanos, ONGs, etc...

Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender o seu protesto. Quero com ele fazer coro. Enorme é a distância que me separa do meu filho. Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e as despesas que tenho para visitá-lo.

Com muito sacrifício, só posso fazê-lo aos domingos porque labuto, inclusive aos sábados, para auxiliar no sustento e educação do resto da família. Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha, para mim, importante papel de amigo e conselheiro espiritual.

Olhe você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou estupidamente num assalto a uma vídeo locadora, onde ele, meu filho, trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite.

No próximo domingo, quando você estiver abraçando, beijando e fazendo carícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando flores no seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo...

Ah! Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e sustentando a casa, pode ficar tranqüila, viu? Que eu estarei pagando de novo, o colchão que seu querido filho queimou lá na última rebelião da Febem.


No cemitério, nem na minha casa, NUNCA apareceu nenhum representante destas 'Entidades' que tanto lhe confortam, para me dar uma palavra de conforto e talvez me indicar 'Os meus direitos'!



Circule este manifesto! Talvez a gente consiga acabar com esta inversão de valores que assola o Brasil!'

Direitos humanos são para humanos direitos!!


..................

Este post é Domínio Público.

Postado por Priscila Frohmut Fonseca | 1 usuário votou. 1 voto | 0 comentário

Fevereiro 27, 2008

default user icon

Na dúvida sobre um título pra encabeçar a postagem, achei que falar do conteúdo do vídeo que decidi inserir aqui seria suficiente sem necessidade de muito trabalho e sem exageros de "criatividade" na preocupação de como fazer pra começar a postagem. Tirando a dúvida, vou logo ao que interessa.

Esse é um vídeo de Vanessa Mae (pois é, mais um) que achei interessante de colocar aqui. Par quem ainda não conhece, ela é uma violinista, digamos... "pop", que mistura de tudo um pouco e muitas vezes chega não só a interpretar música de stilo "clássico" acompanhadas de instrumentos recorrentes em Rock e Jazz, como também inclui alguns arranjos de estilo Techno ao reinterpretar músicas já consagradas - como Toccata & Fugue, Dança do Sabre, As Quatro Estações... e por aí vai. Encerro essa postagem com o vídeo. Enjoy!!!

I'm A-Doun for Lack O' Johnnie - Vanessa Mae

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=Lh9j0-Ey3kw

 

*********

Este post é Domínio Público.

Postado por Priscila Frohmut Fonseca | 1 usuário votou. 1 voto | 0 comentário