Stoa :: Ateus e Ateísmo :: Blog :: Angela Gossow: "os direitos humanos caminham com o ateísmo"

janeiro 15, 2012

user icon

O site brasileiro do Arch Enemy (http://www.archenemy.net.br) acaba de postar a tradução do seguinte texto sobre ateísmo versus religião escrito por Angela Gossow.

"Primeiro de tudo - Não é minha intenção atacar as crenças pessoais de ninguém. Eu sou uma defensora da total liberdade pessoal - podem me chamar de verde, ateísta liberal anarquista. Você pode acreditar em qualquer coisa que lhe agrade, que te dê conforto, facilite a sua vida e deixe seu coração mais leve.

Sou contra as instituições clericais / religiosas que realmente insultam crenças pessoais de qualquer um, escolhendo passagens em livros antigos a fim de reprimir a liberdade de expressão, oprimem minorias e mulheres, forçam as pessoas a adorar contra a sua vontade, abusam da religião para implementar o medo e fazem dela uma ferramenta de poder, de controle da mente e de manipulação.

Qualquer país que se curve às exigências extremistas para fazer apostasia, blasfêmia, ou o culto de religiões minoritárias um crime está arrastando sua população de volta no tempo para um um estado feudal, da idade das trevas.

Qualquer nação civilizada irá proteger os direitos do seu povo de adorar o que eles quiserem (ou não quiserem), e ser capaz de criticar, questionar e zombar abertamente de seus líderes religiosos e políticos. Isso é chamado de Liberdade de Expressão!

Qualquer nação civilizada irá aderir à regra de direito e processar violadores de crianças em toda a extensão da lei, independentemente da pressão do Vaticano para proteger padres pedófilos. Meninos merecem passar pela vida sem terem sido estuprados pelos homens encarregados de sua proteção.

Todas as meninas devem ter o direito a ser educadas, manter seu clitóris, vestir o que gostam, ter um emprego, casar com o homem (ou mulher) que escolherem. Não serem estupradas, abusadas ou apedrejadas até a morte por adultério ou qualquer outro tipo de 'pecado'.

Qualquer líder religioso que não pode sequer lidar com palavras contra ele, ou desenhos animados, sem recorrer à vingança assassina ou penas de prisão brutais claramente é fraco e teme uma crise de fé do individuo moderno, educado, livre-pensador e cientificamente informado do século 21.

Venere como você quiser, queridos amigos religiosos, mas não nos digam o que vestir, quem amar, o que ensinar em nossas escolas. Não tentem restringir nossos direitos à contracepção, ao aborto, ao casamento com quem nós escolhemos, divórcio ou relações sexuais consensuais fora do casamento. Sua obsessão com a vida sexual de outras pessoas revela o sua própria perversão e constantes pensamentos sujos.

Parece ridículo ter de defender estes direitos, direitos básicos, depois de tantos anos de emancipação para as mulheres, gays, a separação entre Igreja e Estado nas modernas democracias liberais. A ascensão do fundamentalismo religioso em todo o mundo ameaça a todos nós e temos que incentivar os nossos governos a lutar para se certificarem de que a influência da religião nunca afete políticas públicas de novo.

Para mim, os direitos humanos caminham lado a lado com o ateísmo. Os ateus não podem ter alguma tradição religiosa insana responsável por seus atos horríveis contra a humanidade. Nós somos totalmente responsáveis por tudo o que fazemos. Até que isso não se aplique a todas as religiões em uma base mundial sinto que a religião é realmente a raiz de todo mal.

Do ponto de vista científico, há uma abundância de evidências concretas de que deus não existe, mas nenhuma evidência forte que existe um deus. Nunca acreditei em um deus apesar de ter crescido em uma família cristã. Eu não posso sentir qualquer tipo de "presença". Eu tenho uma mente racional e científica. Estou aliviada que meus pais viraram as costas para o cristianismo, como suas crenças claramente provaram ser um conto de fadas inventado pelo homem. Eles procuraram muito por deus - e só encontraram a beleza de um mundo maravilhoso, mágico, mas sem deus. Viva a sua vida aqui e agora, seja gentil com os outros, não faça nada para alguém que você não quer que seja feito com você, respeite o planeta e a natureza, dê mais do que você tira até seu último suspiro .. Em seguida, aceite a serenidade do nada. Tudo bom. É a nossa vaidade humana que nos faz ter esperança de que somos 'os escolhidos' por alguma divindade. Nós somos simplesmente um resultado de uma evolução de tirar o fôlego, Darwin, Teoria do Caos... Nem mais, nem menos.

Procure no Google por Richard Dawkins e assista a alguns dos seus documentários. Ele tem uma abordagem muito divertida e sem besteiras sobre o tema da religião versus ateísmo. Altamente recomendado para quem busca o conhecimento. Conhecimento é poder. Liberdade começa em sua mente.

Seja tão livre quanto você puder!

Atenciosamente,

Angela"



Fonte: Angela Gossow: "os direitos humanos caminham com o ateísmo" - Novidades (Notícia) http://whiplash.net/materias/news_846/140400-archenemy.html#ixzz1jYm3JJ46

http://whiplash.net/materias/news_846/140400-archenemy.html#ixzz1jVlZslcK

Postado por João Carlos Holland de Barcellos em Ateus e Ateísmo

Comentários

  1. Sady Carlos de Souza Junior escreveu:

    Caaro João,

    Nosso mundo conturbado, educação deficiente, inúmeros problemas de sexualidade (homosexualidade, pedofilia, internet, etc), as famílias estão totalmente fragmentadas (sem casamento, adulterio, sexo grupal, etc), a ética/moral cada vez menos prática (é bonito falar errado, e ofender, etc), as mais diferentes drogas sendo usadas desde crianças (alcool, crak, fumo, maconha, etc), há várias formas de procedermos a crimes: privados e sociais, ambientais... e assim vai...

    O nosso mundo já é um mundo ateu a muito tempo. Não podemos encontrar nada de Deus nisso tudo!!!!

    Mas eu não sei ainda porque a insistência em afirmar a não existencia de Deus! ! ! ! ! ! !

    Sady CarlosSady Carlos de Souza Junior ‒ segunda, 16 janeiro 2012, 00:27 -02 # Link |

  2. Jocax escreveu:

    Sadi, acho q vc confunde ateísmo com caos, com bagunça.

    O ATEÍSMO NAO PREGA O CAOS, A DESORDEM, AS DROGAS, ETC..

    E também acho temerário utilizar a FALSIDADE ( deus ) para amedrontar os cidadãos para que sejam "bom pastores- tementes a deus" para que a sociedade seja mais "certinha". Nao creio ser este o caminho.

    A religiao mesmo nao diz "A verdade vos libertará"?

    Nao é através de uma base falsa que vc consegue uma sociedade melhor.

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 16 janeiro 2012, 08:14 -02 # Link |

  3. Sady Carlos de Souza Junior escreveu:

    Sem Deus não dá para sermos bons, pois o ateismo é materialista, e o homem materialista tem toda a sua etica concentrada nos valores materiais do corpo (pois o espirito não existe), então não dá para conceber um homem "bom" pois a bondade para com o próximo é o contrário do egoismo, que é efetivamente o que pratica o ateista, porque não haveria de ser diferente. Se o ateu for bom, ou quizer ser bom, o que justificaria realmente este procedimento? Não existe justificativa, já que tudo termina com a morte!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza Junior ‒ terça, 17 janeiro 2012, 11:24 -02 # Link |

  4. Jocax escreveu:

    Sadi vc disse:

    "Sem Deus não dá para sermos bons"

    Isso é totalmente falso porque a bondade nao depende de temer a deus.


    Uma pessoa nao é realmente boa se pratica boas acoes apenas por temer o "marmore do inferno" ou porque
    o padre falou que se ela nao for boa "papai do céu a castigará".


    A bondade humana é muito mais do que praticar o bem por obriogação, a bondade é, principalmente,  um sentimento que ACONTECE NO CEREBRO MATERIAL BIOLOGICO ( como todo cientista da area sabe ) e
     motivado pelo altruismo da espécie.
     
    Vveja como os sentimentos até possuem uma localização no cérebro e  podem ser medidos :
     
     "O mapa dos sentimentos
    Marcelo Gleiser
    especial para a Folha de São Paulo, 7/jan/2001
    Onde é a morada dos sentimentos? Será que a ciência pode nos levar a uma melhor compreensão, se possível até quantitativa, do que é sentir? Se você fizer essa pergunta a alguém trabalhando na área de Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET) ou de Imagem por Ressonância Magnética Funcional (fMRI), a resposta é um surpreendente "sim"....
    "
    Texto completo em:
    http://www.genismo.com/metatexto26.htm

    Se a bondade fosse obrigacao nao seria bondade.

    Tanto é assim que as prisões estão forradas de criminosos crentes em deus numa taxa muitissimo maior que a de ateus:


    "...
    Em ** 1997 **, o Bureau Federal de Prisões liberado da taxa de adesão religiosa professa dos que estão no sistema prisional federal dos EUA.
    Os cristãos constituem cerca de 80% da população americana e população carcerária.
    No entanto, ateus representam cerca de 8% da população americana, mas apenas 0,2% da população carcerária.
    No outro lado, apenas cerca de 1-3% dos americanos são muçulmanos, mas 7,2% dos detentos são muçulmanos. 
    ..."

    Texto original em Ingles:

    "...In **1997**, the Federal Bureau of Prisons released the professed religious adherence rate of those in the U.S. Federal Prison system.
    Christians make up about 80% of the American population AND prison population.
    However, Atheists make up about 8% of the American population but only 0.2% of the prison population.
    On the flip side, only about 1-3% of Americans are Muslim, but 7.2% of inmates are Muslim.
    ..."

    http://askville.amazon.com/Religion-prison-populations-Atheists-et

    Ou seja a taxa de criminosos religiosos nas prisões é 400 VEZES MAIOR QUE A DE ATEUS sendo que na população , em geral, os
    religiosos são, em número,  10 vezes superior ao de ateus.

    Isso é uma EVIDENCIA de que a religiao INFLUENCIA NEGATIVAMENTE o altruismo e incentiva de algum modo a criminalidade.
    Tambem pudera, veja o q diz a biblia:

    ""O irmão entregará o irmão a morte. O pai, seu filho. Os filhos levantar-se-ão contra seus pais e os matarão".
    Mateus 10:21

    "E quanto àqueles meus inimigos que não me quiserem como rei, trazei-os aqui e MATAI-OS diante de mim".
    Lucas 19:27

    "Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos para os ESMAGAR contra os rochedos"
    Salmo 137:9

    “Agora pois MATAI todo o varão entre as crianças;
    e MATAI toda a mulher que conheceu algum homem, deitando-se com ele. Porém, todas as meninas e as jovens
    virgens, que não conheceram algum homem deitando-se com ele, deixai-as VIVER para vós.”
    Números 31:17-18


    Voltando-se, disse-lhes Jesus:
    "Se alguém vem a mim e não odeia seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos, suas irmãs e até a sua
    própria vida,
    não pode ser meu discípulo".
    Lucas 14:25-27

    "Ponde cada um de vós a sua espada ao seu lado, percorrei o acampamento e voltai, de portão a portão,
    e MATAI cada um o seu irmão, cada um o seu próximo e cada um o seu conhecido íntimo".
    Êxodo 32:27

    "Com aprovação divina, Josué DESTRÓI com o fio da espada os homens, mulheres e crianças da cidade de Jericó".
    Josué 6:21-27


    "Com aprovação divina, Josúe DESTRÓI todo o povo de Ai, matando 12 mil homens e mulheres, sem que nenhum
    escapasse".
    Josué 8:22-28


    "Com aprovação divina, Josué DESTRÓI todos os Gibeonitas, Maqueda, Libna, Laquis, Eglom, Hebrom e Debir"
    Josué 10:27-39

    "Josué FERIU toda aquela terra e a todos os seus reis. Nada deixou de resto; mas tudo o que tinha fôlego
    DESTRUIU, como ordenara o senhor deus de Israel".
    Josué 10:40-43

    O senhor ordena o MUTILAMENTO (corte dos tendões das pernas) dos cavalos".
    Josué 11:6-17
    "

    http://stoa.usp.br/ateismo/weblog/85792.html








    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ terça, 17 janeiro 2012, 13:23 -02 # Link |

  5. Sady Carlos de Souza Junior escreveu:

    Jocax,

    Não estou falando dos 99,9% da humanidade que dizem que amam, que acreditam em Deus, etc, etc, como Vc enunciou, mas que praticam o contrário. São poucos que descobriram Deus, a maioria de tudo é encenação religiosa. Você está certisssimo!

    Todas essas pessoas no fundo são ateus. Podem até falar de Deus, mas são ateus, meu caro, porque se contradizem.

    Eu sei que Vc quer defender os ateus, mas o faz - não por uma lógica argumentativa, mas, porque encontra contradiçao nos livros e as pessoas daqueles que dizem que acreditam.

    Aí que tá! Deus não tem nada a ver com livros e pessoas! ehehe

    Sady CarlosSady Carlos de Souza Junior ‒ quinta, 19 janeiro 2012, 01:03 -02 # Link |

  6. Jocax escreveu:

    O problema das pessoas que acreditam 100000% em deus e tem fé absoluta que ele existe e que os textos sagrados sao verdadeiros e etc sao AS PESSOAS MAIS PERIGOSAS pois elas podem levar muitos ao paraiso ( = mata-las ) pq tem certeza que la no paraiso a vida eh infinitamente melhor do que a terra , por favor, leia  "O MARTIR CRISTAO JOCAXIANO" e vc entendera o q estou dizendo.

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ quinta, 19 janeiro 2012, 15:54 -02 # Link |

  7. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Exatamente Jocax, mas estes a quem Vc combate que se dizem religiosos, que amam a Deus, etc, estes na verdade são os ateus.

    Deus para ser o que é não precisa de nenhum esclarecimento, defesa, nada!

    Não depende de meditação, de rituais quaisquer ou veneração.

    Deus está nas pequenas ações/logos do dia a dia de quem o percebe em sua humildade!

    Acredito que Vc usa de uns certos postulados que estão corretos, mas não na sua conclusão!

     

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ quinta, 19 janeiro 2012, 19:37 -02 # Link |

  8. Jocax escreveu:

    Sady me diga onde esta a falha da seguinte logica: 

    1-Deus existe e o Paraiso é um lugar infinitamente melhor que a Terra

    2-Portanto é melhor estar no paraiso que na Terra

    3-A pessoa boa quando morre vai ao paraiso

    4-Criancas sao pessoas boas 

    5-Portanto levar criancas boas ao paraiso sera melhor para elas é um ato bom

    6-Atos bons sao recompensados por deus 

    7-Portanto a pessoa que mata crianca esta praticando um ato bom 

    8-Deus recompensara, entao, estas pessoas que matam criancas, como o "atirador da escola" , pois ele esta praticando um ato bom.

    cqd

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ quinta, 19 janeiro 2012, 21:07 -02 # Link |

  9. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax! Tudo bem? Vc está confundindo as coisas, misturando as metáforas das crenças de Deus e a metáfora do Paraiso tentando passar como coisas objetivas, e confundindo com o que é Bom e Mal, Vida e Morte, Matar e Morrer!

    Se Vc fizesse uma análise semiótica interpretando a partir da visão do que as pessoas pensam sobre isto não haveria nenhuma dessas contradições! Vc está forçando uma contradição que não existe e jogando uma lógica de sintaxe contra uma lógica de semântica:

    Veja bem; ninguem quer morrer, e por outro lado, é erro matar! Bom, por aí nem preciso continuar mais!

    As pessoas que pensam em sair daqui (morrer) e ir a um outro lugar (paraiso) não querem viver, portanto não podem saber o que é a vida, nem a morte, como nunca souberam o que poderia ser Deus ou o Nada!

    Essa enumeração lógico-gramatical não coincide com a interpretação do que querem realmente as pessoas e a realidade de nosso mundo, portanto ela se invalida por si mesmo ...

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ sexta, 20 janeiro 2012, 18:21 -02 # Link |

  10. escreveu:

    Sady, vc nao refutou o argumento.

    Vc tem que me dizer QUAL DAS PREMISSAS acima esta errada ou qual conclusao nao se aplica das premissas. Só assim vc refuta a logica do raciocinio.

    Vc tentou refutar o argumento dizendo: "ninguem quer morrer"

    E DAI? isso nao refuta nada.

    Ninguem tambem nao quer sentir dor mas sente, ninguem quer trabalhar pesado mas trabalham, ninguem quer tomar remedio amargo mas tomam. Entao as vezes eh necessario SACRIFICAR algo no presente para ter algo melhor no futuro, todo mundo ta CARECA de saber disso.

     

    Alem do mais vc nao entende de religiao: A ALMA EH IMORTAL E A MORTE DO CORPO NAO EH O FIM !

    Entao qdo vc fala em morrer na verdade apenas o corpo morre mas para o religioso a alma é imortal e NAO MORRE entao a pessoa só sai deste corpo e vai ao paraiso. ENTENDEU????

    Outro erro seu: A crianca NAO PRECISA QUERER IR PARA O PARAISO, da mesma forma que o medico que opera a crianca enferma o faz SEM SEU CONSENTIMENTO, para que ela tenha uma vida melhor !

    Eh a mesma coisa que pensaria o religioso-100%  ele nao precisa do consentimento da crianca para lhe dar uma vida melhor, ele manda a crianca ao paraiso pa SABE E TEM CERTEZA que la é infinitamente melhor que a terra. 

    Deve ter sido esse o pensamento do atirador da escola ( procure neste blog ) que matava as criancas virgens para leva-las ao paraiso antes que se perdessem e deixassem de ser puras e fossem ao inferno.

     

    POR ISSO QUE EU DIGO Q AS RELIGIOES NAO SAO INOCUAS E PODEM SER PERIGOSAS!

     

     

    default user icon ‒ sábado, 21 janeiro 2012, 08:41 -02 # Link |

  11. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Sobre a sua inferencia "ninguem quer morrer" e que "as RELIGIOES são perigosas" estou completamente de acordo.

    Porém, a questão de Deus, de fé ou religiosidade são muito importantes, muito embora terem sido exploradas de forma negativa!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ domingo, 22 janeiro 2012, 14:10 -02 # Link |

  12. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax!

    Há muitos ateus, sem dúvida e a maioria deles são os prórpios religiosos. Mas o ateismo verdadeiro se dá pela prática e não pela fé daas pesssoas que pensam que Deus é assim ou assado!

    Por isso o seu combate à Deus se vale de um posicionamento muito pueril, até ilógico.

    Na primeira frase (a 1.) Vc já estipula a existencia do "Paraiso", que é uma idéia materialista (indiretamente - dualista, ou seja, um ser Transcendente e outros Imanentes) e dessa compreensão faz decorrer a existencia de Deus (está na primeira linha). Vc já cria pressupostos como sendo obrigatórios ou Verdades para daí partir com as premissas.

    É a mesma coisa de eu dizer num silogismo:

    "O portugues é humano, eu sou humano, portanto eu sou portugues!"

    Meu amigo, Vc defende o ateismo, mas muitos destes religiosos que estão por aí são mais ateistas, materialistas e existencialistas que Vc.

    O seu ateismo é totalmente inconsistente! Apresente sua teoria sem tocar nos erros religiosos dos outros!

    Em todas as religioes as CONTRADIÇÕES são sabidas e devidamente explicadas a seu modo, das formas que mais lhes convém - ou simplesmente as descartam sem prejuizo do resto!!!! E o mundo continua rodando!

    Mas... Toda essa preocupaçao sua pode levar, mais tarde, tenho certeza, a Vc descobrir Deus melhor do que eu o descobri! Porque o camarada existe mesmo, Véiu!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ domingo, 22 janeiro 2012, 14:18 -02 # Link |

  13. Jocax escreveu:

    Sady vc disse: 

     

    " Mas o ateismo verdadeiro se dá pela prática"

     

    Vc poderia explicar isso?

    Como seria, pra vc ,  a PRATICA do ateismo verdadeiro?

    Note que o ateismo nao tem um livro sagrado a ser seguido!! 

    O ateismo NAO eh uma religiao.

     

     

    Depois disse:

     

    "..Na primeira frase (a 1.) Vc já estipula a existencia do "Paraiso", que é uma idéia materialista..."

     

    Vc pirou na batatinha? 

    Onde se viu que o paraiso eh uma ideia materialista? 

    O PARAISO EH UMA IDEIA RELIGIOSA E NAO MATERIALISTA: 

     

    Veja da Wiki:

    "Céu (ou paraíso) é um conceito de vida após a morte encontrado em muitas religiões ou filosofias espirituais. Aqueles que acreditam no Céu geralmente consideram que ele (ou o Inferno) é a destinação pós-vida de muitos ou todos os seres humanos.".

    "..O lugar ideal, na terra ou utopia, outrora representado pelo Jardim do Éden. Um lugar descrito por diferentes religiões onde o clima é ameno, há abundância de alimentos e recursos, e não há guerras, doenças ou morte. Normalmente, a vida no paraíso seria a recompensa após a morte para as almas dos que seguem corretamente os preceitos de cada religião...."

     

    Vc disse:

    "..Vc já cria pressupostos como sendo obrigatórios ou Verdades para daí partir com as premissas..."

     

    Vc nao sabe o que eh uma premissa??!!?!

    Premissa eh JUSTAMENTE isso:  PRESSUPOSTOS QUE SE ASSUMEM VERDADEIROS!

    A ideia é justamente essa: Se os pressupostos da religiao sao verdadeiros ( a existencia de deus e o paraiso  e etc..)

    SEGUE LOGICAMENTE QUE MATAR CRIANCAS INOCENTES EH UM ATO DE BONDADE. 

     

     

    Vc disse ainda :

    "É a mesma coisa de eu dizer num silogismo:

    "O portugues é humano, eu sou humano, portanto eu sou portugues!""

     

    Nao eh a mesma coisa!

    Veja bem: 

    1) Matar inocentes eh bom pra pessoa pois ela vai ao paraiso

    2) se alguem mata inocentes ta fazendo algo bom pra pessoa 

    3) fazer algo bom pras pessoas eh sempre recompensado por deus 

    , PORTANTO matar inocentes deve ser recmpensado por deus.

     

    Vc disse:

    ".. Vc defende o ateismo, mas muitos destes religiosos que estão por aí são mais ateistas, materialistas e existencialistas que Vc..."

     

    Sady, o ateismo eh simplesmente a discordancia , a negacao, da existencia de deus ou deuses.

    vc parece confundir o ateismo com baderna, com magia negra , com demonismo, mas estas ultimas sao formas religoosas 

    tambem pois ha a crenca no sobrenatural.

     

     

    Vc ainda disse:

    "..O seu ateismo é totalmente inconsistente! Apresente sua teoria sem tocar nos erros religiosos dos outros!.."

     

    Se vc nao quer por suas crencas aa provas pois teme que a logica as destrua, nao deveria debater em foruns de ateismo deveria se enclausurar num mosteiro e recitar a biblia , ai ficaria feliz mergulhado  nas suas ilusoes de um deus bom e poderoso.

     

    Mas se vc comeca a debater vc sempre corre o risco de perceber que suas crencas sao apenas crencas sem nenhuma base logica ou factual, ainda pior : 

    sao ideias perigosas que podem levar a assassinatos e mortes.

     

    E depois disse:

    "..Em todas as religioes as CONTRADIÇÕES são sabidas e devidamente explicadas a seu modo, das formas que mais lhes convém - ou simplesmente as descartam sem prejuizo do resto!!!!.."

     

    Ah ta , vc eh adepto de jogar as contradicoes pra "debaixo do tapete" assim os dizimos continuam sendo pagos as pessoas iludidas e o mundo continua a rolar neh? 

     

     

     

     

     

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ domingo, 22 janeiro 2012, 20:41 -02 # Link |

  14. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

     

    Olá Jocax,

    Tudoo bem?

    Eu poderia refutar Vc em algumas linhas, mas por enquanto vou ficar aqui com a primeira:

     

    Quando eu disse: "Mas o ateismo verdadeiro se dá pela prática"

     

    Vc afirmou:

    "Vc poderia explicar isso?

    Como seria, pra vc , a PRATICA do ateismo verdadeiro?

    Note que o ateismo nao tem um livro sagrado a ser seguido!! "

     

    Quando eu disse que o ateismo se dá pela prática é justamente porque não tem um livro sagrado a ser seguido, como Vc mesmo concluiu. Eu, faço esta a distinção entre o que é Discurso (livro sagrado) e o que é Pratica (ação do dia a dia).

    Sobre o seu estranhamento quanto a minha associação do "materialismo" à noção de "Paraiso" é porque muitos religiosos acreditam na ressurreição da carne nos fins dos tempos e com o mesmo corpo reustaurado viveriam eternamente no Paraiso. Isto inconscientemente é dar valor à carne do corpo, portanto basicamente aí está o anseio de viver com o corpo e também o medo da morte aniquiladora deste corpo. O espírito, nisto tudo, passa longe. Aí está o "materialismo".

    Por outro lado, a forma como Vc sustenta seus argumentos é mais religiosa do que cientifica, Jocax! portanto acho o seu ateismo, pela sua insistencia, uma forma tão religiosa quanto a que Vc combate

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ segunda, 23 janeiro 2012, 15:32 -02 # Link |

  15. Jocax escreveu:

    Sady vc disse:

     

     "Mas o ateismo verdadeiro se dá pela prática"

     

     Eu disse:

     "Vc poderia explicar isso? Como seria, pra vc , a PRATICA do ateismo verdadeiro? Note que o ateismo nao tem um livro sagrado a ser seguido!! "

     

     Vc retrucou:

     

     "Quando eu disse que o ateismo se dá pela prática é justamente porque não tem um livro sagrado a ser seguido, como Vc mesmo concluiu. Eu, faço esta a distinção entre o que é Discurso (livro sagrado) e o que é Pratica (ação do dia a dia)."

     

     Percebeu que vc NAO DISSE qual a pratica do ateismo? 

     Nao tendo um livro sagrado nao ha regras misticas ou exotericas ou religiosas a serem seguidas.

     Portanto NAO EXISTE algo a ser praticado. A bondade, o altruismo do ateu vem de seu proprio "coracao", de sua vontade  e nao porque algum livro sagrado manda  que tem que agir assim e assado, percebe? 

     Portanto, NAO EXISTE UMA  PRATICA ATEISTA A SER SEGUIDA. Nao ha o que seguir , cada um segue o que quiser.

     

     VC disse :

     "..Sobre o seu estranhamento quanto a minha associação do "materialismo" à noção de "Paraiso" é porque muitos religiosos acreditam na ressurreição da carne nos fins dos tempos e com o mesmo corpo reustaurado viveriam eternamente no Paraiso..."

     

     Mesmo que o paraiso fosse na propria Terra isso nao eh materialismo pois eh uma ideia religiosa.

     Veja a definicao de materialismo (Wiki) :

     

     "Em filosofia, materialismo é o tipo de fisicalismo que sustenta que a única coisa da qual se pode afirmar a existência é a matéria; que, fundamentalmente, todas as coisas são compostas de matéria e todos os fenômenos são o resultado de interações materiais; que a matéria é a única substância."

     ( materia = entidades fisicas , engloba energia , campo etc. ) 

    Entao a ALMA que sera reencarnada em um corpo material nao eh um conceito materialista!

    Apenas utiliza a materia para que a alma possa se sustentar , mas enquanto o corpo nao retorna a alma nao morre.

    NO MATERIALISMO NAO EXISTE ALMA ( que eh um conceito essencial para as religioes ) 

     

     

     

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 23 janeiro 2012, 17:26 -02 # Link |

  16. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax!

    Eu, que sou filósofo, acho que sou mais prático do que Vc, pois as coisas não são assim ou assado porque estão escritas ou não em algum lugar, meu caro. É daí que nos diferenciamos.

    Qualquer prática minha tem uma justificativa para tal. De forma que se eu acredito em algo além da natureza material eu tenho necessariamente uma explicação para meus atos. Da mesma forma, se eu não acredito em uma natureza espiritual, não posso ter uma mesma fundamentação para as coisas. É simples, nem é preciso procurar no dicionário para ver se há alguma prática ateista ou não.

    Aquelas pessoas que acreditam no economico, na propriedade, dinheiro, etc, como a base de tudo, podem até dizer que são religiosas, mas são materialistas. É normal Joao Carlos que haja essa contradição, por isso aquilo que está no dicionário ou na enciclopédia não tem valor real. Vc acha que se não está escrito lá não existe pratica ateista! E está completamente enganado.

    Vc combate Deus a partir desta contradição, só que esta contradição (que pode estar até nos livros religiosos) não pode explicar e fundamentar um conceito. Por isso dizendo-se ateu ou religioso, no mundo em que estamos, não há diferença alguma.

    Até um espírita que ficasse esperando resolver seus problemas de evolução, ou outros, pela reencarnação (voltar à carne) estaria sendo um outro tipo de materialista, sem dúvida.

    Vc tem razão quando conclui que NO MATERIALISMO NAO EXISTE ALMA, mas isto é discurso apenas. É um conceito muito bonitinho no dicionário, mas como presenciamos toda hora nos jornais, livros, revistas, rádio, Tv e particularmente em nossas vidas, isto não tem sentido existencial de fato!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ segunda, 30 janeiro 2012, 11:27 -02 # Link |

  17. Jocax escreveu:

    Sady vc diz: 

    "Eu, que sou filósofo,...."

     

    Um filosofo que se preze costuma primar pela lógica. Mas nao parece ser seu caso, pois 

    vc quer admitir a contradição, conviver com ela, Veja o q vc diz:

     

     "É normal Joao Carlos que haja essa contradição..."

     

     Diz tbm que ateus sao os que se contradizem:

     "..Podem até falar de Deus, mas são ateus, meu caro, porque se contradizem..."

     

     depois vc mesmo se CONTRADIZ dizendo:

     

     "..Em todas as religioes as CONTRADIÇÕES são sabidas e devidamente explicadas a seu modo,  das formas que mais lhes convém - ou simplesmente as descartam sem prejuizo do resto!!!!.."

     

    E para continuar suas contradicoes diz ainda: 

    ".. acho que sou mais prático do que Vc, pois as coisas não são assim ou assado porque estão escritas ou não em algum lugar, meu caro. É daí que nos diferenciamos."

     

    Agora me diga entao: De onde provem os DOGMAS da CRENCA RELIGIOSA que as pessoas seguem? 

    Nao eh porque estao escritas em algum livro sagrado, tipo Biblia? Vc esta DESCARTANDO TUDO O QUE ESTA ESCRITO? apenas prq esta escrito?

    Parece que vc nao entende muito de religiao leia o que os crentes seguem: 

    "Aproximadamente 40 homens escreveram os 66 livros da bíblia, contudo, a bíblia tem um único autor intelectual que foi o Espírito Santo de Deus. 

    Significa dizer que os autores dos livros da bíblia não escreveram aquilo que queriam, mas o que Deus queria que eles escrevessem

    No Segundo livro de Timóteo, Paulo diz que a Escritura (bíblia) é divinamente inspirada, portanto, ela é a palavra de Deus para o homem."

     

    Percebe? as pessoas acreditam pq esta escrito. Nao eh o caso dos ateus obviamente.

     

    Depois vc diz:

    "Qualquer prática minha tem uma justificativa para tal. 

    De forma que se eu acredito em algo além da natureza material eu tenho necessariamente uma explicação para meus atos."

     

    Agora me diga: DE ONDE VEM SUA CRENCA NO ESPIRITISMO?

    Vc inventou o espiritismo? ou vc segue o que lhe disseram ou algum livro ESCRITO que diz os fundamentos de sua religiao?

     

    Vc ainda esta me devendo: QUAL A PRATICA DO ATEISMO que vc tanto fala?  Vc enrola enrola e nao diz nada.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ terça, 31 janeiro 2012, 01:56 -02 # Link |

  18. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax!

    Tudo bem? É, sou formado em Filosofia, portanto sou filósofo. Mas a minha lógica nao tem contradições no nível da semântica.

    Agora o mundo sempre em conflito tem contradições e aqueles que se dizem religiosos não ficam atrás e são, historicamente, os primeiros a deturparem a crença e fazerem uso para interesses escusos. Os ateus, ou que se dizem ateus usam das mesmas articulações discursivas para combater o "mundo religioso". Essas contradições que eu afirmo existirem, existem de fato e é o que faz a violência desse mundo ser o que é: somos contraditórios porque somos hipócritas, desumanos, egoistas, vaidosos e orgulhosos e não porque a contradição é lógica. Entendeu Jocax? É isso!

    Qual a prática do ateu? Isso está nas entrelinhas desde o princípio da minha fala e Vc diz que eu não mencionei!?!?!

    Vamos pelo mais simples:

    É levantar-se desde cedo e não ver Deus no sol da manhã, no alimento e na bebida que toma para si, no sorriso de uma criança, na ingenuidade de um animal, nas cores de uma flor no canto do pássaro, na paisagem da aurora, no regozijo de sua saude, no prazer de se espreguiçar e estar vivo, etc, etc. Quando não somos educados a ver isso - talvez como uma espécie de poesia, - então praticamos o ateismo, o ateismo é essa prática da falta! De certo modo, existe esta falta em todas as pessoas, inclusive as religiosas, por isso digo que os religiosos que procuram Deus num conceito definidor de um texto não encontram Deus, são religiosos artificiais, e podem ser definidos também como ateus, pois sua prática é a mesma daqueles que não acreditam em nada!

    O espiritismo como doutrina é um monte de palavras, mas palavras não significam nada, em nenhum lugar, o que vale são as práticas, que já falei acima, na sua forma mais simples (não citei as complexas).

    De forma que a prática do ateu (o sem "Deus") é todo o EU, egoista, embrutecido. A pessoa não sai de si e vai às coisas. É esquizofrenico, individualista, não há lugar para a poesia, etc... Inclusive, isto impede até de se descobrir-se a si mesmo. eheheh

     

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ quarta, 01 fevereiro 2012, 00:18 -02 # Link |

  19. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Jocax, Vc afirma:

    "Percebe? as pessoas acreditam pq esta escrito. Nao eh o caso dos ateus obviamente"

    Vc que se diz ateu se vale de tudo o que está escrito para negar a Deus. Veja acima quantas vezes Vc se referiu à Bíblia e ao Dicionário nesta nossa conversa. Com certeza mais de 20 vezes! Sem contar nas transcrições de minhas próprias falas, ou seja, "ipsis leteris".

    Vc quer justificar, sedimentar, acalcar fortemente o discurso escrito para a partir dele combater uma essencia que não está lá! Isto tambem é uma contradição costumeira do ateu, que se vale de um conteudo que quer fazer relevante (tanto como algo sagrado) para descaracterizá-lo.

    A mesma forma que um sacerdote se esforça, espreme, para despertar a fé em alguem, Vc como ateu, ou os ateus, usam da mesma tecnica para fazer o contrário. Ambos estão enganados, e usam da mesma violência!!! Jocax, Lembra-se do filme "Laranja Mecânica"? Há sutilmente escondida uma violência para combater outra violência. É isso aí! Aí, de certo, não há Deus mesmo! eheh

     

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ quarta, 01 fevereiro 2012, 00:36 -02 # Link |

  20. Jocax escreveu:

    Ola Sady,
    vc disse:

    "É, sou formado em Filosofia, portanto sou filósofo."

    Nao conhecia esta inferencia. Vc tem certeza?

    e disse:
    " Agora o mundo sempre em conflito tem contradições e aqueles que se dizem religiosos não ficam atrás e são..."

    Vc esta confundindo contradição de pensamento DA LOGICA com contradição de atitude.
    Sao coisas MUITO DISTINTAS.!
    Na logica NAO pode haver contradicao para o pensamento/raciocinio estar correto !!.

    Nas atitudes, a contradicao entre o agir e o pensar pode  acontecer, pois o agir nao precisa necessariamente seguir a logica do que a pessoa acredita.

    O PROBLEMA QUE EU AFIRMO EH QUE EXISTE CONTRADICAO NOS TEXTOS RELIGIOSOS , NO RACIOCINIO E NAO APENAS NAS ACOES.
    E isso nao poderia acontecer. Eh diferente vc acreditar em "A" e fazer "B"  e outra na doutrina dizer "A" e depois dizer "Nao A" entendeu?

    Vc disse:
    "É levantar-se desde cedo e não ver Deus no sol da manhã, no alimento e na bebida que toma para si, no sorriso de uma criança, na ingenuidade de um animal..."

    ISSO NAO EH PRATICA!
    A pratica se da pelas acoes e nao pelo que vc imagina ou cre !

    Vc disse:
    "De forma que a prática do ateu (o sem "Deus") é todo o EU, egoista, embrutecido....."

    Onde vc LEU que a pratica do qteu eh isso? Vc ta louco?
    tem que ser muito preconceituoso para pensar que todo ateu eh egoista e embrutecido muio pelo contrario
    como ja te mostrei a maioria dos criminsos sao crentes
    !!!

    Tanto é assim que as prisões estão forradas de criminosos crentes em deus
    numa taxa muitissimo maior que a de ateus:
    "...
    Em ** 1997 **, o Bureau Federal de Prisões liberado da taxa de adesão religiosa professa dos que estão no sistema prisional federal dos EUA.
    Os cristãos constituem cerca de 80% da população americana e população carcerária.
    No entanto, ateus representam cerca de 8% da população americana, mas apenas 0,2% da população carcerária.
    No outro lado, apenas cerca de 1-3% dos americanos são muçulmanos, mas 7,2% dos detentos são muçulmanos.  ..."

    Texto original em Ingles:

    "...In **1997**, the Federal Bureau of Prisons released the professed religious adherence rate of those in the U.S. Federal Prison system.
    Christians make up about 80% of the American population AND prison population.
    However, Atheists make up about 8% of the American population but only 0.2% of the prison population.
    On the flip side, only about 1-3% of Americans are Muslim, but 7.2% of inmates are Muslim.
    ..."
    http://askville.amazon.com/Religion-prison-populations-Atheists-et

    Ou seja a taxa de criminosos religiosos nas prisões é 400 VEZES MAIOR QUE A DE ATEUS sendo que na população , em geral, os
    religiosos são, em número,  10 vezes a populacao dos ateus.

    Isso é uma EVIDENCIA de que a religiao INFLUENCIA NEGATIVAMENTE o altruismo e incentiva de algum modo a criminalidade.


    O que refuta sua tese de ateus-pessoas ruins.


    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ quarta, 01 fevereiro 2012, 10:55 -02 # Link |

  21. Jocax escreveu:

    Sady vc disse:

    "Vc que se diz ateu se vale de tudo o que está escrito para negar a Deus."

     

    Vc tem algum tipo de problema? 

    VC acha mesmo que faz DIFERENCA se uma IDEIA, uma TEORIA , um CONCEITO  esta escrito, esta falado, gravada, filmada ou armazenado em qualquer meio que se possa entende-la , analisa-la ou debate-la? 

    Vc ta me entendendo? Qual a diferenca na FORMA que a ideia esta gravada? Pq este seu  preconceito?!?!?.

     

    Claro que a palavra escrita ou gravada eh mais confiavel para se analisar pois vc NAO PODE DIZER QUE a IDEIA NAO ESTA LA , uma vez que QQR PESSOA PODE acessa-la e verificar por si mesma.

     

    Por exemplo, as contradicoes da biblia. Se eu dissesse que o pastor tal disse coisa e tal e eh contraditorio vc poderia me dizer: "ISSO EH MENTIRA DELE", mas qdo eu te mostro que isto esta ESCRITO na propria biblia ou em algum texto sagrado na pagina tal q qual VC NAO PODE DIZER QUE EH MENTIRA pois qqr um pode ir la e VERIFICAR POR SI MESMO !

    Eu acho q eh por isso que vc nao gosta de textos escritos nao eh?

    VC NAO TEM COMO REFUTA-LOS! Acertei? 

     

    Acho q eh por isso que vc diz:

     

    "..Veja acima quantas vezes Vc se referiu à Bíblia e ao Dicionário nesta nossa conversa. Com certeza mais de 20 vezes! Sem contar nas transcrições de minhas próprias falas, ou seja, "ipsis leteris"..."

     

    VC simplesmente tem medo que utilize DADOS ESCRITOS QUE TODOS PODEM VERIFICAR E VC NAO PODE DIZER QUE NAO ESTAO LA?

    POR QUAL OUTRA RAZAO VC TEME TANTO A PALAVRA ESCRITA? ME DIGA!

    Depois vc diz: "Vc quer justificar, sedimentar, acalcar fortemente o discurso escrito para a partir dele combater uma essencia que não está lá!"

     

    veja bem estas sao palavras ao vento vazias de conteudo sabe por que?

    SE AS PALAVRAS NAO TRADUZEM A ESSENCIA VC DEVE REFUTAR E MOSTRAR ONDE ESTA O ERRO!!

    Vc nao pode simplesmente ALEGAR SEM PROVAS , SEM EVIDENCIAS , SEM NENHUMA BASE que a essencia nao esta la!  "Só por que vc quer?"   

    Isso eh ridiculo para alguem que se diz "Filosofo" , se vc se auto-intitula filosofo, vc deve saber ARGUMENTAR com base na logica e nao em alegacoes sem base nehuma!

     

    Vc ainda diz:

    "..A mesma forma que um sacerdote se esforça, espreme, para despertar a fé em alguem, Vc como ateu, ou os ateus, usam da mesma tecnica para fazer o contrário. "

     

    Sady, uma proposicao eh verdadeira ou falsa. Nao ha meio termo.

    Assim "deus existe"  eh verdadeiro ou falso, NAO EXISTE MEIA EXISTENCIA !

    Ou deus existe ou nao existe , VC TA ENTENDENDO? 

     

    Entao os religiosos e os ateus podem debater suas ideias livremente e defender seus pontos de vistas 

    mas parece que vc TEM MEDO DO DEBATE, parece  que quer deixar tudo escondiodo , NENBULOSO, debaixo do tapete para nao ter as crencas abaladas, nao eh isso? 

     

    me expica pq este medo tao grande de debater ideias esse medo tao grande de ideias que estao escritas ? 

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ quarta, 01 fevereiro 2012, 20:46 -02 # Link |

  22. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

     

    Olá Jocax!

    Quem se gradua em Biologia se torna biólogo, em Geografia, geógrafo; em Medicina, médico; em Sociologia, sociólogo, em Psicologia, psicólogo; em Antropologia, antropologo; em Economia, economista; em Matemática, matemático; em Arquitetura, arquiteto, etc, etc. Agora porque quem se forma em Filosofia não é filósofo? Não sou eu que me expresso assim! De mim não parte nehuma dúvida do que sou!

    Exatamente, eu separo a coerencia lógica da coerencia das atitudes! Pois as duas contraditoriamente podem coesistirem. Vemos isto muito nas alegações dos corruptos que falam uma coisa, mas fazem outra. Somos assim!

    Quanto às práticas vc novamente errou, ou não conhece nada da filosofia empirista. Não era imaginação quando citei:

    "o sol da manhã, no alimento e na bebida que toma para si, no sorriso de uma criança, na ingenuidade de um animal, nas cores de uma flor no canto do pássaro, na paisagem da aurora, no regozijo de sua saude, no prazer de se espreguiçar e estar vivo".

    Não há nada de imaginação nisso: está no campo das percepções sensoriais: sol (VISUAL e TATIL), alimento (VISUAL, TATIL, OLFATIVO E GUSTATIVO), bebida (VISUAL, TATIL, OLFATIVO E GUSTATIVO), flor (VISUAL, TATIL, OLFATIVO), pássaro (VISUAL, TATIL, AUDITIVO), paisagem (VISUAL, TATIL, OLFATIVO), e percepçoes internas, etc...

    Bom, por outro lado não há uma teoria do ateu, pois ele simplesmente nega o homem em seu discurso para a partir disso então negar à Deus. É na verdade totalmente anti científica! Deus não está vinculado á nenhum discurso. Tudo não passaria, emúltima analise de uma negação de uma proposição argumentativa, e nunca da existencia de Deus.

    Negue Deus, mas sem estar pendurado nos livros sagrados que ironicamente reforçam seu valor para produção da negação.

    Vc fala que há uma imensa porcentagem de religiosos nas prisoes, e poucos ateus, para defender destes alguma moral. Eu já disse várias vezes que não há religiosos realmente nestas prisoes e nem fora dela. Não há diferença entre ateus e religiosos num mundo onde as pessoas se valem do materialismo e do medo. Os ateus não tem um deus descrito num livro tradicional sagrado, mas fazem de dinheiro um deus, de um status um deus, de uma profissão, do comunismo, de um sobrenome, de uma conta bancaria, de uma pessoa, etc, etc essa é uma prática corrente de muitos ateus que não sabem que são.

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ segunda, 06 fevereiro 2012, 20:17 -02 # Link |

  23. Jocax escreveu:

    Ola Sady!

    Vc disse : "Quem se gradua em Biologia se torna biólogo, em Geografia, geógrafo; em Medicina, médico; em Sociologia, sociólogo, em Psicologia, psicólogo; em Antropologia, antropologo; em Economia, economista; em Matemática, matemático; em Arquitetura, arquiteto, etc, etc. Agora porque quem se forma em Filosofia não é filósofo? Não sou eu que me expresso assim! De mim não parte nehuma dúvida do que sou!"

    Nao sou especialista no assunto mas Eu encontrei isso na net:

    "..Com a aprovação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, em 1996 - que prevê o ensino obrigatório de Filosofia para alunos do Ensino Médio - aumentou a demanda no mercado pelo profissional licenciado na área. Mas antes, o estudante deve se formar como bacharel e ainda cursar disciplinas pedagógicas, além de estágio supervisionado. O diploma, entretanto, não confere o status de Filósofo, mas sim de Bacharel ou Professor de Filosofia. Para ser Filósofo, é necessária a publicação de uma obra relevante e original. O estudante formado em Filosofia pode atuar, além da pesquisa e do ensino, em editoras e instituições culturais, ou como tradutor de obras filosóficas...."
    http://www.vestibular2003.ufsc.br/cursos/filosofia.htm


    "...1. Não se dá, em qualquer instituição universitária do Brasil ou do mundo, título acadêmico de "filósofo" e sim apenas o de "bacharel em filosofia" e o de "doutor em filosofia", que não podem nem pretendem conferir a seu portador o estatuto de filósofo,
    mas somente o de professor de filosofia em ginásios ou faculdades – subentendendo-se aí distância análoga à que
    vai de um escritor a um simples professor de português. ..."
    http://www.olavodecarvalho.org/textos/suigeneris.htm

    "..Desculpa a risada, mas nem de longe uma pessoa formada em filosofia é um filósofo!!
    HOnestamente, eu conheço pessoas formadas em filosofia que não conhecem nem o estoicismo... Ou pior, aqueles que já leram muita filosofia, conhecem todas as 'correntes filosóficas', no entanto nunca conseguiram ter um pensamento próprio, uma opinião pessoal sobre qualquer coisa do que leu... Aprender sobre filosofia é uma coisa, ser um filósofo é outra muitoooooooo diferente... .."
    http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20100211052924AA1DtI


    Portanto parece que, no minimo,  ha controversias...

        --------------
       
    Depois vc disse:
    "Quanto às práticas vc novamente errou, ou não conhece nada da filosofia empirista. Não era imaginação quando citei:
    '"o sol da manhã, no alimento e na bebida que toma para si, no sorriso de uma criança, na ingenuidade de um animal,..."
     e disse
     "..Não há nada de imaginação nisso: está no campo das percepções sensoriais: sol (VISUAL e TATIL), alimento (VISUAL, TATIL, OLFATIVO E GUSTATIVO), bebida (VISUAL, TATIL, OLFATIVO E GUSTATIVO),
    "


    Existem DOIS ERROS na sua argumentacao:
    Primeiro erro:


    Vc nao pode dizer que um ateu NAO SENTE beleza do sol da manha nao sente a ingenuidade animal etc..
    Vc afirmando isso nao sabe o que eh um ateu. Vc acha que um ateu eh um ser sem sentimentos APENAS PORQUE NAO ACREDITA NUM FANTASMA CHAMADO DEUS????


    Segundo erro:
    PERCEBER E SENTIR NAO SAO PRATICAS sao emocoes, sentimentos INTERNOS AO CEREBRO. Tanto eh assim que vc pode sentir a mesmas coisas num sonho sem abrir os olhos SEM AGIR !

    --------------

    Depois vc disse:
    "..Bom, por outro lado não há uma teoria do ateu, pois ele simplesmente nega o homem em seu discurso para a partir disso então negar à Deus."

    Aqui vc esta se contradizendo de novo:
    Vc diz que o ateu NEGA O HOMEM e depois diz que o ateu NAO TEM teoria !!
    Se o ateu nega o homem ele tem uma teoria : a da negacao do homem !!
    Cuidado que do jeito que vc vai indo vao CASSAR SEU DIPLOMA !!  rsrsrsr

    -----------
    Ainda diz:
    "..Negue Deus, mas sem estar pendurado nos livros sagrados que ironicamente reforçam seu valor para produção da negação..."

    Vc tem algum tipo de preconceito em relacao a analise de obras e textos religiosos? vc acha que sao sagrados e nao devem ser analisados ? apenas engulidas como se fossem verdades absolutas?

    Se os textos sao contraditoris e levam aa crueldades DEVEM SIM SEREM DENUNCIADOS.
    E se os textos ainda se auto-intitulam a 'palavra de deus' isso eh mais um sinal de que esse deus nao opde existir.


    Depois diz:
    "Eu já disse várias vezes que não há religiosos realmente nestas prisoes e nem fora dela."

    Bom eu te pergunto: quem eh vc para NEGAR a declaracao da propria pessoa da religiao que ela segue?
    Vc diz que o cara nao eh religioso apenas pq nao eh santo?
    vc acha q todo religioso deve ser Santo?   e que NENHUMA pessoa que comete algum "pecado" pode se dizer religioso?
    Entao eu acho q vc se contradiz novamente pois vc mesmo diz que eh possivel a pessoa pensar "A" e agir "B" .
    E mostra q vc nao entende de religiao uma vez que COMETER PECADOS NAO EXCLUI A PESSOA DA RELIGIAO
    caso contrario nao haveria o arrependimento. A pessoa pode continuar religiosa e ir "pro inferno" conforme suas propprias crencas.


    Sua definicao de que religioso nao faz nenhum crime e nenhum mal NAO EXISTE, eh invencao sua.

    Sady, vai estudar.....











       

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 06 fevereiro 2012, 21:37 -02 # Link |

  24. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá amigo!

    Exatamente, o que Vc encontrou sobre o significado de quem é filósofo, está de acordo com o que pensa a Ass. Nac. de Prof. de Fil (ANPOF) justamente porque ela é elitista, mas não é o pensamento que vigora no sul do pais! Porém, isto é de menor importancia, pois eu, particularmente, sou filósofo nos dois aspectos, ehehe!

    Sobre o que falei sobre percepção não tem nada a ver com a sua contra argumentação acima, porque eu estava antes apenas rebatendo o fato de Vc dizer ser tudo minha IMAGINAÇÂO.

    Quando digo que o ateu nega "o homem" é porque ele diz apenas NÃO para tudo, e fazer isto não precisa (como Vc mesmo disse) de nenhuma teoria mesmo, é apenas dizer não, não e não, porque é isto que Vc faz. Vc não se apoia em nada para contradizer a existencia de Deus, então nega o que foi feito por aquele discurso humano que O afirma. É fácil negar! Vc até agora não contrapos nada concretamente sobre a não existencia de Deus! Por que não pode fazê-lo mesmo! Volto a dizer: Vc não fez outra coisa do que negar um discurso do homem, ou especificamente o meu.

    Negar: esta é a prática do ateu que Vc não quer reconhecer, mas está aí! Pois foi tudo o que Vc apresentou: negar compartilhar com a natureza e/ou seu interlocutor, e, logicamente, negando seu discurso!!!!! ehehe

     

     

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ quinta, 16 fevereiro 2012, 14:53 -02 # Link |

  25. Jocax escreveu:

    Sady vc disse:

    ".. o que pensa a Ass. Nac. de Prof. de Fil (ANPOF) justamente porque ela é elitista, mas não é o pensamento que vigora no sul do pais! "

     

    Vc tem algum Link mostrando sua afirmação? 

    Ou isso é apenas "achismo" seu? 

     

    E disse: 

    ".. pois eu, particularmente, sou filósofo nos dois aspectos, ..."

     

    Vc teria algum link para uma publicação ou texto com alguma idéia original de sua autoria? 

     

    e tbem : ".. eu estava antes apenas rebatendo o fato de Vc dizer ser tudo minha IMAGINAÇÂO..."

     

    Vc tem certeza? Onde eu digo que tudo da sua imaginação?

    O que eu disse foi que AS PERCEPCOES DIFEREM-SE DA PRATICA e vc citou apenas percepções que vc erroneamente acha que o ateu nao possui 

    para justificar que o ateu possui algum tipo de prática comum a todos.

     

    Eu disse que vc errou duas vezes: 

    1-Errou ao confundir percepção com prática: A percepção e o sentimento associado à percepção não são atividades práticas e sim processament internos ao cérebro.

      Prática é ação, é fazer.

    2-Errou ao afirmar que o ateu não sente beleza, bondade, alegria etc.. sem NENHUMA base para afirmação mais escabrosa e preconceituosa para alguem que se auto-intitula filósofo(!?!)

     

    Depois vem com esta "pérola":

    "..Quando digo que o ateu nega "o homem" é porque ele diz apenas NÃO para tudo..."

     

    Como um pretenso filósofo poderia dizer tamanha asneira? 

    1-Primeiro pq a frase eh auto-contraditória: Se o ateu diz nao pra tudo tambem diria "nao" para o próprio ateísmo!

    o que nao eh verdade.

    2-A definição de ateu diz que o ateu diz NAO apenas para a existencia de deus ! 

    Como vc pode inferir que a partir da negacao de deus o ateu nega o homem?

     

    Muito pelo contrario: 

    Quem nega o homem é quem nega o verdadeiro homem biologico e coloca o homem num fantasma : SUA ALMA.

    Negar o homem eh negar a natureza biologica-evolutiva do homem e o colocar num FANTASMA QUE NAO EXISTE chamado alma.

    Isso sim eh negar o verdadeiro homem.

     

    Depois continua:

    "..e fazer isto não precisa (como Vc mesmo disse) de nenhuma teoria mesmo, é apenas dizer não, não e não, porque é isto que Vc faz...."

     

    Aqui vc erra de novo afirmando que uma proposicao/teoria  que nega a outra deixa de ser uma teoria. 

    Isso eh falso negar uma teoria tambem eh uma teoria, se nao fosse assim , nenhuma teoria poderia negar coisa alguma , o que é um absurdo !

     

    Depois vc ainda mente dizendo:

    "..Vc não se apoia em nada para contradizer a existencia de Deus, então nega o que foi feito por aquele discurso humano que O afirma...."

     

    Que mentira deslavada Sady !

    vc ta cansado em ver meus texos apontando minhas provas para a negação de deus que vc NUNCA refutou.

     

    O Diabinho Azul Jocaxiano

    http://stoa.usp.br/ateismo/forum/39228.html

     

     

    Acho q vc deve estar de brincadeira neh?  acertei? 

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ domingo, 19 fevereiro 2012, 20:37 -02 # Link |

  26. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax!
    Tudo bem?

    Gostaria que nossa discussão permanecesse sobre o principal problema de discussão que é sobre o ateismo.

    Também não gostaria de que levássemos o debate para um caso particular, pois se começarmos a ofendermos um ao outro estaríamos fugindo e não resolvendo nada!

    Portanto, devemos nos perguntar sobre o que realmente pode fazer sentido. Se por acaso Vc não conseguir responder ou se nossa resposta for insatisfatória deveríamos reexpor o problema.

    A  questão sobre a formação em filosofia é uma questão política, e nos links que Vc achou é totalmente elitista. Se alguem não fizer nada de seus estudos de filosofia ninguem tem nada a ver com isto... Pense bem Jocax. E ser filósofo não quer dizer nada em nosso mundo massificado. Um escritor de outra ciência poderia ser um filósofo sem ter curso nenhum, tal como um "jornalista". Isto também é verdadeiro. É a sociedade que julga isto em ambos os casos: no primeiro, o curso de Graduação deve ser reconhecido pelo CFE, no segundo caso, o autor "filosofo" deve ser reconhecido por sua produção. Não precisamos link nenhum, meu caro. Está aí na sociedade!!!

    Bom, isto acima é para reafirmar o que Vc contestou da minha situação de formado em filosofia/filósofo. E como já havia dito, Vc contesta, nega - como um diabinho mesmo, o homem, e não à Deus que é o que está em discussão!

    Vc disse laaaaaaá atrás, quando falei sobre as percepções:

    "ISSO NAO EH PRATICA!
    A pratica se da pelas acoes e nao pelo que vc imagina ou cre!"

    Agora, na sua resposta anterior Vc me pergunta:

    "Vc tem certeza? Onde eu digo que tudo da sua imaginação?"

    Por favor João, releia o que Vc escreve.

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ segunda, 27 fevereiro 2012, 11:08 -03 # Link |

  27. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Por outro lado se afirmo que me considero filósofo foi porque desenvolvi um trabalho relevante na Pós da FFLCH e pretendo publicar posteriormente. Mas como já disse não precisei disso para me qualificar como filósofo. Vc quer um link? procure no SIBI.

    Sobre a Moral de alguem que se diz religioso e do ateu:

    Vc mesmo afirma que nos presídios está cheio de religiosos e há pouquíssimos ateus! Tudo bem!! Eu concordo sem dúvida. Mas aquele que se diz religioso e comete infrações não parece ser vigilante de sua conduta quanto deveria, porque o religioso é sempre um temeroso do poder de Deus, do castigo pós-mortem, das penalizações, até das cobranças de colher o que plantou como causa e efeito, etc... e mesmo assim infringe, como já disse! (Bom, de fato, parece que há arrependimentos, remorsos, etc).

    A religião é coercitiva, querendo ou não, é impositiva quanto uma futura condenação ainda que consciencial e mesmo assim erramos...

    E o ateu? O que move o ateu a ter uma Moral? Qual é a sua justificativa? Onde estão os argumentos de se proceder decentemente, moralmente? Onde está o apoio do discurso Ético em um ateu? Pergunto isto, porque para mim se eu fosse materialista, sem medo de um futuro "julgamento" de consciencia (não teria nenhum excrúpulo de agir conforme o Eu julgar procedente), e aqui o Eu egoístico vai na frente de tudo.

    Pergunto novamente, pois desconheço: qual é a justificativa do ateu para ter uma vida moralmente ética no sentido positivo da palavra????

    ... 

    Joao, Não quero ler nada sobre historias de fadas ou diabinho azul: fale aqui, conceitue aqui, uma prova que Deus não existe - e sem se    reportar ao que alguem disse ou fez na Biblia!!!!!

    É isso aí, a gente continua!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ segunda, 27 fevereiro 2012, 12:01 -03 # Link |

  28. Jocax escreveu:

    Ola Sady,

     

    Vc disse: "Se por acaso Vc não conseguir responder ou se nossa resposta for insatisfatória deveríamos reexpor o problema."

     

    Sady, eu respondi todas suas questoes, mas quem nao esta respondendo as questoes é vc.  Se quiser te levanto varias que vc nao respondeu.

     

    Se vc quer debater sobre ateismo entao PARE de escrever sobre voce ser filosofo! 

    Se vc que quer parar o debate sobre "ser filosofo" para de debater sobre o tema e nao fica me pedindo para nao debater.

    Eu paro de debater sobre este assunto qdo vc parar de responder sobre o mesmo. Se vc me responde eu te respondo

    seja COERENTE!

     

     

    Vc disse: " E ser filósofo não quer dizer nada em nosso mundo massificado. Um escritor de outra ciência poderia ser um filósofo sem ter curso nenhum, tal como um "jornalista". Isto também é verdadeiro. É a sociedade que julga isto em ambos os casos: no primeiro, o curso de Graduação deve ser reconhecido pelo CFE, 

    no segundo caso, o autor "filosofo" deve ser reconhecido por sua produção."

     

     

    Concordo O FILOSOFO DEVE SER RECONHECIDO POR SUA PRODUCAO, por isso o DIPLOMA de filosofia NAO implica que a pessoa seja filósofa!

    Mas quem disse isso eh VOCE e agora, para variar ,  esta contradizendo o que vc disse.

    Pra refrescar sua memória aqui vai, nas suas próprias palavras: 

     

    ".. Quem se gradua em Biologia se torna biólogo, em Geografia, geógrafo; em Medicina, médico; em Sociologia, sociólogo, em Psicologia, psicólogo; em Antropologia, antropologo; em Economia, economista; em Matemática, matemático; em Arquitetura, arquiteto, etc, etc. Agora porque quem se forma em Filosofia não é filósofo?..."

     

    Vc  ainda disse: " Vc contestou da minha situação de formado em filosofia/filósofo."

    Outra mentirinha Sady.

    A celeuma toda comecou quando vc afirmou :

     

    "É, sou formado em Filosofia, portanto sou filósofo."

     

    eu eu apenas retruquei: 

     

    "Nao conhecia esta inferencia. Vc tem certeza? "

     

     

    Entao se vc quiser parar de debater sobre o tema aceita que ser filosofo nao ter diploma de filosofia e para de falar sobre isso!

     

     

    Sady ainda escreve:"Por favor João, releia o que Vc escreve."

    Ta muito chato debater c vc Sady, vc nao sabe nem o q vc escreve, nao fala coisa com coisa !

    Tira conclusoes do nada !peloe amor de DeuX !

     

    Vc diz :

    "".. Quem se gradua em Biologia se torna biólogo, em Geografia, geógrafo; em Medicina, médico; em Sociologia, sociólogo, em Psicologia, psicólogo; em Antropologia, antropologo; em Economia, economista; em Matemática, matemático; em Arquitetura, arquiteto, etc, etc. Agora porque quem se forma em Filosofia não é filósofo?..."

     

    depois se CONTRADIZ dizendo:

     

    "Por outro lado se afirmo que me considero filósofo foi porque desenvolvi um trabalho relevante na Pós da FFLCH e pretendo publicar posteriormente."

     

    despois e DESDIZ novamente dizendo:

    "Mas como já disse não precisei disso para me qualificar como filósofo."

     

    E eu fico perdendo meu tempo aqui com vc......


    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 27 fevereiro 2012, 21:19 -03 # Link |

  29. Jocax escreveu:

    Outra contradicao sua:

    Vc diz que o religioso é santo, nao  infringe a moral , nao pode ser criminoso:

    Suas palavras:

    "...Vc fala que há uma imensa porcentagem de religiosos nas prisoes, e poucos ateus, para defender destes alguma moral. Eu já disse várias vezes que não há religiosos realmente nestas prisoes e nem fora dela..."

     

     Depois se contradiz dizendo que os religiosos tambem INFRINGEM :

     

     ".. Mas aquele que se diz religioso e comete infrações não parece ser vigilante de sua conduta quanto deveria, porque o religioso é sempre um temeroso do poder de Deus, do castigo pós-mortem, das penalizações, até das cobranças de colher o que plantou como causa e efeito, etc... e mesmo assim infringe, como já disse!"

     

    Meu poupe Sady !

     

     

    Vc pergunta:

    "..E o ateu? O que move o ateu a ter uma Moral? Qual é a sua justificativa? Onde estão os argumentos de se proceder decentemente, moralmente? Onde está o apoio do discurso Ético em um ateu?"

     

    Que triste Sady, TER UMA MORAL BASEADA NO MEDO ! Tentar ser bom apenas pelo medo do castigo divino!

    Que moral de criança! Acho isso incrivelmente patético.

     

    Se vc nao sabe o ateu nao eh movido pelo medo de deus ,sua moral é baseada no bem estar das pessoas , na felicidade e nao no medo de ser castigado por deus.Claro que a justiça terrena , a policia a sociedade tambem punem e isso inibe crentes e ateus de praticarem o crime.

     

    Tem um texto interessante sobre isso:

     

    "Moral e Ética sem Religião

     by Fernando Silva

    Dizem que sem religião não haveria moralidade e tudo seria permitido. Mas a Bíblia permite a poligamia, a escravidão, o genocídio, a intolerância religiosa, o estupro e o abuso de crianças, logo estas devem ser práticas moralmente aceitáveis. Entretanto, proíbe o consumo de carne de porco e frutos do mar. E as outras religiões pregam coisas igualmente idiotas. Isto é moral?

    Como um ateu poderia ser pior do que isto? Além do mais, a história das religiões é uma sequência interminável de violência e barbárie, das quais as Cruzadas e a Inquisição são apenas dois exemplos. Se nós hoje rejeitamos tudo isto, pelo menos na superfície, é porque aprendemos a pensar com nossas próprias cabeças, não porque as religiões nos tornaram melhores. Pelo contrário,..."

    Texto completo em : http://ateusdobrasil.com.br/p/59/

     

     

    Depois vc diz:

    "..Pergunto isto, porque para mim se eu fosse materialista, sem medo de um futuro "julgamento" de consciencia (não teria nenhum excrúpulo de agir conforme o Eu julgar procedente), e aqui o Eu egoístico vai na frente de tudo...."

     

    Pois é o ateísmo funciona bem para "espíritos superiores" que são mais altruístas e sabem serem bons e éticos sem precisarem de uma foice sobre suas  cabecas, aqueles que precisam serem GUIADOS PELO MEDO para se comportarem éticamente  tem mais é que permanecerem na escravidão de suas crenças e do medo de deus mesmo !!!

    Interessante notar que a maioria dos paises mais desenvolvidos socialmente apresenta um indice de ateismo muitooo maior que os menos desenvolvidos, refutando sua tese de que o ateismo provocaria a barbarie: 

    http://www.revistaenfoque.com.br/index.php?edicao=74&materia=837

    e tambem : 

    http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=5845

     

    O pais que encabeça a lista de país mais ateu é a suécia com 85% de ateus e agnósticos 

    "...Pesquisa feita pelo Instituto Gallup revela que as pessoas dos países mais pobres – como Bangladesh, Níger, Iêmen e Indonésia, com renda per capita equivalente até R$ 3.396 – são as mais religiosas. Do total da população desses países, 95% afirmaram que as crenças são importantes para a sua vida."

    Da população dos países mais ricos, como Estônia, Suécia e Dinamarca, 47% dão alguma importância às crenças religiosas."

    http://www.paulopes.com.br/2010/12/pessoas-dos-mais-paises-pobres-

     

     

    Vc disse:

    "Pergunto novamente, pois desconheço: qual é a justificativa do ateu para ter uma vida moralmente ética no sentido positivo da palavra????"

     

    A justificativa baseia-se numa palavra chamada EMPATIA, vc conhece? 

    Se todos os seres humanos fossem trogloditas / egoistas talvez a religiao fosse um caminho valido, mas eu ainda preferiria a policia

    mas nao eh o caso, e as pessoas podem ser boas sem a necessidade de que sejm educadas para que tenham medo de um fantasma para praticarem o bem.

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 27 fevereiro 2012, 21:27 -03 # Link |

  30. Jocax escreveu:

    Depois vc diz:
    "Joao, Não quero ler nada sobre historias de fadas ou diabinho azul: fale aqui, conceitue aqui, uma prova que Deus não existe"

     

    Vou colocar umas das provas do texto que indiquei "O Diabinho Azul Jocaxiano" e VC FUGIU:

     

    3- Prova: Contradição interna (inconsistência) [Sartre (?)]:

    Deus é ONISCIENTE, portanto sabe tudo o que aconteceu e o que vai acontecer.

    Deus deu liberdade ao homem, portanto o homem é livre para escolher.

    Contradição: Se Deus sabe tudo que o homem vai escolher (conhecimento factual) então o homem NÃO tem liberdade de escolha. (Tudo estava previsto na mente de Deus e o homem não poderia mudar).

    Vamos à demonstração [por Jocax]:

    Vamos supor a Existência de Deus Todo-Poderoso. Então, segue logicamente que:

    1-Deus é Onisciente.

    2-Sendo Onisciente sabe TUDO que vai acontecer.

    3-Sabendo TUDO que vai acontecer, sabe tudo o que você vai fazer e escolher, mesmo antes de você existir.

    4-Se Deus sabe tudo o que você vai fazer e escolher, então você não poderá fazer nada diferente da previsão de Deus.

    5-Se você não pode fazer nada diferente da previsão divina, você necessariamente e obrigatoriamente terá de segui-la.

    6-Se você é obrigado a seguir a previsão de Deus, então é impossível para você escolher ou fazer qualquer outra coisa diferente da previsão divina.

    7-Se é impossível para você escolher ou fazer qualquer coisa diferente da previsão divina você, não tem livre-arbítrio!

    Conforme Queríamos Demonstrar.

    Comentário: Desde antes de o homem nascer, mesmo antes dele se casar ou fazer quaisquer tipos de escolhas, seu destino já estaria previsto na mente onisciente de Deus. Então, nada do que o homem escolhesse seria diferente do caminho já previsto por Deus. Sendo assim, o chamado “Livre-Arbítrio” não passaria de uma ilusão. Isto quer dizer que: ou o homem não é livre para escolher, ou Deus não é onisciente. Esta é uma das mais contundentes provas lógicas contra a existência de Deus.

     

    http://stoa.usp.br/ateismo/weblog/39228.html

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ segunda, 27 fevereiro 2012, 21:29 -03 # Link |

  31. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá Jocax, tudo bem?

    Vou falar sobre o que Vc crê ser: "uma das mais contundentes provas lógicas contra a existência de Deus".

    Há 4 problemas na questão da onisciencia de Deus, que mostra o quanto Vc foi inabil:

    Primeiro, discutir sobre se Deus existe é uma coisa, discutir a onisciencia de Deus é outra coisa. Discutir sua oniciencia já é discutir o atributo de alguem que inferimos, pressupostamente, existir. Ou seja, é uma argumentação completamente fora do contexto, até    porque quem diz ser Deus onisciente foi o próprio homem;

    Segundo, a questão da liberdade é um assunto da Ética há muito resolvido pelo ateu e existencialista J. J. Sartre, para o qual nada pode refrear a liberdade do indivíduo (ainda que Deus exista). A conhecidíssima filosofia de Satre que trata sobre este assunto se chama Existencialismo. O seu livro "O Ser e o Nada" é ótmo;

    Terceiro, A Ciência "positivista" principalmente do séc XIX com Comte e outros sociólogos diz que ela tem o papel de "prover para prever", ou seja, a Ciência busca saber de antemão, prever sobre o futuro do homem, prevenindo-o das consequencias de suas atuações como ser no exercício de sua liberdade. Portanto a Ciencia tentando conhecer, de antemão, o futuro do homem, não implica de nenhuma forma na perda de sua liberdade ou faz dele um marionete. Seria como visualizar de cima da montanha o trajeto de um homem que percorresse a planície... Se a Ciencia copiando Deus nesta "prevenção" por antecipação dos fatos não é condenável, porque em Deus seria?;

    Quarta, estes apontamentos que Vc apresenta questionando o conhecimento divino e fazendo ilações sobre o possível determinismo a qual o homem se encontraria é improcedente. talvez o pesquisador estudante de letras, ou teologia ainda pense assim como Vc, mas não é mais assim que é apresentado nas pressuposições dos últimos avanços da Física atual. É pueril reduzir o Absoluto ao Relativo, isto é completamente improcedente, porque o Tempo e Espaço não existem no Absoluto, mas apenas contextualizam o mundo Relativo. inclusive frente aos últimos avanços da Física atual, Vc falando sobre o futuro do homem apresentando Deus no tempo é de dar risada. Talvez até um estudante de geografia de 1905 não incorresse mais nesse tipo erro.

    ---------------------------

    Bom, as outras questões que eu tentei responder são aquelas que Vc me pediu link por não acreditar nas minhas palavras e agora disse que eu é que desviei a conversa! ehehe

    Quando Vc disse que eu entrei em contradição, eu apenas concordei com a sua objeção, porque ela nunca deixou de ser complementar aquela que eu apresentei.  Não há nada de contradição quando uma não exclui a outra! ehehe

    Bom, Vc não respondeu qual é a base ontológica de sustentação de uma moral atéia? Qual seria a justificativa em ser bom, sem ser religioso. Da minha parte não existe justificativa, mas eu insisto em querer que Vc me aponte. Estou certo que Vc e o atentado diabinho azul possam me ajudar! ehehe (Só para lhe tentar mais um pouco),

    Ahh! Tem mais alguma do diabinho azul?

    Abraços!  

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ terça, 28 fevereiro 2012, 23:38 -03 # Link |

  32. Jocax escreveu:

    Sady,
    vc cometeu varios erros  que estraga toda sua argumentacao:

    PRIMEIRO:

    Uma coisa é definida por seus atributos e nao pelo seu nome !!

    Se eu te perguntar se "HAGUGHWEDX" é bom , vc saberia me dizer se sim ou nao?

    Percebeu?

    Vc nao pode dizer se sim ou nao se eu nao te disser QUAIS sao os atributos que CARACTERIZAM "HAGUGHWEDX" !!!

    Assim acontece com deus.
    UMA DAS CARACTERISTICAS DO SER CHAMADO "DEUS" DEFINIDA PELA MAIORIA DAS RELIGIOES EH SER ONISCIENTE
    e se algo nao eh onisciente entao NAO EH DEUS. E se nao existe um ser onisciente entao  deus nao existe.


    Entendeu?
    deus nao existe se nao existir um ser onisciente A MENOS QUE SE MUDE A DEFINICAO/CARACTERISTICA DE DEUS.
    mas como foi definido ele nao pode existir.


    SEGUNDO:
    VC errou dizendo que nada pode frear a liberdade. Pois esta eh justamente a prova ( que vc nao refutou )
    que um ser onisciente IMPEDE o livre-arbitrio ( a liberdade ).
    Nao adianta bradar dizendo que nao ha , q fulano disse q nao pode haver, vc tem que argumentar!

    TERCEIRO:
    Vc confunde PREVISAO cientifica com livre-arbitrio com a escolha do homem.
    A ciencia NAO pode prever tudo justamente porque existe o PRINCIPIO DA INCERTEZA de Heisemberg que
    eh um dos pilares fundamentais da mecanica quantica e que postula que nao se pode saber tudo sobre a posicao e velocidade , entre outras coisas , das particulas elementares.
    A prova que postei trata-se das "ESCOLHAS" do ser humano estarem pre-determinadas pelo ser onisciente
    e portanto nao serem verdadeiras escolhas.

    QUARTO:
    Eu refutei suas alegacoes de improcedencia e portanto a prova continua valida.
    Nao adianta, para tentar fugir da logica do argumento, tentar desqualifica-lo alegando apenas
    que "..talvez o pesquisador estudante de letras, ou teologia ainda pense assim como Vc, ...Talvez até um estudante de geografia de 1905 não incorresse mais nesse tipo erro..".

    Os ultimos avancos da fisica atual , como ja disse, justamente corroboram o FATO de nao poder haver
    um ser onisciente:

    "13-Prova: Pelas Leis da Física atual Deus não poderia existir [autor desconhecido]

    A Mecânica Quântica tem como lei fundamental o chamado "Princípio da Incerteza". Segundo esta lei, é IMPOSSÍVEL, independentemente da tecnologia, saber a posição exata e a velocidade de uma partícula. Isso significa que, fisicamente, é impossível existir um "Deus Onisciente", pois este ser poderia saber a posição e a velocidade exata de uma partícula e violaria um pilar fundamental da ciência moderna. "

    http://stoa.usp.br/ateismo/weblog/39228.html

    ------------
    vc ainda diz:
    "Quando Vc disse que eu entrei em contradição, eu apenas concordei com a sua objeção, porque ela nunca deixou de ser complementar aquela que eu apresentei.  "

    Nao eh complementar nao. Vc tinha dito que bastava o diploma e depois disse que nao , q era a sociedade, nao ha complementaridade.


    Vc ainda pergunta:
    "Vc não respondeu qual é a base ontológica de sustentação de uma moral atéia? Qual seria a justificativa em ser bom, sem ser religioso. Da minha parte não existe justificativa, mas eu insisto em querer que Vc me aponte. "

    Eu ja te respondi e vc nao leu ou nao entendeu:
    1-A Natureza do altruismo ateista esta na EMPATIA

    2-Um ser que procura agir corretamente POR MEDO DA PUNICAO DIVINA NAO EH UM SER BOM eh apenas um escravo do medo.
      Entao vc erra ao dizer que um ser eh bom pq tem medo do castigo de deus, ele NAO EH BOM ele apenas AGE POR MEDO!
    3-nao basta o humano ser bom por natureza , ha necessidade de punicao para atos anti-eticos  e para isso existe a justica e a policia.

    4-Ja te mostrei que os paises com menos violencia e mais desenvolvidos sao os paises com maior indice de ateismo
      isso implica o OPOSTO do que vc quer mostrar pois ha uma correlacao emtre religiao e criminalidade!
     
     Vc ainda nao refutou o primeiro argumento q postei do diabinho azul , qdo vc o fizer eu coloco outro argumento, ok?
     
     
















    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ quarta, 29 fevereiro 2012, 08:07 -03 # Link |

  33. Sady Carlos de Souza junior escreveu:

    Olá João!

    Primeiro, igualar o significante "Deus" - que qualquer um pode reconhecer, - e comparar com o seu "HAGUGHWEDX" que não tem nenhuma debreagem argumentativa ou uma intersecção num dialogo entre dois sujeitos - não tem razão de ser... Seria a mesma coisa que eu contar uma fofoca em alemão sobre alguem, para uma pessoa que eu parei na rua e que nem me conhece... é no mínimo assignificativo. Não dá pra comparar uma coisa com outra!

    A questão da onisciência faz parte do repertorio, principalmente, da ideologia judaico-cristã e algumas outras, mas não de todas como Vc, João, quer, muito menos das religiões gregas antigas, egípcias, mesopotâmicas, etc. Não é lugar comum o atributo de onisciência para Deus/deuses. Mas o problema nem é nem esse, na sua explanação! Mas você querer que Deus seja onisciente, achei demais! ehehe para poder parecer refutá-lo! É no mínimo, esquisito!!! ehehe

    Um Deus - Vc fala, sem "onisciência" não pode existir! É incongruente para um ateu! É falta de segurança a sua para rebater! Vc está querendo reafirmar a existencia de deus assim/assado para fazer valer sua historinha do diabinho!

    Depois: Foi Vc mesmo que citou primeiro Sartre, não eu. Este diz que somos condenados a sermos livre. Está lá no "Ser e o Nada". Ele se diz ateu, e o seu Existencialismo é ateu! A liberdade desde filosofo é ontológica! A sua primeira argumentação cai por terra nesta contradição, feita por outro que se diz ateu. Portanto se somos livres sem Deus, e sendo o mundo do jeito que é, para quem acredita em Deus, não seria argumento anti-Deus, já que não há contracenso de ser a vida assim como é com Deus. Portanto, Deus, no mínimo, seria um acréscimo a mais, para quem a liberdade seja incondicional.

    Não vou responder todas as falas que Vc diz achou ter refutado, pois não foi rebatido à altura. Não houve nenhuma contra-resposta.

    A visão que eu tenho dos "religiosos", em toda a historia, é de um comportamento de ateus, por isso não os classifico de religiosos; e os ateus, são insignificantes pois acho-os completamente desiludidos e perdidos - precisando se encontrar... Digo isto, usando os exemplos que Vc mesmo usa, do passado histórico!

    Um único argumento realmente sério desta vez foi o que denota-se que, sinceramente, não foi compreendido, por isso deverei explicar melhor, é o seguinte:

    "vc ainda diz:
    > "Quando Vc disse que eu entrei em contradição, eu apenas concordei com a sua objeção, porque ela nunca deixou de ser complementar aquela que eu apresentei. "

    >> Nao eh complementar nao. Vc tinha dito que bastava o diploma e depois disse que nao , q era a sociedade, nao ha complementaridade.

    Bom, vou explicar: para ser filósofo, sociólogo, psicólogo, etc, etc, ou ele, o "pensador", tem uma produção significativa reconhecida por seus pares (ou a sociedade), ou ele tem o diploma, - no caso, aqui há complementaridade, pois a escola superior que fornesse o diploma tem que estar reconhecida no MEC ou CFE (agora tem outro nome) que são institutos públicos que representam a sociedade, ou seja, quando a Escola (reconhecida pelos institutos) dá o diploma, é a sociedade que está fazendo isto, entendeu? Não houve nenhuma contradição minha.

    Agora, eu fiquei estarrecido por sua explicação da pergunta: qual é a base ontológica de sustentação de uma moral para um ateisa? Ou seja, uma explicação mais profunda, qual o interesse maior em ser bom para um ateu? Digo ontológica, porque esta explicação deveria superar a ideia da existencia de Deus, e não sustentar uma simples “empatia”. Isto já é a ação! Quero saber a sua causa! O que ocasiona a “empatia” como ação?

    Vejo que, com seriedade, não há mais nada para contestar, pois Vc não conseguiu faze-lo à altura das argumentações já apresentadas!

    Obrigado, meu caro, pelo debate!

    Sady CarlosSady Carlos de Souza junior ‒ quinta, 29 março 2012, 20:31 -03 # Link |

  34. Jocax escreveu:

    Ola Sady,

     

    VC disse: 

    " Seria a mesma coisa que eu contar uma fofoca em alemão sobre alguem, para uma pessoa que eu parei na rua e que nem me conhece... é no mínimo assignificativo"

     

    Nao tem sentido se as pessoas falam libguas diferentes e uma nao entende a libgua da outra SIM !

    EXATAMENTE POR ESSA RAZAO as definicoes precisam ser CONCORDADAS POR AMBAS AS PARTES !!

     

    Se pra vc deus NAO eh onisciente ENTAO NAO ADIANTA EU MOSTRAR UMA PROVA BASEADA NA ONISCIENCIA, NAO EH VERDADE?

     

    O FAto eh que, para a MAIORIA das religioes, DEUS EH SIM ONISCIENTE !

    E para ESTAS RELIGIOES , que representam creio cerca de 80% das religioes do mundo, 

    a prova esta PERFEITA.

     

     

    Vc disse : " Mas você querer que Deus seja onisciente, achei demais! ehehe"

     

    EU NAO QUERO NADA !  Deus nao existe portanto nunca poderia ser onisciente nao eh? 

    O QUE VC NAO ENTENDE EH QUE PARA AS RELIGIOES CUJO DEUS TEM ONISCIENCIA IMPLICA EM CONTRADICAO COM O LIVRE ARBITRIO ENTRE OUTRAS !

     

    Entendeu agora??

     

    Vc disse: "Vc fala, sem "onisciência" não pode existir!"

     

    VC ta louco? Nunca disse q deus sem onisciencia nao poderia existir !

    Tanto eh que o Diabinho Azul nao tem onisciencia e poderia criar o universo !!

     

     

    Sady disse:

    "Portanto se somos livres sem Deus, e sendo o mundo do jeito que é, para quem acredita em Deus, não seria argumento anti-Deus, já que não há contracenso de ser a vida assim como é com Deus."

     

    Sady vc tem certeza que leu a argumentacao numero 3 ? 

    VC NAO ENTENDEU NADA !!!

    A ARGUMENTACAO PROVA QUE PARA QUEM ACREDITA EM DEUS ONISCIENTE O HOMEM NAO PODE SER LIVRE 

    E ISSO EH UMA CONTRADICAO COM A PROPRIA RELIGIAO QUE DIZ QUE DEUS DEU LIBERDADE AO HOMEM !!

     

    VC NAO ENTENDEU NADA !!!

    A ARGUMENTACAO PROVA QUE PARA QUEM ACREDITA EM DEUS ONISCIENTE O HOMEM NAO PODE SER LIVRE 

    E ISSO EH UMA CONTRADICAO COM A PROPRIA RELIGIAO QUE DIZ QUE DEUS DEU LIBERDADE AO HOMEM !!

     

    VC NAO ENTENDEU NADA !!!

    A ARGUMENTACAO PROVA QUE PARA QUEM ACREDITA EM DEUS ONISCIENTE O HOMEM NAO PODE SER LIVRE 

    E ISSO EH UMA CONTRADICAO COM A PROPRIA RELIGIAO QUE DIZ QUE DEUS DEU LIBERDADE AO HOMEM !!

     

    VC NAO ENTENDEU NADA !!!

    A ARGUMENTACAO PROVA QUE PARA QUEM ACREDITA EM DEUS ONISCIENTE O HOMEM NAO PODE SER LIVRE 

    E ISSO EH UMA CONTRADICAO COM A PROPRIA RELIGIAO QUE DIZ QUE DEUS DEU LIBERDADE AO HOMEM !!

     

     

    Ai vai de novo VE SE LE DESTA VEZ:

    3- Prova: Contradição interna (inconsistência) [Sartre (?)]:

     

    Deus é ONISCIENTE, portanto sabe tudo o que aconteceu e o que vai acontecer.

     

    Deus deu liberdade ao homem, portanto o homem é livre para escolher.

     

    Contradição: Se Deus sabe tudo que o homem vai escolher (conhecimento factual) então o homem NÃO tem liberdade de escolha. (Tudo estava previsto na mente de Deus e o homem não poderia mudar).

     

    Vamos à demonstração [por Jocax]:

     

    Vamos supor a Existência de Deus Todo-Poderoso. Então, segue logicamente que:

     

    1-Deus é Onisciente.

     

    2-Sendo Onisciente sabe TUDO que vai acontecer.

     

    3-Sabendo TUDO que vai acontecer, sabe tudo o que você vai fazer e escolher, mesmo antes de você existir.

     

    4-Se Deus sabe tudo o que você vai fazer e escolher, então você não poderá fazer nada diferente da previsão de Deus.

     

    5-Se você não pode fazer nada diferente da previsão divina, você necessariamente e obrigatoriamente terá de segui-la.

     

    6-Se você é obrigado a seguir a previsão de Deus, então é impossível para você escolher ou fazer qualquer outra coisa diferente da previsão divina.

     

    7-Se é impossível para você escolher ou fazer qualquer coisa diferente da previsão divina você, não tem livre-arbítrio!

     

    Conforme Queríamos Demonstrar.

     

     

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ sexta, 30 março 2012, 18:29 -03 # Link |

  35. Jocax escreveu:

    Vc disse:

    "que são institutos públicos que representam a sociedade, ou seja, quando a Escola (reconhecida pelos institutos) dá o diploma, é a sociedade que está fazendo isto, entendeu? "

     

    Esta em contradicao com o q vc disse:

    "Exatamente, o que Vc encontrou sobre o significado de quem é filósofo, está de acordo com o que pensa a Ass. Nac. de Prof. de Fil (ANPOF) justamente porque ela é elitista, mas não é o pensamento que vigora no sul do pais!"

     

    Ou seja uma organizacao da sociedade NEGANDO o titulo de filosofo APENAS a quem tem diploma de filosofia.

     

    percebeu? Ou seja dois pesos e duas medidas, qdo te favorece  a organizacao eh a sociedade , qdo nao te favorece ela nao eh da sociedade e vc classifica como elitista. 

     

    Vc disse:

    "..Digo ontológica, porque esta explicação deveria superar a ideia da existencia de Deus, e não sustentar uma simples “empatia”. Isto já é a ação! Quero saber a sua causa! O que ocasiona a “empatia” como ação?.."

     

    Sua argumentacao ja pressupoe uma CAUSA IMATERIAL para o desejo humano. Vc esta percbendo? 

     

    Eu te dei uma CAUSA NATURAL E MATERIALISTA compativel com o ateismo, seria ridiculo 

    dar uma argumentacao ontologica FORA do materialismo ja que os ateus, em geral, seguem o materialismo.

     

    Eu nao entendo POR QUE VC NAO ENTENDE que a CAUSA DA BONDADE NAO POSSA SER NATURAL !

    O q vc tem na cabeca? 

    Por favor LEIA SOBRE PSICOLOGIA EVOLUCIONISTA/EVOLUTIVA 

    pois esta dificil debater com vc , vc esta a ANOS LUZ de QQR CONCEITO CIENTIFICO.

    Eh isso que da ficar preso no mundo dos anjos e fadas !

     

    Pra te ajudar aqui vai um artigo:

     

    "Porém, para começarmos a refletir sobre as verdadeiras razões de sermos capazes de gestos de comovente bondade, bem como de nos solidarizarmos com pessoas que vemos sofrendo na televisão (e que nem mesmo conhecemos), é importante que nos façamos uma primeira indagação: se nosso senso moral não é uma dádiva divina conferida exclusivamente ao homem, mas sim uma adaptação efetiva (e positiva) de nossa evolução, será que ele tem algum precursor evolutivo detectável no mundo natural? Uma vez que nos perguntemos isso, basta passar a questão adiante para a natureza e ver o que ela própria tem a nos dizer. E o que ela nos responde prontamente é o seguinte:  "

    http://bulevoador.com.br/2009/10/1282/

     

    a) Vários insetos estéreis vivem a vida promovendo um tipo absoluto de altruísmo para com outros de sua espécie: algumas formigas do gêneroMyrmecocystus passam quase que todo o tempo penduradas no teto de seu ninho subterrâneo com os abdomens espantosamente estufados, repletos de alimento líquido, servindo de depósitos vivos, para que não falte alimento a seus parentes durante os períodos de seca. 

    b) Um morcego-vampiro que conseguiu encontrar sangue durante uma caçada noturna pode regurgitar parte do sangue que consumiu, a fim de alimentar um morcego “amigo” que não teve a mesma sorte em sua expedição. 

    c) Medições em laboratório demonstraram que ratos apresentam um aumento de estresse extraordinário quando presenciam o sofrimento de um rato seu parente, em comparação com outro com que não tenham relações familiares. 

    d) Macacos são capazes de passar fome e não tocar na comida à sua frente, quando notam que, fazendo isso, outros seus colegas de jaula podem receber choques elétricos.

     

    Estes são só alguns dentre inúmeros outros exemplos encontrados entre os animais, que deixam claro que a evolução conduziu e vem conduzindo muitos dos organismos viventes no sentido de desenvolverem comportamentos altruístas. E as razões disso, sobretudo no que diz respeito aos humanos, são as que, desde 1963, começamos a entender melhor, quando William Hamilton trouxe à tona sua teoria da seleção de parentesco — explicando como a seleção natural instalou um programa de possível auto-sacrifício num organismo, acionável em situações em que tal sacrifício é vital no sentido de favorecer um número maior de seus parentes (com quem compartilha grande parte de seus genes).

    Em seguida, em 1971, Robert Trivers esclareceu novos pontos ao apresentar ao mundo sua elegante teoria do altruísmo recíproco, pela qual passamos a compreender que, nas palavras deste último em seu artigo “The Evolution of Recriprocal Altruism” [A Evolução do Altruísmo Recíproco]:

    “Simpatia, antipatia, agressão moral, gratidão, solidariedade, confiança, desconfiança, integridade, aspectos da culpa, e algumas formas de desonestidade e hipocrisia podem ser explicados como adaptações destinadas a regular o sistema altruístico”. 

      

    E DE ONDE VEM A BONDADE HUMANA?

      

    Herbert José de Sousa, o Betinho (1935-1997), ativista brasileiro dos direitos humanos (Crédito: www.3irmaosdesangue.com.br)
    Herbert José de Sousa, o Betinho (1935-1997), ativista brasileiro dos direitos humanos  (www.3irmaosdesangue.com.br)

    Ao que tudo indica, nosso altruísmo, nossa compaixão, dentre outros sentimentos e atitudes de que somos capazes uns para com os outros, surgiram todos a partir da evolução de características que, por um lado, por meio do auto-sacrifício de um em favor de seus parentes, possibilitaram o sucesso reprodutivo genético dos grupos animais que assim fizeram e fazem, e o insucesso e a extinção dos que não o fizeram (basta ver a abundância de animais sociais em relação a animais solitários), enquanto que, por outro lado, somando-se a isso, desenvolvia-se em nós a estratégia interesseira do altruísmo recíproco — do qual nos fornece uma curiosa metáfora a educação cristã, promovendo o amor ao próximo com base na ameaça de danação eterna nas chamas do inferno, em caso de negligência, bem como na promessa de salvação e vida eterna no tão-sonhado paraíso celeste para as almas caridosas. Com efeito, a avaliação cautelosa do comportamento humano e animal revela que nosso altruísmo evoluiu dessa curiosa dinâmica entre duas táticas bem-sucedidas no passado, sobretudo a do altruísmo recíproco, em que se busca favorecer alguém num momento, que possa retribuir o favor mais tarde — isso, desde que meu sacrifício não me traga um resultado negativo no somatório final.

    João Carlos Holland de BarcellosJocax ‒ sexta, 30 março 2012, 18:41 -03 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.