Stoa :: Ana A. S. Cesar :: Blog :: Histórico

Agosto 2010

Agosto 04, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 

João Sayad, presidente da TV Cultura

 

Ex-secretário de Cultura do Estado de São Paulo, João Sayad assumiu a presidência da TV Cultura em junho com a missão de reduzir a TV pública paulista a uma simples TV estatal. Com o aval do ex-governador José Serra e do atual governador, Alberto Goldman, Sayad pretende reduzir ao máximo a produção de programas e cortar o número de funcionários em quase 80%, dos atuais 1.800 para 400.

Sayad pensa até em vender o patrimônio da TV Cultura. Já encomendou aos advogados da emissora um estudo sobre a viabilidade de a Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV, se desfazer de seus estúdios e edifícios na Água Branca, em São Paulo.

Em reuniões com diretores da emissora, Sayad tem dito que a Cultura não precisa ter mais do que 400 funcionários, que ficariam, segundo ele, muito bem instalados em um andar de um prédio comercial. A postura evidencia que a TV Cultura deixou de ser uma questão de política pública. Passou a ser um "pepino", um problema a ser eliminado pelo governo do Estado.

Fontes ouvidas pelo blog informam que Sayad vive dizendo que irá transformar a Cultura, hoje produtora de programas, em uma coprodutora. Ou seja, ela deixará de produzir programas de entretenimento. Passará a encomendá-los a produtoras independentes e a comprá-los no mercado internacional. Atrações como o Metrópolis podem estar em seus últimos dias.

O jornalismo da Cultura deixará de investir no noticiário do dia a dia, caro e mais bem produzido pelas redes comerciais. A partir de setembro, o Jornal da Cultura, com Maria Cristina Poli, passará a ser um jornal mais de debates, de discussão sobre o noticiário, do que de notícias.

Corte de receitas

A TV Cultura tem hoje um orçamento de cerca R$ 230 milhões. Desse total, R$ 50 milhões vêm da venda de espaço nos intervalos dos programas para anunciantes privados. Outros R$ 60 milhões são oriundos da prestação de serviços, como é chamada na emissora a produção de programas e vídeos para instituições como o Tribunal Superior Eleitoral, a Procuradoria da República, a TV Assembleia (do Estado de S.Paulo) e a TV Justiça.

Pois a gestão de Sayad já iniciou o desmonte dessas duas fontes de recursos. Até o ano que vem, a TV Cultura não terá mais nenhuma publicidade comercial em seus intervalos nem produzirá mais programação para órgãos públicos (a publicidade institucional, irrisória, será mantida). Dessa forma, reduzirá uma boa parte do seu número de funcionários.

Se o plano for executado, a TV Cultura sobreviverá apenas dos R$ 70 milhões que o governo do Estado aporta diretamente todos os anos, além de outros R$ 50 milhões que ela recebe pela produção de conteúdo para as secretarias estadual e municipal de Educação.

Demissões em massa

O plano de demissões de Sayad é mais complexo. Por causa das eleições de outubro, ele não pode demitir funcionários contratados em regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) até dezembro. A Cultura tem entre 1.000 e 1.200 funcionários celetistas. Esses trabalhadores têm emprego garantido até janeiro. Depois, dependem da postura do novo governador do Estado. Para demitir funcionários celetistas, Sayad precisará do apoio do futuro governador, porque terá de contar com verbas extras para pagar as indenizações.

Já os profissionais contratados como pessoas jurídicas (os PJs, pessoas que têm microempresas) podem ser "demitidos" a qualquer momento. Eles seriam de 600 a 800. Os cortes devem ser feitos à medida que contratos de prestação de serviços, como o da TV Assembleia, forem vencendo e não renovados.

As informações aqui publicadas foram relatadas previamente à assessoria de imprensa da TV Cultura. Nada foi negado.

 

fonte: Blog do Daniel Castro

Palavras-chave: Cultura, Notícia, Televisão

Postado por Ana A. S. Cesar | 3 comentários

Agosto 11, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 

Recado do nosso querido colega Antonio

"Movimento Salve a Rádio e TV Cultura reúne-se na próxima quinta-feira (dia 12)"

Palavras-chave: Cultura, Notícia

Postado por Ana A. S. Cesar | 0 comentário

Agosto 18, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 

   

                                       

                                           

foto: Milton Nascimento encontra Portinari em Brodowski / fonte: Assessoria de Comunicação Prefeitura de Brodowski -SP

 

Caro(a) Amigo(a) do Projeto Portinari:

Peço permissão para convidá-lo (a) a assistir o programa "Domingão do Faustão" do próximo domingo, dia 22 de agosto de 2010, onde serão apresentados os painéis "Guerra" e "Paz", presente do Brasil à Organização das Nações Unidas, e instalados em sua sede, em Nova York, em 1957.

Hoje, o programa Vídeo Show focalizou a série de quatro domingos deste mês de agosto, dedicados por Faustão a Portinari. Veja em:
http://tinyurl.com/38l9rek
Com minhas desculpas pela liberdade de enviar-lhe um email não solicitado, e o grato abraço do João Candido Portinari

Fundador e Diretor-Geral do Projeto Portinari
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio
Rua Marquês São Vicente 225 Gávea
22451-900 Rio de Janeiro - RJ
Brasil
Telefaxes: 55-21-3527-1439/1440/1441
email: portinari@portinari.org.br

 

Palavras-chave: Arte, Cultura, Portinari

Postado por Ana A. S. Cesar | 0 comentário

Agosto 25, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

Na Festa de Barretos, foi montado um estande para coleta de dados de pessoas interessadas em se tornar doadoras de medula óssea. É o Estande Rancho do Doador, localizado dentro do Parque do Peão. De quinta-feira (19) até o fim da festa, no dia 29, profissionais de saúde capacitados estarão fazendo atendimento das 13 h à meia-noite. Pode se cadastrar no Redome qualquer pessoa entre 18 e 55 anos, com boa saúde. A partir daí, é realizado um cadastro dos dados pessoais e a coleta de pequena quantidade de sangue (de 5 a 10 ml) para exames. Caso o voluntário seja selecionado para a doação, será chamado para fazer novos exames. O doador deve manter o cadastro atualizado, pois poderá ser contatado anos depois.
A doação de medula óssea é permitida até os 60 anos de idade.

Palavras-chave: Doação

Postado por Ana A. S. Cesar | 0 comentário

Agosto 27, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 

Postado por Ana A. S. Cesar | 1 usuário votou. 1 voto | 0 comentário

Agosto 30, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

Postado por Ana A. S. Cesar | 1 comentário