Stoa :: Ana A. S. Cesar :: Blog :: POR QUÊ?

setembro 10, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 

 

Uso correto da palavra porque ainda provoca dúvidas em muita gente

Clique no link para assistir ao vídeo:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1334517-7823-POR+QUE+E+JUNTO+SEPARADO+OU+COM+ACENTO,00.html

Há várias formas, cada uma própria para uma situação, o que acaba gerando confusão na cabeça das pessoas.

Por que junto? Por que separado? Por que com acento? Tantas são as nossas dúvidas no uso da gramática da língua portuguesa... Estamos sós nas nossas incertezas?

“Porque que a gente coloca no final da frase com acento circunflexo...”, diz a assistente social Karina Vieira.

“Eu não sei o porque separado e o porque junto com acento, não lembro...”, admite a estudante Carla Lima Silva

“Gera várias dúvidas, mas acho que não só em mim. Várias pessoas que escrevem a palavra porque, ficam se perguntando: será que esse porque é separado? é com, é sem acento, é junto, é complicado”, admite a professora Eliana da Silva.
Mas há entre a multidão vacilante, atormentada com os quatro tipos de porquês, alguém que tem certezas.

“Você faz o porque separado na pergunta e junto na resposta. Quando pode substituir por pelo qual, escreve separado. E o acento quando termina a frase, quando depois do que vem um ponto final. Esse que tem um acento circunflexo em cima”, explica o professor Caio Galhardi.

Fernando pessoa parece estar sempre certo. É bom aprender com ele, incansavelmente, o porque e os porquês do português na frase escrita na areia: "Louco sim, louco porque quis grandeza...", escreve. O porque está junto porque dá uma explicação.

O poema é identidade, tem a cara do poeta. E o porque vem separado quando aparece no sentido de por qual razão:
"Pobre velha música! Não sei por que agrado,
enche-se de lágrimas meu olhar parado”

Quando as letras se embaralham e a gente se atordoa entre as dúvidas e as regras, o que nos salva é o conselho do poeta:

"Copiaste? fizeste bem.
copia mais, sem canseira.
copia, pilha, retém...
é a única maneira
de não escreveres asneira."

fonte: G1 de 10/09/10

Palavras-chave: Acentuação, Gramática, videopost

Postado por Ana A. S. Cesar

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.