Stoa :: Ana A. S. Cesar :: Blog :: "Bolhas" - Um livro para ser lido por pais e filhos

fevereiro 26, 2010

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

A bolha faz parte da nossa vida. Sem perceber, somos seres fechados em bolhas pequenas e grandes: nosso computador, o carro, os grupos de amizade, a família, os sentimentos que geram bolhas de esperança e ilusão.

A ‘bolha’, que nos protege de um mundo e nos afasta de outro, fatalmente é rompida nos momentos de crise. É sobre este delicado tema que trata o novo livro de Dilea Frate, lançado pela Cortez Editora, Bolhas. Lindamente ilustrado por Simona Traina, a obra nos conta a história de uma menina que observa o mundo e as pessoas como se estivessem fechadas em bolhas. Embaixo do chuveiro, a menina delira imaginando personagens e histórias que tem como protagonistas, as bolhas. Dilea aproveita a imagem lúdica da bolha de sabão, que toda criança adora, para dar vários recados filosóficos, sociológicos e científicos. No filosófico, explora o conceito da eterna mudança das coisas no mundo. No sociológico, o fato de vivermos cada vez mais trancados em bolhas, sem aceitar as diferenças. E no científico, a origem do universo. O livro também explica, de uma forma leve, a bolha financeira que periodicamente toma conta da economia do mundo e abala a vida das pessoas. Um livro para todas as idades.

Sinopse: Uma menina, que vivia com a cabeça nas nuvens, teimava em ver bolhas em tudo: poeira, comida, bichos, pessoas. Talvez pensasse assim porque se sentisse um tanto quanto solta e perdida no mundo das pessoas fechadas. Ela se considerava a própria bolha, flutuante e sem destino. Mas um fato novo faz com que ela tenha de sair de sua própria bolha.

Sobre quem faz: Dilea Frate é jornalista e escritora. Estudou na Escola de Comunicações e Artes da USP. Tem livros infantis e contos publicados. Adaptou seu primeiro livro, Procura-se Hugo, para o teatro. Seus livros de contos para crianças Histórias para acordar e Fábulas Tortas (Cia. Das Letrinhas) foram premiados, receberam a classificação de Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e foram traduzidos no exterior. Tem histórias publicadas em mais de cem antologias de livros de língua portuguesa para o ensino fundamental. Como jornalista, seu trabalho mais conhecido foi o Programa do Jô, em que atuou como redatora, roteirista e diretora. Foi repórter de jornal, redatora de revista e diretora e roteirista de documentários. Também já participou de exposições coletivas de artes plásticas. Simona Tarina nasceu em Milão, mas vive em Palermo, ambas cidades italianas. Cursou o instituo Europeu de Design de Torino, no qual aprimorou seu talento artístico. Viajou por vários países da Europa e, por um tempo, fixou residência em Portugal, fazendo inúmeros trabalhos de ilustração para as editoras portuguesas. Apaixonada por literatura infantil dedica-se a criar projetos com traços delicados que encantam adultos e crianças.

A bolha nossa de cada dia vira livro para ser lido por pais e filhos


Palavras-chave: Escritores, Literatura, Livros

Postado por Ana A. S. Cesar

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.