Stoa :: Ana A. S. Cesar :: Blog :: TODO AZUL DO MAR

fevereiro 18, 2009

default user icon
Postado por Ana A. S. Cesar

 


Foi assim, como ver o mar
A primeira vez que meus olhos se viram no seu olhar


o tive a intenção de me apaixonar
Mera distração e já era momento de se gostar


Quando eu dei por mim nem tentei fugir
Do visgo que me prendeu dentro do seu olhar
Quando eu mergulhei no azul do mar
Sabia que era amor e vinha pra ficar


Daria pra pintar todo azul do céu
Dava pra encher universo da vida que eu quis pra mim


Tudo que eu fiz foi me confessar
Escravo do seu amor, livre pra amar
Quando eu mergulhei fundo nesse olhar
Fui dono do mar azul, de todo azul do mar


Foi assim, como ver o mar
Foi a primeira vez que eu vi o mar
Onda azul, todo azul do mar
Daria pra beber todo o azul do mar

Foi quando mergulhei no azul do mar.

 

 

       

                    

"Existem sentimentos que palavras não explicam, frases não justificam, livros não argumentam...
existem coisas que só o coração sabe como lidar".

 

 

Palavras-chave: Música, videopost

Este post é Domínio Público.

Postado por Ana A. S. Cesar | 1 usuário votou. 1 voto

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.