Stoa :: Alexandre Hannud Abdo :: Blog :: Há limites para a bolha da ciência?

outubro 16, 2008

default user icon

Ni!

 Há anos o governo brasileiro vem promovendo uma bolha na ciência através da submissão dos recursos de pesquisa a uma das mais radicais numerocracias já vistas.

 O resultado dessa bolha é conhecido: índices inflados que beneficiam administradores públicos incompetentes, trabalhos pouco inovadores que prejudicam o desenvolvimento da ciência, e o abandono dos fundamentos éticos imprescindíveis ao trabalho científico.

 Mas terça-feira o Estadão deu em notícia reproduzida pelo Jornal da Ciência:

 "Universidades de SP caem em ranking internacional"

 Será esse um indício dos limites da bolha da ciência? Será que alcançamos o fim da capacidade da picaretagem numerológica? Ou surgirão novos mecanismos de falsidade e irresponsabilidade?

 A resposta é provavelmente que arranjarão novas maneiras de maquiar a banalização das universidades no país do espetáculo. E o boneco agora chama-se educação a distância, fiquem atentos que a novela continua.

 Saudações,

abdo

~~

Palavras-chave: bolha, ciência, numerocracia, ranking, universidade

Esta mensagem está sob a licença CreativeCommons Atribuição.

Postado por Alexandre Hannud Abdo | 4 usuários votaram. 4 votos

Comentários

  1. gabriel escreveu:

    pois é... educação à distância: são os tucanos afundado o país

    gabriel fernandesgabriel ‒ sábado, 08 novembro 2008, 22:05 -02 # Link |

  2. Alexandre Hannud Abdo escreveu:

    Saiu na folha esses dias uma notícia relacionada...

    Aos 75, USP tem mais alunos e menos produção científica

    Alexandre Hannud AbdoAlexandre Hannud Abdo ‒ segunda, 26 janeiro 2009, 16:15 -02 # Link |

Você deve entrar no sistema para escrever um comentário.

Termo de Responsabilidade

Todo o conteúdo desta página é de inteira responsabilidade do usuário. O Stoa, assim como a Universidade de São Paulo, não necessariamente corroboram as opiniões aqui contidas.